A pintura e a escultura neoclássica
A pintura neoclássica                      Finais século XVIII                               a                      meados...
A pintura neoclássica        - históricos        - alegóricosTemas        - mitológicos      Telas de grandes dimensões   ...
A pintura neoclássica                  - composição geométrica                  - desenho rigoroso e linearCaracterísticas...
A pintura neoclássica                   Cores?Características                   Forma de                   representação d...
A pintura neoclássica                  - cores sóbrias                                                       Apelo à razão...
A pintura neoclássica                          Jacques-Louis David           Temática:           - temas históricos       ...
A pintura neoclássicaJacques-Loius David, O Juramento dos Horácios, 1784
A pintura neoclássica                                               - Disposição teatral:                                 ...
A pintura neoclássicaJacques-Loius David, O Rapto das Sabinas, 1799
A pintura neoclássica- cena tumultuosa:soldados, mulheres ecrinaças numa batalha- composição clássica: doiscombatentes pre...
A pintura neoclássicaJacques-Loius David, Retrato de Madame Récamier, 1800
A pintura neoclássica                                    - Representação da dama                                    como s...
A pintura neoclássicaJacques-Loius David, A morte de Marat, 1793
A pintura neoclássica- fundo inteiramente liso- composição austera e estática- cromatismo sóbrio e modulado,como uma estát...
A pintura neoclássicaJacques-Loius David, O general Bonaparte, 1797
A pintura neoclássica                 - David foi o principal retratista de                 Napoleão                 - o j...
A pintura neoclássicaJacques-Loius David, A Sagração de Napoleão e a Coroação de Josefina, 1806-7
A pintura neoclássica- Retrata a coroação deNapoleão           comoimperador de Françanuma     cerimónia   naCatedral de N...
A pintura neoclássica   IngresJean Auguste Dominique Ingres, Napoleão no seu Trono Imperial, 1806
A pintura neoclássica                                            Ingres                          - discípulo de David     ...
A pintura neoclássica- discípulo de David- notável desenhador- desenhador e retratista de figuraspúblicas e da sociedade  ...
A pintura neoclássicaJean Auguste Dominique Ingres, A banhista de Valpinçon, 1808
A pintura neoclássica- mestria no tratamento do nu feminino- formas de contornos nítidos e concisos,de grande beleza e ser...
A pintura neoclássicaJean Auguste Dominique Ingres, A Grande Odalisca, 1814
A pintura neoclássica- Atmosfera serena- na fase final, gosto pelo exótico (mulher retratada num harém) – próximo doRomant...
A pintura neoclássica                                         - Na fase final, gosto                                      ...
A pintura neoclássicaGros       Antoine-Jean Gros, Os pestíferos de Jaffa, 1804
A pintura neoclássica                                                                    Gros                             ...
A escultura neoclássica         - históricos         - literários          Inspiração: arteTemas                          ...
A escultura neoclássica                                  Objetivo: glorificação e publicidade de                          ...
A escultura neoclássica                                         Formas de representação:                                  ...
A escultura neoclássica                                         Formas de representação:                                  ...
A escultura neoclássica        António        Canova- irmã de Napoleão,seminua- sensualidademoderada- tranquilidade clássi...
A escultura neoclássica                                                          António                                  ...
A escultura neoclássicaAntónioCanova            Perseu           Vénus e Marte
A escultura neoclássica  Jean-Antoine    Houdon    Um dos melhores retratistasHoudon, Voltaire, 1781, maqueta de terracota...
A escultura neoclássica           Jean-Antoine             HoudonDiderot                   Washington
A escultura neoclássica Thorvaldsen         Fria elegância neoclássicaThordaldsen, Jasão com o Velo de Ouro, 1802-28
A escultura neoclássica          FIM
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Pintura e escultura neoclássica

20.802 visualizações

Publicada em

1 comentário
41 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
20.802
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
16
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
1
Gostaram
41
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Pintura e escultura neoclássica

