Células tronco

5.304 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.304
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
91
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Células tronco

  1. 1. 28/09/2009 CÉLULAS TRONCO Definição: células com capacidade de dar origem a células especializadas. Embrionária CÉLULAS TRONCO Tipos: Adulta Célula Tronco (CT) X Diferenciação: transformação da célula não especializada em especializada. Diferenciação X Sinais: fatores que controlam modificações na célula. CÉLULAS TRONCO X POTÊNCIA CÉLULAS TRONCO Totipotentes: podem produzir todas as células embrionárias e extra embrionárias; Características Principais: Pluripotentes: podem produzir todos os tipos celulares do embrião, • Proliferam mantendo-se como célula tronco; menos placenta e anexos; • Originam células diferenciadas. Oligopotentes: podem produzir células dentro de uma única linhagem; Multipotentes: podem produzir células de várias linhagens; Unipotentes: produzem somente um único tipo celular maduro. 1
  2. 2. 28/09/2009 CÉLULAS TRONCO CÉLULAS TRONCO Embrionária (Pluripotente): indiferenciada, dá origem a tipos celulares especializados variáveis. CÉLULAS TRONCO CÉLULAS TRONCO Adulta (Multipotente): indiferenciada de um tecido diferenciado, renova-se Adulta – Tipos: e diferencia-se numa célula especializada do tecido original. • Hematopoiética (medula óssea, cordão umbilical, sangue periférico) • Neuronal • Músculo esquelético • Epitelial • Mesenquimal 2
  3. 3. 28/09/2009 CÉLULAS TRONCO CÉLULAS TRONCO Adulta – Funções: Plasticidade: capacidade de diferenciação em tecidos diferentes. • Manter as células que vão morrendo no organismo ao longo dos anos; • Embrionária = 100%; • Reparar lesões. • Adulta = ? CÉLULAS TRONCO CÉLULAS TRONCO Aplicações Clínicas: Aplicações Clínicas: • Câncer – reconstrução de tecidos; • Mal de Parkinson e Alzheimer – reposição de céls cerebrais; • - reposição de tecido isquêmico; • Osteopororse e Osteoartrite - reposição de céls ósseas e de cartilagem, respectivamente; • Diabetes – popular o pâncreas com céls produtoras de insulina; • Cegueira – reposição de céls da retina; • Doenças dos rins, fígados, pulmões ou musculares – repor céls para repor tecido ou o órgão inteiro; • Lesões na medula espinhal– repor céls neurais; 3
  4. 4. 28/09/2009 CÉLULAS TRONCO CÉLULAS TRONCO Vantagens das Células Embrionárias sobre as Células Adultas: Interesses: • Biologia básica do desenvolvimento; • Obtenção de nº maior de tipos celulares; • Estudo de doenças humanas; • Facilidade no controle de crescimento e proliferação; • Cultura de linhagens celulares especializadas = resposta a novos fármacos; • Maior abundância; • Terapia Gênica – resistência ao HIV p ex.; • “Possível” facilidade técnica. • Transplante. CÉLULAS TRONCO CÉLULAS TRONCO Onde obtê-las: • Embriões recém-fecundados; • Tecidos adultos (medula óssea p. ex.); • Cordão umbilical; • Órgãos de fetos abortados. 4
  5. 5. 28/09/2009 CÉLULAS TRONCO ADULTAS CÉLULAS TRONCO X ÉTICA Questões-chave em aberto atualmente? Os fins justificam os meios? FIM • Quantos tipos e em quais tecidos elas existem; Alívio do sofrimento humano • Fonte; • Plasticidade X Manipulação genética; MEIO • Fatores de Migração. Consumo de embriões humanos doados, embriões estes que nunca serão colocados em um útero e que seriam normalmente descartados. CÉLULAS TRONCO X ÉTICA CÉLULAS TRONCO X ÉTICA 5
  6. 6. 28/09/2009 CÉLULAS TRONCO X ÉTICA CÉLULAS TRONCO X ÉTICA 90% dos embriões humanos gerados em clínicas de fertilização e que são inseridos em útero, NÃO geram vida; Embriões de má qualidade, mantêm a capacidade de gerar linhagens de células tronco embrionárias; O aumento da lista de pacientes elegíveis para terapêutica com CT; Preservação de embriões que vão para o lixo X Paciente com doença letal. CÉLULAS TRONCO CÉLULAS TRONCO X LEIS NACIONAIS China, Cingapura, Coréia do Sul, Índia, Japão, Reino Unido, México e França: permite todas as pesquisas com embriões, inclusive a clonagem terapêutica; EUA: proíbe a aplicação de verbas do governo federal a qualquer pesquisa envolvendo embriões humanos; Itália: proíbe totalmente qualquer tipo de pesquisa com CT embrionárias humanas e sua importação; Brasil: permite a utilização de CT produzidas a partir de embriões humanos para fins de pesquisa e terapia, desde que sejam inviáveis ou estejam congelados há mais de 3 anos. 6
  7. 7. 28/09/2009 CÉLULAS TRONCO CÉLULAS TRONCO GAME OVER 7

×