SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 36
[object Object],[object Object],SUPERINTENDÊNCIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL DO ESTADO DA BAHIA
A MARCA DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
Missão, Visão e Direcionadores Estratégicos VISÃO: “Consolidar-se como o líder nacional em educação profissional e tecnológica e ser reconhecido como indutor da inovação e da transferência de tecnologias para a Indústria Brasileira, atuando com padrão internacional de excelência”. MISSÃO:“Promover a educação profissional e tecnológica, a inovação e a transferência de tecnologias industriais, contribuindo para elevar a competitividade da Indústria Brasileira. ”
Financeira Cliente Cumprimento da Missão Processos Internos Pessoas e Tecnologia Foco de Atuação Educação Profissional, Inovação e Tecnologia ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Relacionamento Instituicional Foco no Cliente Atuação Integrada e  Unidade Sistêmica  ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Líder e Indutor da Inovação Sustentabilidade VISÃO: “Consolidar-se como o líder nacional em educação profissional e tecnológica e ser reconhecido como indutor da inovação e da transferência de tecnologias para a Indústria Brasileira, atuando com padrão internacional de excelência”. MISSÃO:“Promover a educação profissional e tecnológica, a inovação e a transferência de tecnologias industriais, contribuindo para elevar a competitividade da Indústria Brasileira. ”
Financeira Cliente Cumprimento da Missão Processos Internos Pessoas e Tecnologia ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Relacionamento Instituição Foco no Cliente Atuação Integrada e  Unidade Sistêmica  Foco de Atuação Educação Profissional, Inovação e Tecnologia ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Líder e Indutor da Inovação Sustentabilidade VISÃO: “Consolidar-se como o líder nacional em educação profissional e tecnológica e ser reconhecido como indutor da inovação e da transferência de tecnologias para a Indústria Brasileira, atuando com padrão internacional de excelência”. MISSÃO:“Promover a educação profissional e tecnológica, a inovação e a transferência de tecnologias industriais, contribuindo para elevar a competitividade da Indústria Brasileira. ”
Estrutura Básica Órgãos Deliberativos / Normativos Órgãos  Executivos Conselho Nacional Conselhos Regionais Departamento Nacional Departamentos Regionais ÓRGÃOS  NACIONAIS ÓRGÃOS  REGIONAIS
Funcionamento Básico ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
171   Laboratórios   83  acreditados  pelo Inmetro, MAPA, ANVISA e MTE 28   áreas de atuação 284   unidades móveis Unidades Operacionaless 454  unidades fixas 320  Kits didáticos
Gratuidade – Metas SENAI
Regras de Desempenho - Critérios de Avaliação  ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Atendimento ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
EDUCAÇÃO PARA A NOVA INDÚSTRIA - Objetivos ,[object Object],[object Object],[object Object]
EDUCAÇÃO PARA A NOVA INDÚSTRIA   Metas -  2007-2010 ,[object Object],[object Object],[object Object]
De 1942 a 2008  foram capacitados 47.883.006  alunos
Matrículas em Educação Profissional e Tecnológica ,[object Object],[object Object],[object Object],+ 7% + 14%
Pesquisa com Egressos ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],* com mais de 75% de atendimento do SENAI ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Cursos Técnicos exclusivo ou majoritariamente ministrados pelo SENAI
Formação por Competência Certificação de Competencia Sociedade EDUCAÇÃO PROFISSIONAL N S O CANDIDATO POSSUI AS COMPETÊNCIAS REQUERIDAS ? Modelo simplificado do sistema adotado pelo SENAI  Setor Produtivo  Industrial MERCADO ITINERÁRIOS FORMATIVOS NORMAS DE CERTIFICAÇÃO PERFIS PROFiSSIONAIS DESENHOS CURRICULARES
