SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 13
Baixar para ler offline
tempoespacogeo@gmail.com - Prof. Ademir Aquino
GEOGRAFIA - LISTA DE EXERCÍCIOS 1 – PROFESSOR ADEMIR AQUINO – 2017
1. (UFJF 2016) (...) desde pequenos ouvimos que o Sol nasce no leste e se põe no oeste. Nos livros, existem até
aqueles desenhos em que um homenzinho com os braços totalmente abertos, em forma de cruz, nos ensina a
colocar o direito na direção do nascer do Sol, o "leste", para deduzirmos que o norte fica à nossa frente, o sul
nas costas e o oeste na direção do braço esquerdo, oposta ao leste. O detalhe é que a aplicação desse método,
como nos é apresentado pelo desenho tradicional, raramente funciona. Disponível em: <http://migre.me/rZES5>.
O Sol nasce no leste e se põe no oeste somente em dois dias ao ano:
a) no começo e no término do horário de verão.
b) no início do perigeu e do apogeu da Terra.
c) no início do plantio e no início da colheita.
d) nos dias em que o Sol passa pelos polos.
e) nos equinócios de outono e primavera.
2. (UFRGS 2016) A coluna da esquerda abaixo apresenta os movimentos de rotação e translação, responsáveis
por diversos fenômenos; a da direita, alguns desses fenômenos.
Associe adequadamente a coluna da direita à da esquerda.
1. Rotação ( ) Afélio e Periélio
( ) Desvios dos ventos
2. Translação ( ) Movimento aparente do Sol
( ) Estações do ano
A sequência correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é
a) 2 – 1 – 1 – 2. b) 1 – 2 – 1 – 2. c) 1 – 2 – 2 – 1. d) 2 – 2 – 1 – 1. e) 1 – 1 – 2 – 2.
3. (IFSC 2015)
Com base na figura assinale a alternativa CORRETA.
a) A linha do Equador passa sobre uma única longitude.
b) A projeção do mapa está incorreta, pois se encontra virado
para baixo.
c) O Trópico de Capricórnio está projetado curvo e ao norte do
Equador.
d) A longitude de São Paulo (SP) é menor do que a de Rio Branco
(AC).
e) O Trópico de Capricórnio passa por diversas latitudes.
4. (IFSC) A imagem a seguir ilustra um veículo que se desloca de Laguna para Florianópolis, no dia 23 de
setembro de 2013 no momento em que segue sobre a mesma longitude na BR-101.
tempoespacogeo@gmail.com - Prof. Ademir Aquino
Com base na sombra projetada pelo veículo, assinale a alternativa CORRETA que indica a hora em que o mesmo
se desloca.
a) 17 horas.
b) 21 horas.
c) 13 horas.
d) 9 horas.
e) 5 horas.
5. (UFRGS) No hemisfério sul, nos dias em que ocorrem o equinócio e o solstício de verão, respectivamente, o
sol está perpendicular às cidades brasileiras de
a) Macapá e São Paulo.
b) Manaus e Rio de Janeiro.
c) Teresina e Curitiba.
d) Fortaleza e Belo Horizonte.
e) São Luís e Florianópolis.
6. (IFTRJ) Para o Brasil, a posição da Terra no modelo descrito
possibilita economizar energia por meio da adoção do horário de
verão porque:
a) estimula a geração de energia elétrica solar com os dias mais
longos, aumentando a oferta nessa época do ano.
b) utiliza de forma sustentável o número maior de horas de Sol
durante o dia nesse período, economizando energia.
c) distribui melhor a energia produzida no país, adiantando os
relógios em uma hora nas cinco regiões.
d) mantém as pessoas mais conscientes da necessidade de
economizar energia elétrica, e que, por isso, evitam utilizar
lâmpadas incandescentes.
7. (UFG) Analise a figura a seguir.
Na figura, um relógio de sol vertical está
localizado em Goiânia (latitude 16° 30' Sul).
O marcador do relógio está representado
pela barra vertical. Quando iluminado pelo
Sol, ao longo do ano, o relógio projeta
sombras ao meio-dia (representadas na
figura). Visto a partir das localidades
intertropicais, o Sol passa (movimento
aparente) duas vezes pelo zênite, o ponto
mais alto do céu (Z). Considerando-se a
figura e que, em uma situação ideal, o
deslocamento do Sol seja uniforme,
conclui-se que os meses,
aproximadamente, nos quais o Sol passará
duas vezes pelo zênite de Goiânia, serão
a) dezembro e fevereiro.
b) novembro e janeiro.
c) dezembro e março.
d) novembro e março.
e) janeiro e fevereiro.
tempoespacogeo@gmail.com - Prof. Ademir Aquino
8. (PUCRS) No dia 08 de março deste ano, o voo MH 370 da Malaysia Airlines partiu de Kuala Lampur, capital da
Malásia, em direção a Pequim, na China, mas não chegou ao seu destino, pois o avião supostamente
desapareceu ao sul do Oceano Índico. Caso o voo tivesse completado seu trajeto, o traçado da rota de Kuala
Lampur a Pequim teria seguido, aproximadamente, o rumo
a) sudeste. b) nordeste. c) sudoeste. d) sul-sudeste. e) norte-noroeste.
9. (UCS) Os fusos horários são uma convenção internacional que possibilita às pessoas de todos os países
adotarem um padrão de horário, utilizando-o como referência.
Sendo 13h a 120° de long E, que horas serão a 165° de long E?
a) 3h b) 10h c) 16h d) 19h e) 21h
10. (UFRGS) Observe as cidades A e B e suas posições geográficas em relação ao círculo de iluminação solar, a
partir da dinâmica do movimento de rotação da Terra.
Considere as seguintes afirmações sobre as cidades.
I. Os moradores da cidade B terão uma longa noite pela
frente.
II. Um morador da cidade A, ao amanhecer, prepara-se para as
atividades do dia.
III. Os moradores da cidade A têm os seus relógios adiantados
em relação aos moradores da cidade B.
Quais estão corretas?
a) Apenas I. b) Apenas II. c) Apenas III.
d) Apenas I e II. e) Apenas II e III.
11. (PUCRJ) Em uma situação aleatória, uma pessoa que viaja,
de automóvel, de São Paulo para Brasília, de Brasília para Manaus, de Manaus para Belém do Pará e de Belém
do Pará para Salvador, vai percorrer o trajeto, respectivamente, nas seguintes direções (com base nos pontos
cardeais e colaterais, a seguir):
a) norte; noroeste; sudeste; nordeste.
b) norte; noroeste; nordeste; sudeste.
c) noroeste; norte; sudeste; nordeste.
d) norte; sudeste; nordeste; sudoeste.
e) noroeste; sudeste; nordeste; sudeste.
12. (PUCRJ) Levando-se em consideração a posição
do planeta Terra apresentada no cartograma, conclui-
se que as populações localizadas na faixa latitudinal
45° N estão sob a seguinte estação do ano:
a) Verão.
b) Outono.
c) Inverno.
d) Primavera.
e) Em transição.
tempoespacogeo@gmail.com - Prof. Ademir Aquino
13. (UNICAMP) A imagem abaixo mostra um local por onde passa
o Trópico de Capricórnio. Sobre o Trópico de Capricórnio
podemos afirmar que:
a) É a linha imaginária ao sul do Equador, onde os raios solares
incidem sobre a superfície de forma perpendicular, o que
ocorre em um único dia no ano.
b) Os raios solares incidem perpendicularmente nesta linha
imaginária durante o solstício de inverno, o que ocorre duas
vezes por ano.
c) Durante o equinócio, os raios solares atingem de forma
perpendicular a superfície no Trópico de Capricórnio,
marcando o início do verão.
d) No início do verão (21 ou 22 de dezembro), as noites têm a
mesma duração que os dias no Trópico de Capricórnio.
14. (FUVEST) Uma das primeiras estimativas do raio da Terra é atribuída a Eratóstenes, estudioso grego que
viveu, aproximadamente, entre 275 a.C. e 195 a.C. Sabendo que em Assuã, cidade localizada no sul do Egito, ao
meio dia do solstício de verão, um bastão vertical não apresentava sombra, Eratóstenes decidiu investigar o que
ocorreria, nas mesmas condições, em Alexandria, cidade no norte do Egito. O estudioso observou que, em
Alexandria, ao meio dia do solstício de verão, um bastão vertical apresentava sombra e determinou o ângulo θ
entre as direções do bastão e de incidência dos raios de sol. O valor do raio da Terra, obtido a partir de θ e da
distância entre Alexandria e Assuã foi de, aproximadamente, 7500 km.
O mês em que foram realizadas as observações e o valor aproximado de
θ são
(Note e adote: distância estimada por Eratóstenes entre Assuã e
Alexandria 900 km; 3.π  )
a) junho; 7°.
b) dezembro; 7°.
c) junho; 23°.
d) dezembro; 23°.
e) junho; 0,3°.
15. (UESPI) O mapa do Brasil mostrado a seguir está
delimitando um importante fato geográfico. Assinale-o.
a) As fronteiras agrícolas atuais.
b) Os limites entre bacias sedimentares e os terrenos de
escudo.
c) A proposta de uma nova regionalização para o país.
d) Os fusos horários.
e) Os limites teóricos e práticos da continentalidade e
maritimidade.
tempoespacogeo@gmail.com - Prof. Ademir Aquino
16. (UFSJ) Observe a imagem.
A partir da análise da imagem, é CORRETO afirmar
que
a) quando a aeronave realizou o último contato com
o Brasil, os relógios em Paris marcavam 8h30min.
b) em sua trajetória, do Rio de Janeiro até o destino
pretendido, a aeronave seguia no sentido sudeste-
noroeste.
c) no momento do último contato com o Brasil, a
aeronave sobrevoava o Oceano Atlântico em uma
região de baixa latitude.
d) a região da queda do avião encontra-se próxima
do Equador em uma zona de divergência de ventos
alísios.
17. (UFBA)
Fundamentado na ilustração, nos
conhecimentos relativos à questão da
orientação sobre o espaço geográfico e na
observação das diferentes posições do sol na
linha do horizonte, em diferentes períodos do
ano, sobre uma cidade localizada em latitudes
médias,
• identifique em que hemisfério se localiza a
cidade mostrada na ilustração, explicando o
motivo pelo qual o sol, ao meio dia, em 21 de
junho, encontra-se posicionado no ponto
mais alto da linha do horizonte.
• identifique, na cidade apresentada na figura,
as estações do ano e os períodos de solstício
ou equinócio em
21 de março: período:
23 de setembro: período:
• cite duas consequências geográficas ligadas à trajetória da luz do sol, na linha do horizonte, ao se deslocar no
sentido de I para II.
18. (UFJF) Leia a figura.
a) Por que se utiliza a expressão “deslocamento
aparente do Sol”?
b) Os equinócios e os solstícios determinam o início
das:__________
c) Os trópicos de Câncer e Capricórnio são linhas
imaginárias que passam a 23°27’ ao norte e ao sul
da linha do Equador. Com base na figura, o que
explica esse valor: 23°27’ N e S?
tempoespacogeo@gmail.com - Prof. Ademir Aquino
19. (PUCRJ)
Prática adotada pelo Estado brasileiro desde a década de 1930, o horário
de verão é uma estratégia para economizar energia no setor público e
privado. Apesar das controvérsias em relação a essa prática não serem
poucas, desde 1985 não houve interrupção na sua aplicação no país.
a) Explique, com base nas faixas latitudinais do território brasileiro no
hemisfério Sul, a escolha, pelo Estado, das unidades da federação que
adotam o horário de verão.
b) Apresente um motivo que justifique a não adoção do horário de verão
por alguns estados da federação, mesmo estes estando na mesma faixa
latitudinal de outras unidades que o aplicam.
20. (UFRGS) Observe o mapa a seguir, em que estão destacados o Distrito
Federal e os dez estados brasileiros que sofreram alteração de horário a
partir de outubro de 2007.
Essa alteração de horário, conhecida como "horário de verão", visa a uma
economia de energia em regiões em que o aproveitamento da luz solar nessa
época do ano é maior. Esse aumento da luminosidade se verifica nas regiões
em que
a) a latitude é maior.
b) a latitude é menor.
c) a longitude é maior a oeste.
d) a longitude é maior a leste.
e) a latitude é menor e a longitude é maior a oeste.
21. (UNICAMP) "Nos primeiros dias do outono subitamente entrado, quando o escurecer toma uma evidência
de qualquer coisa prematura, e parece que tardamos muito no que fazemos de dia, gozo, mesmo entre o
trabalho quotidiano, essa antecipação de não trabalhar..."
(Fernando Pessoa, "Livro do Desassossego". Campinas: Editora da Unicamp, 1994, vol. II, p. 55).
a) Compare as características do outono em Portugal (terra natal de Fernando Pessoa) com o outono da região
nordeste do Brasil.
b) Diferencie "solstício" de "equinócio".
22. (PUCRJ)
Levando-se em consideração que, no dia em que esta
foto foi tirada, o Sol se pôs exatamente atrás da
estátua do Cristo Redentor, podemos AFIRMAR que:
a) o Pão de Açúcar está situado ao norte da parte
frontal da estátua do Cristo Redentor.
b) o braço direito do Cristo Redentor está apontando
para a direção sul.
c) o leste está na direção da parte de trás da estátua
do Cristo Redentor.
d) a enseada de Botafogo está ao sul da parte frontal
da estátua do Cristo Redentor.
e) o braço esquerdo do Cristo Redentor está
apontando para a direção oeste.
tempoespacogeo@gmail.com - Prof. Ademir Aquino
23. (UERJ) Ao longo do meridiano 180°
, no Oceano Pacífico, encontra-
se a Linha Internacional de Mudança de Data. Quando for meio-dia em
Greenwich, será meia-noite na Linha Internacional de Mudança de
Data e lá um novo dia estará se iniciando.
Considere que na localidade B, assinalada no mapa, sejam 11 horas de
domingo, do dia 22 de junho.
Nessas condições, na localidade A, também assinalada no mapa, o
horário, o dia da semana e o dia do mês de junho do mesmo ano serão,
respectivamente:
a) 10 - sábado - 21
b) 11 - sábado - 21
c) 10 - domingo - 22
d) 11 - domingo - 22
24. (PUCRS) INSTRUÇÃO: Responder à questão considerando o desenho que representa parte do traçado
urbano de uma cidade no dia 21 de dezembro.
Analisando o desenho e sabendo que o paralelo 23°
27'S passa pelo centro da praça, é correto afirmar:
a) Pela manhã, ao nascer do sol, a sombra da
biblioteca será projetada no sentido da rua Z.
b) Pela manhã, ao nascer do sol, a sombra da igreja
será projetada no sentido da rua X.
