Simposio hipertexto2013 apresentação

447 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

Simposio hipertexto2013 apresentação

  1. 1. O USO DO SOFTWARE HAGÁQUÊ NO PROCESSO DE CONSTRUÇÃO TEXTUAL Adriana da Conceição Barros do Rosário-UFRA Roseane do Socorro Monte Palma Santos-UFRA Luzmarina Melo Muniz-UFRA-Orientadora 5º Simpósio Hipertexto e Tecnologias na Educação e 1º Colóquio Internacional de Educação com Tecnologias Aprendizagem móvel dentro e fora da escola UFPE.Recife/PE Novembro/2013
  2. 2. PROBLEMA Os alunos do 4º ano da EMEF Jorge Daniel de Souza Ramos apresentam dificuldades no processo de construção textual. HIPÓTESE É possível aprimorar a produção textual dos alunos do 4º ano/9 da escola Jorge Ramos através do Software Hagáquê. 5º Simpósio Hipertexto e Tecnologias na Educação e 1º Colóquio Internacional de Educação com Tecnologias Aprendizagem móvel dentro e fora da escola UFPE.Recife/PE Novembro/2013
  3. 3. OBJETIVO Aprimorar a produção textual dos alunos do 4º ano da EMEF Jorge Daniel de Souza Ramos através da utilização do software Hagáquê. 5º Simpósio Hipertexto e Tecnologias na Educação e 1º Colóquio Internacional de Educação com Tecnologias Aprendizagem móvel dentro e fora da escola UFPE.Recife/PE Novembro/2013
  4. 4. FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA “Os recursos interferem fortemente no processo de ensino e aprendizagem; o uso de qualquer recurso depende do conteúdo a ser ensinado, dos objetivos que se deseja atingir e da aprendizagem a ser desenvolvida, visto que a utilização de recursos facilita a observação e a análise de elementos fundamentais para o ensino experimental, contribuindo com o aluno na construção do conhecimento”. LORENZATO (1991, p. 4) 5º Simpósio Hipertexto e Tecnologias na Educação e 1º Colóquio Internacional de Educação com Tecnologias Aprendizagem móvel dentro e fora da escola UFPE.Recife/PE Novembro/2013
  5. 5. “O computador pode enriquecer ambientes de aprendizagem onde o aluno, interagindo com os objetos desse ambiente, tem a chance de construir seu conhecimento”. VALENTE (1998, p.30), “A internet é uma mídia que facilita a motivação dos alunos, pela novidade e pelas possibilidades inesgotáveis de pesquisa que oferece”. MORAM (2000, p.54) 5º Simpósio Hipertexto e Tecnologias na Educação e 1º Colóquio Internacional de Educação com Tecnologias Aprendizagem móvel dentro e fora da escola UFPE.Recife/PE Novembro/2013
  6. 6. METODOLOGIA Leitura de revistas em quadrinhos, tirinhas de jornais e leitura das HQs na tela do computador; Construção de histórias em quadrinhos em material impresso; Apresentação do Software Hagáquê; 5º Simpósio Hipertexto e Tecnologias na Educação e 1º Colóquio Internacional de Educação com Tecnologias Aprendizagem móvel dentro e fora da escola UFPE.Recife/PE Novembro/2013
  7. 7. 5º Simpósio Hipertexto e Tecnologias na Educação e 1º Colóquio Internacional de Educação com Tecnologias Aprendizagem móvel dentro e fora da escola UFPE.Recife/PE Novembro/2013
  8. 8. Oficina do Software Hagáquê http://pan.nied.unicamp.br/~ h agaque / Construção das histórias quadrinhos no Software Hagáquê; em Revista em quadrinhos construída pelos alunos. 5º Simpósio Hipertexto e Tecnologias na Educação e 1º Colóquio Internacional de Educação com Tecnologias Aprendizagem móvel dentro e fora da escola UFPE.Recife/PE Novembro/2013
  9. 9. RESULTADO 5º Simpósio Hipertexto e Tecnologias na Educação e 1º Colóquio Internacional de Educação com Tecnologias Aprendizagem móvel dentro e fora da escola UFPE.Recife/PE Novembro/2013
  10. 10. CONSIDERAÇÕES FINAIS Assim, percebemos que o uso do software hagáquê de maneira lúdica ampliou o vocabulário escrito contribuindo para a produção textual dos alunos do 4º ano da EMEF Jorge Daniel de Souza Ramos. “Os alunos por crescerem em uma sociedade permeada de recursos tecnológicos, são hábeis manipuladores da tecnologia e a dominam com maior rapidez e desenvoltura do que seus professores. Mesmo os alunos pertencentes a camadas menos favorecidas têm contato com recursos tecnológicos na rua, na televisão, etc., e a sua percepção sobre tais recursos é diferente da percepção de uma pessoa que cresceu numa época em que o convívio com a tecnologia era muito restrito”. (ALMEIDA, 2000c, p. 108) 5º Simpósio Hipertexto e Tecnologias na Educação e 1º Colóquio Internacional de Educação com Tecnologias Aprendizagem móvel dentro e fora da escola UFPE.Recife/PE Novembro/2013
  11. 11. REFERÊNCIAS ALMEIDA, Maria Elisabeth Bianconcini de. ProInfo: Informática e Formação de Professores. vol. 2 Série de Estudos Educação a Distância Brasília: Ministério da Educação, Seed, 2000c. LORENZATO, Sergio (org.). O Laboratório de Ensino de Matemática na Formação de Professores. Campinas, SP: Autores Associados, 2006. (Coleção formação de professores) MORAN, José Manuel. Mudar a forma de ensinar e de aprender com tecnologias Transformar as aulas em pesquisa e comunicação presencialvirtual. Disponível em: < http://www.eca.usp.br/prof/moran/uber.htm>. Acesso em maio de 2011. VALENTE, J.A. (org). O computador na sociedade do conhecimento. Campinas: Unicamp/NIED. 1998 5º Simpósio Hipertexto e Tecnologias na Educação e 1º Colóquio Internacional de Educação com Tecnologias Aprendizagem móvel dentro e fora da escola UFPE.Recife/PE Novembro/2013

×