FORMAÇÃO PROFISSIONAL Formação Inicial e Continuada de Trabalhadores MÓDULO MÓDULO MÓDULO MÓDULO MÓDULO MÓDULO APERFEIÇOAMENTO QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL QUALIFICAÇÃO 1 QUALIFICAÇÃO 2 QUALIFICAÇÃO 3 Educação Profissional Tecnológica de Graduação e Pós-Graduação MÓDULO MÓDULO MÓDULO MÓDULO MÓDULO MÓDULO MÓDULO ESPECIALIAZAÇÃO PROFISSIONAL (Lato Sensu) MESTRADO e DOUTORADO (Stricto Sensu) MÓDULO MÓDULO Com ensino médio Educação Profissional Técnica de Nível Médio MÓDULO MÓDULO MÓDULO MÓDULO MÓDULO MÓDULO APERFEIÇOAMENTO HABILITAÇÃO PROFISSIONAL QUALIFICAÇÃO TÉCNICA 1 QUALIFICAÇÃO TÉCNICA 2 QUALIFICAÇÃO TÉCNICA 3 MÓDULO MÓDULO MÓDULO MÓDULO MÓDULO MÓDULO GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA QUALIFICAÇÃO TECNOLÓGICA QUALIFICAÇÃO TECNOLÓGICA QUALIFICAÇÃO TECNOLÓGICA CURSOS: APERFEIÇOAMENTO / SEQUENCIAL / EXTENSÃO / OUTROS
Cursos Técnicos de Nível Médio Formação Inicial e Continuada de Trabalhadores MÓDULO MÓDULO MÓDULO Aperfeiçoamento: Embreagem, caixa de câmbio e eixos traseiros Aperfeiçoamento: Injeção eletrônica dos veículos bi-combustível Mecânico em Manutenção Automotiva (Qualificação Profissional) Mecânico em Manutenção de Motores a Gasolina e Álcool Mecânico em Manutenção de  Sistemas de Freio de Veículos Automotores Leves Mecânico em Manutenção de Sistemas de Transmissão de Veículos Automotores Leves Graduação Tecnológica FORMAÇÃO PROFISSIONAL
Educação Profissional Técnica de Nível Médio Graduação Tecnológica Aperfeiçoamento 1: Sistemas Eletroeletrônicos Novo Pálio – RedeCan / Vênice Aperfeiçoamento 2: Sistema de Injeção Bicombustível / FLEX FUEL Técnico em Sistemas Automotivos (Habilitação Profissional) MÓDULO 2 MÓDULO 3 MÓDULO 4 ESTÁGIO MÓDULO 1 Auxiliar de Manutenção Automotiva Mantenedor de Sistemas Automotivos Básico Mantenedor de Sistemas Automotivos Avançado FORMAÇÃO PROFISSIONAL
FORMAÇÃO PROFISSIONAL Educação Profissional Tecnológica de Graduação e Pós-Graduação Especialização Profissional Lato-Sensu MÓDULO 2 Núcleo Comum MÓDULO 3 Núcleo Comum MÓDULO 4 Específico: Powertrain / Carroceria / Eletroeletrônica / Dinâmica / Chassi / Projetos / Simulação Computacional MÓDULO 1 Núcleo Comum Monogragia / Defesa Mestrado Profissional Stricto-Sensu 1º CICLO: - INOVAÇÃO INDUSTRIAL: CONCEITOS E FERRAMENTAS - PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO DE PRODUTOS  2º CICLO: GESTÃO DE PROJETOS PARA A INOVAÇÃO  3º CICLO: METODOLOGIA PESQUISA  MODELAGEM E SIMULAÇÃO DE SISTEMAS MECATRÔNICOS  COMPORTAMENTO MECÂNICO DOS MATERIAIS  GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS  Exame / Dissertação / Defesa Tecnólogo em Sistemas Automotivos MÓDULO 1 CURSOS: APERFEIÇOAMENTO / SEQUENCIAL / EXTENSÃO / OUTROS MÓDULO 2 MÓDULO 3 MÓDULO 4 MÓDULO 5 MÓDULO 6 MÓDULO 7 MÓDULO 8
EDUCAÇÃO PARA A NOVA INDÚSTRIA Ações Inovadoras e metas 2007-2010 SENAI 24 Horas 100.000 matrículas Estratégias Flexíveis Oferecimento em 200 escolas SENAI Itinerante 120.000 matrículas SENAI Parcerias 600 parcerias com outras organizações e empresas Competências Transversais 5 programas 1.000.000 de matrículas Certificação de Competências Implantação de centros de exames nos 27 DRs SENAI Didática Produzir 300 novos kits Inclusão digital para todos 10.000 computadores para professores do SENAI 520.000 alunos matriculados em TI Rede SENAI  de Excelência e Inovação 40.000 empresas atendidas
APOIO ÀS EMPRESAS  Antes Depois
RECONHECIMENTO
Olimpíada do Conhecimento – Porto Alegre, 2008
Olimpíada
Brasil é o 3º do mundo Educação Profissional
CLASSIFICAÇÃO DO BRASIL/SENAI Torneio País-Sede Colocação 2009 Canadá 3º 2007 Japão 2º 2005 Finlândia 7º 2003 Suíça 12º
 