c) Ao meio dia solar, a sombra, tanto da igreja
quanto da biblioteca pública, provavelmente será
projetada no sentido norte.
d) Ao meio dia solar, provavelmente não haverá a
formação de sombra da igreja.
e) Ao pôr-do-sol, a sombra da igreja será projetada
no sentido da rua Z.
25. (UEMA) A tirinha apresenta um fenômeno chamado fuso horário.
Considerando as conclusões da Mafalda na sequência em quadrinhos, estabeleça duas relações econômicas
entre fuso horário, comércio e transporte internacional na economia globalizada.
tempoespacogeo@gmail.com - Prof. Ademir Aquino
26. (PUCRJ) Cuidado com o que se lê na
Internet!!!!
"Que espetáculo! Foto do amanhecer na Europa e
África, num dia sem nuvens, vista de um satélite
em órbita. Observem como as luzes ainda estão
acesas em Paris e Barcelona, no entanto, em
Londres, Lisboa e Madri é dia claro. (...)."
Com base na leitura do texto e na observação da
imagem de satélite, IDENTIFIQUE E EXPLIQUE um
erro relacionado à variação na luminosidade do
planeta, utilizando seus conhecimentos acerca dos
movimentos da Terra.
27. (UFLA) Observe a seguinte curiosidade.
BOLA DIVIDIDA
No estádio Milton de Souza Corrêa, o Zerão, em Macapá - AP, a linha central que divide o gramado está
posicionada exatamente sobre a linha imaginária (...). Assim, no início da partida, um time fica na metade norte
do mundo e outro na parte sul e, é claro, durante o jogo os atletas trocam de hemisfério várias vezes. [Na
cidade] além do estádio de futebol, parques, praças, bares e restaurantes aproveitam-se da posição estratégica
para atrair os curiosos. Tamanha peculiaridade chamou a atenção do jornalista inglês Alex Bellos, autor de um
ótimo livro sobre o futebol brasileiro: "Futebol - The Brazilian way of life", lançado em maio naquele país.
Supernovas, "Revista Superinteressante", edição 210, Editora Abril, fevereiro de 2005, p.16 17 (adaptado)
A alternativa a seguir que identifica CORRETAMENTE tanto a linha imaginária mencionada no texto quanto o
indicativo dessa identificação é:
a) Linha do Equador - "metade norte do mundo".
b) Trópico de Câncer - localização da cidade de Macapá/AP.
c) Trópico de Capricórnio - "linha central que divide o gramado".
d) Linha do Greenwich - "atletas trocam de hemisfério".
e) Círculo Polar Ártico - "aproveitam-se da posição estratégica".
28. (UFPR) Em relação às causas físicas que explicam o estabelecimento das linhas imaginárias do Equador,
trópicos de Câncer e de Capricórnio e círculos polares Ártico e Antártico, é correto afirmar:
a) O estabelecimento dos trópicos de Câncer e de Capricórnio está relacionado ao movimento diário do Sol em
torno da Terra.
b) O movimento de rotação interfere no estabelecimento das linhas imaginárias do Equador, Trópico de Câncer
e Trópico de Capricórnio, bem como dos círculos polares.
c) Todas essas linhas imaginárias que correspondem à latitude e à longitude têm o mesmo valor relativo em
graus porque foram estabelecidas segundo o mesmo princípio físico.
d) Os círculos Polar Ártico e Polar Antártico têm sua delimitação estabelecida pelos períodos de luz e sombra,
que ocorrem devido à conjunção do eixo de inclinação terrestre e do movimento de translação da Terra em
torno do Sol.
e) Cada uma dessas linhas divide a Terra em duas partes iguais.
29. (UERJ) Com a morte do imperador do Japão à 1 hora e 25 minutos do dia 25 de dezembro de 1926, um fato
bastante curioso aconteceu.
No dia 24 de dezembro, a embaixada daquele país, no Rio de Janeiro, decretava o luto pela morte do soberano,
e os jornais brasileiros anunciavam: "Faleceu hoje o imperador do Japão".
A confusão provocada, no Brasil, com o anúncio da morte do imperador do Japão, naquele ano, pode ser
esclarecida pela seguinte explicação geográfica:
a) utilização do Fuso Horário Civil em trechos do território brasileiro
b) posição do Brasil a leste da Linha Internacional de Mudança de Data
tempoespacogeo@gmail.com - Prof. Ademir Aquino
c) adoção diferenciada do Horário Universal de Greenwich em cada país
d) localização do Brasil a oeste do limite aceito como Horário Fracionadoe
30. (ENEM) Entre outubro e fevereiro, a cada ano, em alguns estados das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste,
os relógios permanecem adiantados em uma hora, passando a vigorar o chamado horário de verão. Essa
medida, que se repete todos os anos, visa
a) promover a economia de energia, permitindo um melhor aproveitamento do período de iluminação natural
do dia, que é maior nessa época do ano.
b) diminuir o consumo de energia em todas as horas do dia, propiciando uma melhor distribuição da demanda
entre o período da manhã e da tarde.
c) adequar o sistema de abastecimento das barragens hidrelétricas ao regime de chuvas, abundantes nessa
época do ano nas regiões que adotam esse horário.
d) incentivar o turismo, permitindo um melhor aproveitamento do período da tarde, horário em que os bares e
restaurantes são mais frequentados.
e) responder a uma exigência das indústrias, possibilitando que elas realizem um melhor escalonamento das
férias de seus funcionários.
31. (UFRGS) Observe a figura a seguir.
No dia 10 de janeiro, às 8h, um navio cargueiro, em sua
rota, cruza a Linha Internacional da Data no sentido
Oeste (Gr).
Após ter cruzado a referida linha, que dia e hora local são
registrados no navio?
a) 9 de janeiro, 7h.
b) 9 de janeiro, 8h.
c) 10 de janeiro, 9h.
d) 10 de janeiro, 10h.
e) 11 de janeiro, 8h.
32. (FUVEST) O anúncio oferece um apartamento para venda no município de São Paulo. A expressão "Face
Norte" indica que o apartamento:
a) deve ter boa luminosidade por estar voltado para o
Norte.
b) deve ter boa luminosidade pela manhã e à tarde
graças à longitude de São Paulo.
c) está na Zona Norte, área muito valorizada, pois fica
próxima aos mananciais do município.
d) deve ter boa luminosidade pela manhã e à tarde,
pois fica na fachada frontal do prédio.
e) está na Zona Norte, próximo à Serra da Cantareira,
em local elevado e livre das enchentes.
TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO:
No primeiro dia do inverno no Hemisfério Sul, uma atividade de observação de sombras é realizada por alunos
de Macapá, Porto Alegre e Recife. Para isso, utiliza-se uma vareta de 30cm fincada no chão na posição vertical.
Para marcar o tamanho e a posição da sombra, o chão é forrado com uma folha de cartolina, como mostra a
figura:
Nas figuras abaixo do mapa, estão representadas as sombras projetadas pelas varetas nas três cidades, no
mesmo instante, ao meio-dia. A linha pontilhada indica a direção Norte-Sul.
tempoespacogeo@gmail.com - Prof. Ademir Aquino
33. (ENEM)
11 - Porto Velho
12 - Manaus
13 - Salvador
14 - Aracaju
15 - Recife
16 - Natal
17 - Fortaleza
18 - Belém
19 - Teresina
20 - Macapá
Pelos resultados da
experiência, num mesmo instante, em Recife a sombra se projeta à direita e nas outras duas cidades à esquerda
da linha pontilhada na cartolina. É razoável, então, afirmar que existe uma localidade em que a sombra deverá
estar bem mais próxima da linha pontilhada, em vias de passar de um lado para o outro. Em que localidade,
dentre as listadas a seguir, seria mais provável que isso ocorresse?
a) Natal
b) Manaus
c) Cuiabá
d) Brasília
e) Boa Vista
34. (UFMG) Observe o mapa.
Suponha a realização de uma viagem de automóvel de
Belo Horizonte a Luz, com a partida marcada para as
15:00h de um dia ensolarado na véspera do Natal.
Nessa viagem, com duração aproximada de duas horas
e trinta minutos, o motorista irá receber mais
intensamente os raios solares
a) de frente e à sua esquerda.
b) de frente e à sua direita.
c) pelas costas e à sua esquerda.
d) pelas costas e à sua direita.
LEGENDA
1 - Boa Vista
2 - Porto Alegre
3 - Florianópolis
4 - Curitiba
5 - Belo Horizonte
6 - Rio de Janeiro
7 - Vitória
8 - Goiânia
9 - Brasília
10 - Cuiabá
tempoespacogeo@gmail.com - Prof. Ademir Aquino
Gabarito:
1: [E] Com precisão, o Sol nasce a leste e se põe a oeste apenas nos equinócios de Outono e de Primavera quando a radiação solar incide exatamente na
perpendicular sobre a linha do equador.
2: [A] O movimento de rotação é responsável pelo Efeito Coriolis, que é o desvio das grandes massas de ar e de água a oeste e também do movimento
aparente do sol que é a trajetória de leste para oeste que observarmos da Terra. Já o movimento de translação está associado ao afélio e periélio que é o
momento da maior afastamento e maior proximidade da Terra em relação ao sol em sua órbita elíptica e também às estações do ano, que são resultantes
da diferença de calor na Terra durante o ano.
3: [D] A cidade de São Paulo está situada no fuso 45°O ao passo que Rio Branco encontra-se no fuso 75°O, portanto, como mencionado corretamente na
alternativa [D], a longitude de São Paulo é menor que a de Rio Branco. Estão incorretas as alternativas: [A], porque a Linha do Equador passa sobre todos
os meridianos do planeta; [B], porque no espaço não existe “em cima” ou “em baixo”, tornando natural analisar o mapa de forma invertida; [C], porque o
Trópico de Capricórnio situado a 23°S de latitude, encontra-se ao sul do Equador; [E], porque o Trópico de Capricórnio é o paralelo 23°S e, portanto, indica
somente essa latitude.
4: [A] O equinócio de primavera no hemisfério sul, indicado pelo dia 23 de setembro, caracteriza a máxima igualdade entre o período claro e escuro
registrando, respectivamente, o nascente e o poente, às 06 e às 18 horas. Portanto, a sombra na figura indica a proximidade do poente, ou seja, 17 horas,
como mencionado corretamente na alternativa [A].
5: [A] No equinócio o sol incidirá perpendicularmente à Linha do Equador e no solstício de verão do hemisfério sul, no Trópico de Capricórnio e, portanto,
como mencionado corretamente na alternativa [A], nas cidades de Macapá e São Paulo, localizadas nos paralelos citados. Estão incorretas as alternativas
seguintes porque a localização das cidades não corresponde à latitude da Linha do Equador e do Trópico de Capricórnio.
6: [B] Como mencionado corretamente na alternativa [B], o solstício de verão aumenta o número de horas com luz solar em algumas regiões do Brasil
permitindo que, ao utilizá-las comercialmente, haja redução de consumo de energia elétrica. Estão incorretas as alternativas: [A], porque o horário de
verão não está associado à produção de energia solar; [C], porque não são todas as regiões do país que adotam o horário de verão; [D], porque o horário
de verão não é uma campanha de conscientização de economia de energia.
7: [B] Como Goiânia está localizada no hemisfério sul, é possível deduzir que no dia 21 de junho, o sol estará incidindo sobre o Trópico de Câncer, nos dias
21 de setembro e 21 de março sobre a Linha do Equador e no dia 21 de dezembro sobre o Trópico de Capricórnio, portanto, como mencionado
corretamente na alternativa [B], o sol passará pelo Zênite nos meses que antecedem e sucedem o solstício de verão, ou seja, em novembro e janeiro.
8: [B] Como mencionado corretamente na alternativa [B], Pequim, situada no litoral da China está a nordeste da Malásia. Estão incorretas as alternativas
seguintes em razão de não corresponderem à rota estabelecida.
9: [C] A distância longitudinal entre as duas localidades é de 45°, resultando em uma diferença de 3 horas. Se forem 13 horas em 120°E, soma-se 3 horas, e
na segunda localidade serão 16 horas, como mencionado corretamente na alternativa [C].
10: [B] [I] INCORRETA – O dia está amanhecendo na cidade B. [II] CORRETA – O dia amanheceu na cidade A. [III] INCORRETA – Como as duas cidades
ocupam o mesmo meridiano, possuem em princípio, o mesmo fuso horário.
11: [B]
Como mencionado corretamente na alternativa [B], o trajeto indicado é: norte, no trecho São Paulo –
Brasília; noroeste, no trecho Brasília – Manaus; nordeste, no trecho Manaus – Belém; sudeste, no
trecho Belém – Salvador.
12: [C] A inclinação do eixo imaginário da Terra faz com que, sazonalmente, um dos hemisférios
receba maior ou menor intensidade de radiação solar, caracterizando as estações do verão – hemisfério
voltado ao sol – e do inverno – hemisfério afastado do sol. A análise da figura mostra, como
mencionado corretamente na alternativa [C], que o hemisfério norte encontra-se mais afastado e,
portanto, a localização latitudinal de 45°N está no inverno. Estão incorretas as alternativas: [A], porque
o verão está ocorrendo no hemisfério sul; [B] e [D], porque no outono e primavera o sol incide
diretamente sobre a linha do Equador; [E], porque a figura mostra uma posição em que o sol incide
diretamente sobre o Trópico de Capricórnio (23°27’ ao sul do Equador) definindo, portanto, o verão no
hemisfério Sul e inverno no hemisfério Norte.
13: [A] O Trópico de Capricórnio apresenta 23° 27’ e localiza-se ao sul da Linha do Equador (0°). No solstício de verão do hemisfério sul, dia 21 ou 22 de
dezembro, a radiação solar incide diretamente (na perpendicular) ao trópico, marcando o início do verão no hemisfério sul. Os equinócios correspondem à
incidência de radiação na Linha do Equador, marcando o início da primavera ou do outono.
14: [A]
[Resposta sob o ponto de vista da disciplina de Geografia]
Os raios solares que atingem a Terra são paralelos. Portanto:
360 900
7,2
2 3 7500
θ

