Asterix

4.196 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.196
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
587
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
37
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Asterix

  1. 1. Na apresentação do livro, em Paris, Alberto Urdezo, o «pai» de Astérix disse que é um álbum diferente. Não tem uma história com princípio, meio e fim». O novo livro narra os preparativos para o aniversário na famosa aldeia gaulesa: «É um pouco diferente dos álbuns clássicos», revelou Uderzo, já que «são historietas curtas, nas quais todos os personagens fazem referência ao aniversário». O aniversário de Astérix e Obélix será também assinalado com uma grande exposição no Cluny Museum , em Paris, que vai estar patente ao público entre 28 de Outubro e 3 de Janeiro de 2010. Recentemente, a Força Aérea Francesa também prestou a sua homenagem a Astérix, através de um espectáculo acrobático aéreo, e desenharam no céu a imagem do gaulês.
  2. 2. Astérix é uma série de histórias em quadrinhos criada na França por Albert Uderzo e René Goscinny no ano de 1959. Após o falecimento de Goscinny, Uderzo prosseguiu o trabalho – apesar de ter afirmado que não quer que ninguém continue a série após a sua morte. Astérix reside com os seus amigos numa pequena aldeia gaulesa situada numa península na Armórica, ao norte da antiga Gália. Para resistir ao domínio romano, os aldeões contam com a ajuda de uma poção mágica que lhes dá uma força sobre-humana, preparada pelo druida Panoramix. A excepção é Obélix, que caiu dentro de um caldeirão cheio da poção quando ainda era um bebé, e daí adquiriu permanentemente a superforça.
  3. 3. “O ano é 50 a.c.. A Gália está toda ocupada pelos romanos. Toda? Não. Uma pequena aldeia de irredutíveis gauleses ainda resiste. E a vida não é fácil para as legiões romanas acantonadas em Petitbonum, Laudanum, Barbaorum e Aquarium”. Era assim que começavam todos os livros do Asterix, já lá vão 50 anos quando surgiu a primeira história na revista francesa Pilote, desenhada por Albert Uderzo e com argumento de René Goscinny. Desde então, os livros do Asterix foram traduzidos em mais de cem línguas e têm 310 milhões de exemplares vendidos!! O primeiro livro foi Astérix, o Gaulês, editado em 1961.
  4. 4. Obélix, o distribuidor de menires e o melhor amigo de Astérix. O seu nome provém do francês obelisque ( obelisco), relativo ao seu trabalho com menires. francesa asterisque (asterisco seu nome provém da palavra melhor amigo de Obélix. O Astérix, o herói gaulês e o
  5. 5. Idéiafix, o cão de Obélix. O seu nome provém do francês ideé fixe ( ideia fixa). Panoramix, o velho druida que aconselha Asterix, Obelix e o chefe Abracourcix – é o único a saber preparar a poção mágica. O seu nome provém do francês panoramique ( panorâmico). um curso". partido), em português evoca "abra francês à bras raccourcis (braço O seu nome provém do original Abraracurcix), é o chefe da aldeia.
  6. 6. Cacofonix (no original, Assurancetourix), o bardo. Um péssimo cantor, mas um bom companheiro. O seu nome provém do francês assurance tous risques (seguro contra todos os riscos). Prolix, o profeta charlatão. O seu nome provém de prolixo. age canonique (idade canónica). versões. O seu nome provém do francês conhecido como Geriatrix em algumas aldeia (conta 93 anos), também Agecanonix), o habitante mais idoso da Decanonix ou Veteranix (no original, Júlio César, o majestoso e inteligente imperador romano, inimigo dos gauleses.
  7. 7. Os godos são militaristas, lembrando os alemães dos séculos XIX e XX.
  8. 8. Os bretões são fleumáticos, educados, falam ao contrário (numa tradução directa do inglês, como "Eu peço seu o perdão?"), tomam cerveja quente e água quente com leite (até Asterix ter-lhes levado o chá) e conduzem do lado esquerdo da estrada. A Hispânia é um local cheio de pessoas de sangue quente e turistas; e os lusitanos são baixinhos e educados (Uderzo disse que todo os portugueses que ele conhecera eram assim). Há também humor com franceses: os normandos comem tudo com creme, e os corsos são preguiçosos e têm queijos nauseabundos. Existem muitas caricaturas, como o burocrata de Obélix e Companhia baseado em Jacques Chirac. Alguns personagens que servem de alusão ao local visitado:
  9. 9. - Cleópatra é inspirada em Elizabeth Taylor; - ao visitar a Bretanha encontram-se quatro bardos famosos lembrando os Beatles; - encontram na Bélgica Dupond e Dupont de Tintin, e na Hispânia Dom Quixote e Sancho Pança. Nos livros mais recentes aumentam as paródias: - com o espião Zerozerosix, baseado em Sean Connery; - o escravo Spartakis, baseado em Kirk Douglas; - e um alienígena inspirado em Mickey Mouse.

×