 
Sistema SENAI é acreditado pelo INMETRO em  Certificação de Pessoas
Prêmio CNI de Inovação  Indusplast -  3º lugar na na categoria Inovação e Produtividade Projeto: Produção de Ecotubos, fabricados com PET, desenvolvido com apoio do Edital SENAI de Inovação 2006 3º Lugar Indusplast
Prêmio FINEP de Inovação - 2008:  SENAI 1º lugar da Região Centro-Oeste na categoria de Instituição de C&T. INOVAÇÃO TECNOLÓGICA
Melhor Instituição de Formação Profissional do Brasil: ,[object Object],[object Object],[object Object],Fonte: Revista Ferroviária
[object Object],[object Object]

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (12)

Difusão Tecnológica
Difusão TecnológicaDifusão Tecnológica
Difusão Tecnológica
 
Plano
PlanoPlano
Plano
 
Painel 5 (XI ENEE) - Recursos Humanos, Desafios e soluções para a Indústria N...
Painel 5 (XI ENEE) - Recursos Humanos, Desafios e soluções para a Indústria N...Painel 5 (XI ENEE) - Recursos Humanos, Desafios e soluções para a Indústria N...
Painel 5 (XI ENEE) - Recursos Humanos, Desafios e soluções para a Indústria N...
 
Instituto Senai de Inovação em Engenharia de Superfícies
Instituto Senai de Inovação em Engenharia de SuperfíciesInstituto Senai de Inovação em Engenharia de Superfícies
Instituto Senai de Inovação em Engenharia de Superfícies
 
Eletrotecnica integrado[1]ifpe
Eletrotecnica integrado[1]ifpeEletrotecnica integrado[1]ifpe
Eletrotecnica integrado[1]ifpe
 
Como Implantar Uma Universidade Corporativa
Como Implantar Uma Universidade CorporativaComo Implantar Uma Universidade Corporativa
Como Implantar Uma Universidade Corporativa
 
CV Luiz Carlos F. Navarro
CV Luiz Carlos F. NavarroCV Luiz Carlos F. Navarro
CV Luiz Carlos F. Navarro
 
Apresentação isi ist senai
Apresentação isi ist senaiApresentação isi ist senai
Apresentação isi ist senai
 
Gestao marketing
 Gestao marketing Gestao marketing
Gestao marketing
 
Senai Inovacao - Dilma
Senai Inovacao - DilmaSenai Inovacao - Dilma
Senai Inovacao - Dilma
 
Educação a distância para a construção civil
Educação a distância para a construção civilEducação a distância para a construção civil
Educação a distância para a construção civil
 
Tecnologia fabricacao acucar
Tecnologia fabricacao acucarTecnologia fabricacao acucar
Tecnologia fabricacao acucar
 

Destaque

1e scoonste neptunus (zoutelande)
1e scoonste neptunus (zoutelande)1e scoonste neptunus (zoutelande)
1e scoonste neptunus (zoutelande)Al Sauerfield
 
Cattier brut 1er cru
Cattier brut 1er cruCattier brut 1er cru
Cattier brut 1er crumensani
 