  
 
tempoespacogeo@gmail.com - Prof. Ademir Aquino
A cidade de Alexandria situa-se no hemisfério norte, território do Egito, onde o solstício de verão acontece
no dia 21 de junho, quando o Sol dispõe sua radiação na perpendicular à linha do Trópico de Câncer.
[Resposta sob o ponto de vista da disciplina de Matemática]
Considere a figura.
Como os raios solares são paralelos, segue que AOB   e, portanto,
AB
OA
900
7500
0,12rad
0,12 180
7,2 .
3
 


 
  
Além disso, como Assuã e Alexandria estão situadas no hemisfério norte, e o solstício de verão ocorre no mês de junho nesse hemisfério, segue que as
observações foram realizadas em junho.
15: [D] O mapa indica os fusos horários brasileiros adotados a partir de limites práticos, o que os diferencia moderadamente dos limites teóricos. Tal
prática é adotada para evitar que uma mesma cidade ou estado apresente horas diferentes.
16: [C] a) INCORRETA. Embora a ilustração não traga a longitude de Paris, é possível calcular que, se no último contato da aeronave feita no Rio de Janeiro
(45°O) eram 22h30, a localidade cujo horário é 8h30 terá uma diferença de 10 horas que, multiplicada por 15°, resultará numa diferença longitudinal de
150°, o que permite, por sua vez, definir a longitude de 105°L para o horário de 22h30, inviabilizando a possibilidade de ser o horário de Paris. b)
INCORRETA. A direção da aeronave segue no sentido norte-nordeste (ponto subcolateral).c) CORRETA. Considerando-se que o último contato da aeronave
foi no meio do oceano atlântico, sua posição era próxima à Linha do Equador e, portanto, em baixas latitudes. d) INCORRETA. A Linha do Equador é uma
área ciclonal de convergência dos alísios que se formam nas latitudes 30°S e 30°N.
17: A cidade destacada na ilustração localiza-se no Hemisfério Norte (Zona Temperada do Norte). Em 21 de junho, o sol se encontra em uma posição mais
elevada na linha do horizonte, porque, nessa data, os raios solares incidem perpendicularmente sobre o Trópico de Câncer, 23° de latitude norte.
As estações do ano e períodos são: - 21 de março: Primavera (equinócio). - 23 de setembro: Outono (equinócio). As consequências geográficas ligadas à
trajetória da luz do sol no sentido de I (leste) para II (oeste): sucessão dos dias e das noites; diferenças horárias (fusos horários).
18: a) O movimento de rotação da Terra explica o movimento aparente do Sol. Um observador na Terra não percebe o movimento da Terra ao redor do
Sol. Aparentemente, ele vê o Sol girando ao redor da Terra.
b) Estações do ano.
c) Os raios solares incidem perpendicularmente sobre a Terra no solstício de verão do hemisfério norte e no solstício de verão no hemisfério sul.
(Nos pontos da Terra exatamente sobre trópicos de Câncer e de Capricórnio haverá ao menos um momento, num único dia por ano, em que o Sol estará
em seu completo Zênite. Isso ocorrerá na data do solstício de verão do respectivo hemisfério. Estará totalmente "a pino", de modo que as sombras dos
objetos ficarão exatamente sob os mesmos. Isso ocorre por volta de meio dia, variando essa hora em função da posição relativa do local dentro do seu
fuso horário).
19: a) O horário de verão é adotado adiantando-se os relógios em uma hora, para se poder aproveitar a maior duração dos dias nessa estação. Quanto
maior a latitude, menor o raio de curvatura da Terra com maior duração dos dias. Deste modo os estado brasileiro do centro-sul, mais afastados do
Equador, apresentam dias mais longos no verão em relação aos estados do Norte e Nordeste, mais próximos ao Equador, praticamente não apresentam
diferenças significativas de duração do dia ao longo do ano. b) São exemplos de estados brasileiros que se localizam em uma mesma faixa latitudinal e que
não adotam o horário de verão, a Bahia e Rondônia. O estado da Bahia não acatou a decisão federal e Rondônia possui um pequeno consumo energético o
que trona a adoção do horário de verão desnecessária.
20: [A] Quanto maior a latitude de um lugar, menor o raio de curvatura da terra com maior efeito sobre a inclinação do eixo de rotação que faz com que os
dias variem de duração de acordo com as estações do ano. Deste modo, o dia no verão no Rio Grande do Sul tem maior duração em relação a Manaus, na
região equatorial, onde não ocorrem diferenças significativas de duração entre os dias e as noites em todo o ano, tornando inócua a adoção do horário de
verão na área mapeada que abrange as regiões Norte e Nordeste.
tempoespacogeo@gmail.com - Prof. Ademir Aquino
21: a) As estações ocorrem, em datas diferentes pois são localizadas em hemisférios opostos. O outono em Portugal, hemisfério norte, entre 23 de
setembro e 21 de dezembro possui temperaturas amenas e marca o início das chuvas do inverno mediterrâneo. A Região Nordeste, no hemisfério sul, tem
outono entre 21 de março e 21 de junho marcado pelo início do período chuvoso, importantes para o Sertão. b) O solstício (dia de maior duração) marca o
início do verão e do inverno. A Terra encontra-se mais afastada do Sol em sua translação, com inclinação máxima do eixo de rotação em relação ao plano
de órbita, fazendo com que os dias tenham maior duração no verão e menor no inverno. Ocorre nos dias 21 de dezembro no hemisfério sul com o Sol
incide sobre o trópico de Capricórnio e em 21 de junho no hemisfério norte com o Sol posicionado sobre o trópico de Câncer. O equinócio (dia de igual
duração) marca o início da primavera e do outono. A Terra encontra-se mais próxima do Sol na elipse de translação, com
menor inclinação do eixo de rotação em relação ao plano de órbita com os raios solares projetando-se perpendicularmente
sobre a linha do Equador, propiciando um dia com igual duração nos dois hemisférios. No dia 23 de setembro temos a
primavera do hemisfério sul e em 21 de março no hemisfério norte.
22: [B] O por do sol sempre acontece à oeste, portanto ao posicionar imaginariamente a rosa dos ventos na imagem teremos
que o Cristo Redentor está “olhando” para o leste e portanto seu braço direito é o sul e o esquerdo o norte.
23: [B] A localidade A está a leste da Linha Internacional da Data, portanto estará um dia atrasado em relação à cidade B,
sendo assim, na cidade B serão 11 horas do sábado, dia 21.
24: [D] A incidência perpendicular dos raios solares no dia 21 de dezembro sobre o trópico de capricórnio (21º 23’ Sul) determinará a ausência de sobra ao
meio dia nessa área.
25: Os quadrinhos fazem referencia às diferenças horárias estabelecidas pelo sistema de fusos. Na economia globalizada e, portanto, fortemente
integrada, as diferenças horárias: afetam a cotação das bolsas de valores e bancos, cujos horários de abertura e fechamento são distintas; a gestão
logística nos terminais aduaneiros – sejam portuários, aeroviários ou terrestres – obedece aos fusos locais eclipsando o fluxo.
26: O erro está relacionado ao texto, na medida em que interpreta a foto de satélite de forma equivocada. A foto está mostrando o anoitecer na Europa e
na África, e não o amanhecer. O movimento de rotação da Terra, em torno de seu eixo imaginário, se dá no sentido oeste-leste e, sendo assim, os países
situados ao leste amanhecem antes do que os países situados ao oeste. Ao anoitecer, a ordem é a mesma, ou seja, primeiro ao leste e depois ao oeste.
Seguindo-se esta lógica, confirma-se que a foto do satélite está mostrando o anoitecer na Europa e na África. Levando-se em consideração os países
assinalados na foto de satélite, podemos concluir que anoitece primeiro na Itália e por último na Islândia. Sendo assim, está incorreto afirmar que as luzes
"ainda" estão acesas em Paris e Barcelona, quando, na verdade, elas "já" estão acesas.
27: [A] Macapá é atravessado pela linha imaginária do Equador, que divide a Terra simetricamente em dois hemisférios.
28: [D] Os círculos polares delimitam as áreas da Terra onde durante 6 meses ocorre ou não a incidência dos raios solares determinando os seis meses de
dia e os seis meses de noite em cada polo.
29: [B] O Brasil, em relação ao Japão, está à leste da Linha Internacional da Data, portanto um dia atrasado em relação ao Japão.
30: [A]As regiões Sul, Sudeste e parte da Centro-Oeste localizam-se geograficamente em posição astronômica capaz de apresentar durações variáveis do
dia ao longo do ano. Assim, no verão os dias são mais longos que as noites e a adoção do horário de verão visa um melhor aproveitamento da extensão da
luminosidade para retardar o uso de energia elétrica. A alternativa [B] é falsa: diminuir o consumo no final do dia, momento de pico no uso de energia; A
alternativa [C] é falsa: a adoção do horário de verão independe de estações chuvosas; A alternativa [D] é falsa: o consumo de energia elétrica independe
da presença de turistas em bares e restaurantes; A alternativa [E] é falsa: o horário de verão não se relaciona com férias de funcionários do setor
industrial.
31: [E] Ao atravessar a Linha Internacional de Mudança de Data no sentido oeste, acrescenta-se um dia e no
sentido leste, diminui-se um dia. Como mencionado corretamente na alternativa [E], no dia 10 de janeiro às 8
horas, o navio atravessou a LIMD no sentido oeste passando para o hemisfério Leste e, portanto, passa do dia 10
para o dia 11 de janeiro.
32: [A] Para localidades situadas no hemisfério sul o ponto cardeal norte sempre será a face sol.
33: [D]A posição e inclinação da sombra ajudam a identificar a posição do Sol no céu na hora da observação.
Recife (15) mostra a sombra alongada para sudeste, indicando o Sol a noroeste; Porto Alegre (2) mostra sombra alongada para sudoeste, indicando o Sol a
nordeste; Macapá (20) tem um estreito alongamento para sudoeste, indicando que o Sol está próximo do ponto mais alto de sua passagem (sombra
alinhada no sentido norte-sul). Imaginado uma linha no sentido norte-sul, ela passa sobre Brasília (9), entre Porto Alegre (a oeste) e Recife (a leste).
34: [A] Próximo ao Natal os raios solares incidem perpendicularmente ao trópico de capricórnio (23º 27’ sul) que fica ao sul da cidade de Belo Horizonte,
sendo assim, os raios solares incidirão à esquerda do automóvel. Por ser 15 horas o sol está se posicionando para o poente (oeste) à frente do automóvel.
“Aprender é a única coisa de que a mente nunca se cansa, nunca tem medo e nunca se arrepende.” Leonardo da Vinci
Bons estudos Prof. Ademir Aquino

