Protocolo e Cerimonial

60.694 visualizações

Publicada em

Protocolo e Cerimonial

  1. 1. Elementos deElementos de Protocolo eProtocolo e CerimonialCerimonial Prof. Ms. Sergio AndreucciProf. Ms. Sergio Andreucci Faculdade Cásper LíberoFaculdade Cásper Líbero ECA-USPECA-USP
  2. 2. ProtocoloProtocolo - Conjunto de regras- Conjunto de regras preestabelecidas que disciplinam apreestabelecidas que disciplinam a organização de qualquer evento.organização de qualquer evento. CerimonialCerimonial – Aplicação prática e– Aplicação prática e concreta do protocolo. Implementação deconcreta do protocolo. Implementação de normas previamente fixadas pelonormas previamente fixadas pelo protocolo. Designa a ordem deprotocolo. Designa a ordem de precedência.precedência. EtiquetaEtiqueta – Formalidade no trato social. É– Formalidade no trato social. É um fenômeno cultural. Ampara-se nosum fenômeno cultural. Ampara-se nos costumes de cada região do mundo.costumes de cada região do mundo.
  3. 3. Tipos de cerimonialTipos de cerimonial • Público/ExecutivoPúblico/Executivo (Decreto Federal 70.274 – 09/03/72)(Decreto Federal 70.274 – 09/03/72) • Legislativo, Judiciário, EclesiásticoLegislativo, Judiciário, Eclesiástico • Universitário, MilitarUniversitário, Militar • Privado: adaptação do cerimonialPrivado: adaptação do cerimonial públicopúblico
  4. 4. Normas do Cerimonial Público e Ordem Geral de Precedência (Decreto Federal nº 70.279, de 9 de março de 1972). Objetivo: Normatizar o cerimonial público e a ordem geral de precedência em solenidades oficiais realizadas na Capital da República, nos Estados, nos territórios Federais e nas missões diplomáticas do Brasil.
  5. 5. Político X Imagem Pública X Instituição
  6. 6. PrecedênciaPrecedência Definição de quem se senta onde, aoDefinição de quem se senta onde, ao lado de quem, qual a bandeira que temlado de quem, qual a bandeira que tem mais destaque, quem fala primeiro oumais destaque, quem fala primeiro ou por último. Define a importância depor último. Define a importância de cada elemento em um evento públicocada elemento em um evento público ou privado.ou privado.
  7. 7. Razões de PrecedênciaRazões de Precedência FuncionalFuncional: a partir do cargo que a: a partir do cargo que a pessoa desempenha no momentopessoa desempenha no momento PessoalPessoal: as características pessoais,: as características pessoais, currículo, formação, histórico, cargoscurrículo, formação, histórico, cargos anteriores, gênero, idade etcanteriores, gênero, idade etc LocalLocal: em função de onde acontece o: em função de onde acontece o evento e se desenvolve o cerimonialevento e se desenvolve o cerimonial MaterialMaterial: de acordo com o assunto, a: de acordo com o assunto, a temática a ser desenvolvidatemática a ser desenvolvida
  8. 8. Precedência FederalPrecedência Federal O Presidente da República presidiráO Presidente da República presidirá sempre a cerimônia a que comparecersempre a cerimônia a que comparecer (art. 1o.)(art. 1o.) Seguido de: Vice-Presidente, PresidenteSeguido de: Vice-Presidente, Presidente do Supremo Tribunal Federal, antigosdo Supremo Tribunal Federal, antigos Chefes de Estado e em seguida osChefes de Estado e em seguida os antigos VPR (desde que não exerçamantigos VPR (desde que não exerçam outra função pública – neste caso aoutra função pública – neste caso a precedência respeitará sua atual posição)precedência respeitará sua atual posição)
  9. 9. Precedência FederalPrecedência Federal Não comparecendo o PR, presidirá o VPRNão comparecendo o PR, presidirá o VPR (art. 2o.)(art. 2o.) Os ministros presidirão as solenidadesOs ministros presidirão as solenidades promovidas por seus Ministérios. Apromovidas por seus Ministérios. A precedência dos Ministros seguirá aprecedência dos Ministros seguirá a ordem de criação de seus Ministérios –ordem de criação de seus Ministérios – ex. primeiro mandato Luiz Inácio Lula daex. primeiro mandato Luiz Inácio Lula da SilvaSilva Os ex-Ministros passarão logo após osOs ex-Ministros passarão logo após os atuais ou pela função atual que exerçamatuais ou pela função atual que exerçam
