Automação Comercial  PAF – Programa Aplicativo Fiscal  Julho 2010 Palestrantes : Luis Alberto Garbelini Oliveira Gerente d...
A AFRAC <ul><li>A AFRAC, entidade fundada em 1987, inicialmente denominada como Associação dos Fabricantes e Revendedores ...
Automação Comercial Automação comercial é a aplicação de técnicas, softwares e/ou equipamentos (como  ECF ,  POS ,  PDV , ...
Automação Comercial <ul><li>Os softwares de automação buscam armazenar informações essenciais de cadastro, como:  </li></u...
Automação Comercial Com os avanços obtidos com a automação comercial é que foi possível conceber idéias como grandes redes...
Automação Comercial O Brasil tem, mundialmente,  níveis de excelência em automação bancaria e é referencia em automação co...
<ul><li>Programa Aplicativo Fiscal - Emissor de Cupom Fiscal (PAF-ECF) é o programa aplicativo desenvolvido para possibili...
<ul><li>Desde o Convenio 85/01 há regras para SW que faz interface com ECF. </li></ul><ul><li>Havia porem critérios e proc...
<ul><li>A AFRAC criou um subgrupo de SWs que participou ativamente do processo. Em geral reuniu-se mais de 60 empresas men...
Adequação ao Varejo - Mérito do PAF-ECF <ul><li>Há regras definidas para diversos ramos de atividade, conforme suas peculi...
AFRAC – Automação Legal  <ul><li>A campanha Automa ç ão Legal, lan ç ada pela AFRAC junto a seus Associados e parceiros, e...
 
 
<ul><li>Até o presente momento há aproximadamente 1.065 registros de PAF-ECF no CONFAZ (Brasil). </li></ul><ul><li>Para at...
Meios eletrônicos de pagamento e as soluções Bematech São Paulo, julho de 2010 Rodrigo Rasera Dir. Marketing e Novos Negóc...
Principais Players da Indústria A indústria de meios eletrônicos de pagamentos tem 4 principais players  Adquirente Emisso...
<ul><li>O portador adquire bens ou serviços no estabelecimento utilizando cartão de crédito ou débito </li></ul>1. Início ...
Mudanças no contexto regulatório <ul><li>Para os Adquirentes </li></ul><ul><li>Disputa entre os Adquirentes por  lojistas,...
POS ... Rede do adquirente 1 Terminal por bandeira <ul><li>Solução  STAND ALONE.  Mais de um POS para aceitar todas as ban...
<ul><li>Transações  ágeis , com tempos de 2 a 4 segundos </li></ul><ul><li>Gestão e controle das vendas </li></ul><ul><li>...
Bematef Turbo – Custos para 1 checkout <ul><li>Linha telefônica dedicada ou pacate de dados celular para cada checkout  </...
Bematef Turbo – Custos para 2 checkout <ul><li>Linha telefônica dedicada ou pacate de dados celular para cada checkout  </...
Muito Obrigado! Palestrantes : Luis Alberto Garbelini Oliveira [email_address] Rodrigo Rasera [email_address]
BACKUP
<ul><li>O portador recebe  fatura  com seus gastos e efetua pagamento total ou parcial –  risco de crédito  é do emissor. ...
Velocidade de  Operação Eficiência de Comunicação (1)  Em condições normais de operação. Caso o sistema de redundância dis...