Incident problem management_datasheet
Incident problem management_datasheetIncident problem management_datasheet
Incident problem management_datasheetIITSW Company
 
Mapa conceptual gabaldon ana cabrera
Mapa conceptual gabaldon ana cabreraMapa conceptual gabaldon ana cabrera
Mapa conceptual gabaldon ana cabreraAna Paula
 
Les competències bàsiques de l'àmbit lingüístic
Les competències bàsiques de l'àmbit lingüísticLes competències bàsiques de l'àmbit lingüístic
Les competències bàsiques de l'àmbit lingüísticJoanprofe
 
Cattier brut blanc de blancs1er cru
Cattier brut blanc de blancs1er cruCattier brut blanc de blancs1er cru
Cattier brut blanc de blancs1er crumensani
 
First communion class 1969 70
First communion class 1969 70First communion class 1969 70
First communion class 1969 70honeybun_mj
 
Modificaciones en la secuencia didáctica
Modificaciones en la secuencia didácticaModificaciones en la secuencia didáctica
Modificaciones en la secuencia didácticadhamaratenas
 
Proyecto 2
Proyecto 2Proyecto 2
Proyecto 2belen97
 
O que nos pertence
O que nos pertenceO que nos pertence
O que nos pertenceArmin Caldas
 

Destaque (20)

Poster Prevencion ETV
Poster Prevencion ETVPoster Prevencion ETV
Poster Prevencion ETV
 
1e scoonste neptunus (zoutelande)
1e scoonste neptunus (zoutelande)1e scoonste neptunus (zoutelande)
1e scoonste neptunus (zoutelande)
 
Cattier brut 1er cru
Cattier brut 1er cruCattier brut 1er cru
Cattier brut 1er cru
 
Medios y materiales tic
Medios y materiales ticMedios y materiales tic
Medios y materiales tic
 
Incident problem management_datasheet
Incident problem management_datasheetIncident problem management_datasheet
Incident problem management_datasheet
 
Prodnot
ProdnotProdnot
Prodnot
 
Es apresentacao-final
Es apresentacao-finalEs apresentacao-final
Es apresentacao-final
 
Mapa conceptual gabaldon ana cabrera
Mapa conceptual gabaldon ana cabreraMapa conceptual gabaldon ana cabrera
Mapa conceptual gabaldon ana cabrera
 
Les competències bàsiques de l'àmbit lingüístic
Les competències bàsiques de l'àmbit lingüísticLes competències bàsiques de l'àmbit lingüístic
Les competències bàsiques de l'àmbit lingüístic
 
Alumnos
AlumnosAlumnos
Alumnos
 
Grafico de alumnos
Grafico de alumnosGrafico de alumnos
Grafico de alumnos
 
Cattier brut blanc de blancs1er cru
Cattier brut blanc de blancs1er cruCattier brut blanc de blancs1er cru
Cattier brut blanc de blancs1er cru
 
First communion class 1969 70
First communion class 1969 70First communion class 1969 70
First communion class 1969 70
 
tugas
tugastugas
tugas
 
Ficha tecnica
Ficha tecnicaFicha tecnica
Ficha tecnica
 
Parte mercedes
Parte mercedesParte mercedes
Parte mercedes
 
July Sale
July SaleJuly Sale
July Sale
 
Modificaciones en la secuencia didáctica
Modificaciones en la secuencia didácticaModificaciones en la secuencia didáctica
Modificaciones en la secuencia didáctica
 
Proyecto 2
Proyecto 2Proyecto 2
Proyecto 2
 
O que nos pertence
O que nos pertenceO que nos pertence
O que nos pertence
 

Semelhante a SuperintendêNcia De E.P. Do Estado Da Bahia

pc_tecnico_panificacao_1.pdf
pc_tecnico_panificacao_1.pdfpc_tecnico_panificacao_1.pdf
pc_tecnico_panificacao_1.pdfEvelynBitencourt3
 