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula 1 Bernoulli SSA
Aula 1 Bernoulli SSAAula 1 Bernoulli SSA
Aula 1 Bernoulli SSAAdemir Aquino
 
Geografia - Exercícios sobre Coordenadas Geográficas
Geografia - Exercícios sobre Coordenadas GeográficasGeografia - Exercícios sobre Coordenadas Geográficas
Geografia - Exercícios sobre Coordenadas GeográficasTânia Regina
 
Geomorfologia do Maranhão
Geomorfologia do MaranhãoGeomorfologia do Maranhão
Geomorfologia do MaranhãoPedro Wallace
 
Exercícios fuso horário
Exercícios fuso horárioExercícios fuso horário
Exercícios fuso horárioArtur Lara
 
Cartografia: Elementos do Mapa
Cartografia: Elementos do MapaCartografia: Elementos do Mapa
Cartografia: Elementos do MapaEduardo Mendes
 
Atividade de geografia Africa
Atividade de geografia AfricaAtividade de geografia Africa
Atividade de geografia AfricaDanielle Rocha
 
Atividade sobre Escala
Atividade sobre EscalaAtividade sobre Escala
Atividade sobre EscalaEliena Leal
 
Atividades Geografia do Brasil Físico II
Atividades Geografia do Brasil Físico IIAtividades Geografia do Brasil Físico II
Atividades Geografia do Brasil Físico IIDoug Caesar
 
ATIVIDADE DE GEOGRAFIA CONTINENTES ADAPTADA.docx
ATIVIDADE DE GEOGRAFIA CONTINENTES ADAPTADA.docxATIVIDADE DE GEOGRAFIA CONTINENTES ADAPTADA.docx
ATIVIDADE DE GEOGRAFIA CONTINENTES ADAPTADA.docxSuelenDosSantos8
 
Unidade 7 8º ano- América do Sul
Unidade 7 8º ano- América do SulUnidade 7 8º ano- América do Sul
Unidade 7 8º ano- América do SulChristie Freitas
 
As Coordenadas Geográficas - 6º Ano (2017)
As Coordenadas Geográficas - 6º Ano (2017)As Coordenadas Geográficas - 6º Ano (2017)
As Coordenadas Geográficas - 6º Ano (2017)Nefer19
 

Mais procurados (20)

Atividades regiões geoeconômicas
Atividades regiões geoeconômicasAtividades regiões geoeconômicas
Atividades regiões geoeconômicas
 
Aula 1 Bernoulli SSA
Aula 1 Bernoulli SSAAula 1 Bernoulli SSA
Aula 1 Bernoulli SSA
 
Geografia - Exercícios sobre Coordenadas Geográficas
Geografia - Exercícios sobre Coordenadas GeográficasGeografia - Exercícios sobre Coordenadas Geográficas
Geografia - Exercícios sobre Coordenadas Geográficas
 
Região Norte
Região NorteRegião Norte
Região Norte
 
Geomorfologia do Maranhão
Geomorfologia do MaranhãoGeomorfologia do Maranhão
Geomorfologia do Maranhão
 
Exercícios fuso horário
Exercícios fuso horárioExercícios fuso horário
Exercícios fuso horário
 
Cartografia: Elementos do Mapa
Cartografia: Elementos do MapaCartografia: Elementos do Mapa
Cartografia: Elementos do Mapa
 
Avaliação diagnóstica geo 6º ano
Avaliação diagnóstica geo 6º anoAvaliação diagnóstica geo 6º ano
Avaliação diagnóstica geo 6º ano
 
Avaliação diagnóstica geografia
Avaliação diagnóstica geografiaAvaliação diagnóstica geografia
Avaliação diagnóstica geografia
 
Atividades dde geografia relevo, clima
Atividades dde geografia relevo, climaAtividades dde geografia relevo, clima
Atividades dde geografia relevo, clima
 
Espaço geográfico
Espaço geográficoEspaço geográfico
Espaço geográfico
 
Prova de geografia 1 bimestre 7 ano
Prova de geografia 1 bimestre 7 anoProva de geografia 1 bimestre 7 ano
Prova de geografia 1 bimestre 7 ano
 
Atividade de geografia Africa
Atividade de geografia AfricaAtividade de geografia Africa
Atividade de geografia Africa
 
Atividade sobre Escala
Atividade sobre EscalaAtividade sobre Escala
Atividade sobre Escala
 
Atividades Geografia do Brasil Físico II
Atividades Geografia do Brasil Físico IIAtividades Geografia do Brasil Físico II
Atividades Geografia do Brasil Físico II
 
ATIVIDADE DE GEOGRAFIA CONTINENTES ADAPTADA.docx
ATIVIDADE DE GEOGRAFIA CONTINENTES ADAPTADA.docxATIVIDADE DE GEOGRAFIA CONTINENTES ADAPTADA.docx
ATIVIDADE DE GEOGRAFIA CONTINENTES ADAPTADA.docx
 
Unidade 7 8º ano- América do Sul
Unidade 7 8º ano- América do SulUnidade 7 8º ano- América do Sul
Unidade 7 8º ano- América do Sul
 
Regiões do Brasil
Regiões do BrasilRegiões do Brasil
Regiões do Brasil
 
Avaliação 8 ano geografia ii bimestre
Avaliação 8 ano geografia ii bimestreAvaliação 8 ano geografia ii bimestre
Avaliação 8 ano geografia ii bimestre
 
As Coordenadas Geográficas - 6º Ano (2017)
As Coordenadas Geográficas - 6º Ano (2017)As Coordenadas Geográficas - 6º Ano (2017)
As Coordenadas Geográficas - 6º Ano (2017)
 

Destaque

Lista inicial - Exercícios Recentes
Lista inicial - Exercícios RecentesLista inicial - Exercícios Recentes
Lista inicial - Exercícios RecentesRogério Bartilotti
 
Lista rev Sartre_mov_terra_2016
Lista rev Sartre_mov_terra_2016Lista rev Sartre_mov_terra_2016
Lista rev Sartre_mov_terra_2016PROFESSORCADU
 
Aula4 frente a_extensivo
Aula4 frente a_extensivoAula4 frente a_extensivo
Aula4 frente a_extensivoAdemir Aquino
 
Aula3 frenteA_extensivo
Aula3 frenteA_extensivoAula3 frenteA_extensivo
Aula3 frenteA_extensivoAdemir Aquino
 
Capitalismo: fases e teorias políticas 2014
Capitalismo: fases e teorias políticas 2014Capitalismo: fases e teorias políticas 2014
Capitalismo: fases e teorias políticas 2014Ademir Aquino
 
Aula2 frenteA_extensivo
Aula2 frenteA_extensivoAula2 frenteA_extensivo
Aula2 frenteA_extensivoAdemir Aquino
 
Simulado ENEM - Humanas e naturais (26.04.14)
Simulado ENEM - Humanas e naturais (26.04.14)Simulado ENEM - Humanas e naturais (26.04.14)
Simulado ENEM - Humanas e naturais (26.04.14)emanuel
 
APOSTILA_GEOGRAFIA_VESTIBULAR_1
APOSTILA_GEOGRAFIA_VESTIBULAR_1APOSTILA_GEOGRAFIA_VESTIBULAR_1
APOSTILA_GEOGRAFIA_VESTIBULAR_1Muriel Pinto
 
Geografia brasil-natural-clima-exercicios
Geografia brasil-natural-clima-exerciciosGeografia brasil-natural-clima-exercicios
Geografia brasil-natural-clima-exerciciosDelmacy Cruz Souza
 
Caderno de exercícios resolvidos
Caderno de exercícios resolvidosCaderno de exercícios resolvidos
Caderno de exercícios resolvidosSimone Flores
 
Aulão de Vespera Colegio Ambiental
Aulão  de Vespera Colegio AmbientalAulão  de Vespera Colegio Ambiental
Aulão de Vespera Colegio Ambientaljoao paulo
 
Atualidades tema1.13
Atualidades tema1.13Atualidades tema1.13
Atualidades tema1.13Ademir Aquino
 
Revisão ENEM - Ciências Humanas 2014
Revisão ENEM - Ciências Humanas 2014Revisão ENEM - Ciências Humanas 2014
Revisão ENEM - Ciências Humanas 2014Helena Morita
 
Lição 1 - O livro de êxodo e o cativeiro de israel no egito
Lição 1 - O livro de êxodo e o cativeiro de israel no egitoLição 1 - O livro de êxodo e o cativeiro de israel no egito
Lição 1 - O livro de êxodo e o cativeiro de israel no egitoNatalino das Neves Neves
 

Destaque (20)

Lista inicial - Exercícios Recentes
Lista inicial - Exercícios RecentesLista inicial - Exercícios Recentes
Lista inicial - Exercícios Recentes
 
Lista rev Sartre_mov_terra_2016
Lista rev Sartre_mov_terra_2016Lista rev Sartre_mov_terra_2016
Lista rev Sartre_mov_terra_2016
 
Aula4 frente a_extensivo
Aula4 frente a_extensivoAula4 frente a_extensivo
Aula4 frente a_extensivo
 
Revisao final
Revisao finalRevisao final
Revisao final
 
Aula3 frenteA_extensivo
Aula3 frenteA_extensivoAula3 frenteA_extensivo
Aula3 frenteA_extensivo
 
Capitalismo: fases e teorias políticas 2014
Capitalismo: fases e teorias políticas 2014Capitalismo: fases e teorias políticas 2014
Capitalismo: fases e teorias políticas 2014
 
Aula2 frenteA_extensivo
Aula2 frenteA_extensivoAula2 frenteA_extensivo
Aula2 frenteA_extensivo
 
Cartografia 1
Cartografia 1Cartografia 1
Cartografia 1
 
Lista Revisão UNEB_2014_2015
Lista Revisão UNEB_2014_2015Lista Revisão UNEB_2014_2015
Lista Revisão UNEB_2014_2015
 
Simulado ENEM - Humanas e naturais (26.04.14)
Simulado ENEM - Humanas e naturais (26.04.14)Simulado ENEM - Humanas e naturais (26.04.14)
Simulado ENEM - Humanas e naturais (26.04.14)
 
Atividades sobre fusos horários
Atividades sobre fusos horáriosAtividades sobre fusos horários
Atividades sobre fusos horários
 
APOSTILA_GEOGRAFIA_VESTIBULAR_1
APOSTILA_GEOGRAFIA_VESTIBULAR_1APOSTILA_GEOGRAFIA_VESTIBULAR_1
APOSTILA_GEOGRAFIA_VESTIBULAR_1
 
Geografia brasil-natural-clima-exercicios
Geografia brasil-natural-clima-exerciciosGeografia brasil-natural-clima-exercicios
Geografia brasil-natural-clima-exercicios
 
Caderno de exercícios resolvidos
Caderno de exercícios resolvidosCaderno de exercícios resolvidos
Caderno de exercícios resolvidos
 
Aulão de Vespera Colegio Ambiental
Aulão  de Vespera Colegio AmbientalAulão  de Vespera Colegio Ambiental
Aulão de Vespera Colegio Ambiental
 
Oitavos anos
Oitavos anosOitavos anos
Oitavos anos
 
Atualidades tema1.13
Atualidades tema1.13Atualidades tema1.13
Atualidades tema1.13
 
Revisão ENEM - Ciências Humanas 2014
Revisão ENEM - Ciências Humanas 2014Revisão ENEM - Ciências Humanas 2014
Revisão ENEM - Ciências Humanas 2014
 
Revisando o barroco, 02
Revisando o barroco, 02Revisando o barroco, 02
Revisando o barroco, 02
 