... Topologia do Bematef Turbo @ Internet Servidor VPN VPN  cria uma segura (os computadores que transacionam com TEF não ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

PAF - Programa Aplicativo Fiscal

4.199 visualizações

Publicada em

Palestra da Bematech

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.199
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
67
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

PAF - Programa Aplicativo Fiscal

  1. 1. Automação Comercial PAF – Programa Aplicativo Fiscal Julho 2010 Palestrantes : Luis Alberto Garbelini Oliveira Gerente de Soluções Hospitality da Bematech e VP de Software Houses da AFRAC
  2. 2. A AFRAC <ul><li>A AFRAC, entidade fundada em 1987, inicialmente denominada como Associação dos Fabricantes e Revendedores de Equipamentos para Automação Comercial, tem como missão divulgar e promover o crescimento da Automação Comercial e AIDC/RFID no País. </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>Presidida atualmente por Zenon Leite Neto, a entidade hoje denomina-se </li></ul><ul><li>AFRAC - Associação Brasileira de Automação Comercial,    </li></ul><ul><li>   e congrega toda a cadeia de produtos e de serviços ligados ao segmento de automação comercial, sendo eles: </li></ul><ul><li>AIDC - Coleta de Dados </li></ul><ul><li>Fabricantes de ECF e Equipamentos </li></ul><ul><li>Revendedores e Interventores </li></ul><ul><li>Software Houses </li></ul><ul><li>Suprimentos </li></ul>
  3. 3. Automação Comercial Automação comercial é a aplicação de técnicas, softwares e/ou equipamentos (como ECF , POS , PDV , PC 's, microterminal, scanner) para facilitar o processo de automatização de processos. A integração entre o homem e a máquina somados a gestão, busca reduzir a mão-de-obra e despesas, além de gerência e controle operacional sobre um comércio. Com a automação, tarefas passíveis de erros, como: cálculo e digitação de preços, quantidades, preenchimento de um cheque, emissão de nota fiscal; ficam mais seguras e eficientes. Melhorando o trabalho dos funcionários e o atendimento aos clientes. Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
  4. 4. Automação Comercial <ul><li>Os softwares de automação buscam armazenar informações essenciais de cadastro, como: </li></ul><ul><ul><ul><li>Produtos </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Serviços </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Clientes </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Fornecedores </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Vendedores / Representantes </li></ul></ul></ul><ul><li>Unificar ou integrar as ferramentas de trabalho </li></ul><ul><ul><ul><li>Compras </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Vendas </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Controle de estoque </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Faturamento </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Gerar relatórios referentes a estas operações e também, controlar o contas a receber e a pagar. </li></ul></ul></ul><ul><li>Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre. </li></ul>
  5. 5. Automação Comercial Com os avanços obtidos com a automação comercial é que foi possível conceber idéias como grandes redes de lojas, supermercados, fast-foods, locadoras e muitas outros comércios largamente espalhados pelo planeta. Não há crescimento consistente sem que haja uma automação qualificada dos processos inerentes ao negócio. A automação comercial é, sem sombra de dúvidas, a aplicação da automação mais próxima do nosso dia a dia. Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