Caseeducacao Corporativa Datasul 2006
Caseeducacao Corporativa  Datasul 2006Caseeducacao Corporativa  Datasul 2006
Caseeducacao Corporativa Datasul 2006krikacz
 
po_ALUNO_seguranca_trabalho.pdf
po_ALUNO_seguranca_trabalho.pdfpo_ALUNO_seguranca_trabalho.pdf
po_ALUNO_seguranca_trabalho.pdfssuser70d316
 
+10 análise económica de investimento
+10 análise económica de investimento+10 análise económica de investimento
+10 análise económica de investimentojcjaneiro
 
Dict 2008
Dict 2008Dict 2008
Dict 2008xPopper
 
Tecnologia fabricacao acucar
Tecnologia fabricacao acucarTecnologia fabricacao acucar
Tecnologia fabricacao acucarHelen Mazzer
 
12082011 tcc senac_sayuri
12082011 tcc senac_sayuri12082011 tcc senac_sayuri
12082011 tcc senac_sayuriSayurï Yamane
 
Avaliação de Produção Técnica Tecnológica em CTI
Avaliação de Produção Técnica Tecnológica em CTIAvaliação de Produção Técnica Tecnológica em CTI
Avaliação de Produção Técnica Tecnológica em CTIRoberto C. S. Pacheco
 
12082011 tcc senac_sayuri
12082011 tcc senac_sayuri12082011 tcc senac_sayuri
12082011 tcc senac_sayuriSayurï Yamane
 
Uma contribuição para a melhoria de um sistema de rastreabilidade no setor au...
Uma contribuição para a melhoria de um sistema de rastreabilidade no setor au...Uma contribuição para a melhoria de um sistema de rastreabilidade no setor au...
Uma contribuição para a melhoria de um sistema de rastreabilidade no setor au...Alexandre Bento
 
silo.tips_plano-de-curso-recepcionista-qualificaao-profissional-eixo-tecnolog...
silo.tips_plano-de-curso-recepcionista-qualificaao-profissional-eixo-tecnolog...silo.tips_plano-de-curso-recepcionista-qualificaao-profissional-eixo-tecnolog...
silo.tips_plano-de-curso-recepcionista-qualificaao-profissional-eixo-tecnolog...DelaneLima
 
Tecnico construcao naval_documento_referencial
Tecnico construcao naval_documento_referencialTecnico construcao naval_documento_referencial
Tecnico construcao naval_documento_referencialMarlene Aparecida
 
Universidade Empreendedora e o empreendedorismo acadêmico na formação dos dis...
Universidade Empreendedora e o empreendedorismo acadêmico na formação dos dis...Universidade Empreendedora e o empreendedorismo acadêmico na formação dos dis...
Universidade Empreendedora e o empreendedorismo acadêmico na formação dos dis...LuciaMartinsOliveira
 
Ppt sthart final
Ppt sthart finalPpt sthart final
Ppt sthart finalletssthart
 
ProIndústria 2017 - A07 - Parque Tecnológico de Sorocaba
ProIndústria 2017 - A07 - Parque Tecnológico de SorocabaProIndústria 2017 - A07 - Parque Tecnológico de Sorocaba
ProIndústria 2017 - A07 - Parque Tecnológico de SorocabaCADWARE-TECHNOLOGY
 
Planejamento Estratégico
Planejamento EstratégicoPlanejamento Estratégico
Planejamento EstratégicoAdemar Junior
 

Semelhante a SuperintendêNcia De E.P. Do Estado Da Bahia (20)

pc_tecnico_panificacao_1.pdf
pc_tecnico_panificacao_1.pdfpc_tecnico_panificacao_1.pdf
pc_tecnico_panificacao_1.pdf
 
Caseeducacao Corporativa Datasul 2006
Caseeducacao Corporativa  Datasul 2006Caseeducacao Corporativa  Datasul 2006
Caseeducacao Corporativa Datasul 2006
 
po_ALUNO_seguranca_trabalho.pdf
po_ALUNO_seguranca_trabalho.pdfpo_ALUNO_seguranca_trabalho.pdf
po_ALUNO_seguranca_trabalho.pdf
 
