SlideShare uma empresa Scribd logo
Adilmar Coelho Dantas
Fernando Augusto Zorzeto
Sistemas para Internet - IFTM
Trocas on-line

 A troca é o método mais antigo de comércio, que hoje é
 praticado por diversas organizações.

 A troca eletrônica: Melhora o processo de colocar em
 contato possíveis parceiros de negociação. Além disso a
 localização de interessados se torna mais rápida.

 Itens mais trocados na internet: Espaços em escritórios,
 estoques, fábricas e anúncios em forma de banner.
Trocas on-line

 As trocas on-line são feitas em geral em uma bolsa de
 trocas que funciona da seguinte maneira:

 A) Você informa a bolsa de trocas o que quer oferecer

 B) A Bolsa analisa o valor de seus produtos ou serviços e
 lhe oferece certos pontos ou moedas de trocas.

 C) Você usa os pontos para comprar de outro participante
 aquilo que precisa.
Neste tipo de processo os preços podem ser
determinados por meio de negociações, como no caso
de produtos de alto valor.

Da mesma forma como acontece nos leilões onde os
preços negociados resultam da interação e da
barganha entre os vendedores.

Envolve condições que não estão relacionadas a
preços, como formas de pagamento, crédito. Sendo
assim um processo bastante conhecido no mundo off-
line.
Três fatores contribuem para a negociação
online

  Produtos e serviços
      integrados e                      Tecnologia Digital
     customizados


                       Agentes de
                    Software (Sistema
                        de busca)
Introdução

  A ampla adoção das redes wireless e móveis
  tornaram possível a computação móvel e assim o
  desenvolvimento dos (m-commerce).

  Há uma boa razão para se investir neste mercado
  que segundo pesquisas dizem que o numero de
  dispositivos móveis ultrapassa 1,3 bilhões em 2004.

  Previsão para 2014: 2,5 bilhões
Promessas do m-commerce
 Desde 1999 o m-commerce se tornou um assunto
 bastante comentado entre os responsáveis pelo Ti.
 A mobilidade altera a forma pela qual as pessoas se
 comunicam, compartilham e a qual pessoas e
 empresas interagem
 Embora ainda haja vários obstáculos para o comércio em
 dispositivos móveis muitas empresas estão investindo
 nesse tipo de comércio.
 Ex: Google, Microsoft, Sony, etc.
Algumas funções do portal

                         Noticias e
 Guia de compras
                       informações
                                         Jantares e reservas


Mapas e transporte   Serviço de Filmes
                                         Serviços adicionais

                         Canais de
Venda de bilhetes
                      Entretenimento
Como o campo de comércio eletrônico é novo e
ainda não há muitos dados estatísticos alguns
especialistas dividem o impacto do comércio
eletrônico nas organizações em três categorias:

A) Aperfeiçoamento do Marketing Direto
B) Transformações das organizações
C) Redefinição das organizações
Marketing direto tradicional: Catálogos,
  telefone entre outros.
          Impacto                                   Descrição

• Promoção de produtos        Os ME facilitam as promoções de produtos e serviços

• Novos canais de venda       Por alcançar clientes diretamente há essa
                              necessidade
• Economias diretas           Se poupa bastante ao entregar produtos digitais ao
                              invés de produtos físicos
• Clico reduzido              Com os meios digitais se reduziu o clico pois algumas
                              transações levam apenas alguns segundos
• Serviço de atendimento ao   Aceleramento no atendimento por meio de softwares
  consumidor
• Imagem corporativa ou de    Firmar sua idetidade na web
  marca
Outros impactos:

          Impacto                              Descrição

• Personalização         O CE deu ao cliente a possibilidade personalizar seu
                         produto de acordo com suas necessidades
• Propaganda             Alteração na maneira em que a propaganda e
                         conduzida já que ela agora e em massa
• Sistema de pedidos     Se feito online reduzira tempo e possíveis erros.

• Operações de mercado   Extinção ou redução do meios de marketing não
                         diretos
Tecnologia e aprendizado organizacional

  Para sobreviverem as empresas terão que se
  adaptar rapidamente as novas tecnologias, o
  que proporcionará a oportunidade de testar
  novos produtos, serviços e modelos de negócio.

  Antes de chegar a formula ideal muitas
  empresas terão que aprender com seus
  próprios erros.
A natureza mutável do trabalho
 Isso já esta acontecendo . Um exemplo prático
 disso são as empresas reduzindo seu número de
 funcionários a um núcleo de cargas essências ou
 terceirizados.

 Além de criar novas oportunidades e riscos
 essas mudanças nos faz pensar melhor sobre
 cargos, carreiras e salários.
Novos e aperfeiçoados recursos de produtos
 Os mercados digitais permitem a criação e
 aperfeiçoamento de produtos todos os dias .