Lição 1 - O livro de êxodo e o cativeiro de israel no egito
Lição 1 - O livro de êxodo e o cativeiro de israel no egitoLição 1 - O livro de êxodo e o cativeiro de israel no egito
Lição 1 - O livro de êxodo e o cativeiro de israel no egito
 

Semelhante a Bernoulli lista1 localização e orientação

Orientação no espaço localização
Orientação no espaço   localizaçãoOrientação no espaço   localização
Orientação no espaço localizaçãoLuciano Pessanha
 
VOD-geografia-Exercicios sobre Coordenadas e Fusos Horarios-2020-1659754ef530...
VOD-geografia-Exercicios sobre Coordenadas e Fusos Horarios-2020-1659754ef530...VOD-geografia-Exercicios sobre Coordenadas e Fusos Horarios-2020-1659754ef530...
VOD-geografia-Exercicios sobre Coordenadas e Fusos Horarios-2020-1659754ef530...Maurilio Coimbra
 
1o em-cartografia-1a-rodada-exercicios (1)
1o em-cartografia-1a-rodada-exercicios (1)1o em-cartografia-1a-rodada-exercicios (1)
1o em-cartografia-1a-rodada-exercicios (1)Jose Fabio Melo Silva
 
Tudo sobre Fuso Horário
Tudo sobre Fuso HorárioTudo sobre Fuso Horário
Tudo sobre Fuso Horáriojoao paulo
 
Geografia 1e2.pdf caderno de atividades
Geografia 1e2.pdf caderno de atividadesGeografia 1e2.pdf caderno de atividades
Geografia 1e2.pdf caderno de atividadesNoeli Ravaglio
 
Prova do 1° ano coordenadas, movimentos e fusos horários
Prova do 1° ano   coordenadas, movimentos e fusos horáriosProva do 1° ano   coordenadas, movimentos e fusos horários
Prova do 1° ano coordenadas, movimentos e fusos horáriosSergiouesc
 
Exercicios geografia geral_astronomia
Exercicios geografia geral_astronomiaExercicios geografia geral_astronomia
Exercicios geografia geral_astronomiaTiago Marinho
 
Estudo de geografia gabi
Estudo de geografia gabiEstudo de geografia gabi
Estudo de geografia gabiGabriellaSousa
 
Simulado Enem 2009 Tema Cartografia
Simulado Enem 2009 Tema CartografiaSimulado Enem 2009 Tema Cartografia
Simulado Enem 2009 Tema CartografiaProfMario De Mori
 
PROVA MENSAL SOLSTÍCIO.docx
PROVA MENSAL SOLSTÍCIO.docxPROVA MENSAL SOLSTÍCIO.docx
PROVA MENSAL SOLSTÍCIO.docxCélia Cristina
 
Exercício de-geografia-6º-ano-revisão-1ª-etapa - copiar
Exercício de-geografia-6º-ano-revisão-1ª-etapa - copiarExercício de-geografia-6º-ano-revisão-1ª-etapa - copiar
Exercício de-geografia-6º-ano-revisão-1ª-etapa - copiarDayane Lopes
 
Exercício de-geografia-6º-ano-revisão-1ª-etapa - copiar
Exercício de-geografia-6º-ano-revisão-1ª-etapa - copiarExercício de-geografia-6º-ano-revisão-1ª-etapa - copiar
Exercício de-geografia-6º-ano-revisão-1ª-etapa - copiarDayane Lopes
 
6º o universo e paisagem
6º o universo e paisagem6º o universo e paisagem
6º o universo e paisagemEliena Leal
 

Semelhante a Bernoulli lista1 localização e orientação (20)

Orientação no espaço localização
Orientação no espaço   localizaçãoOrientação no espaço   localização
Orientação no espaço localização
 
VOD-geografia-Exercicios sobre Coordenadas e Fusos Horarios-2020-1659754ef530...
VOD-geografia-Exercicios sobre Coordenadas e Fusos Horarios-2020-1659754ef530...VOD-geografia-Exercicios sobre Coordenadas e Fusos Horarios-2020-1659754ef530...
VOD-geografia-Exercicios sobre Coordenadas e Fusos Horarios-2020-1659754ef530...
 
Coordenadas geográficas
Coordenadas geográficasCoordenadas geográficas
Coordenadas geográficas
 
Formas e movimentos da terra
Formas e movimentos da terraFormas e movimentos da terra
Formas e movimentos da terra
 
1o em-cartografia-1a-rodada-exercicios (1)
1o em-cartografia-1a-rodada-exercicios (1)1o em-cartografia-1a-rodada-exercicios (1)
1o em-cartografia-1a-rodada-exercicios (1)
 
Tudo sobre Fuso Horário
Tudo sobre Fuso HorárioTudo sobre Fuso Horário
Tudo sobre Fuso Horário
 
Coletânea questões de geografia
Coletânea questões de geografiaColetânea questões de geografia
Coletânea questões de geografia
 
Geografia 1e2.pdf caderno de atividades
Geografia 1e2.pdf caderno de atividadesGeografia 1e2.pdf caderno de atividades
Geografia 1e2.pdf caderno de atividades
 
Prova do 1° ano coordenadas, movimentos e fusos horários
Prova do 1° ano   coordenadas, movimentos e fusos horáriosProva do 1° ano   coordenadas, movimentos e fusos horários
Prova do 1° ano coordenadas, movimentos e fusos horários
 
Rafael
RafaelRafael
Rafael
 
Exercicios geografia geral_astronomia
Exercicios geografia geral_astronomiaExercicios geografia geral_astronomia
Exercicios geografia geral_astronomia
 
Estudo de geografia gabi
Estudo de geografia gabiEstudo de geografia gabi
Estudo de geografia gabi
 
Exercícios listão
Exercícios listãoExercícios listão
Exercícios listão
 
Simulado Enem 2009 Tema Cartografia
Simulado Enem 2009 Tema CartografiaSimulado Enem 2009 Tema Cartografia
Simulado Enem 2009 Tema Cartografia
 
PROVA MENSAL SOLSTÍCIO.docx
PROVA MENSAL SOLSTÍCIO.docxPROVA MENSAL SOLSTÍCIO.docx
PROVA MENSAL SOLSTÍCIO.docx
 
Exercício de-geografia-6º-ano-revisão-1ª-etapa - copiar
Exercício de-geografia-6º-ano-revisão-1ª-etapa - copiarExercício de-geografia-6º-ano-revisão-1ª-etapa - copiar
Exercício de-geografia-6º-ano-revisão-1ª-etapa - copiar
 
Exercício de-geografia-6º-ano-revisão-1ª-etapa - copiar
Exercício de-geografia-6º-ano-revisão-1ª-etapa - copiarExercício de-geografia-6º-ano-revisão-1ª-etapa - copiar
Exercício de-geografia-6º-ano-revisão-1ª-etapa - copiar
 
Cartografia
CartografiaCartografia
Cartografia
 
6º o universo e paisagem
6º o universo e paisagem6º o universo e paisagem
6º o universo e paisagem
 
Unidade 2 6º ano
Unidade 2   6º anoUnidade 2   6º ano
Unidade 2 6º ano
 

Mais de Ademir Aquino

Africa - Colégio Oficina - Pré Vestibular
Africa - Colégio Oficina - Pré VestibularAfrica - Colégio Oficina - Pré Vestibular
Africa - Colégio Oficina - Pré VestibularAdemir Aquino
 
Regionalização do Brasil: SUL
Regionalização do Brasil: SULRegionalização do Brasil: SUL
Regionalização do Brasil: SULAdemir Aquino
 
África: questões de vestibulares.
África: questões de vestibulares.África: questões de vestibulares.
África: questões de vestibulares.Ademir Aquino
 
Crescimento Populacional - 1EM
Crescimento Populacional - 1EMCrescimento Populacional - 1EM
Crescimento Populacional - 1EMAdemir Aquino
 
Aula1 frente C_Bernoulli
Aula1 frente C_BernoulliAula1 frente C_Bernoulli
Aula1 frente C_BernoulliAdemir Aquino
 
A questão energética mundial
A questão energética mundialA questão energética mundial
A questão energética mundialAdemir Aquino
 
Região Sul Gabarito
Região Sul Gabarito Região Sul Gabarito
Região Sul Gabarito Ademir Aquino
 
Região centro oeste gabarito
Região centro oeste gabaritoRegião centro oeste gabarito
Região centro oeste gabaritoAdemir Aquino
 
Meridianos: fusos horários do Brasil
Meridianos: fusos horários do BrasilMeridianos: fusos horários do Brasil
Meridianos: fusos horários do BrasilAdemir Aquino
 
Aula1 Fusos Horários Gabarito Semi Extensivo
Aula1 Fusos Horários Gabarito Semi ExtensivoAula1 Fusos Horários Gabarito Semi Extensivo
Aula1 Fusos Horários Gabarito Semi ExtensivoAdemir Aquino
 
Aula1 Gabarito Semi Extensivo
Aula1 Gabarito Semi ExtensivoAula1 Gabarito Semi Extensivo
Aula1 Gabarito Semi ExtensivoAdemir Aquino
 
Bacias do Brasil Anglo_14
Bacias do Brasil Anglo_14Bacias do Brasil Anglo_14
Bacias do Brasil Anglo_14Ademir Aquino
 
Dinâmica Climática
Dinâmica ClimáticaDinâmica Climática
Dinâmica ClimáticaAdemir Aquino
 
Geografia conceitos básicos
Geografia conceitos básicosGeografia conceitos básicos
Geografia conceitos básicosAdemir Aquino
 
A construção do mundo atual i
A construção do mundo atual iA construção do mundo atual i
A construção do mundo atual iAdemir Aquino
 

Mais de Ademir Aquino (20)

Africa - Colégio Oficina - Pré Vestibular
Africa - Colégio Oficina - Pré VestibularAfrica - Colégio Oficina - Pré Vestibular
Africa - Colégio Oficina - Pré Vestibular
 
Regionalização do Brasil: SUL
Regionalização do Brasil: SULRegionalização do Brasil: SUL
Regionalização do Brasil: SUL
 
África: questões de vestibulares.
África: questões de vestibulares.África: questões de vestibulares.
África: questões de vestibulares.
 
Crescimento Populacional - 1EM
Crescimento Populacional - 1EMCrescimento Populacional - 1EM
Crescimento Populacional - 1EM
 
Aula1 frente C_Bernoulli
Aula1 frente C_BernoulliAula1 frente C_Bernoulli
Aula1 frente C_Bernoulli
 
Revolução cubana
Revolução cubanaRevolução cubana
Revolução cubana
 
A questão energética mundial
A questão energética mundialA questão energética mundial
A questão energética mundial
 
Região Sul Gabarito
Região Sul Gabarito Região Sul Gabarito
Região Sul Gabarito
 
Região centro oeste gabarito
Região centro oeste gabaritoRegião centro oeste gabarito
Região centro oeste gabarito
 
Meridianos: fusos horários do Brasil
Meridianos: fusos horários do BrasilMeridianos: fusos horários do Brasil
Meridianos: fusos horários do Brasil
 
Aula1 Fusos Horários Gabarito Semi Extensivo
Aula1 Fusos Horários Gabarito Semi ExtensivoAula1 Fusos Horários Gabarito Semi Extensivo
Aula1 Fusos Horários Gabarito Semi Extensivo
 
Aula1 Gabarito Semi Extensivo
Aula1 Gabarito Semi ExtensivoAula1 Gabarito Semi Extensivo
Aula1 Gabarito Semi Extensivo
 
Bacias do Brasil Anglo_14
Bacias do Brasil Anglo_14Bacias do Brasil Anglo_14
Bacias do Brasil Anglo_14
 
Questão Curda
Questão CurdaQuestão Curda
Questão Curda
 
Brics ss
Brics ssBrics ss
Brics ss
 
Dinâmica Climática
Dinâmica ClimáticaDinâmica Climática
Dinâmica Climática
 
Lua sangrenta
Lua sangrentaLua sangrenta
Lua sangrenta
 
Geografia conceitos básicos
Geografia conceitos básicosGeografia conceitos básicos
Geografia conceitos básicos
 
A construção do mundo atual i
A construção do mundo atual iA construção do mundo atual i
A construção do mundo atual i
 
Relevo do Brasil
Relevo do BrasilRelevo do Brasil
Relevo do Brasil
 

Último

QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxIsabellaGomes58
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfIedaGoethe
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxBiancaNogueira42
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirIedaGoethe
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundonialb
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfHenrique Pontes
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfIedaGoethe
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASEdinardo Aguiar
 
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOBiatrizGomes1
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAlexandreFrana33
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxIsabelaRafael2
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfdio7ff
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfIedaGoethe
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfEditoraEnovus
 

Último (20)

QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
 
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppttreinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
 
