O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Vamos Fazer o que Ainda Não Foi Feito: Redescobrir a Educação, Reinventar a Pedagogia

6.473 visualizações

Publicada em

Apresentação de Abertura da Challenges 2015 - IX Conferência Internacional de TIC na Educação

Publicada em: Educação

Vamos Fazer o que Ainda Não Foi Feito: Redescobrir a Educação, Reinventar a Pedagogia

  1. 1. Redescobrir a Educação Reinventar a Pedagogia Braga, 14 de Maio, 2015 Challenges 2015 – IX Conferência Internacional de TIC na Educação
  2. 2. VAMOS FAZER O QUE AINDA NÃO FOI FEITO ©  António  Dias  de  Figueiredo  
  3. 3. Dois desafios para inovar em educação ©  António  Dias  de  Figueiredo  
  4. 4. Redescobrir a Educação 1. ©  António  Dias  de  Figueiredo  
  5. 5. Reinventar a Pedagogia 2. ©  António  Dias  de  Figueiredo  
  6. 6. 1. REDESCOBRIR A EDUCAÇÃO 3. CONCLUSÕES 2. REINVENTAR A PEDAGOGIA
  7. 7. 1. REDESCOBRIR A EDUCAÇÃO 3. CONCLUSÕES 2. REINVENTAR A PEDAGOGIA
  8. 8. Um marciano visita a Terra, estuda os progressos dos terráqueos e tenta perceber como é que eles educam as novas gerações para esse prodigioso mundo 1. REDESCOBRIR A EDUCAÇÃO
  9. 9. Porque será que nesse mundo, que necessita tanto da diferença e da complementaridade, 1. REDESCOBRIR A EDUCAÇÃO
  10. 10. os sistemas educativos insistem em construir industrialmente a uniformidade? 1. REDESCOBRIR A EDUCAÇÃO
  11. 11. 1. REDESCOBRIR A EDUCAÇÃO h3p://leading-­‐learning.blogspot.com/   os sistemas educativos insistem em construir industrialmente a uniformidade?
  12. 12. Porque será que os sistemas de ensino insistem em adestrar os alunos para serem: •  ouvintes, em vez de concretizadores? •  seguidores em vez de líderes? •  conservadores em vez de inovadores? •  imitadores em vez de criadores? •  analistas em vez de projetistas? 1. REDESCOBRIR A EDUCAÇÃO
  13. 13. Os estudiosos da realidade social dos nossos dias criticam a insistência na hipótese cognitiva e acentuam a importância vital das competências não cognitivas (“soft skills”) para que um cidadão tenha sucesso nos nossos dias 1. REDESCOBRIR A EDUCAÇÃO
  14. 14. •  capacidade de auto-regulação (impulsos, distrações, emoções, ansiedade, stress, disciplina) •  empatia •  persistência •  curiosidade •  autoconfiança, autoestima •  abertura a novas experiências •  tolerância à incerteza •  capacidade para gerir o insucesso 1. REDESCOBRIR A EDUCAÇÃO
  15. 15. Porque será que, conhecida esta realidade, os sistemas educativos insistem quase em exclusivo na preparação científica e técnica? ?   1. REDESCOBRIR A EDUCAÇÃO
  16. 16. •  aleatório •  intuitivo •  holístico •  sintético •  subjectivo •  atento ao todo hemisfério direito •  lógico •  sequencial •  racional •  analítico •  objetivo •  atento às partes hemisfério esquerdo Porque será que, sendo o ser humano neuronalmente equilibrado, 1. REDESCOBRIR A EDUCAÇÃO
  17. 17. •  aleatório •  intuitivo •  holístico •  sintético •  subjectivo •  atento ao todo hemisfério direito •  lógico •  sequencial •  racional •  analítico •  objetivo •  atento às partes hemisfério esquerdo os sistemas educativos insistem que seja distorcido? 1. REDESCOBRIR A EDUCAÇÃO
  18. 18. Porque será que insistem em que ensinar é, basicamente, explicar!? Porque será que insistem em que aprender é, basicamente, mostrar que se percebeu!? Não será verdade, como exorta Freire, que ensinar é criar cidadãos autónomos, capazes de assumirem individual e coletivamente os seus destinos? e aprender é construir essa autonomia no seio de uma cultura cidadã e democrática? ?   1. REDESCOBRIR A EDUCAÇÃO
  19. 19. Felizmente começa a haver decisores educacionais que reconhecem o absurdo 1. REDESCOBRIR A EDUCAÇÃO
  20. 20. 1. REDESCOBRIR A EDUCAÇÃO