 A personalização em massa permite as
 empresas criarem produtos específicos e
 personalizados para determinados tipos de
 clientes.
Novos modelos de negócios
 Os ME afetam não apenas determinadas
 empresas e produtos mas setores inteiros.

 Pode ser que seja necessário refazer o modelo
 de negócio das empresas como por exemplo a
 Pricillene.com fizeram.
Melhorias na cadeia de suprimentos
Impactos sobre a manufatura
 Com a implantação do meio de produção em
 massa passamos para uma fabricação que hoje
 chamamos de just-in-time, dependente da
 demanda.

 Com a implantação de softwares específicos
 como os ERP’S e SAP é possível gerenciar os
 processos de manufatura através do acesso
 rápido a informação, mesmo que estes
 processos sejam executados em locais
 diferentes.
Impactos sobre finanças e contabilidade
  Os ME requerem grandes sistemas de sistemas
  e consequentemente de pagamentos o que leva
  a empresa a ter que fazer acordos com
  operadores de cartão dentro
  outros.(CONSERTAR)

  E por fim mudarem sua estrutura de
  contabilidade como datas de pagamentos e
  entre outros.
Impactos sobre gerenciamento de RH
 O CE esta mudando a forma na qual as pessoas
 são recrutadas e contratadas ,como por
 exemplo a existência de empresas
 especializadas neste tipo de serviço atualmente.

 Oferecendo portais de seleção e recrutamento

 Investimento em aprendizagem virtual e cursos
 feitos a distancia, os chamados EAD.
Comercio eletronico 3

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

E Business Brasil V.5
E Business Brasil V.5E Business Brasil V.5
E Business Brasil V.5oburegio
 
Introdução comercio eletronico
Introdução comercio eletronicoIntrodução comercio eletronico
Introdução comercio eletronico
Jhosafá de Kastro
 
Implantação de E-Commerce para Pequenas e Médias Empresas
Implantação de E-Commerce para Pequenas e Médias EmpresasImplantação de E-Commerce para Pequenas e Médias Empresas
Implantação de E-Commerce para Pequenas e Médias Empresas
Alexandre Grolla
 
Comércio eletrônico Vantagens e Desvantagens
Comércio eletrônico  Vantagens e DesvantagensComércio eletrônico  Vantagens e Desvantagens
Comércio eletrônico Vantagens e DesvantagensDanilo Pires
 
Comércio eletrônico
Comércio eletrônicoComércio eletrônico
Comércio eletrônico
Adilmar Dantas
 
Comercio Eletronico: Mercado, Beneficios e Riscos
Comercio Eletronico: Mercado, Beneficios e RiscosComercio Eletronico: Mercado, Beneficios e Riscos
Comercio Eletronico: Mercado, Beneficios e Riscos
Data Security
 
Comércio eletrônico 2012_01
Comércio eletrônico 2012_01Comércio eletrônico 2012_01
Comércio eletrônico 2012_01
Milton Henrique do Couto Neto
 
Tcc E-commerce
Tcc E-commerceTcc E-commerce
Modelos de e business final
Modelos de e business finalModelos de e business final
Modelos de e business final
liraandre
 
Workshop E-business Parte II
Workshop E-business Parte IIWorkshop E-business Parte II
Workshop E-business Parte IIPosmktdigital Fit
 
Introdução a e-commerce
Introdução a e-commerceIntrodução a e-commerce
Introdução a e-commerce
Simone Mura
 
Visão geral sobre e-commerce
Visão geral sobre e-commerceVisão geral sobre e-commerce
Visão geral sobre e-commerce
JET e-Commerce
 
Comercio eletronico A2 e A3 - Desafios, Dimensões e Modelos de Negócios
Comercio eletronico A2 e A3 - Desafios, Dimensões e Modelos de NegóciosComercio eletronico A2 e A3 - Desafios, Dimensões e Modelos de Negócios
Comercio eletronico A2 e A3 - Desafios, Dimensões e Modelos de Negócios
Ueliton da Costa Leonidio
 
e-Commerce
e-Commercee-Commerce
e-Commerce
guest6fb6fc
 
E-Commerce-02-Conceitos
E-Commerce-02-ConceitosE-Commerce-02-Conceitos
E-Commerce-02-Conceitos
frb-ecommerce
 

Mais procurados (20)

E Business Brasil V.5
E Business Brasil V.5E Business Brasil V.5
E Business Brasil V.5
 
Introdução comercio eletronico
Introdução comercio eletronicoIntrodução comercio eletronico
Introdução comercio eletronico
 
O comércio eletrônico
O comércio eletrônicoO comércio eletrônico
O comércio eletrônico
 
Comércio eletrônico
Comércio eletrônicoComércio eletrônico
Comércio eletrônico
 
Implantação de E-Commerce para Pequenas e Médias Empresas
Implantação de E-Commerce para Pequenas e Médias EmpresasImplantação de E-Commerce para Pequenas e Médias Empresas
Implantação de E-Commerce para Pequenas e Médias Empresas
 