  1. 1. A pintura e a escultura neoclássica
  2. 2. A pintura neoclássica Finais século XVIII a meados séculos XIX DescobertasIluminismo Cientismo arqueológicas Humanismo Individualismo Reação contra o Barroco e o Rococó
  3. 3. A pintura neoclássica - históricos - alegóricosTemas - mitológicos Telas de grandes dimensões - heroicos - retrato Grandiosidade e monumentallidade dos conteúdos ideológicos Jacques-Loius David, O Juramento dos Horácios, 1784
  4. 4. A pintura neoclássica - composição geométrica - desenho rigoroso e linearCaracterísticas Predominância da linha, do - perfeccionismo técnico contorno e do volume - tratamento elaborado da luz e do claro-escuro Corpos pintados como baixos-relevos Jacques-Loius David, Retrato de Madame Récamier, 1800
  5. 5. A pintura neoclássica Cores?Características Forma de representação da realidade? Jacques-Louis David, Napoleão no Passo de Saint-Bernard , 1801
  6. 6. A pintura neoclássica - cores sóbrias Apelo à razão e não à - não existe grande variação emoçãoCaracterísticas cromática Idealização da realidade - naturalismo (modelos absolutos perfeitos)
  7. 7. A pintura neoclássica Jacques-Louis David Temática: - temas históricos - temas contemporâneos - propaganda ideológica Foi o fundador da escola académica da pintura neoclássica Figura humana tratada com clareza de expressão, despojada de sentimentalismo Jacques-Loius David, Auto-retrato, 1794
  8. 8. A pintura neoclássicaJacques-Loius David, O Juramento dos Horácios, 1784
  9. 9. A pintura neoclássica - Disposição teatral: - esquerda: três jovens lutadores; - direita: grupo de mulheres - ponto central: mão que agarra as espadas - figuras vestidas ao modo clássico Ato simbólico: juramento- Os filhos de Horácio juram dar a vida por Roma coletivo Símbolo da Revolução Jacques-Loius David, O Juramento dos Horácios, 1784
  10. 10. A pintura neoclássicaJacques-Loius David, O Rapto das Sabinas, 1799
  11. 11. A pintura neoclássica- cena tumultuosa:soldados, mulheres ecrinaças numa batalha- composição clássica: doiscombatentes preparadospara o embate são detidospor uma mulher que seinterpõealegoria ao estado daRevolução: convite para apaz entre os agressoresinternos e os defensoresinternos Jacques-Loius David, O Rapto das Sabinas, 1799
  12. 12. A pintura neoclássicaJacques-Loius David, Retrato de Madame Récamier, 1800
  13. 13. A pintura neoclássica - Representação da dama como se fosse uma romana(vestuário e pose) - a perspetiva quase desaparece e os fundos parecem uniformes, lisos e abstratos - olhar direto para o espectadorJacques-Loius David, Retrato de Madame Récamier, 1800
  14. 14. A pintura neoclássicaJacques-Loius David, A morte de Marat, 1793
  15. 15. A pintura neoclássica- fundo inteiramente liso- composição austera e estática- cromatismo sóbrio e modulado,como uma estátuaMarat como herói da revolução: - a banheira como elemento que incapacita a vítima - caixote que servia de mesa - a arma caída no chão contrasta com a pena suspensa da mão (a sua verdadeira arma) Jacques-Loius David, A morte de Marat, 1793
  16. 16. A pintura neoclássicaJacques-Loius David, O general Bonaparte, 1797
  17. 17. A pintura neoclássica - David foi o principal retratista de Napoleão - o jovem general é apresentado como o herói da Revolução, com sobriedade e altivez - o olhar forte e enérgico prenuncia o futuro imperadorJacques-Loius David, O general Bonaparte, 1797
  18. 18. A pintura neoclássicaJacques-Loius David, A Sagração de Napoleão e a Coroação de Josefina, 1806-7
  19. 19. A pintura neoclássica- Retrata a coroação deNapoleão comoimperador de Françanuma cerimónia naCatedral de Notre-Damede Paris, presenciadapelo Papa Pio VII- Napoleão, com as suaspróprias mãos retira acoroa das mãos do papae colocou-a, ele próprio,na sua cabeça- De seguida, coroou asua própria esposa, - não submissão do Estado à IgrejaJosefina, proclamando-aimperatriz - enaltecimento do novo regime político Jacques-Loius David, A Sagração de Napoleão e a Coroação de Josefina, 1806-7