  6. 6. Automação Comercial O Brasil tem, mundialmente, níveis de excelência em automação bancaria e é referencia em automação comercial. Estamos em fase intermediaria para exportarmos nosso modelo fiscal para AL e CE com apoio da APEX. No Brasil a automação comercial também agrega ferramentas e responsabilidades de caráter fiscal, como o PAF-ECF, Sintegra, SPED, TEF, entre outros, desonerando o contribuinte de retrabalho e garantindo fidelidade da informação entregue ao fisco. Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
  7. 7. <ul><li>Programa Aplicativo Fiscal - Emissor de Cupom Fiscal (PAF-ECF) é o programa aplicativo desenvolvido para possibilitar o envio de comandos ao Software Básico do ECF, sem capacidade de alterá-lo ou ignorá-lo, para utilização pelo contribuinte usuário do ECF. (Convênio ICMS 9, DE 3 DE ABRIL DE 2009, capitulo I, cláusula segunda.) </li></ul><ul><li>PAF-ECF é o Programa Aplicativo Fiscal que faz a interface com o ECF-IF. </li></ul>O que é PAF-ECF
  8. 8. <ul><li>Desde o Convenio 85/01 há regras para SW que faz interface com ECF. </li></ul><ul><li>Havia porem critérios e procedimentos diferentes em vários estados. </li></ul><ul><li>Diante da necessidade de uniformizar esses critérios, tornando-os iguais em todas as Ufs, a AFRAC e ASSESPRO reivindicaram um modelo NACIONAL para o SW interligado ao ECF. </li></ul><ul><li>Os integrantes do GT46/COTEPE/ICMS solicitaram que o subgrupo PAF-ECF fosse novamente convocado para, em conjunto com AFRAC e ASSESPRO , desenvolvessem os requisitos do PAF-ECF. </li></ul>Por que Surgiu o PAF-ECF
  9. 9. <ul><li>A AFRAC criou um subgrupo de SWs que participou ativamente do processo. Em geral reuniu-se mais de 60 empresas mensalmente, durante 1 ano e meio. </li></ul><ul><li>Após inúmeras reuniões, nas quais as entidades e o GT46 puderam sugerir e criticar, dentro de uma discussão democrática e de altíssimo nível, surge o PAF-ECF, em 2009. </li></ul>Por que Surgiu o PAF-ECF
  10. 10. Adequação ao Varejo - Mérito do PAF-ECF <ul><li>Há regras definidas para diversos ramos de atividade, conforme suas peculiaridades, como por exemplo: postos de combustíveis, bares, restaurantes, farmácias de manipulação, oficina de consertos e transportes. </li></ul><ul><li>Implementou-se regras mais seguras para o Fisco e menos restritivas para o contribuinte. Quem ganha com isso é o consumidor final. </li></ul><ul><li>Resumindo : PAF-ECF nada mais é que o PDV atual aderente a uma legislação fiscal unificada nacionalmente e vinculado ao uso ECF e do TEF. </li></ul>
  11. 11. AFRAC – Automação Legal <ul><li>A campanha Automa ç ão Legal, lan ç ada pela AFRAC junto a seus Associados e parceiros, est á engajada na nova realidade das empresas competitivas no mercado brasileiro. </li></ul><ul><li>Essa a ç ão valoriza fornecedores e usu á rios de automa ç ão comercial, oferecendo produtos e servi ç os de alta qualidade com eficiência e respeito a seus clientes e comprometidos com a cidadania fiscal </li></ul>
  12. 14. <ul><li>Até o presente momento há aproximadamente 1.065 registros de PAF-ECF no CONFAZ (Brasil). </li></ul><ul><li>Para atualizar seu software para o PAF-ECF, o comerciante pode solicitar este serviço a uma das 97 empresas credenciadas pela Secretaria da Fazenda, cujos nomes estão no site da instituição. </li></ul><ul><li>Prazos </li></ul><ul><ul><li>Prazos em outros Estados . </li></ul></ul><ul><ul><li>Institutos Técnicos Credenciados – Brasil. </li></ul></ul><ul><ul><li>Comunicado DEAT 22/2009 – São Paulo </li></ul></ul>PAF–ECF - Prazos e Credenciados
  13. 15. Meios eletrônicos de pagamento e as soluções Bematech São Paulo, julho de 2010 Rodrigo Rasera Dir. Marketing e Novos Negócios