ComéRcio ElectróNico
ComéRcio ElectróNicoComéRcio ElectróNico
ComéRcio ElectróNico
 
Comércio eletrônico Vantagens e Desvantagens
Comércio eletrônico  Vantagens e DesvantagensComércio eletrônico  Vantagens e Desvantagens
Comércio eletrônico Vantagens e Desvantagens
 
Comércio eletrônico
Comércio eletrônicoComércio eletrônico
Comércio eletrônico
 
Comercio Eletronico: Mercado, Beneficios e Riscos
Comercio Eletronico: Mercado, Beneficios e RiscosComercio Eletronico: Mercado, Beneficios e Riscos
Comercio Eletronico: Mercado, Beneficios e Riscos
 
Comércio Eletrônico
Comércio EletrônicoComércio Eletrônico
Comércio Eletrônico
 
Comércio eletrônico 2012_01
Comércio eletrônico 2012_01Comércio eletrônico 2012_01
Comércio eletrônico 2012_01
 
E-Business e E-Commerce
E-Business e E-CommerceE-Business e E-Commerce
E-Business e E-Commerce
 
Tcc E-commerce
Tcc E-commerceTcc E-commerce
Tcc E-commerce
 
Modelos de e business final
Modelos de e business finalModelos de e business final
Modelos de e business final
 
Workshop E-business Parte II
Workshop E-business Parte IIWorkshop E-business Parte II
Workshop E-business Parte II
 
Introdução a e-commerce
Introdução a e-commerceIntrodução a e-commerce
Introdução a e-commerce
 
Visão geral sobre e-commerce
Visão geral sobre e-commerceVisão geral sobre e-commerce
Visão geral sobre e-commerce
 
Comercio eletronico A2 e A3 - Desafios, Dimensões e Modelos de Negócios
Comercio eletronico A2 e A3 - Desafios, Dimensões e Modelos de NegóciosComercio eletronico A2 e A3 - Desafios, Dimensões e Modelos de Negócios
Comercio eletronico A2 e A3 - Desafios, Dimensões e Modelos de Negócios
 
e-Commerce
e-Commercee-Commerce
e-Commerce
 
E-Commerce-02-Conceitos
E-Commerce-02-ConceitosE-Commerce-02-Conceitos
E-Commerce-02-Conceitos
 

Destaque

Reconhecimento Automático de Emoções
Reconhecimento Automático de EmoçõesReconhecimento Automático de Emoções
Reconhecimento Automático de Emoções
Adilmar Dantas
 
Desenvolvimento de Software
Desenvolvimento de SoftwareDesenvolvimento de Software
Desenvolvimento de SoftwareAdilmar Dantas
 
Cinta de expansão torácica utilizando Arduino aplicado na fisioterapia respir...
Cinta de expansão torácica utilizando Arduino aplicado na fisioterapia respir...Cinta de expansão torácica utilizando Arduino aplicado na fisioterapia respir...
Cinta de expansão torácica utilizando Arduino aplicado na fisioterapia respir...
Adilmar Dantas
 
Nutec - Manual Usuário
Nutec - Manual UsuárioNutec - Manual Usuário
Nutec - Manual Usuário
Adilmar Dantas
 
Potenciação Divide and Conquer
Potenciação Divide and ConquerPotenciação Divide and Conquer
Potenciação Divide and Conquer
Adilmar Dantas
 
Robotica - Artigo1
Robotica - Artigo1Robotica - Artigo1
Robotica - Artigo1
Adilmar Dantas
 
Wifi
WifiWifi
3ª maratona de games – facom ufu
3ª maratona de games – facom  ufu3ª maratona de games – facom  ufu
3ª maratona de games – facom ufu
Adilmar Dantas
 
Qualidade de Software Web
Qualidade de Software WebQualidade de Software Web
Qualidade de Software Web
Adilmar Dantas
 
Servidores Web
Servidores WebServidores Web
Servidores Web
Adilmar Dantas
 
Software Quality Software Testing Laboratory
Software Quality Software Testing Laboratory Software Quality Software Testing Laboratory
Software Quality Software Testing Laboratory
Adilmar Dantas
 
Weblab TCC
Weblab TCCWeblab TCC
Weblab TCC
Adilmar Dantas
 
Sistema ocr
Sistema ocrSistema ocr
Sistema ocr
Adilmar Dantas
 
Facebook Midias Sociais
Facebook Midias SociaisFacebook Midias Sociais
Facebook Midias Sociais
Adilmar Dantas
 
Detecção de Faces - Redes Neurais *MLP
Detecção de Faces - Redes Neurais *MLPDetecção de Faces - Redes Neurais *MLP
Detecção de Faces - Redes Neurais *MLP
Adilmar Dantas
 
