VALENTINA
de
Adriano Henrique Cândido

Sexto Tratamento

Copyright 2013 by Adriano
Henrique Cândido.
TODOS OS DIREITOS RES...
CENA 1 - INT. CANTINA - HORA DA ENTRADA
JOÃO VICTOR, 18 anos, estudante de Áudio e Vídeo, é um
cadeirante roqueiro e simpá...
...CONTINUANDO:

2.

João Victor sai com seus amigos da mesa externa da cantina
que estavam na CENA 3. Eles andam na direç...
3.
CENA 6 - EXT. PISO SUPERIOR - HORA DA ENTRADA
Valentina e as amigas saem das escadas e vão em direção a
um dos laborató...
...CONTINUANDO:

4.

AMIGA DE VALENTINA
A Tina vai ficar na cadeira de
rodas pra sempre.
O clima está pesado entre todos o...
...CONTINUANDO:

5.

Ao chegar à porta de acesso ao elevador, João Victor para
e abre a porta para Valentina. Ela passa co...
...CONTINUANDO:

6.

inclina e sua boca fica quase colada ao ouvido de João
Victor.
VALENTINA
(sussurrando)
Passei!
FIM.
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Valentina

283 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Valentina

  1. 1. VALENTINA de Adriano Henrique Cândido Sexto Tratamento Copyright 2013 by Adriano Henrique Cândido. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.
  2. 2. CENA 1 - INT. CANTINA - HORA DA ENTRADA JOÃO VICTOR, 18 anos, estudante de Áudio e Vídeo, é um cadeirante roqueiro e simpático. Ele conta uma história engraçada para seus amigos. Ele é o centro das atenções. CENA 2 - EXT. PÁTIO CENTRAL - HORA DA ENTRADA VALENTINA, 16 anos, bailarina e estudante de Multimídia, chega apressada, tirando os fones dos ouvidos, ainda com a roupa de seu curso de Balé. Encontra sua melhor amiga ANNA LUIZA no pátio, se cumprimentam com um beijo no rosto e um abraço apertado. VALENTINA Amiga, nem deu tempo de trocar de roupa. ANNA LUIZA Vai se trocar porque eu tenho uma fofoca monstro pra te contar. Sabe a Carolina? Ela... VALENTINA (interessadíssima) Segura. Já tô voltando. Valentina corre para o banheiro. CENA 3 - EXT. MESA EXTERNA DA CANTINA - HORA DA ENTRADA TRÊS AMIGOS de João Victor mostram a ele um livro de Roteiro de Cinema. Os 3 conversam animadamente sobre o livro enquanto o folheiam passando de um para o outro, apontando imagens, lendo trechos. CENA 4 - EXT. BANCO DO JARDIM - HORA DA ENTRADA Valentina, Anna Luiza e mais DUAS AMIGAS estão em pé junto a um dos bancos do jardim. As mochilas estão sobre o banco. As 4 conversam, em tom de fofoca. Riem, olham para os lados. Valentina balança a cabeça em tom de censura, mas também se divertindo. CENA 5 - EXT. PÁTIO CENTRAL - HORA DA ENTRADA TOCA O SINAL. Os alunos sobem para as aulas. (CONTINUA...)
  3. 3. ...CONTINUANDO: 2. João Victor sai com seus amigos da mesa externa da cantina que estavam na CENA 3. Eles andam na direção do elevador de cadeirantes. Valentina sai com suas amigas do banco do jardim que estavam na CENA 4. Elas andam na direção das escadas do pátio. No pátio central, Valentina e João Victor se encontram frente a frente. Os dois ficam tentando dar passagem um para o outro sem conseguir. Os amigos de João Victor, que passaram direto, assistem à dança indecisa de João Victor e Valentina parados em frente à porta de acesso para o elevador de cadeirantes. As amigas de Valentina, que passaram direto, assistem à dança indecisa de Valentina e João Victor paradas no pé da escada. João Victor faz um gesto de "Pare!" para Valentina, vira sua cadeira de rodas para o lado, liberando a passagem para ela. JOÃO VICTOR (fingindo cerimônia) Por favor, bailarina! VALENTINA (fazendo charme) Muito obrigado, cavalheiro! Valentina