  14. 16. Principais Players da Indústria A indústria de meios eletrônicos de pagamentos tem 4 principais players Adquirente Emissor Bandeira Processadora <ul><li>Licencia sua marca para o emissor e para o adquirente e coordena o sistema de aprovação/compensação/liquidação </li></ul><ul><li>É um banco ou uma instituição financeira não-bancária que fornece o cartão PF ou PJ e cobra o pagamento do cliente </li></ul><ul><li>Fornece a base operacional (o terminal de ponto de venda) para o credenciado, faz a manutenção dos terminais de captura, a transmissão dos dados das transações eletrônicas e deposita os fundos em sua conta corrente </li></ul><ul><li>Executam o processamento das transições de cartões e emitem boletos </li></ul>
  15. 17. <ul><li>O portador adquire bens ou serviços no estabelecimento utilizando cartão de crédito ou débito </li></ul>1. Início da transação <ul><li>O estabelecimento envia a transação ao adquirente para autenticação e aprovação da compra </li></ul><ul><li>O adquirente submete a transação à bandeira e emissor para validação de dados e confirmação de saldo/crédito </li></ul><ul><li>Com as confirmação a transação é realizada no estabelecimento. </li></ul><ul><li>O Portador (cliente) receberá a cobrança do emissor </li></ul><ul><li>O Estabelecimento receberá o valor da compra do adquirente </li></ul><ul><li>Banco emissor identifica cliente e autoriza a compra (concede crédito ou confirma saldo) </li></ul>2. Autenticação 3. Transação Submetida 4. Autorização do Emissor 5. Transação realizada Processo de compra com meio de pagamento eletrônico 1.Início da transação 2.Autenticação 3.Transação submetida 4. Autorização do emissor 5. Transação realizada
  16. 18. Mudanças no contexto regulatório <ul><li>Para os Adquirentes </li></ul><ul><li>Disputa entre os Adquirentes por lojistas, com possível redução de taxas (taxa de desconto) aos lojistas </li></ul><ul><li>Tentativa de fidelização dos varejista por meio de contratos ou rede de captura própria </li></ul><ul><li>Estruturação da rede de autorização com as novas bandeiras, demandando investimento e aumento dos custos do Adquirente </li></ul><ul><li>Disputa entre os Adquirentes por oferta de diversidade de produtos com precificação atrativa aos lojistas (antecipação, consulta cheque, recarga celular) </li></ul><ul><li>Para os Lojistas </li></ul><ul><li>Afiliação somente a um Adquirente para a aceitar as transações de VISA e MASTERCARD </li></ul><ul><li>Aumento do poder do varejista na negociação de taxas </li></ul>Mudanças na regulamentação Implicações <ul><li>Governo suspende exclusividade entre Visa e Visanet – divulgado em 06/08/2009 </li></ul><ul><li>Determina, a partir de 01/jul/2010, o fim da exclusividade entre redes e bandeiras (com mais de 10% de participação de mercado) </li></ul>
  17. 19. POS ... Rede do adquirente 1 Terminal por bandeira <ul><li>Solução STAND ALONE. Mais de um POS para aceitar todas as bandeiras </li></ul><ul><li>Risco fiscal </li></ul>TEF DISCADO ... Rede do adquirente Linha telefônica <ul><li>Solução INTEGRADA </li></ul><ul><li>Um mesmo hardware (pinpad) passa todas as bandeiras </li></ul><ul><li>Solução dos Adquirentes (barreira à migração) </li></ul>TEF-IP (BEMATEF TURBO) ... Rede do adquirente @ Internet <ul><li>Solução INTEGRADA </li></ul><ul><li>Um mesmo hardware (pinpad) passa todas as bandeiras </li></ul><ul><li>Solução neutra (aumenta o poder de barganha) </li></ul>Mais Veloz Comparativo entre tipos de produtos Linha telefônica 