Análise de Técnicas Computacionais para Classificação de Emoções
Análise de Técnicas Computacionais para Classificação de EmoçõesAnálise de Técnicas Computacionais para Classificação de Emoções
Análise de Técnicas Computacionais para Classificação de Emoções
Adilmar Dantas
 
ALgoritmo Genético - Escalonamento
ALgoritmo Genético - EscalonamentoALgoritmo Genético - Escalonamento
ALgoritmo Genético - Escalonamento
Adilmar Dantas
 
éTica para aristóteles
éTica para aristóteleséTica para aristóteles
éTica para aristóteles
Adilmar Dantas
 
APLICATIVO MÓVEL PARA AFERIÇÃO DA FREQUÊNCIA CARDÍACA E ACOMPANHAMENTO MÉDICO...
APLICATIVO MÓVEL PARA AFERIÇÃO DA FREQUÊNCIA CARDÍACA E ACOMPANHAMENTO MÉDICO...APLICATIVO MÓVEL PARA AFERIÇÃO DA FREQUÊNCIA CARDÍACA E ACOMPANHAMENTO MÉDICO...
APLICATIVO MÓVEL PARA AFERIÇÃO DA FREQUÊNCIA CARDÍACA E ACOMPANHAMENTO MÉDICO...
Adilmar Dantas
 

Destaque (20)

Reconhecimento Automático de Emoções
Reconhecimento Automático de EmoçõesReconhecimento Automático de Emoções
Reconhecimento Automático de Emoções
 
Desenvolvimento de Software
Desenvolvimento de SoftwareDesenvolvimento de Software
Desenvolvimento de Software
 
Cinta de expansão torácica utilizando Arduino aplicado na fisioterapia respir...
Cinta de expansão torácica utilizando Arduino aplicado na fisioterapia respir...Cinta de expansão torácica utilizando Arduino aplicado na fisioterapia respir...
Cinta de expansão torácica utilizando Arduino aplicado na fisioterapia respir...
 
Nutec - Manual Usuário
Nutec - Manual UsuárioNutec - Manual Usuário
Nutec - Manual Usuário
 
Potenciação Divide and Conquer
Potenciação Divide and ConquerPotenciação Divide and Conquer
Potenciação Divide and Conquer
 
Robotica - Artigo1
Robotica - Artigo1Robotica - Artigo1
Robotica - Artigo1
 
Wifi
WifiWifi
Wifi
 
3ª maratona de games – facom ufu
3ª maratona de games – facom  ufu3ª maratona de games – facom  ufu
3ª maratona de games – facom ufu
 
Qualidade de Software Web
Qualidade de Software WebQualidade de Software Web
Qualidade de Software Web
 
Servidores Web
Servidores WebServidores Web
Servidores Web
 
Software Quality Software Testing Laboratory
Software Quality Software Testing Laboratory Software Quality Software Testing Laboratory
Software Quality Software Testing Laboratory
 
Weblab TCC
Weblab TCCWeblab TCC
Weblab TCC
 
Sistema ocr
Sistema ocrSistema ocr
Sistema ocr
 
Facebook Midias Sociais
Facebook Midias SociaisFacebook Midias Sociais
Facebook Midias Sociais
 
Symbian
SymbianSymbian
Symbian
 
Detecção de Faces - Redes Neurais *MLP
Detecção de Faces - Redes Neurais *MLPDetecção de Faces - Redes Neurais *MLP
Detecção de Faces - Redes Neurais *MLP
 
Análise de Técnicas Computacionais para Classificação de Emoções
Análise de Técnicas Computacionais para Classificação de EmoçõesAnálise de Técnicas Computacionais para Classificação de Emoções
Análise de Técnicas Computacionais para Classificação de Emoções
 
ALgoritmo Genético - Escalonamento
ALgoritmo Genético - EscalonamentoALgoritmo Genético - Escalonamento
ALgoritmo Genético - Escalonamento
 
éTica para aristóteles
éTica para aristóteleséTica para aristóteles
éTica para aristóteles
 
APLICATIVO MÓVEL PARA AFERIÇÃO DA FREQUÊNCIA CARDÍACA E ACOMPANHAMENTO MÉDICO...
APLICATIVO MÓVEL PARA AFERIÇÃO DA FREQUÊNCIA CARDÍACA E ACOMPANHAMENTO MÉDICO...APLICATIVO MÓVEL PARA AFERIÇÃO DA FREQUÊNCIA CARDÍACA E ACOMPANHAMENTO MÉDICO...
APLICATIVO MÓVEL PARA AFERIÇÃO DA FREQUÊNCIA CARDÍACA E ACOMPANHAMENTO MÉDICO...
 