  20. 20. A pintura neoclássica IngresJean Auguste Dominique Ingres, Napoleão no seu Trono Imperial, 1806
  21. 21. A pintura neoclássica Ingres - discípulo de David - notável desenhador - desenhador e retratista de figuras públicas e da sociedade Inspiração numa gravação numa jóia romana representando Júpiter, guardião de todo o Império RomanoJean Auguste Dominique Ingres, Napoleão no seu Trono Imperial, 1806
  22. 22. A pintura neoclássica- discípulo de David- notável desenhador- desenhador e retratista de figuraspúblicas e da sociedade - desenho firma, rigorosamente implantado na tela - sobriedade na expressão do rosto e no cromatismo Jean Auguste Dominique Ingres, O retrato do senhor Bertin, 1832
  23. 23. A pintura neoclássicaJean Auguste Dominique Ingres, A banhista de Valpinçon, 1808
  24. 24. A pintura neoclássica- mestria no tratamento do nu feminino- formas de contornos nítidos e concisos,de grande beleza e serenidade- suavidade cromática: cores claras eluminosas- negro utilizado puro com o objetivo deconseguir contrastes e reforçar amodelação Jean Auguste Dominique Ingres, A banhista de Valpinçon, 1808
  25. 25. A pintura neoclássicaJean Auguste Dominique Ingres, A Grande Odalisca, 1814
  26. 26. A pintura neoclássica- Atmosfera serena- na fase final, gosto pelo exótico (mulher retratada num harém) – próximo doRomantismo- costas estranhamente curvadas da imagem para criar um contorno mais agradável esensual. Jean Auguste Dominique Ingres, A Grande Odalisca, 1814
  27. 27. A pintura neoclássica - Na fase final, gosto pelo exóticoJean Auguste Dominique Ingres, O banho turco, 1867
  28. 28. A pintura neoclássicaGros Antoine-Jean Gros, Os pestíferos de Jaffa, 1804
  29. 29. A pintura neoclássica Gros - seguidor de David - composição tipicamente clássica - gosto por temas românticos (heroismo e orientalismo)Napoleão visita os pestíferos da ilha de Jaffa durante a campanha no Egipto,em 1799 Antoine-Jean Gros, Os pestíferos de Jaffa, 1804
  30. 30. A escultura neoclássica - históricos - literários Inspiração: arteTemas clássica - mitológicos - alegóricos Roupagens e poses semelhantes às dos deuses gregos e romanos Estátuas belas mas pouco pessoais Thordaldsen, Jasão com o Velo de Ouro, 1802-28
  31. 31. A escultura neoclássica Objetivo: glorificação e publicidade de políticos e de pessoas públicas Praças das cidades + Casas de nobres e burgueses + cemitériosHoudon, Voltaire, 1781, maqueta de terracota para a estátua de mármore
  32. 32. A escultura neoclássica Formas de representação: - fidelidade - minúcia - perfeição - sentido estético - corpos nús ou seminús - formas serenas -Composições simples - expressão inexpressiva e impessoalCanova, Paulina Borghese ou Bonaparte, 1804-08, mármore
  33. 33. A escultura neoclássica Formas de representação: - fidelidade - minúcia - perfeição - sentido estético - corpos nús ou seminús - formas serenas -Composições simples - expressão inexpressiva e impessoalCanova, Paulina Borghese ou Bonaparte, 1804-08, mármore
  34. 34. A escultura neoclássica António Canova- irmã de Napoleão,seminua- sensualidademoderada- tranquilidade clássica Canova, Paulina Borghese ou Bonaparte, 1804-08, mármore
  35. 35. A escultura neoclássica António Canova - movimento - beleza ideal - simplicidade - sensualidade subtlCanova, Psiché reanimada pelo Beijo do Amor, 1787-93, mármore
  36. 36. A escultura neoclássicaAntónioCanova Perseu Vénus e Marte
  37. 37. A escultura neoclássica Jean-Antoine Houdon Um dos melhores retratistasHoudon, Voltaire, 1781, maqueta de terracota para a estátua de mármore
  38. 38. A escultura neoclássica Jean-Antoine HoudonDiderot Washington
  39. 39. A escultura neoclássica Thorvaldsen Fria elegância neoclássicaThordaldsen, Jasão com o Velo de Ouro, 1802-28
  40. 40. A escultura neoclássica FIM

×