ENSINO SUPERIOR    NO BRASILPrincipais formas de financiamento e/ou bolsas de estudo para cursar o Ensino Superior no Bras...
PROGRAMAS FEDERAIS
PROGRAMAS ESTADUAIS
PROGRAMAS FEDERAIS
É um programa do Ministério da Educação, criadopelo Governo Federal em 2004, que oferece bolsasde estudos em instituições ...
TIPOS DE BOLSASBolsa integral:para estudantes que possuam renda familiar,por pessoa, de até um salário mínimo e meio.Bolsa...
BOLSA PERMANÊNCIAA Bolsa Permanência é um benefício com o valor máximoequivalente ao praticado na política federal de bols...
O Fundo de Financiamento Estudantil(Fies) é um programa doMinistério da Educação destinado a financiar a graduação naeduca...
QUEM PODE SE CANDIDATAR AO FIESPodem solicitar o financiamento pelo FIES os estudantesregularmente matriculados em cursos ...
O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) é osistema informatizado, gerenciado peloMinistério da Educação (MEC), no qualinstit...
QUEM PODE SE INSCREVER NO SISUPodem se inscrever no Sisu os candidatos quefizeram o Enem e que tenham obtido nota maior do...
PROGRAMASESTADUAIS
O Programa Bolsa-Universidade é um convênio que foiestabelecido entre o Governo do Estado de São Paulo eas Instituições de...
COMO FUNCIONA  A Secretaria de Estado da Educação custeia 50% do  valor da mensalidade do curso de graduação, até o  limit...
Para melhorar a recepção dos usuários do SistemaÚnico de Saúde (SUS), o governo do Estado de SãoPaulo criou o programa Jov...
QUEM PODE PARTICIPARPara participar, você não precisa ser estudante da áreade saúde. Basta estar matriculado em uma instit...
O Programa Bolsa Alfabetização foi criado pelo Decreto 51.627 de 1ºde março de 2007, introduzindo, em caráter de colaboraç...
QUANDO E ONDE SE INSCREVER As inscrições começam no início do ano e permanecem abertas durante quase todo o período letivo...
TIPOS DE BOLSAS E FINANCIAMENTOS DASUNIVERSIDADES DA BAIXADA SANTISTABolsas por carência financeira;Bolsa por representaçã...
TIPOS DE BOLSAS E FINANCIAMENTOS DASUNIVERSIDADES DA BAIXADA SANTISTATreinamento;Reembolsável;Fidelidade;Mérito;Convenção ...
(13) 8128-7881adeildovilanova@yahoo.com.br  www.adeildovilanova.com
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Aula de educação para a cidadania 23 06-2012-bolsas e formas de financiamentos do ensino superior no brasil

581 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
1 comentário
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
581
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
1
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula de educação para a cidadania 23 06-2012-bolsas e formas de financiamentos do ensino superior no brasil