Semelhante a Comercio eletronico 3

Marketing Digital
Marketing DigitalMarketing Digital
Marketing Digital
Marcelo Negrini
 
Programa SENAI de Negócios Online - módulo 2 - Vendas
Programa SENAI de Negócios Online - módulo 2 - VendasPrograma SENAI de Negócios Online - módulo 2 - Vendas
Programa SENAI de Negócios Online - módulo 2 - Vendas
Humberto Ribeiro
 
Dim. digital senac
Dim. digital senacDim. digital senac
Dim. digital senacdoristavares
 
C:\fakepath\dim. digital senac
C:\fakepath\dim. digital senacC:\fakepath\dim. digital senac
C:\fakepath\dim. digital senacdoristavares
 
Pré projeto
Pré projetoPré projeto
Pré projeto
Marco_Duarte
 
E commerce e e-business
E commerce e e-businessE commerce e e-business
E commerce e e-business
Kelly Shaynara Oliveira
 
Aula 2d -_visao_geral_do_e-business (1)
Aula 2d -_visao_geral_do_e-business (1)Aula 2d -_visao_geral_do_e-business (1)
Aula 2d -_visao_geral_do_e-business (1)ochatope
 
Biz miz o1 m3_u3.2_r6_pt
Biz miz o1 m3_u3.2_r6_ptBiz miz o1 m3_u3.2_r6_pt
Biz miz o1 m3_u3.2_r6_pt
EmanuelePristera
 
Viabilidade de abertura de uma nova empresa
Viabilidade de abertura de uma nova empresaViabilidade de abertura de uma nova empresa
Viabilidade de abertura de uma nova empresaFelipe Leo
 
TrendsBook: Tendências de Marketing para 2020
TrendsBook: Tendências de Marketing para 2020TrendsBook: Tendências de Marketing para 2020
TrendsBook: Tendências de Marketing para 2020
Filipe Monteiro
 
Trabalho de informatica
Trabalho de informaticaTrabalho de informatica
Trabalho de informaticaRenata Luciana
 
Programa SENAI de Negócios Online - módulo 3 - Compras
Programa SENAI de Negócios Online - módulo 3 - ComprasPrograma SENAI de Negócios Online - módulo 3 - Compras
Programa SENAI de Negócios Online - módulo 3 - Compras
Humberto Ribeiro
 
Mkt digital
Mkt digitalMkt digital
Mkt digital
diegocbe
 
Sistemas de Informações Gerenciais - Aula 01
Sistemas de Informações Gerenciais - Aula 01Sistemas de Informações Gerenciais - Aula 01
Sistemas de Informações Gerenciais - Aula 01Leandro Rezende
 

Semelhante a Comercio eletronico 3 (20)

Marketing Digital
Marketing DigitalMarketing Digital
Marketing Digital
 
Programa SENAI de Negócios Online - módulo 2 - Vendas
Programa SENAI de Negócios Online - módulo 2 - VendasPrograma SENAI de Negócios Online - módulo 2 - Vendas
Programa SENAI de Negócios Online - módulo 2 - Vendas
 
Dim. digital senac
Dim. digital senacDim. digital senac
Dim. digital senac
 
C:\fakepath\dim. digital senac
C:\fakepath\dim. digital senacC:\fakepath\dim. digital senac
C:\fakepath\dim. digital senac
 
Pré projeto
Pré projetoPré projeto
Pré projeto
 
55352747 aula-3-taw-negocios-eletronicos-na-internet
55352747 aula-3-taw-negocios-eletronicos-na-internet55352747 aula-3-taw-negocios-eletronicos-na-internet
55352747 aula-3-taw-negocios-eletronicos-na-internet
 
E commerce e e-business
E commerce e e-businessE commerce e e-business
E commerce e e-business
 
Trabalho+de+ecommerce
Trabalho+de+ecommerceTrabalho+de+ecommerce
Trabalho+de+ecommerce
 
Dw web
Dw webDw web
Dw web
 
Dw web
Dw webDw web
Dw web
 
Aula 2d -_visao_geral_do_e-business (1)
Aula 2d -_visao_geral_do_e-business (1)Aula 2d -_visao_geral_do_e-business (1)
Aula 2d -_visao_geral_do_e-business (1)
 
Biz miz o1 m3_u3.2_r6_pt
Biz miz o1 m3_u3.2_r6_ptBiz miz o1 m3_u3.2_r6_pt
Biz miz o1 m3_u3.2_r6_pt
 
Viabilidade de abertura de uma nova empresa
Viabilidade de abertura de uma nova empresaViabilidade de abertura de uma nova empresa
Viabilidade de abertura de uma nova empresa
 
TrendsBook: Tendências de Marketing para 2020
TrendsBook: Tendências de Marketing para 2020TrendsBook: Tendências de Marketing para 2020
TrendsBook: Tendências de Marketing para 2020
 