  18. 20. <ul><li>Transações ágeis , com tempos de 2 a 4 segundos </li></ul><ul><li>Gestão e controle das vendas </li></ul><ul><li>Solução escalável podendo ser ampliada apenas com o simples pagamento da diferença de valor entre os serviços (upgrade) </li></ul><ul><li>Melhore custo-benefício do mercado, com descontos para redes a partir de 5 estabelecimentos </li></ul><ul><li>Investimento inicial reduzido (Não necessita de servidor dedicado) </li></ul>Produtividade Confiabilidade Segurança <ul><li>Com a redundância discada o lojista não pára (necessidade de computador com modem telefônico padrão ligado à linha telefônica, equipamentos à parte) </li></ul><ul><li>O PinPad Bematech incluído no valor da solução </li></ul><ul><li>O PinPad Bematech tem alta disponibilidade , manutenção com SLA </li></ul><ul><li>de 8 horas, substituição e atualização sempre que necessário </li></ul><ul><li>Suporte telefônico com 0800 dedicado à solução </li></ul><ul><li>Monitoramento remoto : gerenciamento Bematech aumenta disponibilidade </li></ul><ul><li>Segurança: comunicação através de VPN segura. Solução homologada pelo PCI-SSI Payment Card Industry Security Standard Council </li></ul><ul><li>Total conformidade com as exigências da Lei Fiscal (ECF) </li></ul><ul><li>Integração com sistemas de automação comercial </li></ul>Bematef Turbo – Benefícios para o varejista Poder de negociação com Adquirente <ul><li>Solução de rede de captura neutra da Bematech permite melhor negociação de taxas: l ivre migração entre adquirentes sem pagamento de nova instalação , nem mudança de software ou hardware (“celular desbloqueado”) </li></ul><ul><li>Evita barreiras de fidelização ou investimento em estrutura própria </li></ul>
  19. 21. Bematef Turbo – Custos para 1 checkout <ul><li>Linha telefônica dedicada ou pacate de dados celular para cada checkout </li></ul>Conexão Hardware Software POS 1 TEF DISCADO (BEMATEF SIMPLES) 1 TEF-IP (BEMATEF TURBO) <ul><li>Linha telefônica dedicada para cada checkout </li></ul><ul><li>Custo de VPN: conexão segura IP </li></ul><ul><li>Aluguel do POS (2 no checkout – R$ 80,00 por POS) </li></ul><ul><li>Aluguel de Pinpad e modem específico Cielo </li></ul><ul><li>Aluguel de Pinpad </li></ul><ul><li>Sem custo </li></ul><ul><li>Manutenção de SW de captura </li></ul><ul><li>Manutenção de SW de captura </li></ul>(1) Valores considerados para 2 adquirente (todas as bandeiras) R$80,00 R$80,00 R$75,00 R$30,00 <ul><li>Taxa de conectividade da adquirente </li></ul>R$160,00 R$50,00 R$25,00 R$00,00 R$50,00 R$120,00 R$240,00 R$210,00 R$220,00
  20. 22. Bematef Turbo – Custos para 2 checkout <ul><li>Linha telefônica dedicada ou pacate de dados celular para cada checkout </li></ul>Conexão Hardware Software POS 1 TEF DISCADO (BEMATEF SIMPLES) 1 TEF-IP (BEMATEF TURBO) <ul><li>Linha telefônica dedicada para cada checkout </li></ul><ul><li>Custo de VPN: conexão segura IP </li></ul><ul><li>Aluguel do POS (2 no checkout) </li></ul><ul><li>Aluguel de Pinpad e modem específico Cielo </li></ul><ul><li>Aluguel de Pinpad </li></ul><ul><li>Sem custo </li></ul><ul><li>Manutenção de SW de captura </li></ul><ul><li>Manutenção de SW de captura </li></ul>(1) Valores considerados para 2 adquirente (todas as bandeiras) R$160,00 R$160,00 R$100,00 R$60,00 <ul><li>Taxa de conectividade da adquirente </li></ul>R$320,00 R$100,00 R$50,00 R$00,00 R$100,00 R$161,00 R$480,00 R$420,00 R$311,00
  21. 23. Muito Obrigado! Palestrantes : Luis Alberto Garbelini Oliveira [email_address] Rodrigo Rasera [email_address]
  22. 24. BACKUP