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
 

Bernoulli lista1 localização e orientação

  • 1. tempoespacogeo@gmail.com - Prof. Ademir Aquino GEOGRAFIA - LISTA DE EXERCÍCIOS 1 – PROFESSOR ADEMIR AQUINO – 2017 1. (UFJF 2016) (...) desde pequenos ouvimos que o Sol nasce no leste e se põe no oeste. Nos livros, existem até aqueles desenhos em que um homenzinho com os braços totalmente abertos, em forma de cruz, nos ensina a colocar o direito na direção do nascer do Sol, o "leste", para deduzirmos que o norte fica à nossa frente, o sul nas costas e o oeste na direção do braço esquerdo, oposta ao leste. O detalhe é que a aplicação desse método, como nos é apresentado pelo desenho tradicional, raramente funciona. Disponível em: <http://migre.me/rZES5>. O Sol nasce no leste e se põe no oeste somente em dois dias ao ano: a) no começo e no término do horário de verão. b) no início do perigeu e do apogeu da Terra. c) no início do plantio e no início da colheita. d) nos dias em que o Sol passa pelos polos. e) nos equinócios de outono e primavera. 2. (UFRGS 2016) A coluna da esquerda abaixo apresenta os movimentos de rotação e translação, responsáveis por diversos fenômenos; a da direita, alguns desses fenômenos. Associe adequadamente a coluna da direita à da esquerda. 1. Rotação ( ) Afélio e Periélio ( ) Desvios dos ventos 2. Translação ( ) Movimento aparente do Sol ( ) Estações do ano A sequência correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é a) 2 – 1 – 1 – 2. b) 1 – 2 – 1 – 2. c) 1 – 2 – 2 – 1. d) 2 – 2 – 1 – 1. e) 1 – 1 – 2 – 2. 3. (IFSC 2015) Com base na figura assinale a alternativa CORRETA. a) A linha do Equador passa sobre uma única longitude. b) A projeção do mapa está incorreta, pois se encontra virado para baixo. c) O Trópico de Capricórnio está projetado curvo e ao norte do Equador. d) A longitude de São Paulo (SP) é menor do que a de Rio Branco (AC). e) O Trópico de Capricórnio passa por diversas latitudes. 4. (IFSC) A imagem a seguir ilustra um veículo que se desloca de Laguna para Florianópolis, no dia 23 de setembro de 2013 no momento em que segue sobre a mesma longitude na BR-101.
  • 2. tempoespacogeo@gmail.com - Prof. Ademir Aquino Com base na sombra projetada pelo veículo, assinale a alternativa CORRETA que indica a hora em que o mesmo se desloca. a) 17 horas. b) 21 horas. c) 13 horas. d) 9 horas. e) 5 horas. 5. (UFRGS) No hemisfério sul, nos dias em que ocorrem o equinócio e o solstício de verão, respectivamente, o sol está perpendicular às cidades brasileiras de a) Macapá e São Paulo. b) Manaus e Rio de Janeiro. c) Teresina e Curitiba. d) Fortaleza e Belo Horizonte. e) São Luís e Florianópolis. 6. (IFTRJ) Para o Brasil, a posição da Terra no modelo descrito possibilita economizar energia por meio da adoção do horário de verão porque: a) estimula a geração de energia elétrica solar com os dias mais longos, aumentando a oferta nessa época do ano. b) utiliza de forma sustentável o número maior de horas de Sol durante o dia nesse período, economizando energia. c) distribui melhor a energia produzida no país, adiantando os relógios em uma hora nas cinco regiões. d) mantém as pessoas mais conscientes da necessidade de economizar energia elétrica, e que, por isso, evitam utilizar lâmpadas incandescentes. 7. (UFG) Analise a figura a seguir. Na figura, um relógio de sol vertical está localizado em Goiânia (latitude 16° 30' Sul). O marcador do relógio está representado pela barra vertical. Quando iluminado pelo Sol, ao longo do ano, o relógio projeta sombras ao meio-dia (representadas na figura). Visto a partir das localidades intertropicais, o Sol passa (movimento aparente) duas vezes pelo zênite, o ponto mais alto do céu (Z). Considerando-se a figura e que, em uma situação ideal, o deslocamento do Sol seja uniforme, conclui-se que os meses, aproximadamente, nos quais o Sol passará duas vezes pelo zênite de Goiânia, serão a) dezembro e fevereiro. b) novembro e janeiro. c) dezembro e março. d) novembro e março. e) janeiro e fevereiro.
  • 3. tempoespacogeo@gmail.com - Prof. Ademir Aquino 8. (PUCRS) No dia 08 de março deste ano, o voo MH 370 da Malaysia Airlines partiu de Kuala Lampur, capital da Malásia, em direção a Pequim, na China, mas não chegou ao seu destino, pois o avião supostamente desapareceu ao sul do Oceano Índico. Caso o voo tivesse completado seu trajeto, o traçado da rota de Kuala Lampur a Pequim teria seguido, aproximadamente, o rumo a) sudeste. b) nordeste. c) sudoeste. d) sul-sudeste. e) norte-noroeste. 9. (UCS) Os fusos horários são uma convenção internacional que possibilita às pessoas de todos os países adotarem um padrão de horário, utilizando-o como referência. Sendo 13h a 120° de long E, que horas serão a 165° de long E? a) 3h b) 10h c) 16h d) 19h e) 21h 10. (UFRGS) Observe as cidades A e B e suas posições geográficas em relação ao círculo de iluminação solar, a partir da dinâmica do movimento de rotação da Terra. Considere as seguintes afirmações sobre as cidades. I. Os moradores da cidade B terão uma longa noite pela frente. II. Um morador da cidade A, ao amanhecer, prepara-se para as atividades do dia. III. Os moradores da cidade A têm os seus relógios adiantados em relação aos moradores da cidade B. Quais estão corretas? a) Apenas I. b) Apenas II. c) Apenas III. d) Apenas I e II. e) Apenas II e III. 11. (PUCRJ) Em uma situação aleatória, uma pessoa que viaja, de automóvel, de São Paulo para Brasília, de Brasília para Manaus, de Manaus para Belém do Pará e de Belém do Pará para Salvador, vai percorrer o trajeto, respectivamente, nas seguintes direções (com base nos pontos cardeais e colaterais, a seguir): a) norte; noroeste; sudeste; nordeste. b) norte; noroeste; nordeste; sudeste. c) noroeste; norte; sudeste; nordeste. d) norte; sudeste; nordeste; sudoeste. e) noroeste; sudeste; nordeste; sudeste. 12. (PUCRJ) Levando-se em consideração a posição do planeta Terra apresentada no cartograma, conclui- se que as populações localizadas na faixa latitudinal 45° N estão sob a seguinte estação do ano: a) Verão. b) Outono. c) Inverno. d) Primavera. e) Em transição.
  • 4. tempoespacogeo@gmail.com - Prof. Ademir Aquino 13. (UNICAMP) A imagem abaixo mostra um local por onde passa o Trópico de Capricórnio. Sobre o Trópico de Capricórnio podemos afirmar que: a) É a linha imaginária ao sul do Equador, onde os raios solares incidem sobre a superfície de forma perpendicular, o que ocorre em um único dia no ano. b) Os raios solares incidem perpendicularmente nesta linha imaginária durante o solstício de inverno, o que ocorre duas vezes por ano. c) Durante o equinócio, os raios solares atingem de forma perpendicular a superfície no Trópico de Capricórnio, marcando o início do verão. d) No início do verão (21 ou 22 de dezembro), as noites têm a mesma duração que os dias no Trópico de Capricórnio. 14. (FUVEST) Uma das primeiras estimativas do raio da Terra é atribuída a Eratóstenes, estudioso grego que viveu, aproximadamente, entre 275 a.C. e 195 a.C. Sabendo que em Assuã, cidade localizada no sul do Egito, ao meio dia do solstício de verão, um bastão vertical não apresentava sombra, Eratóstenes decidiu investigar o que ocorreria, nas mesmas condições, em Alexandria, cidade no norte do Egito. O estudioso observou que, em Alexandria, ao meio dia do solstício de verão, um bastão vertical apresentava sombra e determinou o ângulo θ entre as direções do bastão e de incidência dos raios de sol. O valor do raio da Terra, obtido a partir de θ e da distância entre Alexandria e Assuã foi de, aproximadamente, 7500 km. O mês em que foram realizadas as observações e o valor aproximado de θ são (Note e adote: distância estimada por Eratóstenes entre Assuã e Alexandria 900 km; 3.π  ) a) junho; 7°. b) dezembro; 7°. c) junho; 23°. d) dezembro; 23°. e) junho; 0,3°. 15. (UESPI) O mapa do Brasil mostrado a seguir está delimitando um importante fato geográfico. Assinale-o. a) As fronteiras agrícolas atuais. b) Os limites entre bacias sedimentares e os terrenos de escudo. c) A proposta de uma nova regionalização para o país. d) Os fusos horários. e) Os limites teóricos e práticos da continentalidade e maritimidade.
  • 5. tempoespacogeo@gmail.com - Prof. Ademir Aquino 16. (UFSJ) Observe a imagem. A partir da análise da imagem, é CORRETO afirmar que a) quando a aeronave realizou o último contato com o Brasil, os relógios em Paris marcavam 8h30min. b) em sua trajetória, do Rio de Janeiro até o destino pretendido, a aeronave seguia no sentido sudeste- noroeste. c) no momento do último contato com o Brasil, a aeronave sobrevoava o Oceano Atlântico em uma região de baixa latitude. d) a região da queda do avião encontra-se próxima do Equador em uma zona de divergência de ventos alísios. 17. (UFBA) Fundamentado na ilustração, nos conhecimentos relativos à questão da orientação sobre o espaço geográfico e na observação das diferentes posições do sol na linha do horizonte, em diferentes períodos do ano, sobre uma cidade localizada em latitudes médias, • identifique em que hemisfério se localiza a cidade mostrada na ilustração, explicando o motivo pelo qual o sol, ao meio dia, em 21 de junho, encontra-se posicionado no ponto mais alto da linha do horizonte. • identifique, na cidade apresentada na figura, as estações do ano e os períodos de solstício ou equinócio em 21 de março: período: 23 de setembro: período: • cite duas consequências geográficas ligadas à trajetória da luz do sol, na linha do horizonte, ao se deslocar no sentido de I para II. 18. (UFJF) Leia a figura. a) Por que se utiliza a expressão “deslocamento aparente do Sol”? b) Os equinócios e os solstícios determinam o início das:__________ c) Os trópicos de Câncer e Capricórnio são linhas imaginárias que passam a 23°27’ ao norte e ao sul da linha do Equador. Com base na figura, o que explica esse valor: 23°27’ N e S?
  • 6. tempoespacogeo@gmail.com - Prof. Ademir Aquino 19. (PUCRJ) Prática adotada pelo Estado brasileiro desde a década de 1930, o horário de verão é uma estratégia para economizar energia no setor público e privado. Apesar das controvérsias em relação a essa prática não serem poucas, desde 1985 não houve interrupção na sua aplicação no país. a) Explique, com base nas faixas latitudinais do território brasileiro no hemisfério Sul, a escolha, pelo Estado, das unidades da federação que adotam o horário de verão. b) Apresente um motivo que justifique a não adoção do horário de verão por alguns estados da federação, mesmo estes estando na mesma faixa latitudinal de outras unidades que o aplicam. 20. (UFRGS) Observe o mapa a seguir, em que estão destacados o Distrito Federal e os dez estados brasileiros que sofreram alteração de horário a partir de outubro de 2007. Essa alteração de horário, conhecida como "horário de verão", visa a uma economia de energia em regiões em que o aproveitamento da luz solar nessa época do ano é maior. Esse aumento da luminosidade se verifica nas regiões em que a) a latitude é maior. b) a latitude é menor. c) a longitude é maior a oeste. d) a longitude é maior a leste. e) a latitude é menor e a longitude é maior a oeste. 21. (UNICAMP) "Nos primeiros dias do outono subitamente entrado, quando o escurecer toma uma evidência de qualquer coisa prematura, e parece que tardamos muito no que fazemos de dia, gozo, mesmo entre o trabalho quotidiano, essa antecipação de não trabalhar..." (Fernando Pessoa, "Livro do Desassossego". Campinas: Editora da Unicamp, 1994, vol. II, p. 55). a) Compare as características do outono em Portugal (terra natal de Fernando Pessoa) com o outono da região nordeste do Brasil. b) Diferencie "solstício" de "equinócio". 22. (PUCRJ) Levando-se em consideração que, no dia em que esta foto foi tirada, o Sol se pôs exatamente atrás da estátua do Cristo Redentor, podemos AFIRMAR que: a) o Pão de Açúcar está situado ao norte da parte frontal da estátua do Cristo Redentor. b) o braço direito do Cristo Redentor está apontando para a direção sul. c) o leste está na direção da parte de trás da estátua do Cristo Redentor. d) a enseada de Botafogo está ao sul da parte frontal da estátua do Cristo Redentor. e) o braço esquerdo do Cristo Redentor está apontando para a direção oeste.