  10. 10. Ordem de criação e precedênciaOrdem de criação e precedência dos ministériosdos ministérios • JustiçaJustiça • MarinhaMarinha • ExércitoExército • Relações ExterioresRelações Exteriores • FazendaFazenda • TransportesTransportes • AgriculturaAgricultura • EducaçãoEducação TrabalhoTrabalho AeronáuticaAeronáutica SaúdeSaúde Indústria e ComércioIndústria e Comércio Minas e EnergiaMinas e Energia PlanejamentoPlanejamento ComunicaçõesComunicações PrevidênciaPrevidência Ciência e TecnologiaCiência e Tecnologia CulturaCultura etcetc
  11. 11. Precedência Estados, DF ePrecedência Estados, DF e TerritóriosTerritórios • Governador preside cerimônias a queGovernador preside cerimônias a que comparecer, exceto as dos Poderes Legislativocomparecer, exceto as dos Poderes Legislativo e Judiciário e as de caráter exclusivamentee Judiciário e as de caráter exclusivamente Militar, mas terá lugar de honra (art. 6o.)Militar, mas terá lugar de honra (art. 6o.) • No respectivo Estado, o Governador, o VG, oNo respectivo Estado, o Governador, o VG, o Presidente da Assembléia Legislativa e oPresidente da Assembléia Legislativa e o Presidente do Tribunal de Justiça terãoPresidente do Tribunal de Justiça terão precedência sobre as autoridades Federais,precedência sobre as autoridades Federais, salvo Presidente do Congresso Federal (esalvo Presidente do Congresso Federal (e Senado), Câmara dos Deputados e SupremoSenado), Câmara dos Deputados e Supremo Tribunal Federal e autoridades com status deTribunal Federal e autoridades com status de Ministro, que passarão logo após o GovernadorMinistro, que passarão logo após o Governador
  12. 12. Precedência entre os EstadosPrecedência entre os Estados Por ordem de ConstituiçãoPor ordem de Constituição – Bahia, Rio de Janeiro, Maranhão, Pará,Bahia, Rio de Janeiro, Maranhão, Pará, Pernambuco, São Paulo, Minas Gerais, Goiás,Pernambuco, São Paulo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, Rio Grande do Sul, Ceará, Paraíba,Mato Grosso, Rio Grande do Sul, Ceará, Paraíba, Espírito Santo, Piauí, Rio Grande do Norte, SantaEspírito Santo, Piauí, Rio Grande do Norte, Santa Catarina, Alagoas, Sergipe, Amazonas, Paraná,Catarina, Alagoas, Sergipe, Amazonas, Paraná, Acre, Distrito Federal, Amapá, Mato Grosso doAcre, Distrito Federal, Amapá, Mato Grosso do Sul, Rondônia, Roraima, TocantinsSul, Rondônia, Roraima, Tocantins P.s.: anfitrião (Governador, Bandeira) temP.s.: anfitrião (Governador, Bandeira) tem precedência sobre os demais – Lei 8421/92precedência sobre os demais – Lei 8421/92
  13. 13. PROTOCOLO Cada Nação ou Organização tem sua razão de ser e suas caratcterísticas próprias quase sempre ligadas à sua história. Portanto, muitas vezes é difícil conciliar o cerimonial de dois países, fazer coincidir as regras internacionais e as do Estado anfitrião.
  14. 14. O protocolo é importante como elemento ordenador. Sua aplicação adequada supera incovenientes, evita fricções em ocasìões em que deve haver determinadas condutas. O protocolo dá a cada pessoa as prerrogativas a que tem direito e, por outro lado, são as formas do Cerimonial que dão à solenidade: ordem, beleza, dignidade e perfeição. PROTOCOLO
  15. 15. Protocolo Registro das autoridades e demais presentes — Poder Executivo — Poder Legislativo — Poder Judiciário ( Fichas)
  16. 16. Ordem de precedênciaOrdem de precedência privadaprivada Critérios:Critérios: – Anfitrião – pessoa mais importante daAnfitrião – pessoa mais importante da empresaempresa – Executivos mais ligados ao centro deExecutivos mais ligados ao centro de decisão (VP, diretores)decisão (VP, diretores) – Importância nas áreas da empresaImportância nas áreas da empresa (diretorias industrial, comercial etc)(diretorias industrial, comercial etc) – Cargos iguais: relação com o tema doCargos iguais: relação com o tema do evento, idade, tempo de serviço prestadoevento, idade, tempo de serviço prestado
  17. 17. Ordem de precedênciaOrdem de precedência privadaprivada AssessoriasAssessorias GerênciasGerências Chefias de FiliaisChefias de Filiais Outros critérios:Outros critérios: – CulturalCultural – GêneroGênero – Ordem alfabéticaOrdem alfabética – Homenagem especialHomenagem especial
