Cartismo

1.498 visualizações

Publicada em

R

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.498
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
44
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Os ludistas na quebra das fábricas, e ao lado Ned Ludlam líder do movimento dos quebradores de máquinas.
  • Com a industrialização o trabalho nas fábricas e a longa carga horária.
  • O trabalho feminino muito explorado nas fábricas pelo seu baixo custo em relação ao trabalho dos homens.
  • O Cartismo foi um movimento operário na Inglaterra, que reivindicavam a melhor condição de trabalho e a redução da carga horária dos trabalhadores que chegava a 16 horas diárias.
  • Operários na destruição das máquinas.
  • Cartismo

    1. 1. Revolução Industrial LUDISMO E CARTISMO
    2. 2. LUDISMO • O Ludismo. • O termo ludita do inglês luddite significa todo individuo que se opõe a uma forte industrialização. • Ludismo foi utilizado para designar o movimento que estourou em Londres contra a mecanização do trabalho, que despertava com a Revolução Industrial no ano de 1811. Nesse período já ocorriam negociações a fim de encaixar os trabalhadores nos moldes das evoluções. • As transformações determinavam salários mais baixos e provocou agitações. Para a época em questão, esse movimento representou o grito da classe trabalhadora que via o seu trabalho manual ser cada vez mais substituído pelas maquinas.
    3. 3. MAQUINÁRIO
    4. 4. Trabalho infantil nas fábricas.
    5. 5. • O nome dado ao movimento deriva de Ned Ludd, figura que foi caracterizada como representante líder de tais pensamentos e ações. • Os anos de Regência foram muito tumultuados, principalmente na cidade de Londres. Ocorriam duelos de cidadãos com os ministros da coroa a todo o momento, até que Spencer Perceval, 1º ministro foi assassinado em 1812 no saguão das Câmaras dos Comuns marcando a fase dos conflitos mais generalizados. • Houve motins contra a fome e contra o recrudescimento da taxation popular em vários lugares. A 1ª serie de motins ocorreram entre 1809-1812, devido às dificuldades generalizadas dos distritos manufatureiros da Inglaterra. Nessa fase final das Guerras napoleônicas, houve o súbito fechamento do mercado americano, bancos faliram e o comércio da exportação entrou em colapso. Para complementar esses eventos houve uma sucessão de más colheitas que colocava a população em uma situação delicada.
    6. 6. SÉC.XIX
    7. 7. • O movimento ludita era caracterizado pela destruição das maquinas, reconhecida como uma ação trabalhista. Os motins eram destrutivos e mobilizaram de certo modo uma força militar. • Podem-se definir dois tipos de destruição de maquinas, o primeiro contra aos empregadores para forçá-los as concessões e o segundo contra a máquina em si. • A maior onda desse movimento foi dirigida à indústria de rendas e malharia de Nottingham, Leicester e Derby, depois estenderam seus ideais aos tecelões de algodão e aos colhedores. • Por mais força que tivessem em seus ideais os luditas não conseguiram vencer uma força militar contraria bem organizada. Inúmeros participantes do movimento foram capturados e outros mortos, até que em 1817 a destruição das maquinas já não acontecia mais. • O ludismo como outras formas de ação popular só foram efetuadas quando a negociação mais pacifica não surtiu efeitos.
    8. 8. William lovett um dos mais expressivos líderes do movimento cartista.
    9. 9. CARTISMO • Diferente da idéia de prosperidade que se tem da Revolução Industrial, para os operários a realidade era outra, a busca pela sobrevivência. Nas primeiras décadas da revolução, o norte da e o oeste da Inglaterra converteram-se em pontos de concentração demográfica e as condições de vida dos operários eram subumanas, as fábricas não eram ambientes adequados, não havia equipamentos de segurança para os operários, muitos se acidentavam e contraiam graves doenças, a média de vida dos trabalhadores era bem baixa, a jornada de trabalho chegava a mais de 16 horas por dia sem direito a descanso semanal e férias, mulheres e crianças trabalhavam da mesma maneira que os homens, porém seus salários eram mais baixos, e pelos baixos valores pagos ao trabalhador eram necessários que toda família trabalhassem, amontoados em pequenos espaços, sem iluminação, ventilação e higiene. As condições de vida e trabalho eram precárias, e por serem submetidos a tantas situações difíceis e sem escolha, os operários se uniram e começaram a organizar movimentos de revolta. • Em busca de melhores condições de trabalho no final da década de 1830, os operários organizaram-se no movimento denominado Cartismo. • Liderado por William Lovett, os trabalhadores ingleses pediam um conjunto de reformas junto ao parlamento, reunidos a chamada Carta do Povo, considerado o primeiro movimento operário independente da classe trabalhadora britânica .
    10. 10. Charge de operários destruindo as máquinas.
    11. 11. DO MOVI CHARGE QUE MOSTRA O MOVIMENTO CARTISTA.
    12. 12. BIBLIOGRAFIA RUDÉ, George. A multidão na história; Estudos dos movimentos populares na França e na Inglaterra: 1730-1848. Waltensir Dutra (trad.) Rio de Janeiro: Campos, 1991.

    ×