  • 7. tempoespacogeo@gmail.com - Prof. Ademir Aquino 23. (UERJ) Ao longo do meridiano 180° , no Oceano Pacífico, encontra- se a Linha Internacional de Mudança de Data. Quando for meio-dia em Greenwich, será meia-noite na Linha Internacional de Mudança de Data e lá um novo dia estará se iniciando. Considere que na localidade B, assinalada no mapa, sejam 11 horas de domingo, do dia 22 de junho. Nessas condições, na localidade A, também assinalada no mapa, o horário, o dia da semana e o dia do mês de junho do mesmo ano serão, respectivamente: a) 10 - sábado - 21 b) 11 - sábado - 21 c) 10 - domingo - 22 d) 11 - domingo - 22 24. (PUCRS) INSTRUÇÃO: Responder à questão considerando o desenho que representa parte do traçado urbano de uma cidade no dia 21 de dezembro. Analisando o desenho e sabendo que o paralelo 23° 27'S passa pelo centro da praça, é correto afirmar: a) Pela manhã, ao nascer do sol, a sombra da biblioteca será projetada no sentido da rua Z. b) Pela manhã, ao nascer do sol, a sombra da igreja será projetada no sentido da rua X. c) Ao meio dia solar, a sombra, tanto da igreja quanto da biblioteca pública, provavelmente será projetada no sentido norte. d) Ao meio dia solar, provavelmente não haverá a formação de sombra da igreja. e) Ao pôr-do-sol, a sombra da igreja será projetada no sentido da rua Z. 25. (UEMA) A tirinha apresenta um fenômeno chamado fuso horário. Considerando as conclusões da Mafalda na sequência em quadrinhos, estabeleça duas relações econômicas entre fuso horário, comércio e transporte internacional na economia globalizada.
  • 8. tempoespacogeo@gmail.com - Prof. Ademir Aquino 26. (PUCRJ) Cuidado com o que se lê na Internet!!!! "Que espetáculo! Foto do amanhecer na Europa e África, num dia sem nuvens, vista de um satélite em órbita. Observem como as luzes ainda estão acesas em Paris e Barcelona, no entanto, em Londres, Lisboa e Madri é dia claro. (...)." Com base na leitura do texto e na observação da imagem de satélite, IDENTIFIQUE E EXPLIQUE um erro relacionado à variação na luminosidade do planeta, utilizando seus conhecimentos acerca dos movimentos da Terra. 27. (UFLA) Observe a seguinte curiosidade. BOLA DIVIDIDA No estádio Milton de Souza Corrêa, o Zerão, em Macapá - AP, a linha central que divide o gramado está posicionada exatamente sobre a linha imaginária (...). Assim, no início da partida, um time fica na metade norte do mundo e outro na parte sul e, é claro, durante o jogo os atletas trocam de hemisfério várias vezes. [Na cidade] além do estádio de futebol, parques, praças, bares e restaurantes aproveitam-se da posição estratégica para atrair os curiosos. Tamanha peculiaridade chamou a atenção do jornalista inglês Alex Bellos, autor de um ótimo livro sobre o futebol brasileiro: "Futebol - The Brazilian way of life", lançado em maio naquele país. Supernovas, "Revista Superinteressante", edição 210, Editora Abril, fevereiro de 2005, p.16 17 (adaptado) A alternativa a seguir que identifica CORRETAMENTE tanto a linha imaginária mencionada no texto quanto o indicativo dessa identificação é: a) Linha do Equador - "metade norte do mundo". b) Trópico de Câncer - localização da cidade de Macapá/AP. c) Trópico de Capricórnio - "linha central que divide o gramado". d) Linha do Greenwich - "atletas trocam de hemisfério". e) Círculo Polar Ártico - "aproveitam-se da posição estratégica". 28. (UFPR) Em relação às causas físicas que explicam o estabelecimento das linhas imaginárias do Equador, trópicos de Câncer e de Capricórnio e círculos polares Ártico e Antártico, é correto afirmar: a) O estabelecimento dos trópicos de Câncer e de Capricórnio está relacionado ao movimento diário do Sol em torno da Terra. b) O movimento de rotação interfere no estabelecimento das linhas imaginárias do Equador, Trópico de Câncer e Trópico de Capricórnio, bem como dos círculos polares. c) Todas essas linhas imaginárias que correspondem à latitude e à longitude têm o mesmo valor relativo em graus porque foram estabelecidas segundo o mesmo princípio físico. d) Os círculos Polar Ártico e Polar Antártico têm sua delimitação estabelecida pelos períodos de luz e sombra, que ocorrem devido à conjunção do eixo de inclinação terrestre e do movimento de translação da Terra em torno do Sol. e) Cada uma dessas linhas divide a Terra em duas partes iguais. 29. (UERJ) Com a morte do imperador do Japão à 1 hora e 25 minutos do dia 25 de dezembro de 1926, um fato bastante curioso aconteceu. No dia 24 de dezembro, a embaixada daquele país, no Rio de Janeiro, decretava o luto pela morte do soberano, e os jornais brasileiros anunciavam: "Faleceu hoje o imperador do Japão". A confusão provocada, no Brasil, com o anúncio da morte do imperador do Japão, naquele ano, pode ser esclarecida pela seguinte explicação geográfica: a) utilização do Fuso Horário Civil em trechos do território brasileiro b) posição do Brasil a leste da Linha Internacional de Mudança de Data
  • 9. tempoespacogeo@gmail.com - Prof. Ademir Aquino c) adoção diferenciada do Horário Universal de Greenwich em cada país d) localização do Brasil a oeste do limite aceito como Horário Fracionadoe 30. (ENEM) Entre outubro e fevereiro, a cada ano, em alguns estados das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, os relógios permanecem adiantados em uma hora, passando a vigorar o chamado horário de verão. Essa medida, que se repete todos os anos, visa a) promover a economia de energia, permitindo um melhor aproveitamento do período de iluminação natural do dia, que é maior nessa época do ano. b) diminuir o consumo de energia em todas as horas do dia, propiciando uma melhor distribuição da demanda entre o período da manhã e da tarde. c) adequar o sistema de abastecimento das barragens hidrelétricas ao regime de chuvas, abundantes nessa época do ano nas regiões que adotam esse horário. d) incentivar o turismo, permitindo um melhor aproveitamento do período da tarde, horário em que os bares e restaurantes são mais frequentados. e) responder a uma exigência das indústrias, possibilitando que elas realizem um melhor escalonamento das férias de seus funcionários. 31. (UFRGS) Observe a figura a seguir. No dia 10 de janeiro, às 8h, um navio cargueiro, em sua rota, cruza a Linha Internacional da Data no sentido Oeste (Gr). Após ter cruzado a referida linha, que dia e hora local são registrados no navio? a) 9 de janeiro, 7h. b) 9 de janeiro, 8h. c) 10 de janeiro, 9h. d) 10 de janeiro, 10h. e) 11 de janeiro, 8h. 32. (FUVEST) O anúncio oferece um apartamento para venda no município de São Paulo. A expressão "Face Norte" indica que o apartamento: a) deve ter boa luminosidade por estar voltado para o Norte. b) deve ter boa luminosidade pela manhã e à tarde graças à longitude de São Paulo. c) está na Zona Norte, área muito valorizada, pois fica próxima aos mananciais do município. d) deve ter boa luminosidade pela manhã e à tarde, pois fica na fachada frontal do prédio. e) está na Zona Norte, próximo à Serra da Cantareira, em local elevado e livre das enchentes. TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO: No primeiro dia do inverno no Hemisfério Sul, uma atividade de observação de sombras é realizada por alunos de Macapá, Porto Alegre e Recife. Para isso, utiliza-se uma vareta de 30cm fincada no chão na posição vertical. Para marcar o tamanho e a posição da sombra, o chão é forrado com uma folha de cartolina, como mostra a figura: Nas figuras abaixo do mapa, estão representadas as sombras projetadas pelas varetas nas três cidades, no mesmo instante, ao meio-dia. A linha pontilhada indica a direção Norte-Sul.
  • 10. tempoespacogeo@gmail.com - Prof. Ademir Aquino 33. (ENEM) 11 - Porto Velho 12 - Manaus 13 - Salvador 14 - Aracaju 15 - Recife 16 - Natal 17 - Fortaleza 18 - Belém 19 - Teresina 20 - Macapá Pelos resultados da experiência, num mesmo instante, em Recife a sombra se projeta à direita e nas outras duas cidades à esquerda da linha pontilhada na cartolina. É razoável, então, afirmar que existe uma localidade em que a sombra deverá estar bem mais próxima da linha pontilhada, em vias de passar de um lado para o outro. Em que localidade, dentre as listadas a seguir, seria mais provável que isso ocorresse? a) Natal b) Manaus c) Cuiabá d) Brasília e) Boa Vista 34. (UFMG) Observe o mapa. Suponha a realização de uma viagem de automóvel de Belo Horizonte a Luz, com a partida marcada para as 15:00h de um dia ensolarado na véspera do Natal. Nessa viagem, com duração aproximada de duas horas e trinta minutos, o motorista irá receber mais intensamente os raios solares a) de frente e à sua esquerda. b) de frente e à sua direita. c) pelas costas e à sua esquerda. d) pelas costas e à sua direita. LEGENDA 1 - Boa Vista 2 - Porto Alegre 3 - Florianópolis 4 - Curitiba 5 - Belo Horizonte 6 - Rio de Janeiro 7 - Vitória 8 - Goiânia 9 - Brasília 10 - Cuiabá
  • 11. tempoespacogeo@gmail.com - Prof. Ademir Aquino Gabarito: 1: [E] Com precisão, o Sol nasce a leste e se põe a oeste apenas nos equinócios de Outono e de Primavera quando a radiação solar incide exatamente na perpendicular sobre a linha do equador. 2: [A] O movimento de rotação é responsável pelo Efeito Coriolis, que é o desvio das grandes massas de ar e de água a oeste e também do movimento aparente do sol que é a trajetória de leste para oeste que observarmos da Terra. Já o movimento de translação está associado ao afélio e periélio que é o momento da maior afastamento e maior proximidade da Terra em relação ao sol em sua órbita elíptica e também às estações do ano, que são resultantes da diferença de calor na Terra durante o ano. 3: [D] A cidade de São Paulo está situada no fuso 45°O ao passo que Rio Branco encontra-se no fuso 75°O, portanto, como mencionado corretamente na alternativa [D], a longitude de São Paulo é menor que a de Rio Branco. Estão incorretas as alternativas: [A], porque a Linha do Equador passa sobre todos os meridianos do planeta; [B], porque no espaço não existe “em cima” ou “em baixo”, tornando natural analisar o mapa de forma invertida; [C], porque o Trópico de Capricórnio situado a 23°S de latitude, encontra-se ao sul do Equador; [E], porque o Trópico de Capricórnio é o paralelo 23°S e, portanto, indica somente essa latitude. 4: [A] O equinócio de primavera no hemisfério sul, indicado pelo dia 23 de setembro, caracteriza a máxima igualdade entre o período claro e escuro registrando, respectivamente, o nascente e o poente, às 06 e às 18 horas. Portanto, a sombra na figura indica a proximidade do poente, ou seja, 17 horas, como mencionado corretamente na alternativa [A]. 5: [A] No equinócio o sol incidirá perpendicularmente à Linha do Equador e no solstício de verão do hemisfério sul, no Trópico de Capricórnio e, portanto, como mencionado corretamente na alternativa [A], nas cidades de Macapá e São Paulo, localizadas nos paralelos citados. Estão incorretas as alternativas seguintes porque a localização das cidades não corresponde à latitude da Linha do Equador e do Trópico de Capricórnio. 6: [B] Como mencionado corretamente na alternativa [B], o solstício de verão aumenta o número de horas com luz solar em algumas regiões do Brasil permitindo que, ao utilizá-las comercialmente, haja redução de consumo de energia elétrica. Estão incorretas as alternativas: [A], porque o horário de verão não está associado à produção de energia solar; [C], porque não são todas as regiões do país que adotam o horário de verão; [D], porque o horário de verão não é uma campanha de conscientização de economia de energia. 7: [B] Como Goiânia está localizada no hemisfério sul, é possível deduzir que no dia 21 de junho, o sol estará incidindo sobre o Trópico de Câncer, nos dias 21 de setembro e 21 de março sobre a Linha do Equador e no dia 21 de dezembro sobre o Trópico de Capricórnio, portanto, como mencionado corretamente na alternativa [B], o sol passará pelo Zênite nos meses que antecedem e sucedem o solstício de verão, ou seja, em novembro e janeiro. 8: [B] Como mencionado corretamente na alternativa [B], Pequim, situada no litoral da China está a nordeste da Malásia. Estão incorretas as alternativas seguintes em razão de não corresponderem à rota estabelecida. 9: [C] A distância longitudinal entre as duas localidades é de 45°, resultando em uma diferença de 3 horas. Se forem 13 horas em 120°E, soma-se 3 horas, e na segunda localidade serão 16 horas, como mencionado corretamente na alternativa [C]. 