+10 análise económica de investimento
+10 análise económica de investimento+10 análise económica de investimento
+10 análise económica de investimento
 
Dict 2008
Dict 2008Dict 2008
Dict 2008
 
Dict 2008
Dict 2008Dict 2008
Dict 2008
 
Tecnologia fabricacao acucar
Tecnologia fabricacao acucarTecnologia fabricacao acucar
Tecnologia fabricacao acucar
 
12082011 tcc senac_sayuri
12082011 tcc senac_sayuri12082011 tcc senac_sayuri
12082011 tcc senac_sayuri
 
Avaliação de Produção Técnica Tecnológica em CTI
Avaliação de Produção Técnica Tecnológica em CTIAvaliação de Produção Técnica Tecnológica em CTI
Avaliação de Produção Técnica Tecnológica em CTI
 
12082011 tcc senac_sayuri
12082011 tcc senac_sayuri12082011 tcc senac_sayuri
12082011 tcc senac_sayuri
 
Uma contribuição para a melhoria de um sistema de rastreabilidade no setor au...
Uma contribuição para a melhoria de um sistema de rastreabilidade no setor au...Uma contribuição para a melhoria de um sistema de rastreabilidade no setor au...
Uma contribuição para a melhoria de um sistema de rastreabilidade no setor au...
 
silo.tips_plano-de-curso-recepcionista-qualificaao-profissional-eixo-tecnolog...
silo.tips_plano-de-curso-recepcionista-qualificaao-profissional-eixo-tecnolog...silo.tips_plano-de-curso-recepcionista-qualificaao-profissional-eixo-tecnolog...
silo.tips_plano-de-curso-recepcionista-qualificaao-profissional-eixo-tecnolog...
 
Tecnico construcao naval_documento_referencial
Tecnico construcao naval_documento_referencialTecnico construcao naval_documento_referencial
Tecnico construcao naval_documento_referencial
 
Palestra Básica - Sectes MG
Palestra Básica - Sectes MG Palestra Básica - Sectes MG
Palestra Básica - Sectes MG
 
Universidade Empreendedora e o empreendedorismo acadêmico na formação dos dis...
Universidade Empreendedora e o empreendedorismo acadêmico na formação dos dis...Universidade Empreendedora e o empreendedorismo acadêmico na formação dos dis...
Universidade Empreendedora e o empreendedorismo acadêmico na formação dos dis...
 
Programação festo
Programação festoProgramação festo
Programação festo
 
Palestra BáSica 06 07 09
Palestra BáSica 06 07 09Palestra BáSica 06 07 09
Palestra BáSica 06 07 09
 
Ppt sthart final
Ppt sthart finalPpt sthart final
Ppt sthart final
 
ProIndústria 2017 - A07 - Parque Tecnológico de Sorocaba
ProIndústria 2017 - A07 - Parque Tecnológico de SorocabaProIndústria 2017 - A07 - Parque Tecnológico de Sorocaba
ProIndústria 2017 - A07 - Parque Tecnológico de Sorocaba
 
Planejamento Estratégico
Planejamento EstratégicoPlanejamento Estratégico
Planejamento Estratégico
 

Último

Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdf
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdfAula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdf
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdfInocencioHoracio3
 
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx2m Assessoria
 
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINASCOI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINASMarcio Venturelli
 
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx2m Assessoria
 
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo PagliusiPalestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo PagliusiPaulo Pagliusi, PhD, CISM
 
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx2m Assessoria
 
Convergência TO e TI nas Usinas - Setor Sucroenergético
Convergência TO e TI nas Usinas - Setor SucroenergéticoConvergência TO e TI nas Usinas - Setor Sucroenergético
Convergência TO e TI nas Usinas - Setor SucroenergéticoMarcio Venturelli
 
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo PagliusiEntrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo PagliusiPaulo Pagliusi, PhD, CISM
 

Último (8)

Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdf
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdfAula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdf
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdf
 
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
 
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINASCOI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
 
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
 
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo PagliusiPalestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
 