Trabalho de informatica
Trabalho de informaticaTrabalho de informatica
Trabalho de informatica
 
Programa SENAI de Negócios Online - módulo 3 - Compras
Programa SENAI de Negócios Online - módulo 3 - ComprasPrograma SENAI de Negócios Online - módulo 3 - Compras
Programa SENAI de Negócios Online - módulo 3 - Compras
 
Mkt digital
Mkt digitalMkt digital
Mkt digital
 
Si 53740
Si 53740Si 53740
Si 53740
 
Sistemas de Informações Gerenciais - Aula 01
Sistemas de Informações Gerenciais - Aula 01Sistemas de Informações Gerenciais - Aula 01
Sistemas de Informações Gerenciais - Aula 01
 
MK internacional
MK internacionalMK internacional
MK internacional
 

Mais de Adilmar Dantas

Querying nosql stores
Querying nosql storesQuerying nosql stores
Querying nosql stores
Adilmar Dantas
 
Programação Android Phonegap 1
Programação Android Phonegap 1Programação Android Phonegap 1
Programação Android Phonegap 1
Adilmar Dantas
 
Reconhecimento automático de emoções
Reconhecimento automático de emoçõesReconhecimento automático de emoções
Reconhecimento automático de emoções
Adilmar Dantas
 
Rede Neural MLP para reconhecimento de Faces
Rede Neural MLP para reconhecimento de FacesRede Neural MLP para reconhecimento de Faces
Rede Neural MLP para reconhecimento de Faces
Adilmar Dantas
 
BIODATA: SOFTWARE WEB PARA GERENCIAMENTO DE COLETA DE DADOS BIOMÉDICOS
BIODATA: SOFTWARE WEB PARA GERENCIAMENTO DE COLETA DE DADOS BIOMÉDICOSBIODATA: SOFTWARE WEB PARA GERENCIAMENTO DE COLETA DE DADOS BIOMÉDICOS
BIODATA: SOFTWARE WEB PARA GERENCIAMENTO DE COLETA DE DADOS BIOMÉDICOS
Adilmar Dantas
 
Alinhamento de Sequencia DNA
Alinhamento de Sequencia DNAAlinhamento de Sequencia DNA
Alinhamento de Sequencia DNA
Adilmar Dantas
 
Monitor Cardíaco usando Arduino
Monitor Cardíaco usando Arduino Monitor Cardíaco usando Arduino
Monitor Cardíaco usando Arduino
Adilmar Dantas
 
Algoritmo clique maximo - Analise de Algoritmos
Algoritmo clique maximo  - Analise de AlgoritmosAlgoritmo clique maximo  - Analise de Algoritmos
Algoritmo clique maximo - Analise de Algoritmos
Adilmar Dantas
 
TCC: WebLab Laboratório de Experimentação Remota
TCC: WebLab Laboratório de Experimentação RemotaTCC: WebLab Laboratório de Experimentação Remota
TCC: WebLab Laboratório de Experimentação Remota
Adilmar Dantas
 
Engenharia de software testes
Engenharia de software  testesEngenharia de software  testes
Engenharia de software testes
Adilmar Dantas
 
Compilador analise lexica
Compilador analise lexicaCompilador analise lexica
Compilador analise lexica
Adilmar Dantas
 
Artigo Certificação Digital
Artigo Certificação DigitalArtigo Certificação Digital
Artigo Certificação Digital
Adilmar Dantas
 
Certificado digital
Certificado digitalCertificado digital
Certificado digital
Adilmar Dantas
 
Symbian so
Symbian soSymbian so
Symbian so
Adilmar Dantas
 

Mais de Adilmar Dantas (14)

Querying nosql stores
Querying nosql storesQuerying nosql stores
Querying nosql stores
 
Programação Android Phonegap 1
Programação Android Phonegap 1Programação Android Phonegap 1
Programação Android Phonegap 1
 
Reconhecimento automático de emoções
Reconhecimento automático de emoçõesReconhecimento automático de emoções
Reconhecimento automático de emoções
 
Rede Neural MLP para reconhecimento de Faces
Rede Neural MLP para reconhecimento de FacesRede Neural MLP para reconhecimento de Faces
Rede Neural MLP para reconhecimento de Faces
 
BIODATA: SOFTWARE WEB PARA GERENCIAMENTO DE COLETA DE DADOS BIOMÉDICOS
BIODATA: SOFTWARE WEB PARA GERENCIAMENTO DE COLETA DE DADOS BIOMÉDICOSBIODATA: SOFTWARE WEB PARA GERENCIAMENTO DE COLETA DE DADOS BIOMÉDICOS
BIODATA: SOFTWARE WEB PARA GERENCIAMENTO DE COLETA DE DADOS BIOMÉDICOS
 
Alinhamento de Sequencia DNA
Alinhamento de Sequencia DNAAlinhamento de Sequencia DNA
Alinhamento de Sequencia DNA
 