  21. 21. 1. REDESCOBRIR A EDUCAÇÃO
  22. 22. 1. REDESCOBRIR A EDUCAÇÃO
  23. 23. Estes exemplos são motivos de esperança de que, com mais de um século de atraso, se esteja finalmente a 1. REDESCOBRIR A EDUCAÇÃO REDESCOBRIR A EDUCAÇÃO Cabe-nos agora contribuir para essa redescoberta
  24. 24. 1. REDESCOBRIR A EDUCAÇÃO 3. CONCLUSÕES 2. REINVENTAR A PEDAGOGIA
  25. 25. 2.1. REFERENCIAIS TEÓRICOS 2. REINVENTAR A PEDAGOGIA Em matéria de referenciais teóricos, quase se estagnou no estado da arte de há trinta anos Quando parecem surgir como mais recentes, acabam por se revelar, na prática, muitos deles, meros “remixes” dos conceitos dessa época   Os autores e conceitos hoje citados são, no essencial, os que eram citados há trinta anos  
  26. 26. 2.1. REFERENCIAIS TEÓRICOS 2. REINVENTAR A PEDAGOGIA Os avanços dos últimos trinta anos em domínios chave: •  neurociências •  psicologia   •  ciências sociais   •  ciências da redes   •  teorias da complexidade   têm sido ignorados!   •  modelos de gestão da qualidade  
  27. 27. 2.2. AUTONOMIA 2. REINVENTAR A PEDAGOGIA A dependência dos alunos relativamente a ensinamentos enlatados e pré-mastigados e a sua falta de autonomia e iniciativa atingiu os limites do insustentável É imperioso e urgente quebrar o circulo vicioso da dependência e da falta de autonomia https://youtu.be/dUqRTWCdXt4
  28. 28. 2.2. AUTONOMIA 2. REINVENTAR A PEDAGOGIA As tecnologias têm dado contribuições importantes para gerar autonomia: •  blended-learning •  flipped learning Já há sistemas escolares a formar os seus professores para a utilização corrente destas abordagens
  29. 29. 2.2. AUTONOMIA 2. REINVENTAR A PEDAGOGIA As tecnologias têm permitido, também, integrar atividades indutoras de autonomia: •  projetos •  blogs Começa-se a compreender a importância de avaliar trabalhos apresentados perante audiências genuínas •  simulações •  jogos
  30. 30. 2.2. AUTONOMIA 2. REINVENTAR A PEDAGOGIA Começa-se a compreender, também, a necessidade de instrumentar a autonomia: •  objetos mediadores •  redes de conceitos •  várias ferramentas tecnológicas
  31. 31. 2.3. AVALIAÇÃO 2. REINVENTAR A PEDAGOGIA Conseguida alguma margem de autonomia, torna-se possível começar desenvolvê-la sistematicamente •  co-avaliação •  colaboração e tirar partido dela ao nível da avaliação: •  co-evolução •  co-aprendizagem
  32. 32. 2.3. AVALIAÇÃO 2. REINVENTAR A PEDAGOGIA Torna-se então indispensável instrumentar a avaliação autónoma •  rúbricas •  contratos de aprendizagem •  portfólios •  outros instrumentos mediadores
  33. 33. 2.4. CONTROLO 2. REINVENTAR A PEDAGOGIA Com alunos mais autónomos e capazes de coparticipar na avaliação surgem condições para transferir para os alunos o lugar de controlo e assegurar que eles passam a intervir no próprio desenvolvimento do curso Ter-se-á conseguido, então, finalmente, a genuína aprendizagem centrada no aluno
  34. 34. 2.5. DISCURSO PEDAGÓGICO 2. REINVENTAR A PEDAGOGIA Há que libertar o discurso pedagógico da dependência induzida pelo modelo social subjacente à aula magistral medieval Os discursos •  scripto •  audio •  video e os relacionamentos entre eles têm de ser reinventados
  35. 35. 1. REDESCOBRIR A EDUCAÇÃO 3. CONCLUSÕES 2. REINVENTAR A PEDAGOGIA
  36. 36. 3. CONCLUSÕES Há que redescobrir a Educação, na nobreza dos propósitos que lhe cabem neste nosso século Há sinais animadores de que as mudanças podem não tardar Perante a riqueza dos desafios e recursos que nos cercam, há que reinventar e fortalecer desde já a pedagogia dessa NOVA EDUCAÇÃO
  37. 37. Redescobrir a Educação Reinventar a Pedagogia Braga, 14 de Maio, 2015 Challenges 2015 – IX Conferência Internacional de TIC na Educação Slides em: www.slideshare.net/ adfigueiredoPT FIM

×