vai em direção às amigas. Elas sobem as escadas dando risinho maliciosos e brincando com Valentina. João Victor fica parado analisando com grande interesse as nádegas de Valentina. Valentina, ao virar o primeiro lance da escada, dá uma olhadinha para o pátio e sorri para João Victor. João Victor, pego em flagrante, abaixa a cabeça um pouco constrangido e sai em direção aos amigos. Os amigos o recebem com alarde, tirando sarro dele. Um dos amigos, fingindo cerimônia extrema, imita o sinal de "Pare!" que João Victor fez para Valentina e abre a porta de acesso ao elevador. AMIGO DE JOÃO VICTOR Por favor, cavalheiro! João Victor passa sorrindo e balançando a cabeça em reprovação e entra para o hall do elevador. Os amigos o seguem.
  4. 4. 3. CENA 6 - EXT. PISO SUPERIOR - HORA DA ENTRADA Valentina e as amigas saem das escadas e vão em direção a um dos laboratórios. João Victor e os amigos saem do corredor do elevador e vão em direção a uma das salas de aula do lado oposto ao laboratório de Valentina. Antes de entrarem para suas respectivas salas, João Victor e Valentina se cumprimentam com um sutil gesto de cabeça. Os dois entram em suas salas. CENA 7 - EXT. PÁTIO E ARREDORES - HORA DA SAÍDA TOCA O SINAL. Estudantes descendo as escadas, conversando no pátio, comprando coisas na cantina. João Victor está junto aos bebedouros na frente da Secretaria. Ele fala ao celular. Valentina desce as escadas, cruza o pátio central com pressa jogando beijinhos para as amigas. Ela passa em frente a João Victor, indo em direção à rampa de acesso para sair da Escola. João Victor dá uma boa olhada no bumbum da menina sem deixar de falar ao telefone. Valentina vira na rampa e some das vistas de João Victor. Ele volta sua atenção inteiramente para a conversa ao celular. Enquanto fala, João Victor vira a cadeira e vai em direção ao pátio central e à cantina. Ouvimos uma longa BUZINA DE CARRO e o barulho prolongado de um PNEU DE CARRO DERRAPANDO. Interropendo bruscamente o som da buzina e da derrapada, ouvimos o SOM DE UMA CAIXINHA DE MÚSICA. Explode um estardalhaço de BUZINAS DE CARRO interropendo a caixinha de música. Um SEGURANÇA atordoado surge correndo da rampa, cruza o pátio em desespero, entra afobado na Secretaria. O DIRETOR sai correndo da Secretaria e é seguido pelo Segurança e por outras pessoas. Alvoroço dos alunos que correm em direção à saída da Escola para ver o que aconteceu. João Victor, confuso e assustado, sem saber o porquê daquela movimentação toda, tenta entender o que está acontecendo enquanto fala ao celular. Ele permanece imóvel próximo do Auditório. CENA 8 - EXT. PÁTIO E ARREDORES - HORA DA ENTRADA ALGUMAS SEMANAS DEPOIS. As amigas de Valentina e mais alguns outros alunos do curso de Multimídia conversam sobre o acidente dela. (CONTINUA...)
  5. 5. ...CONTINUANDO: 4. AMIGA DE VALENTINA A Tina vai ficar na cadeira de rodas pra sempre. O clima está pesado entre todos os alunos, amigos ou não de Valentina. É o dia de seu retorno às aulas. João Victor come um sanduíche sentando junto a uma das mesas internas da cantina. Valentina surge no pátio central vindo da entrada da Escola. Ela está numa cadeira de rodas. Sua aparência física é boa, apesar de bastante abatida. Anna Luiza vem empurrando a cadeira de sua amiga. As outras amigas de Valentina saem correndo em direção a ela. Abraços, beijos. TOCA O SINAL. Anna Luiza se encaminha para a escada, empurrando a cadeira de rodas de Valentina. As amigas estão todas ao redor. Na beirada da