  1. 1. ENSINO SUPERIOR NO BRASILPrincipais formas de financiamento e/ou bolsas de estudo para cursar o Ensino Superior no Brasil Adeildo Vila Nova Assistente Social e Coordenador das aulas de Educação para a Cidadania Pós-Graduando MBA/Especialização em Gestão de Pessoas
  2. 2. PROGRAMAS FEDERAIS
  3. 3. PROGRAMAS ESTADUAIS
  4. 4. PROGRAMAS FEDERAIS
  5. 5. É um programa do Ministério da Educação, criadopelo Governo Federal em 2004, que oferece bolsasde estudos em instituições de educação superiorprivadas, em cursos de graduação e sequenciais deformação específica, a estudantes brasileiros, semdiploma de nível superior.Dirigido aos estudantes egressos do ensino médioda rede pública ou da rede particular na condiçãode bolsistas integrais, com renda per capita familiarmáxima de três salários mínimos.
  6. 6. TIPOS DE BOLSASBolsa integral:para estudantes que possuam renda familiar,por pessoa, de até um salário mínimo e meio.Bolsa parcial de 50%:para estudantes que possuam renda familiar,por pessoa, de até três salários mínimos.
  7. 7. BOLSA PERMANÊNCIAA Bolsa Permanência é um benefício com o valor máximoequivalente ao praticado na política federal de bolsas deiniciação científica, destinada exclusivamente ao custeiodas despesas educacionais de beneficiário de bolsaintegral do Programa Universidade para Todos – Prouni.A Bolsa Permanência destina-se a estudantes com bolsaintegral em utilização do Prouni, matriculados em cursospresenciais com no mínimo 6 (seis) semestres deduração e cuja carga horária média seja igual ou superiora 6 (seis) horas diárias de aula, de acordo com os dadoscadastrados pelas instituições de ensino junto ao MEC. http://siteprouni.mec.gov.br/. Aceso em: 22 jun. 2012.
  8. 8. O Fundo de Financiamento Estudantil(Fies) é um programa doMinistério da Educação destinado a financiar a graduação naeducação superior de estudantes matriculados em instituiçõesnão gratuitas. Podem recorrer ao financiamento os estudantesmatriculados em cursos superiores que tenham avaliaçãopositiva nos processos conduzidos pelo Ministério daEducação.Em 2010 o FIES passou a funcionar em um novo formato. OFundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE)passou a ser o Agente Operador do Programa e os juros caírampara 3,4% ao ano. Além disso, passou a ser permitido aoestudante solicitar o financiamento em qualquer período doano.
  9. 9. QUEM PODE SE CANDIDATAR AO FIESPodem solicitar o financiamento pelo FIES os estudantesregularmente matriculados em cursos de graduação nãogratuitos que tenham obtido avaliação positiva noSistema Nacional de Avaliação da Educação Superior(SINAES) e que seja oferecido por instituição de ensinosuperior participante do Programa.O estudante somente poderá solicitar o financiamentopara um único curso de graduação em que estiverregularmente matriculado. Não serão consideradosregularmente matriculados os estudantes cuja matrículaacadêmica esteja em situação de trancamento geral dedisciplinas durante o período de inscrição no FIES. Fonte: http://sisfiesportal.mec.gov.br/faq.html. Acesso em: 22 jan. 2012.
  10. 10. O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) é osistema informatizado, gerenciado peloMinistério da Educação (MEC), no qualinstituições públicas de ensino superioroferecem vagas para candidatosparticipantes do Exame Nacional de EnsinoMédio (Enem).
  11. 11. QUEM PODE SE INSCREVER NO SISUPodem se inscrever no Sisu os candidatos quefizeram o Enem e que tenham obtido nota maior doque zero na redação. É importante ressaltar quealgumas instituições adotam notas mínimas parainscrição em determinados cursos.O Sisu realiza dois processos seletivos por ano: umno início do primeiro semestre e outro no início dosegundo semestre. http://sisu.mec.gov.br/. Acesso em: 22 jun. 2012.
  12. 12. PROGRAMASESTADUAIS
  13. 13. O Programa Bolsa-Universidade é um convênio que foiestabelecido entre o Governo do Estado de São Paulo eas Instituições de Ensino Superior, por meio daSecretaria de Estado da Educação.Estudante universitário, concluinte do Ensino Médio emqualquer rede de ensino, no Brasil, inscreva-se de 02 a13 de março no Programa Bolsa Universidade.
  14. 14. COMO FUNCIONA A Secretaria de Estado da Educação custeia 50% do valor da mensalidade do curso de graduação, até o limite de R$ 310,00 (trezentos e dez reais), e o restante é assumido pelas Instituições de Ensino Superior. Como contrapartida, os bolsistas desenvolvem, aos finais de semana, em escolas estaduais ou municipais (dos municípios conveniados) do Estado de São Paulo, atividades compatíveis com a natureza de seu curso de graduação, e/ou de acordo com as suas habilidades pessoais.Fonte: http://escoladafamilia.fde.sp.gov.br/v2/Subpages/Noticias/2012/Fevereiro/4.html. Acesso em: 22 jun. 2012.
  15. 15. Para melhorar a recepção dos usuários do SistemaÚnico de Saúde (SUS), o governo do Estado de SãoPaulo criou o programa Jovens Acolhedores. Por meiodeste programa, o estudante universitário dedica 20horas semanais ao primeiro atendimento às pessoasque procuram os hospitais, fornecendo informaçõesaos pacientes e acompanhantes. Em contrapartida,recebe uma bolsa de estudo integral por 12 meses.
  16. 16. QUEM PODE PARTICIPARPara participar, você não precisa ser estudante da áreade saúde. Basta estar matriculado em uma instituiçãocadastrada no programa e estar cursando do primeiro aopenúltimo ano. Você deve, ainda, ter a disponibilidade de20 horas semanais para a realização das atividades.Por tradição abrimos as inscrições no primeiro semestrede cada ano. Fonte: http://www.jovensacolhedores.saude.sp.gov.br/Inicial.aspx. Acesso em: 22 jun. 2012.
  17. 17. O Programa Bolsa Alfabetização foi criado pelo Decreto 51.627 de 1ºde março de 2007, introduzindo, em caráter de colaboração, aparticipação de alunos das Instituições de Ensino Superior na práticapedagógica de sala de aula, junto aos professores da rede públicaestadual. Essa vivência propicia não só a oportunidade ímpar deconhecer a realidade escolar, como também a possibilidade deconcatenar a teoria acadêmica com a prática.Os estudantes dos cursos de Letras e Pedagogia – batizados com onome de alunos pesquisadores (AP) – passam a apoiar os professoresnas salas de aula do 2º ano do ciclo I ou em classes do mesmo ciclo,voltados para a recuperação da aprendizagem, na complexa açãopedagógica de garantir a obtenção das competências de leitura e deescrita por todos os alunos.
  18. 18. QUANDO E ONDE SE INSCREVER As inscrições começam no início do ano e permanecem abertas durante quase todo o período letivo, encerrando-se geralmente a partir de setembro. As inscrições são realizadas nas instituições de ensino superior conveniadas ao Programa, especificamente nas coordenações dos cursos de Pedagogia e Letras. Fonte: http://lereescrever.fde.sp.gov.br/SysPublic/InternaBolsaAlfabetizacao.aspx?alkfjlklkjas lkA=270&manudjsns=1&tpMat=0&FiltroDeNoticias=3. Acesso em: 22 jun. 2012.
  19. 19. TIPOS DE BOLSAS E FINANCIAMENTOS DASUNIVERSIDADES DA BAIXADA SANTISTABolsas por carência financeira;Bolsa por representação em atividades esportivas;Bolsa para estágio;Funcionários e Parentes;Empresas;Participação Comunitária;
  20. 20. TIPOS DE BOLSAS E FINANCIAMENTOS DASUNIVERSIDADES DA BAIXADA SANTISTATreinamento;Reembolsável;Fidelidade;Mérito;Convenção coletiva;Monitoria.
  21. 21. (13) 8128-7881adeildovilanova@yahoo.com.br www.adeildovilanova.com

×