Potencialidades do VANT na Fotogrametria

1.584 visualizações

Publicada em

Potencialidades do VANT na Fotogrametria
Seminário de Defesa e Aerolevantamento
Curitiba - PR

Publicada em: Tecnologia
1 comentário
2 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.584
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
1
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Potencialidades do VANT na Fotogrametria

  1. 1. Potencialidades do Aerolevantamento com VANT Amauri Brandalize SEMINÁRIO SOBRE AEROLEVANTAMENTO E DEFESA 23/07/2013 ESTEIO S.A.Seminário sobre Aerolevantamentos e Defesa 22 e 23 de Julho de 2013 | Curitiba - PR
  2. 2. Fonte : Invasion of Drones Column Five Media Inphographic - 2012 Fonte : Invasion of Drones Column Five Media Inphographic - 2012
  3. 3. Fonte : significado.ws/drone - 2013 Uma Abelha macho, sem ferrão, que não realiza nenhum trabalho, e que não produz mel Avião sem piloto operado por controle remoto Fonte : globalsecurity.org - 2013
  4. 4. Fonte : Aibotix Marketing Germany - 2013 rotor asa fixa Uso Civil de UAV em 2017 US$ 3,5 bilhões 13% GUARDA COSTEIRA 11% FRONTEIRAS 12% INCÊNDIOS FLORESTAIS 13% TELECOM3% FORÇA POLICIAL 5% LINHA TRANSMISSÃO 6% DUTOS 37% OBSERVAÇÃO DA TERRA ?? % Mapeamento Fonte : Adaptado de Into The Drone Age Ruedi Wagner Hexagon Live - 2013
  5. 5. mesmas capacidades (?) de geração de produtos cartográficos e de Fonte : Fórum Geointeligência para Defesa e Segurança - MundoGEO#Connect - 2013 aplicações militares são importantes, mas elas têm volume reduzido (?), a não ser em (?), todas (?) as aeronaves deverão ser VANTs fazer PREVISÕES ... Especialmente sobre o FUTURO. Fonte : Top 87 Bad Predictions about the Future 2spare.com - 2006
  6. 6. Fonte: scotthaefner.com/kap/
  7. 7. Fonte: Desconhecida
  8. 8. Fonte: latteier.com/pigeoncam/ Fonte: site BH New York - 2011 Geoniss Airborne Digital System
  9. 9. Fonte: The Secret History of Drones The Guardian Fevereiro 2013
  10. 10. Fonte: UAV Universe 1910 & 1920 Fonte: UAV Universe 1930 & 1990
  11. 11. Fonte : Internet Sites Proprietários © - 2013 Fonte: Perfil LinkedIn da UVS INTERNATIONAL www.uvs-international.org - 2013 membros países
  12. 12. Fonte: UVS INTERNATIONAL The Current Situation Bélgica - 2008 MICRO MINI PEQUENO ALCANCE CURTO ALCANCE MÉDIO ALCANCE Fonte: UVS INTERNATIONAL The Current Situation Bélgica - 2008
  13. 13. Fonte: UVS INTERNATIONAL The Current Situation Bélgica - 2008 LONGO ALCANCE ESPECIAIS ou ESPACIAIS Fonte: Patroller Reichert-Olivier-Sagem-France UAS LA 2011
  14. 14. Fonte: UAV "butterfly" Israelense - www.israelhayom.co.il - 2012 Fonte: UAV Universe 1990 onwards - 2013 Northrop-Grumman RQ-4 Global Hawk 3.850 Kg teto 20.000 m
  15. 15. Fonte: www.vootatico.com.br dezembro 2011 Fonte: Saint Martin Island, Caribe
  16. 16. Fonte: (1) Eye in the Sky Spying on Americans-Stephen Lendman thepeoplevoices.org february 2012 (2) Federal Aviation Administration - http://www.faa.gov/about/initiatives/uas/ - april 2013 Fonte: UAS Vision Denver9 News maio 2012