Monitor Cardíaco usando Arduino
Monitor Cardíaco usando Arduino Monitor Cardíaco usando Arduino
Monitor Cardíaco usando Arduino
 
Algoritmo clique maximo - Analise de Algoritmos
Algoritmo clique maximo  - Analise de AlgoritmosAlgoritmo clique maximo  - Analise de Algoritmos
Algoritmo clique maximo - Analise de Algoritmos
 
TCC: WebLab Laboratório de Experimentação Remota
TCC: WebLab Laboratório de Experimentação RemotaTCC: WebLab Laboratório de Experimentação Remota
TCC: WebLab Laboratório de Experimentação Remota
 
Engenharia de software testes
Engenharia de software  testesEngenharia de software  testes
Engenharia de software testes
 
Compilador analise lexica
Compilador analise lexicaCompilador analise lexica
Compilador analise lexica
 
Artigo Certificação Digital
Artigo Certificação DigitalArtigo Certificação Digital
Artigo Certificação Digital
 
Certificado digital
Certificado digitalCertificado digital
Certificado digital
 
Symbian so
Symbian soSymbian so
Symbian so
 

Último

História da Rádio- 1936-1970 século XIX .2.pptx
História da Rádio- 1936-1970 século XIX   .2.pptxHistória da Rádio- 1936-1970 século XIX   .2.pptx
História da Rádio- 1936-1970 século XIX .2.pptx
TomasSousa7
 
Segurança Digital Pessoal e Boas Práticas
Segurança Digital Pessoal e Boas PráticasSegurança Digital Pessoal e Boas Práticas
Segurança Digital Pessoal e Boas Práticas
Danilo Pinotti
 
Escola Virtual - Fundação Bradesco - ITIL - Gabriel Faustino.pdf
Escola Virtual - Fundação Bradesco - ITIL - Gabriel Faustino.pdfEscola Virtual - Fundação Bradesco - ITIL - Gabriel Faustino.pdf
Escola Virtual - Fundação Bradesco - ITIL - Gabriel Faustino.pdf
Gabriel de Mattos Faustino
 
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdfTOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
Momento da Informática
 
PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...
PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...
PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...
Faga1939
 
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptxLogica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
Momento da Informática
 
Guardioes Digitais em ação: Como criar senhas seguras!
Guardioes Digitais em ação: Como criar senhas seguras!Guardioes Digitais em ação: Como criar senhas seguras!
Guardioes Digitais em ação: Como criar senhas seguras!
Jonathas Muniz
 

Último (7)

História da Rádio- 1936-1970 século XIX .2.pptx
História da Rádio- 1936-1970 século XIX   .2.pptxHistória da Rádio- 1936-1970 século XIX   .2.pptx
História da Rádio- 1936-1970 século XIX .2.pptx
 
Segurança Digital Pessoal e Boas Práticas
Segurança Digital Pessoal e Boas PráticasSegurança Digital Pessoal e Boas Práticas
Segurança Digital Pessoal e Boas Práticas
 
Escola Virtual - Fundação Bradesco - ITIL - Gabriel Faustino.pdf
Escola Virtual - Fundação Bradesco - ITIL - Gabriel Faustino.pdfEscola Virtual - Fundação Bradesco - ITIL - Gabriel Faustino.pdf
Escola Virtual - Fundação Bradesco - ITIL - Gabriel Faustino.pdf
 
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdfTOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
 
PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...
PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...
PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...
 
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptxLogica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
 
Guardioes Digitais em ação: Como criar senhas seguras!
Guardioes Digitais em ação: Como criar senhas seguras!Guardioes Digitais em ação: Como criar senhas seguras!
Guardioes Digitais em ação: Como criar senhas seguras!
 