  18. 18. Precedência nos MunicípiosPrecedência nos Municípios Prefeito preside solenidadesPrefeito preside solenidades municipais, seguido da ordem demunicipais, seguido da ordem de precedência das autoridades doprecedência das autoridades do respectivo Municípiorespectivo Município Em casos omissos o Chefe doEm casos omissos o Chefe do Cerimonial determinará a ordem deCerimonial determinará a ordem de colocação das autoridadescolocação das autoridades
  19. 19. ObservaçõesObservações Chefes de Secretarias de AssuntosChefes de Secretarias de Assuntos Estratégicos, Casa Civil, Casa Militar,Estratégicos, Casa Civil, Casa Militar, Secretaria-Geral da PR, EMFA, Consultor-Secretaria-Geral da PR, EMFA, Consultor- Geral da República têmGeral da República têm statusstatus de Ministro dede Ministro de EstadoEstado Em havendo autoridades estrangeiras o MinistroEm havendo autoridades estrangeiras o Ministro de Relações Exteriores passa à frente de seusde Relações Exteriores passa à frente de seus colegas de Ministériocolegas de Ministério Cardeais e Embaixadores estrangeiros comoCardeais e Embaixadores estrangeiros como representantes de seus países têm mais altarepresentantes de seus países têm mais alta precedência, passando logo após o Governadorprecedência, passando logo após o Governador do Estadodo Estado
  20. 20. Ordem de falaOrdem de fala Do menos importante para o maisDo menos importante para o mais importante. O presidente da cerimôniaimportante. O presidente da cerimônia fecha o evento, dá a última palavrafecha o evento, dá a última palavra
  21. 21. Chamada para composição da mesa do mais importante paro o menos importante. Ordem de fala do menos importante paro o mais importante.
  22. 22. Ordem de mesaOrdem de mesa Mesa ímpar: a partir do centro, designa-se aMesa ímpar: a partir do centro, designa-se a esquerda de quem olha (do presidente) eesquerda de quem olha (do presidente) e depois a esquerda, e assim sucessivamente,depois a esquerda, e assim sucessivamente, como os locais de destaque da mesa.como os locais de destaque da mesa. Mesa par: determina-se o centro imaginário,Mesa par: determina-se o centro imaginário, localiza-se o presidente à esquerda de quemlocaliza-se o presidente à esquerda de quem olha (a partir do centro) e o próximo àolha (a partir do centro) e o próximo à esquerda do presidente. Após isso, mantém-esquerda do presidente. Após isso, mantém- se o mesmo ritmo.se o mesmo ritmo.
  23. 23. Mesa Ímpar 4 2 1 3 5 O local e o tipo do evento determinam a precedência de ordem da mesa e da fala.
  24. 24. Mesa Par 3 1 2 4 65 1 - Governador de SP 2 - Prefeito de SP 3 - Ministro da Educação 4 - Secretário da Educação do Estado 5 - Secretário da Educação do Município 6 – Presidente da Associação Paulista Viva
  25. 25. Ordem de bandeirasOrdem de bandeiras A do país ao centro, observando-se aA do país ao centro, observando-se a mesma distribuição da posição demesma distribuição da posição de mesa (pares e ímpares)mesa (pares e ímpares) A ordem de precedência dos Estados éA ordem de precedência dos Estados é a de constituição. Dos países éa de constituição. Dos países é alfabética.alfabética.
  26. 26. Bandeiras Internacionais 12 34 5 1 23 4 Número ímpar Número par
  27. 27. Bandeiras Nacionais 12 3 1 23 4 Número ímpar Número par
  28. 28. Pla ca Usin a hid re lé tric a Po rto Prim a ve ra , 2.200.000 KW d e p o tênc ia , ina ug ura d a a o s 20 d ia s d o m ê s d e outub ro d o a no d e 1997. FHC Má rio Cova s XXXXXXXX XXXXXXXX XXXXXXXX XXXXXXXX Presidente da República Federa tiva do Brasil G overna dor do Esta do de Sã o Pa ulo G overna dor do Esta do do Ma to Grosso do Sul Ministro de Mina s e Energia do Bra sil Se cretá rio de Energia de Sã o Pa ulo Presidente da CESP - Compa nhia Energé tica de São Paulo Logo Logo Logo Logo MS BR SP CESP
  29. 29. Mestre de Cerimônias vs.Mestre de Cerimônias vs. CerimonialistaCerimonialista Características essenciais ao MCCaracterísticas essenciais ao MC Cerimônia ou show?Cerimônia ou show? Cerimonialista apresenta?Cerimonialista apresenta? MC é passivo?MC é passivo?
  30. 30. Obrigado ! andreucci@andreucci.com.br

×