escada, Valentina faz Anna Luiza parar. VALENTINA (se virando e olhando nos olhos de Anna Luiza) Pode deixar. Valentina tenta subir a escada e não consegue. ANNA LUIZA (preocupada e ansiosa) Ti? Por favor... VALENTINA (para Anna Luiza) Eu tenho que... (para si mesma) ... praticar. Valentina tenta subir o primeiro degrau e não consegue. Todos os alunos olham preocupados. João Victor surge do nada e para ao lado de Valentina. Olha com um carinho imenso para ela. JOÃO VICTOR E aí, gata? Vem comigo. Ela tenta sorrir para ele, mas não consegue. Ele toma o caminho para a porta de acesso ao elevador numa velocidade lenta, atento a Valentina que segue um pouco atrás, desajeitada. Anna Luiza segue a amiga de perto, quase colada à cadeira de rodas de Valentina, muito hesitante entre ajudar ou não, mas deixando Valentina seguir por si mesma. Anna Luiza parece querer agarrar a cadeira da amiga, mas se segura. Os outros alunos seguem atrás de Anna Luiza, preocupados. O silêncio é total. A tensão é grande entre todos. Apenas João Victor está tranquilo apesar de atento a Valentina. (CONTINUA...)
  6. 6. ...CONTINUANDO: 5. Ao chegar à porta de acesso ao elevador, João Victor para e abre a porta para Valentina. Ela passa conduzindo sua cadeira. Anna Luiza passa logo atrás dela. João Victor entra também. A porta de acesso se fecha. Todos os outros alunos ficam ali em frente à porta de acesso fechada, tensos, em silêncio. A porta se abre de repente e Anna Luiza sai correndo em direção às escadas do pátio. Os alunos se olham espantados observando Anna Luiza subir as escadas correndo. Eles imediatamente entendem a atitude de Anna Luiza. Todos saem correndo atrás dela. Anna Luiza para na saída do corredor de acesso ao elevador de cadeirantes no piso superior. Todos os outros alunos saem das escadas, correm pelos dois lados do corredor do piso superior e param amontoados dos dois lados de Anna Luiza, um pouco distantes dela. Ela está sozinha olhando para dentro do corredor. João Victor e Valentina surgem no corredor lado a lado. João Victor anda olhando com carinho para Valentina. Valentina anda com a cabeça baixa. CENA 9 - EXT. PÁTIO E ARREDORES - TARDE Imagens diversas mostrando a amizade entre João Victor e Valentina e mostrando a melhora dela. CENA 10 - INT. BIBLIOTECA - HORA DA ENTRADA João Victor está sentado numa das mesas conversando com a BIBLIOTECÁRIA. Eles estão extremamente animados. O notebook está aberto diante deles. Valentina entra na biblioteca. Ela se move com habilidade e graciosidade. Sua aparência é muito boa. Ela vê João Victor e a Bibliotecária conversando e vai em direção a eles. João Victor contorna a mesa e bloqueia a passagem de Valentina. A Bibliotecária se levanta quase num pulo. A Bibliotecária gira lentamente o notebook na direção de Valentina fazendo suspense. Vemos na tela do notebook a página inicial de um site de uma companhia de dança em cadeira de rodas. CENA 11 - EXT. MESA EXTERNA DA CANTINA - HORA DA ENTRADA João Victor está com os amigos dele e os de Valentina, todos junto às mesas. Mochilas em cima das mesas. Clima de apreensão no ar. Valentina surge cruzando o pátio em direção a eles. Os amigos correm para ela, mas ela passa direto por eles com os olhos pregados em João Victor. João Victor está completamente imóvel, quase em choque. Ela encosta sua cadeira de rodas na de João Victor. Ela se (CONTINUA...)
  7. 7. ...CONTINUANDO: 6. inclina e sua boca fica quase colada ao ouvido de João Victor. VALENTINA (sussurrando) Passei! FIM.

×