10: [B] [I] INCORRETA – O dia está amanhecendo na cidade B. [II] CORRETA – O dia amanheceu na cidade A. [III] INCORRETA – Como as duas cidades ocupam o mesmo meridiano, possuem em princípio, o mesmo fuso horário. 11: [B] Como mencionado corretamente na alternativa [B], o trajeto indicado é: norte, no trecho São Paulo – Brasília; noroeste, no trecho Brasília – Manaus; nordeste, no trecho Manaus – Belém; sudeste, no trecho Belém – Salvador. 12: [C] A inclinação do eixo imaginário da Terra faz com que, sazonalmente, um dos hemisférios receba maior ou menor intensidade de radiação solar, caracterizando as estações do verão – hemisfério voltado ao sol – e do inverno – hemisfério afastado do sol. A análise da figura mostra, como mencionado corretamente na alternativa [C], que o hemisfério norte encontra-se mais afastado e, portanto, a localização latitudinal de 45°N está no inverno. Estão incorretas as alternativas: [A], porque o verão está ocorrendo no hemisfério sul; [B] e [D], porque no outono e primavera o sol incide diretamente sobre a linha do Equador; [E], porque a figura mostra uma posição em que o sol incide diretamente sobre o Trópico de Capricórnio (23°27’ ao sul do Equador) definindo, portanto, o verão no hemisfério Sul e inverno no hemisfério Norte. 13: [A] O Trópico de Capricórnio apresenta 23° 27’ e localiza-se ao sul da Linha do Equador (0°). No solstício de verão do hemisfério sul, dia 21 ou 22 de dezembro, a radiação solar incide diretamente (na perpendicular) ao trópico, marcando o início do verão no hemisfério sul. Os equinócios correspondem à incidência de radiação na Linha do Equador, marcando o início da primavera ou do outono. 14: [A] [Resposta sob o ponto de vista da disciplina de Geografia] Os raios solares que atingem a Terra são paralelos. Portanto: 360 900 7,2 2 3 7500 θ      
  • 12. tempoespacogeo@gmail.com - Prof. Ademir Aquino A cidade de Alexandria situa-se no hemisfério norte, território do Egito, onde o solstício de verão acontece no dia 21 de junho, quando o Sol dispõe sua radiação na perpendicular à linha do Trópico de Câncer. [Resposta sob o ponto de vista da disciplina de Matemática] Considere a figura. Como os raios solares são paralelos, segue que AOB   e, portanto, AB OA 900 7500 0,12rad 0,12 180 7,2 . 3          Além disso, como Assuã e Alexandria estão situadas no hemisfério norte, e o solstício de verão ocorre no mês de junho nesse hemisfério, segue que as observações foram realizadas em junho. 15: [D] O mapa indica os fusos horários brasileiros adotados a partir de limites práticos, o que os diferencia moderadamente dos limites teóricos. Tal prática é adotada para evitar que uma mesma cidade ou estado apresente horas diferentes. 16: [C] a) INCORRETA. Embora a ilustração não traga a longitude de Paris, é possível calcular que, se no último contato da aeronave feita no Rio de Janeiro (45°O) eram 22h30, a localidade cujo horário é 8h30 terá uma diferença de 10 horas que, multiplicada por 15°, resultará numa diferença longitudinal de 150°, o que permite, por sua vez, definir a longitude de 105°L para o horário de 22h30, inviabilizando a possibilidade de ser o horário de Paris. b) INCORRETA. A direção da aeronave segue no sentido norte-nordeste (ponto subcolateral).c) CORRETA. Considerando-se que o último contato da aeronave foi no meio do oceano atlântico, sua posição era próxima à Linha do Equador e, portanto, em baixas latitudes. d) INCORRETA. A Linha do Equador é uma área ciclonal de convergência dos alísios que se formam nas latitudes 30°S e 30°N. 17: A cidade destacada na ilustração localiza-se no Hemisfério Norte (Zona Temperada do Norte). Em 21 de junho, o sol se encontra em uma posição mais elevada na linha do horizonte, porque, nessa data, os raios solares incidem perpendicularmente sobre o Trópico de Câncer, 23° de latitude norte. As estações do ano e períodos são: - 21 de março: Primavera (equinócio). - 23 de setembro: Outono (equinócio). As consequências geográficas ligadas à trajetória da luz do sol no sentido de I (leste) para II (oeste): sucessão dos dias e das noites; diferenças horárias (fusos horários). 18: a) O movimento de rotação da Terra explica o movimento aparente do Sol. Um observador na Terra não percebe o movimento da Terra ao redor do Sol. Aparentemente, ele vê o Sol girando ao redor da Terra. b) Estações do ano. c) Os raios solares incidem perpendicularmente sobre a Terra no solstício de verão do hemisfério norte e no solstício de verão no hemisfério sul. (Nos pontos da Terra exatamente sobre trópicos de Câncer e de Capricórnio haverá ao menos um momento, num único dia por ano, em que o Sol estará em seu completo Zênite. Isso ocorrerá na data do solstício de verão do respectivo hemisfério. Estará totalmente "a pino", de modo que as sombras dos objetos ficarão exatamente sob os mesmos. Isso ocorre por volta de meio dia, variando essa hora em função da posição relativa do local dentro do seu fuso horário). 19: a) O horário de verão é adotado adiantando-se os relógios em uma hora, para se poder aproveitar a maior duração dos dias nessa estação. Quanto maior a latitude, menor o raio de curvatura da Terra com maior duração dos dias. Deste modo os estado brasileiro do centro-sul, mais afastados do Equador, apresentam dias mais longos no verão em relação aos estados do Norte e Nordeste, mais próximos ao Equador, praticamente não apresentam diferenças significativas de duração do dia ao longo do ano. b) São exemplos de estados brasileiros que se localizam em uma mesma faixa latitudinal e que não adotam o horário de verão, a Bahia e Rondônia. O estado da Bahia não acatou a decisão federal e Rondônia possui um pequeno consumo energético o que trona a adoção do horário de verão desnecessária. 20: [A] Quanto maior a latitude de um lugar, menor o raio de curvatura da terra com maior efeito sobre a inclinação do eixo de rotação que faz com que os dias variem de duração de acordo com as estações do ano. Deste modo, o dia no verão no Rio Grande do Sul tem maior duração em relação a Manaus, na região equatorial, onde não ocorrem diferenças significativas de duração entre os dias e as noites em todo o ano, tornando inócua a adoção do horário de verão na área mapeada que abrange as regiões Norte e Nordeste.
  • 13. tempoespacogeo@gmail.com - Prof. Ademir Aquino 21: a) As estações ocorrem, em datas diferentes pois são localizadas em hemisférios opostos. O outono em Portugal, hemisfério norte, entre 23 de setembro e 21 de dezembro possui temperaturas amenas e marca o início das chuvas do inverno mediterrâneo. A Região Nordeste, no hemisfério sul, tem outono entre 21 de março e 21 de junho marcado pelo início do período chuvoso, importantes para o Sertão. b) O solstício (dia de maior duração) marca o início do verão e do inverno. A Terra encontra-se mais afastada do Sol em sua translação, com inclinação máxima do eixo de rotação em relação ao plano de órbita, fazendo com que os dias tenham maior duração no verão e menor no inverno. Ocorre nos dias 21 de dezembro no hemisfério sul com o Sol incide sobre o trópico de Capricórnio e em 21 de junho no hemisfério norte com o Sol posicionado sobre o trópico de Câncer. O equinócio (dia de igual duração) marca o início da primavera e do outono. A Terra encontra-se mais próxima do Sol na elipse de translação, com menor inclinação do eixo de rotação em relação ao plano de órbita com os raios solares projetando-se perpendicularmente sobre a linha do Equador, propiciando um dia com igual duração nos dois hemisférios. No dia 23 de setembro temos a primavera do hemisfério sul e em 21 de março no hemisfério norte. 22: [B] O por do sol sempre acontece à oeste, portanto ao posicionar imaginariamente a rosa dos ventos na imagem teremos que o Cristo Redentor está “olhando” para o leste e portanto seu braço direito é o sul e o esquerdo o norte. 23: [B] A localidade A está a leste da Linha Internacional da Data, portanto estará um dia atrasado em relação à cidade B, sendo assim, na cidade B serão 11 horas do sábado, dia 21. 24: [D] A incidência perpendicular dos raios solares no dia 21 de dezembro sobre o trópico de capricórnio (21º 23’ Sul) determinará a ausência de sobra ao meio dia nessa área. 25: Os quadrinhos fazem referencia às diferenças horárias estabelecidas pelo sistema de fusos. Na economia globalizada e, portanto, fortemente integrada, as diferenças horárias: afetam a cotação das bolsas de valores e bancos, cujos horários de abertura e fechamento são distintas; a gestão logística nos terminais aduaneiros – sejam portuários, aeroviários ou terrestres – obedece aos fusos locais eclipsando o fluxo. 26: O erro está relacionado ao texto, na medida em que interpreta a foto de satélite de forma equivocada. A foto está mostrando o anoitecer na Europa e na África, e não o amanhecer. O movimento de rotação da Terra, em torno de seu eixo imaginário, se dá no sentido oeste-leste e, sendo assim, os países situados ao leste amanhecem antes do que os países situados ao oeste. Ao anoitecer, a ordem é a mesma, ou seja, primeiro ao leste e depois ao oeste. Seguindo-se esta lógica, confirma-se que a foto do satélite está mostrando o anoitecer na Europa e na África. Levando-se em consideração os países assinalados na foto de satélite, podemos concluir que anoitece primeiro na Itália e por último na Islândia. Sendo assim, está incorreto afirmar que as luzes "ainda" estão acesas em Paris e Barcelona, quando, na verdade, elas "já" estão acesas. 27: [A] Macapá é atravessado pela linha imaginária do Equador, que divide a Terra simetricamente em dois hemisférios. 28: [D] Os círculos polares delimitam as áreas da Terra onde durante 6 meses ocorre ou não a incidência dos raios solares determinando os seis meses de dia e os seis meses de noite em cada polo. 29: [B] O Brasil, em relação ao Japão, está à leste da Linha Internacional da Data, portanto um dia atrasado em relação ao Japão. 30: [A]As regiões Sul, Sudeste e parte da Centro-Oeste localizam-se geograficamente em posição astronômica capaz de apresentar durações variáveis do dia ao longo do ano. Assim, no verão os dias são mais longos que as noites e a adoção do horário de verão visa um melhor aproveitamento da extensão da luminosidade para retardar o uso de energia elétrica. A alternativa [B] é falsa: diminuir o consumo no final do dia, momento de pico no uso de energia; A alternativa [C] é falsa: a adoção do horário de verão independe de estações chuvosas; A alternativa [D] é falsa: o consumo de energia elétrica independe da presença de turistas em bares e restaurantes; A alternativa [E] é falsa: o horário de verão não se relaciona com férias de funcionários do setor industrial. 31: [E] Ao atravessar a Linha Internacional de Mudança de Data no sentido oeste, acrescenta-se um dia e no sentido leste, diminui-se um dia. Como mencionado corretamente na alternativa [E], no dia 10 de janeiro às 8 horas, o navio atravessou a LIMD no sentido oeste passando para o hemisfério Leste e, portanto, passa do dia 10 para o dia 11 de janeiro. 32: [A] Para localidades situadas no hemisfério sul o ponto cardeal norte sempre será a face sol. 33: [D]A posição e inclinação da sombra ajudam a identificar a posição do Sol no céu na hora da observação. Recife (15) mostra a sombra alongada para sudeste, indicando o Sol a noroeste; Porto Alegre (2) mostra sombra alongada para sudoeste, indicando o Sol a nordeste; Macapá (20) tem um estreito alongamento para sudoeste, indicando que o Sol está próximo do ponto mais alto de sua passagem (sombra alinhada no sentido norte-sul). Imaginado uma linha no sentido norte-sul, ela passa sobre Brasília (9), entre Porto Alegre (a oeste) e Recife (a leste). 34: [A] Próximo ao Natal os raios solares incidem perpendicularmente ao trópico de capricórnio (23º 27’ sul) que fica ao sul da cidade de Belo Horizonte, sendo assim, os raios solares incidirão à esquerda do automóvel. Por ser 15 horas o sol está se posicionando para o poente (oeste) à frente do automóvel. “Aprender é a única coisa de que a mente nunca se cansa, nunca tem medo e nunca se arrepende.” Leonardo da Vinci Bons estudos Prof. Ademir Aquino