  23. 25. <ul><li>O portador recebe fatura com seus gastos e efetua pagamento total ou parcial – risco de crédito é do emissor. Emissor retem a Tarifa de Intercâmbio do valor de compra e cliente paga Tarifa ao Portador (Anuidade), juros e serviços financeiros </li></ul>1. Pagamento da fatura <ul><li>Bandeira recebe o valor da Taxa de Afiliação e Valor por quantidade de transações processadas (restante do valor é pago direto aos adquirentes segundo informação da bandeira) </li></ul><ul><li>Retem o valor da Taxa de desconto (já descontados os valores de Tarifa de Intercâmbio) </li></ul><ul><li>Retem também valores de aluguel de equipamentos, conectividade, etc pela rede de captura implantada (se for o caso de rede de captura do varejista ser do adquirente) </li></ul><ul><li>Recebe valor da compra já retirado valor da Taxa de Desconto, Aluguel de Equipamentos e Taxa de Conectividade </li></ul>2. Repasse à bandeira 3. Repasse ao Adquirente 4. EC recebe pela venda Fluxo de pagamentos na cadeia 1. Pagamento da Fatura 2. Repasse à Bandeira 3. Repasse ao Adquirente 4. Estabelecimento recebe pela venda
  24. 26. Velocidade de Operação Eficiência de Comunicação (1) Em condições normais de operação. Caso o sistema de redundância discada seja acionado a conexão será discada, gerando custo de ligação . Necessita de computador com modem instalado (não incluso) Controle e inte- gração Conformidade com legislação TEF DISCADO <ul><li>O processamento da operação leva de 20 a 30 segundos para ser efetivado </li></ul><ul><li>Conexão discada. Ocupa linha telefônica durante operação </li></ul><ul><li>Gera custo de ligação </li></ul><ul><li>Não tem sistema de redundância </li></ul><ul><li>Permite controle para gestão de vendas </li></ul><ul><li>Permite integração com o sistema gerencial </li></ul><ul><li>Em conformidade com a legislação para emissor de cupom fiscal (ECF) </li></ul><ul><li>Hardware é vendido ao cliente ou alugado pelo adquirente </li></ul><ul><li>Há descontos de escala para redes e estabelecimentos com mais de 1 check-out </li></ul><ul><li>O processamento da operação leva de 10 a 30 segundos para ser efetivado </li></ul>POS <ul><li>Conexão discada. Ocupa linha telefônica durante operação </li></ul><ul><li>Gera custo de ligação </li></ul><ul><li>Não tem sistema de redundância </li></ul><ul><li>Não permite controle para gestão de vendas </li></ul><ul><li>Não permite integração com o sistema gerencial </li></ul><ul><li>Não está em conformidade com a legislação para emissor de cupom fiscal (ECF) </li></ul><ul><li>POS é do adquirente e não é compartilhado (vários hardwares) </li></ul><ul><li>Não tem desconto para redes e estabelecimentos com mais de 1 check-out </li></ul><ul><li>Não possui ferramenta de monitoramento </li></ul>Hardware e manutenção TEF-IP (BEMATEF TURBO) <ul><li>Processamento mais rápido. Transação leva de 2 a 4 segundos </li></ul><ul><li>Conexão por banda larga. Não ocupa linha telefônica (1) </li></ul><ul><li>Não gera custo de ligação (1) </li></ul><ul><li>Possui redundância discada </li></ul><ul><li>Hardware é cedido em sistema de comodato </li></ul><ul><li>Há descontos para redes e de escala – melhor preço a partir de 3 check-outs </li></ul><ul><li>Possui ferramenta de monitoramento (não incluso) </li></ul><ul><li>Bematech possui ampla rede credenciada para reparos com estoque avançado e 0800 dedicado </li></ul>Comparativo entre tipos de produtos
  25. 27. ... Topologia do Bematef Turbo @ Internet Servidor VPN VPN cria uma segura (os computadores que transacionam com TEF não navegam na internet livremente – os demais tem acesso livre) Pinpad Bematech : fornece SLA e backup, além da livre migração entre adquirentes e atualizações gratuitas Monitoramento : Garante controle da rede de configurações do caixa, além de manuetnção preventivas e configurações remotas. 0800 dedicado para suporte Software de captura (TEF) : Software homologado no PCI e com atualizações remotadas de versões Internet Livre migração de adquirentes : Como o fim da exclusividade da Visa e Mastercard, vários adquirentes poderão fazer transações dessas bandeiras. Com uma solução neutra com configuração remota é possível negociar as melhoresa taxas e migrar rapidamente as transações

×