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
 
Convergência TO e TI nas Usinas - Setor Sucroenergético
Convergência TO e TI nas Usinas - Setor SucroenergéticoConvergência TO e TI nas Usinas - Setor Sucroenergético
Convergência TO e TI nas Usinas - Setor Sucroenergético
 
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo PagliusiEntrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
 

SuperintendêNcia De E.P. Do Estado Da Bahia

  • 1.
  • 2. A MARCA DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
  • 3. Missão, Visão e Direcionadores Estratégicos VISÃO: “Consolidar-se como o líder nacional em educação profissional e tecnológica e ser reconhecido como indutor da inovação e da transferência de tecnologias para a Indústria Brasileira, atuando com padrão internacional de excelência”. MISSÃO:“Promover a educação profissional e tecnológica, a inovação e a transferência de tecnologias industriais, contribuindo para elevar a competitividade da Indústria Brasileira. ”
  • 4.
  • 5.
  • 6. Estrutura Básica Órgãos Deliberativos / Normativos Órgãos Executivos Conselho Nacional Conselhos Regionais Departamento Nacional Departamentos Regionais ÓRGÃOS NACIONAIS ÓRGÃOS REGIONAIS
  • 7.
  • 8. 171 Laboratórios 83 acreditados pelo Inmetro, MAPA, ANVISA e MTE 28 áreas de atuação 284 unidades móveis Unidades Operacionaless 454 unidades fixas 320 Kits didáticos
  • 10.
  • 11.
  • 12.
  • 13.
  • 14. De 1942 a 2008 foram capacitados 47.883.006 alunos
  • 15.
  • 16.
  • 17.
  • 18. Formação por Competência Certificação de Competencia Sociedade EDUCAÇÃO PROFISSIONAL N S O CANDIDATO POSSUI AS COMPETÊNCIAS REQUERIDAS ? Modelo simplificado do sistema adotado pelo SENAI Setor Produtivo Industrial MERCADO ITINERÁRIOS FORMATIVOS NORMAS DE CERTIFICAÇÃO PERFIS PROFiSSIONAIS DESENHOS CURRICULARES
  • 19. FORMAÇÃO PROFISSIONAL Formação Inicial e Continuada de Trabalhadores MÓDULO MÓDULO MÓDULO MÓDULO MÓDULO MÓDULO APERFEIÇOAMENTO QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL QUALIFICAÇÃO 1 QUALIFICAÇÃO 2 QUALIFICAÇÃO 3 Educação Profissional Tecnológica de Graduação e Pós-Graduação MÓDULO MÓDULO MÓDULO MÓDULO MÓDULO MÓDULO MÓDULO ESPECIALIAZAÇÃO PROFISSIONAL (Lato Sensu) MESTRADO e DOUTORADO (Stricto Sensu) MÓDULO MÓDULO Com ensino médio Educação Profissional Técnica de Nível Médio MÓDULO MÓDULO MÓDULO MÓDULO MÓDULO MÓDULO APERFEIÇOAMENTO HABILITAÇÃO PROFISSIONAL QUALIFICAÇÃO TÉCNICA 1 QUALIFICAÇÃO TÉCNICA 2 QUALIFICAÇÃO TÉCNICA 3 MÓDULO MÓDULO MÓDULO MÓDULO MÓDULO MÓDULO GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA QUALIFICAÇÃO TECNOLÓGICA QUALIFICAÇÃO TECNOLÓGICA QUALIFICAÇÃO TECNOLÓGICA CURSOS: APERFEIÇOAMENTO / SEQUENCIAL / EXTENSÃO / OUTROS
  • 20. Cursos Técnicos de Nível Médio Formação Inicial e Continuada de Trabalhadores MÓDULO MÓDULO MÓDULO Aperfeiçoamento: Embreagem, caixa de câmbio e eixos traseiros Aperfeiçoamento: Injeção eletrônica dos veículos bi-combustível Mecânico em Manutenção Automotiva (Qualificação Profissional) Mecânico em Manutenção de Motores a Gasolina e Álcool Mecânico em Manutenção de Sistemas de Freio de Veículos Automotores Leves Mecânico em Manutenção de Sistemas de Transmissão de Veículos Automotores Leves Graduação Tecnológica FORMAÇÃO PROFISSIONAL
