Literatura infantil Adriano

8.882 visualizações

Publicada em

Publicada em: Turismo
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Literatura infantil Adriano

  1. 1. LITERATURA INFANTIL
  2. 2. REFLEXÕES SOBRE LITERATURA INFANTIL A leitura de histórias é um momento em que a criança pode conhecer a forma de viver, pensar, agir e o universo de valores, costumes e comportamentos de outras culturas situadas em outros tempos e lugares que não o seu. Ter acesso à boa literatura é dispor de uma informação cultural que alimenta a imaginação e desperta o prazer pela leitura, o professor pode lançar mão de inúmeras estratégias como: comentar previamente o assunto do qual trata o texto, fazer com que as crianças levantem hipóteses sobre o tema a partir do título; oferecer informações que situem a leitura; criar um certo suspense quando for o caso; lembrar de outros textos conhecidos a partir do texto lido; favorecer a conversa entre as crianças para que possam compartilhar o efeito que a leitura produziu, trocar opiniões e comentários (Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil, 1998).
  3. 3. UM POUCO MAIS SOBRE LITERATURA A literatura infantil, quando trabalhada corretamente, estimula o desenvolvimento cognitivo das crianças e permite o contato com um mundo fantástico, dessa maneira, apresenta grande relevância, já que como discorre Carvalho (1998,p.21): “ a literatura infantil, enriquecendo a imaginação da criança, vai oferecer-lhe condições de liberação sadia, ensinando-lhe a libertar-se pelo espírito : levando-a a usar o raciocínio e a cultivar a liberdade”.
  4. 4. LITERATURA INFANTIL <ul><li>As histórias infantis têm função lúdica, já que faz a criança mergulhar na sua imaginação e na diversão, como explicita Silva (1983 p.21):“Estudar uma história é, em primeiro lugar, divertir-se com ela, captar a mensagem que nela está implícita e, em seguida, após algumas leituras, identificar os seus elementos essenciais, isto é, que constituem a sua estrutura”. </li></ul>
  5. 5. LITERATURA INFANTIL <ul><li>Os contos de fadas e os diversos gêneros da literatura infantil servem de intermediário a constituição das crianças enquanto sujeitos, e auxiliam o desenvolvimento da personalidade infantil. Para Borges (1994 p.125): “É inegável a importância da literatura, quando se pensa na formação completa do ser humano, num processo que busque o equilíbrio entre o desenvolvimento da inteligência e da afetividade, entre a razão e a emoção, entre o utilitário e o estético”. </li></ul>
  6. 6. REFERÊNCIAS BORGES, T.M.M. A Criança em Idade Pré-Escolar . São Paulo: Ática, 1994. CARVALHO, B.V. A literatura Infantil: visão histórica e crítica. São Paulo: Global, 1989. REFERENCIAL CURRICULAR NACIONAL PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL/ MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E DO DESPORTO. Secretaria de Educação Fundamental. Conhecimento de Mundo . 3v il. Brasília: MEC/ SEF, 1998. SILVA, M.B.C. Contar História: uma arte sem idade . 2ª ed. São Paulo: Ática, 1989.

×