Comercio eletronico 3

  • 1. Adilmar Coelho Dantas Fernando Augusto Zorzeto Sistemas para Internet - IFTM
  • 2. Trocas on-line A troca é o método mais antigo de comércio, que hoje é praticado por diversas organizações. A troca eletrônica: Melhora o processo de colocar em contato possíveis parceiros de negociação. Além disso a localização de interessados se torna mais rápida. Itens mais trocados na internet: Espaços em escritórios, estoques, fábricas e anúncios em forma de banner.
  • 3. Trocas on-line As trocas on-line são feitas em geral em uma bolsa de trocas que funciona da seguinte maneira: A) Você informa a bolsa de trocas o que quer oferecer B) A Bolsa analisa o valor de seus produtos ou serviços e lhe oferece certos pontos ou moedas de trocas. C) Você usa os pontos para comprar de outro participante aquilo que precisa.
  • 4. Neste tipo de processo os preços podem ser determinados por meio de negociações, como no caso de produtos de alto valor. Da mesma forma como acontece nos leilões onde os preços negociados resultam da interação e da barganha entre os vendedores. Envolve condições que não estão relacionadas a preços, como formas de pagamento, crédito. Sendo assim um processo bastante conhecido no mundo off- line.
  • 5. Três fatores contribuem para a negociação online Produtos e serviços integrados e Tecnologia Digital customizados Agentes de Software (Sistema de busca)
  • 6. Introdução A ampla adoção das redes wireless e móveis tornaram possível a computação móvel e assim o desenvolvimento dos (m-commerce). Há uma boa razão para se investir neste mercado que segundo pesquisas dizem que o numero de dispositivos móveis ultrapassa 1,3 bilhões em 2004. Previsão para 2014: 2,5 bilhões
  • 7. Promessas do m-commerce Desde 1999 o m-commerce se tornou um assunto bastante comentado entre os responsáveis pelo Ti. A mobilidade altera a forma pela qual as pessoas se comunicam, compartilham e a qual pessoas e empresas interagem Embora ainda haja vários obstáculos para o comércio em dispositivos móveis muitas empresas estão investindo nesse tipo de comércio. Ex: Google, Microsoft, Sony, etc.
  • 8.
  • 9. Algumas funções do portal Noticias e Guia de compras informações Jantares e reservas Mapas e transporte Serviço de Filmes Serviços adicionais Canais de Venda de bilhetes Entretenimento
  • 10. Como o campo de comércio eletrônico é novo e ainda não há muitos dados estatísticos alguns especialistas dividem o impacto do comércio eletrônico nas organizações em três categorias: A) Aperfeiçoamento do Marketing Direto B) Transformações das organizações C) Redefinição das organizações
  • 11. Marketing direto tradicional: Catálogos, telefone entre outros. Impacto Descrição • Promoção de produtos Os ME facilitam as promoções de produtos e serviços • Novos canais de venda Por alcançar clientes diretamente há essa necessidade • Economias diretas Se poupa bastante ao entregar produtos digitais ao invés de produtos físicos • Clico reduzido Com os meios digitais se reduziu o clico pois algumas transações levam apenas alguns segundos • Serviço de atendimento ao Aceleramento no atendimento por meio de softwares consumidor • Imagem corporativa ou de Firmar sua idetidade na web marca
  • 12. Outros impactos: Impacto Descrição • Personalização O CE deu ao cliente a possibilidade personalizar seu produto de acordo com suas necessidades • Propaganda Alteração na maneira em que a propaganda e conduzida já que ela agora e em massa • Sistema de pedidos Se feito online reduzira tempo e possíveis erros. • Operações de mercado Extinção ou redução do meios de marketing não diretos
  • 13. Tecnologia e aprendizado organizacional Para sobreviverem as empresas terão que se adaptar rapidamente as novas tecnologias, o que proporcionará a oportunidade de testar novos produtos, serviços e modelos de negócio. Antes de chegar a formula ideal muitas empresas terão que aprender com seus próprios erros.
  • 14. A natureza mutável do trabalho Isso já esta acontecendo . Um exemplo prático disso são as empresas reduzindo seu número de funcionários a um núcleo de cargas essências ou terceirizados. Além de criar novas oportunidades e riscos essas mudanças nos faz pensar melhor sobre cargos, carreiras e salários.
  • 15. Novos e aperfeiçoados recursos de produtos Os mercados digitais permitem a criação e aperfeiçoamento de produtos todos os dias . A personalização em massa permite as empresas criarem produtos específicos e personalizados para determinados tipos de clientes.
  • 16. Novos modelos de negócios Os ME afetam não apenas determinadas empresas e produtos mas setores inteiros. Pode ser que seja necessário refazer o modelo de negócio das empresas como por exemplo a Pricillene.com fizeram.
  • 17. Melhorias na cadeia de suprimentos
  • 18. Impactos sobre a manufatura Com a implantação do meio de produção em massa passamos para uma fabricação que hoje chamamos de just-in-time, dependente da demanda. Com a implantação de softwares específicos como os ERP’S e SAP é possível gerenciar os processos de manufatura através do acesso rápido a informação, mesmo que estes processos sejam executados em locais diferentes.
  • 19. Impactos sobre finanças e contabilidade Os ME requerem grandes sistemas de sistemas e consequentemente de pagamentos o que leva a empresa a ter que fazer acordos com operadores de cartão dentro outros.(CONSERTAR) E por fim mudarem sua estrutura de contabilidade como datas de pagamentos e entre outros.
  • 20. Impactos sobre gerenciamento de RH O CE esta mudando a forma na qual as pessoas são recrutadas e contratadas ,como por exemplo a existência de empresas especializadas neste tipo de serviço atualmente. Oferecendo portais de seleção e recrutamento Investimento em aprendizagem virtual e cursos feitos a distancia, os chamados EAD.