  17. 17. Fonte: UAS Vision Denver9 News maio 2012 Fonte: Legislação Brasileira Vigente para VANT 2010/13 Decisão 127 Nov-2011 ANAC AIC N 21/10 Set-2010 IS 21-002 Rev A Out-2012
  18. 18. Autorização da ANATEL ANAC DECEA Proibido voo sobre áreas urbanas, aeroportos e aglomerado de pessoas NOTAM Altura de voo maior que 120 m somente com autorização Apenas ARP permitida Espaço Aéreo Restrito Fonte: Legislação Brasileira Vigente para VANT 2010/12 Fonte: Seminário de VANTs MundoGeo 2012 VANT é considerado aeronave, portanto está sujeito à Legislação Aeronáutica VANT civil pode operar no Brasil sem autorização da
  19. 19. Fonte: site da GIM International agosto 2012
  20. 20. Fonte: Revista MundoGeo no. 71 fev 2013 Fonte: Revista MundoGeo no. 71 fev 2013
  21. 21. Fonte: Asian Surveying and Mapping magazine - www.asmmag.com março 2012 1,6 km2 Variação de 75 m no terreno (ponto mais alto e mais baixo) Edifícios com até 60 m ÁREA 800 imagens em 42 voos Blocos máx de 5 faixas por 5 fotos Altura de voo < 150m (link com UAV e regulamentação de voo) Escala = 1: 9500 GSD = 5 cm Superposição longitudinal = 80% e lateral = 60% Área coberta no terreno = 216 x 144 m PARÂMETROS Sony NEX-5 CMOS 1,11" 14,2 Mpixel Focal de 16 mm EQUIPAMENTO NUS (National University of Singapore)
  22. 22. mesmo em áreas relativamente pequenas, o UAV requer muitos pousos e decolagens e muitas imagens Fonte: Asian Surveying and Mapping magazine - www.asmmag.com março 2012 Fonte: Photogrammetric Performance of an Ultra Light UAV - J. Vallet et al - UAV-g 2011 - Zurich, Switzerland
  23. 23. Fonte: Asian Surveying and Mapping magazine - www.asmmag.com março 2012 UAV como competitivo para as imagens aéreas padrão, mas sim como uma tecnologia complementar, que em situações bem específicas PODE SER vantajosa Fonte: Urban area captured by a SwingletCam - Pix4UAV showcases - 2012
  24. 24. Fonte: Urban area captured by a SwingletCam - Pix4UAV showcases - 2012 Fonte: Urban area captured by a SwingletCam - Pix4UAV showcases - 2012
  25. 25. Fonte: Urban area captured by a SwingletCam - Pix4UAV showcases - 2012 + Fonte: Cooperação Técnica ESTEIO e SIMEPAR para uso fotogramétrico de UAV - 2012
  26. 26. Fonte: Cooperação Técnica ESTEIO e SIMEPAR para uso fotogramétrico de UAV - 2012 UAV Combustível CARGA 2 Kg DECOLAGEM 10 m POUSO 30 m ALTURA VOO 2.000 m ALCANCE RADIO 10 km TEMPO VOO 1 h CÂMARA 12 Mpx DIST FOCAL 35 mm Fonte: Cooperação Técnica ESTEIO e SIMEPAR para uso fotogramétrico de UAV - 2012
  27. 27. Fonte: Cooperação Técnica ESTEIO e SIMEPAR para uso fotogramétrico de UAV - 2012 1 2 3
  28. 28. Fonte: Cooperação Técnica ESTEIO e SIMEPAR para uso fotogramétrico de UAV - 2012 1 2 3 Fonte: Estudos de Alternativa de Faixa PETROBRAS - Rua 60 ESTEIO - 2012 3 linhas de voo 30 imagens
  29. 29. Fonte: Estudos de Alternativa de Faixa PETROBRAS - Rua 60 ESTEIO - 2012 Fonte: Estudos de Alternativa de Faixa PETROBRAS - Rua 60 ESTEIO - 2012
  30. 30. XY<=0.50m , Z<=0.50m Classe A 90% dos pontos max XY=1.70m max Z=2.36m Fonte: Estudos de Alternativa de Faixa PETROBRAS - Rua 60 ESTEIO - 2012 Fonte: ESTEIO S.A. CEMIG UAV - 2013 9 linhas de voo 400 imagens
