biofisica luz

1.699 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.699
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
53
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

biofisica luz

  1. 2. <ul><li>OElétrons – mudanças nos níveis de energia por aquecimento ou corrente elétrica. </li></ul><ul><li>Quando os elétrons eventualmente retornam a seus níveis mais baixos, os átomos emitem radiação que pode estar na região visível do espectro. </li></ul>
  2. 3. <ul><li>Radiação eletromagnética pulsante </li></ul><ul><li>Entre a infravermelha e ultravioleta </li></ul><ul><li>Pequenos ‘pacotes’ de energia chamados fótons </li></ul>
  3. 4. <ul><li>Comprimento de onda - distância repetida entre valores repetidos num padrão de onda (entre picos). </li></ul><ul><li>A freqüência é a velocidade de repetição de qualquer fenômeno periódico. </li></ul>
  4. 5. <ul><li>Para a mesma frequência (ou para o mesmo comprimento de onda): </li></ul><ul><li>Se a amplitude for maior, a energia será maior. </li></ul><ul><li>Para a mesma amplitude: </li></ul><ul><li>Se a frequência for maior (menor comprimento de onda), a energia será maior. </li></ul>
  5. 10. <ul><li>A fotossíntese é o processo através do qual as plantas , seres autotróficos (seres que produzem seu próprio alimento) e alguns outros organismos transformam energia luminosa em energia química processando o dióxido de carbono e outros compostos(CO2), água (H2O) e minerais em compostos orgânicos e produzindo oxigênio gasoso (O2). </li></ul>
  6. 12. Molécula de clorofila
  7. 13. A clorofila absorve energia luminosa, que desengatilhará um fluxo de elétrons excitados da molécula de clorofila; Uma parte da energia desses elétrons excitados da clorofila é transformada em energia química e utilizada para produzir ATP; Uma certa quantidade de energia luminosa captada pela clorofila é usada para quebrar a água, num processo conhecido como fotólise. O oxigênio da molécula de água é liberado, sendo uma pequena parte usado na respiração celular e o restante liberado na atmosfera. O hidrogênio da água combina-se com a molécula carregadora de hidrogênio NADP+, formando NADPH + H+ (NADP+ reduzido). Portanto, a energia elétrica é novamente convertida em energia química.
  8. 15. <ul><li>FASE CLARA – NOS TILACÓIDES!!! </li></ul><ul><li>A PRINCIPAL FUNÇÃO DA FASE FOTOQUÍMICA É CONVERTER A ENERGIA LUMINOSA EM ENERGIA QUÍMICA </li></ul><ul><li>Fotofosforilação </li></ul><ul><li>Fotólise da água </li></ul><ul><li>Depende da luz </li></ul>
  9. 16. <ul><li>FASE ESCURA – NO ESTROMA!! </li></ul><ul><li>A PRINCIPAL FUNÇÃO DA ETAPA QUÍMICA É TRANSFERIR A ENERGIA DO ATP PARA A MOLÉCULA DE GLICOSE. </li></ul><ul><li>Ciclo de Calvin ou Ciclo das Pentoses </li></ul><ul><li>Ciclo enzimático que utiliza o CO 2 absorvido da atmosfera, os H da água e a energia do ATP e constrói a molécula de GLICOSE. </li></ul><ul><li>CO 2 + H 2 O C 6 H 12 0 2 + O 2 </li></ul>
  10. 17. Bioluminescência
  11. 18. <ul><li>Bioluminescência é a emissão de luz visível derivada da liberação química de fótons de luz </li></ul><ul><li>Esta conversão de energia química para luz é devida principalmente à estrutura altamente &quot;forçada&quot; de proteínas chamadas Luciferinas (substrato das reações luminescentes), normalmente com ligações peróxido. A luz é emitida quando esta molécula passa deste estado de alta excitação para um estágio menos excitado. </li></ul><ul><li>Os diferentes organismos bioluminescentes possuem diferentes tipos de luciferinas que usam em diferentes vias metabólicas para liberar luz. </li></ul>
  12. 21. <ul><li>A função ecológica da bioluminescência é ainda pouco compreendida, mas já se sabe que em muitos casos está associada a: </li></ul><ul><li>- iluminação do campo de visão </li></ul><ul><li>- atração de presas através de iscas luminosas </li></ul><ul><li>- reconhecimento de diferentes espécies </li></ul><ul><li>- reconhecimento de parceiros sexuais </li></ul><ul><li>- adaptações contra predação </li></ul><ul><li>A bioluminescência é um processo característico em peixes das regiões profundas dos oceanos, onde há a rarefação ou mesmo a ausência total de luz natural </li></ul>
  13. 23. <ul><li>Fenomeno pelo qual as plantas produzem flores ou frutos de acordo com o tempo de exposição á luz </li></ul>
  14. 24. <ul><li>Ritmo que rege períodos de atividade e repouso em animais. </li></ul><ul><li>As horas de repouso ou de sono são determinadas pelas 24 horas do dia. </li></ul>

×