  • 21. Educação Profissional Técnica de Nível Médio Graduação Tecnológica Aperfeiçoamento 1: Sistemas Eletroeletrônicos Novo Pálio – RedeCan / Vênice Aperfeiçoamento 2: Sistema de Injeção Bicombustível / FLEX FUEL Técnico em Sistemas Automotivos (Habilitação Profissional) MÓDULO 2 MÓDULO 3 MÓDULO 4 ESTÁGIO MÓDULO 1 Auxiliar de Manutenção Automotiva Mantenedor de Sistemas Automotivos Básico Mantenedor de Sistemas Automotivos Avançado FORMAÇÃO PROFISSIONAL
  • 22. FORMAÇÃO PROFISSIONAL Educação Profissional Tecnológica de Graduação e Pós-Graduação Especialização Profissional Lato-Sensu MÓDULO 2 Núcleo Comum MÓDULO 3 Núcleo Comum MÓDULO 4 Específico: Powertrain / Carroceria / Eletroeletrônica / Dinâmica / Chassi / Projetos / Simulação Computacional MÓDULO 1 Núcleo Comum Monogragia / Defesa Mestrado Profissional Stricto-Sensu 1º CICLO: - INOVAÇÃO INDUSTRIAL: CONCEITOS E FERRAMENTAS - PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO DE PRODUTOS 2º CICLO: GESTÃO DE PROJETOS PARA A INOVAÇÃO 3º CICLO: METODOLOGIA PESQUISA MODELAGEM E SIMULAÇÃO DE SISTEMAS MECATRÔNICOS COMPORTAMENTO MECÂNICO DOS MATERIAIS GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS Exame / Dissertação / Defesa Tecnólogo em Sistemas Automotivos MÓDULO 1 CURSOS: APERFEIÇOAMENTO / SEQUENCIAL / EXTENSÃO / OUTROS MÓDULO 2 MÓDULO 3 MÓDULO 4 MÓDULO 5 MÓDULO 6 MÓDULO 7 MÓDULO 8
  • 23. EDUCAÇÃO PARA A NOVA INDÚSTRIA Ações Inovadoras e metas 2007-2010 SENAI 24 Horas 100.000 matrículas Estratégias Flexíveis Oferecimento em 200 escolas SENAI Itinerante 120.000 matrículas SENAI Parcerias 600 parcerias com outras organizações e empresas Competências Transversais 5 programas 1.000.000 de matrículas Certificação de Competências Implantação de centros de exames nos 27 DRs SENAI Didática Produzir 300 novos kits Inclusão digital para todos 10.000 computadores para professores do SENAI 520.000 alunos matriculados em TI Rede SENAI de Excelência e Inovação 40.000 empresas atendidas
  • 24. APOIO ÀS EMPRESAS Antes Depois
  • 26. Olimpíada do Conhecimento – Porto Alegre, 2008
  • 28. Brasil é o 3º do mundo Educação Profissional
  • 29. CLASSIFICAÇÃO DO BRASIL/SENAI Torneio País-Sede Colocação 2009 Canadá 3º 2007 Japão 2º 2005 Finlândia 7º 2003 Suíça 12º
  • 30.  
  • 31.  
  • 32. Sistema SENAI é acreditado pelo INMETRO em Certificação de Pessoas
  • 33. Prêmio CNI de Inovação Indusplast - 3º lugar na na categoria Inovação e Produtividade Projeto: Produção de Ecotubos, fabricados com PET, desenvolvido com apoio do Edital SENAI de Inovação 2006 3º Lugar Indusplast
  • 34. Prêmio FINEP de Inovação - 2008: SENAI 1º lugar da Região Centro-Oeste na categoria de Instituição de C&T. INOVAÇÃO TECNOLÓGICA
  • 35.
  • 36.