A escultura gótica

27.701 visualizações

Publicada em

3 comentários
22 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
27.701
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.785
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
3
Gostaram
22
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A escultura gótica

  1. 1. Escultura gótica Torna-seGanha autonomia independente da arquitetura
  2. 2. Gótico Inicial Portal dos Mártires, Catedral de Chartres, século XIII
  3. 3. Gótico Inicial Figura alongada Rigidez Jogo curvilíneo do panejamento Sugere inclinação Portal dos Mártires, Catedral de Chartres, século XIII
  4. 4. Gótico Inicial Estátuas colocadas em nichos e sobbaldaquinos, que ocupavam os colunelos dosombrais Mostravam uma forma:  alongada;  Posição rígida;  Rostos cada vez mais individualizados  Demonstração de calma e serenidade Portal dos Mártires, Catedral de Chartres, século XIII
  5. 5. Gótico Inicial Posição assimétrica oblíqua do corpo em relação ao seu eixo Jogocurvilíneo do O tronco rodapajenamento para um lado e as pernas para o outro, formando um S Estátua da fachada ocidental da Catedral de Reims
  6. 6. Gótico plenoProcura de uma tendência mais naturalista erealista, tanto na iconografia como no relevo e naestatuária:-Corpos mais volumosos-Posições ligeiramente curvilíneas, acentuadas pelorequebro da anca- A partir do século XIV, evidencia-se já um sinuosoS, quase em contraposto, numa forte tensão delinhas ondulantes- as pregas concêntricas, em U e V, acentuam aforma do corpo e das ancas Virgem da Sainte-Chapelle, Paris (princípios século XIV), marfim, 41 cm
  7. 7. Gótico pleno- Posição sinuosa- linhas arredondadas, aobrepostas eprofundas dos panejamentos- cor Maior naturalismo Escultura da Madonna de Krummau, Viena, c. 1400, 112 cm, calcário pintado
  8. 8. Gótico pleno Expressão formal Exprimir a perfeição espiritual
  9. 9. Gótico pleno Expressão formal Exprimir a perfeição espiritual -mãos, rosto e corpo tratados com maior correção anatómica - cabelos e barbas encaracolados - mais detalhes -Os santos, a Virgem e Cristo refletem sensibilidade, serenidade e ternura HUMANIZAÇÃO DO CÉU
  10. 10. Gótico pleno Portal central da Catedral de Reims, século XIII
  11. 11. Gótico pleno Anunciação: MariaAnjo sorridente Portal central da Catedral de Reims, século XIII
  12. 12. Gótico plenoVisitação: Isabel Maria Portal central da Catedral de Reims, século XIII
  13. 13. Século XIV
  14. 14. Século XIV SofrimentoFeridas exageradas Cristo esqueléticoPietá da Renânia, inícioséc. XIV
  15. 15. Século XIVExpressividade estimulada pela crise económica e social Representação do homem comum, dos santos e de Cristo em sofrimento Influências de Abelardo e S. Tomás de Aquino: “A sensibilidade é a fonte do conhecimento”
  16. 16. Escultura românica Escultura gótica
  17. 17. A escultura decorativa Horror ao vazio Outros: rosáceas, pináculos, arcobotantesFachadas Portais gárgulas, gabletes, vitrais, etc
  18. 18. Esquema do portal gótico Gablete Arquivoltas Tímpano LintelColunas estatuarias Mainel Escultura gótica 19
  19. 19. A escultura decorativaTímpano do portal dos Príncipes, Catedral de Bamberg, Alemanha, século XIII
  20. 20. A escultura decorativa Representa o Juízo FinalTímpano do portal dos Príncipes, Catedral de Bamberg, Alemanha, século XIII
  21. 21. A escultura decorativa Representa o Juízo Final Os condenados, acorren-Os eleitos, com um tados pelo Diabo, com atitudesSemblante alegre desesperadas e risos histéricos Tímpano do portal dos Príncipes, Catedral de Bamberg, Alemanha, século XIII
  22. 22. A escultura decorativaTemas dos tímpanos: O Cristo em majestade o Último Julgamento ou Juízo Final,agora com o objetivo de transmitir nãoo medo ou o castigo, mas a esperança a vida da Virgem e o nascimento deCristo (culto mariano) episódios da vida dos santos Portal da Virgem, Notre Dame
  23. 23. A escultura decorativa Utilização de estátuas- coluna, que se prolongam nas arquivoltas em torno do tímpanoPortal central da Catedral de Reims, século XIII
  24. 24. A escultura decorativaDecoração interna discreta:  Nos púlpitos  Nos capitéis  Nos medalhões, no fecho das ogivas
  25. 25. Escultura tumular A partir de 1200, vulgarizaram-se asestátuas jacentes, de início apenascom a intenção de evocar o defunto,sem pormenorizar os seus traçosfísicos (utilização de símbolos,inscrições epigráficas, brasões, …)Em meados do século XIII, aparece oretrato idealizado, com um leve sorrisoque ilumina o rostoEstátua jacente de Filipe III na Abadiade Saint-Denis, França, século XIV
  26. 26. Escultura tumularTúmulo do cardeal Lagrange, Museu do Peti Palais, Avinhão, França, 1402No final do século XIV, o morto é representado, muitas vezes,como que enregelado, envolto num lençol ou nu, autênticocadáver em decomposição
  27. 27. FIM

×