  31. 31. Fonte: ESTEIO S.A. CEMIG UAV - 2013 Fonte: ESTEIO S.A. CEMIG UAV - 2013
  32. 32. Fonte: ESTEIO S.A. CEMIG UAV - 2013 Fonte: ESTEIO S.A. CEMIG UAV - 2013
  33. 33. Fonte: ESTEIO S.A. CEMIG UAV - 2013 Fonte: ESTEIO S.A. CEMIG UAV - 2013
  34. 34. Fonte: ESTEIO S.A. CEMIG UAV - 2013 Fonte: ESTEIO S.A. CEMIG UAV - 2013
  35. 35. CONCLUSÃO é o ponto onde você ficou cansado de PENSAR Fonte: 100 Leis de Murphy
  36. 36. Fonte: Cooperação Técnica ESTEIO e SIMEPAR para uso fotogramétrico de UAV - 2012
  37. 37. Fonte: ESTEIO S.A. CEMIG UAV - 2013 Hobj Hobj Hvoo-uav Hvoo Fonte: ESTEIO S.A. Adaptado de Leica Geosystems - 2013
  38. 38. > 10° CP Fonte: ESTEIO S.A. CEMIG UAV - 2013 Grau 6 (Beaufort) 1/3 de um F0 (Fujita) ? Fonte: Especificações de Fabricante - 2012 ?
  39. 39. Qual o impacto dos UAV na indústria do mapeamento ? Lacuna entre o levantamento topográfico tradicional e da fotogrametria com elevada (?) altura de voo ... Resposta rápida onde o tempo é condicionante como situações de desastre ... Fonte: Por que a TRIMBLE comprou uma empresa de UAV ? - Entrevista para Sam Pfeifle Editor da SPAR Point Group Monitoramento de empreendimentos onde se deseja fazê-lo de maneira sistemática ... Não é tão preciso como estações totais e GNSS, mas será bom o suficiente em alguns casos ... Fonte: Into The Drone Age Ruedi Wagner HxGN Live - 2013 Fonte de Alimentação Controladora da Câmara Novatel - IMU Classe 4 Leica RCD30 CH62 Antena GPS Autopilot Discos MM30, até 2.4TB
  40. 40. Fonte: Into The Drone Age Ruedi Wagner HxGN Live - 2013 Fonte: RIEGL Press Release Abril 2013
  41. 41. Fonte: Centre of Excellence in Laser Scanning Research - Finnish Geodetic Institute (FGI) - 2013 Fonte: Centre of Excellence in Laser Scanning Research - Finnish Geodetic Institute (FGI) - 2013
  42. 42. Fonte: Development of a UAV-LiDAR System to Forest Inventory Wallace et al Univ Tasmania - 2012 Fonte: Development of a UAV-LiDAR System to Forest Inventory Wallace et al Univ Tasmania - 2012 UAV LiDAR ALTURA VOO 50 m DENSIDADE 40 p/m2
  43. 43. Fonte: Development of a UAV-LiDAR System to Forest Inventory Wallace et al Univ Tasmania - 2012 RESULTADOS QUALIDADE H 0,54 m QUALIDADE V 0,16 m PONTOS CHECK 130 ÁREA 4.877 m2
  44. 44. Fonte: Adaptado de Digital Photogrammetric Imaging Past, Present and Future Prof. Armin Gruen - 2011 Fonte: Adaptado de Digital Photogrammetric Imaging Past, Present and Future Prof. Armin Gruen - 2011
  45. 45. Fonte: How Sleep in a Presentation Amauri Brandalize DIRETOR TÉCNICO amauri@esteio.com.br skype: amauri.brandalize www.esteio.com.br +55 41 3271-6000 Reinaldo Machado, 1151 Curitiba-PR
  46. 46. Os direitos desta Apresentação são reservados para ESTEIO Engenharia e Aerolevantamentos S.A. © 2013 As imagens, citações, marcas de produtos e informações técnicas mencionadas na Apresentação, quando não propriedade ou responsabilidade da ESTEIO S.A., estão com a indicação de fonte e eram disponibilizadas para consulta pública via mídia impressa ou digital.

×