SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 3
Escola Básica D. Manuel I – TAVIRA
                                            Ano letivo 2011/2012

                                            Língua Portuguesa

              Leitura Orientada da obra Sexta Feira ou a vida selvagem, de Michel Tournier



Análise da obra: De forma a simplificar o tratamento da obra, procedeu-se à sua divisão em quatro partes.
Esta divisão foi feita de acordo com a retrospetiva que Robinson faz no capítulo 34.

   1. O capítulo 1 permite localizar a ação no espaço e no tempo. Retira do texto expressões que
       localizem a ação:
           a. No espaço;
           b. No tempo

   2. Quais os indícios de uma tempestade?

   3. Quem era Robinson e o que fazia naquele local?

   4. Comenta a expressão do Capitão Van Dayssel: «Quando se empreende uma viagem como esta
       […] parte-se quando se quer, mas chega-se quando Deus quer».

   5. Entretanto a tempestade, tal como se suspeitava, aconteceu trazendo consigo um fim trágico para
       o Virgínia.
           5.1.Descreve o local onde Robinson foi ter.
           5.2.Descreve o estado em que ficou a embarcação.

   6. Quando é que Robinson se apercebeu de que estava numa ilha deserta?

   7. Qual a sua alimentação inicial?

   8. Depois de esperar, em vão, que algum navio o salvasse, Robinson decidiu ser ele a traçar o seu

       destino.

           8.1.O que fez?

           8.2.Qual o destino pretendido?



   9. Numera, de 1 a 8, as várias fases de construção do evasão, bem como a tentativa de o fazer

       deslizar até ao mar.

            Desbastou os ramos do tronco
            Juntou as provisões
            Construiu uma jangada
            Partiu uma das pranchas do casco e com ela fez uma alavanca
            Procurou ferramentas e outros objetos no Virgínia
 Cavou uma vala na falésia
        Fabricou uma espécie de cola
        Colocou toros arredondados por debaixo da quilha
10. Com o aumento da solidão, qual o procedimento de Robinson?

       10.1.A que animal se assemelha?

11. Ordena os seguintes vocábulos, partindo do mais frio para o mais quente: escaldante, gelado,

   quente, frio, tépido.

12. A certa altura, Robinson resolve começar a escrever um diário.

       12.1. De que se socorreu?

       12.2.Com que fez a tinta?

       12.3.Onde conseguiu a caneta?

13. Indica alguns procedimentos do Robinson para tornar a ilha mais civilizada.

14. Explorar a gruta era algo que estava nos projetos de Robinson.

       14.1.Como se preparou para esta expedição?

       14.2.Com que dificuldades se deparou?

       14.3.Descreve o interior da gruta.

       14.4.Como se sentia lá dentro?

       14.5.Que recordações lhe vieram à memória?

15. Robinson escreveu alguns preceitos morais para toda a ilha.

       15.1. Transcreve-os.

       15.2.Qual a sua finalidade?

       15.3.Em seguida ser-te-ão apresentados alguns provérbios sobre o mesmo tema. Une a

           coluna da esquerda à coluna da direita, de forma a obteres as expressões corretas.


    a) Quem não trabuca                                    1. mas quem o despreza é louco.
    b) Trabalha e terás                                    2. não dá bom resultado.
    c) Trabalho de menino é pouco                          3. é o relógio.
    d) Trabalho precipitado                                4. ensinam a gastar.
    e) Quem trabalha na juventude                          5. não manduca.
    f) Trabalhar e ganhar                                  6. madruga e verás.
    g) Quem trabalha de graça                              7. repousa na velhice.



16. Qual o acontecimento que veio alterar, por completo, a vida na ilha?
Bom trabalho,
Prof. Susana Duarte

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Sexta feira ou a vida selvagem
Sexta  feira ou a vida selvagemSexta  feira ou a vida selvagem
Sexta feira ou a vida selvagemVictor Freitas
 
Teste 7º ano fevereiro 2014 FRANCES
Teste 7º ano fevereiro 2014 FRANCESTeste 7º ano fevereiro 2014 FRANCES
Teste 7º ano fevereiro 2014 FRANCESildamaria
 
Guiao sexta feira
Guiao sexta feiraGuiao sexta feira
Guiao sexta feirabibliotecap
 
Pt7 ficha frase_ativa_passiva_solucoes
Pt7 ficha frase_ativa_passiva_solucoesPt7 ficha frase_ativa_passiva_solucoes
Pt7 ficha frase_ativa_passiva_solucoesPaula Costa
 
Pt7 ficha frase_ativa_passiva
Pt7 ficha frase_ativa_passivaPt7 ficha frase_ativa_passiva
Pt7 ficha frase_ativa_passivaPaula Costa
 
O principezinho mariana macedo
O principezinho   mariana macedoO principezinho   mariana macedo
O principezinho mariana macedofantas45
 
O principezinho rodrigo cordeiro
O principezinho   rodrigo cordeiroO principezinho   rodrigo cordeiro
O principezinho rodrigo cordeirofantas45
 
O principezinho mariana guia
O principezinho   mariana guiaO principezinho   mariana guia
O principezinho mariana guiafantas45
 
O principezinho - resumo
O principezinho - resumoO principezinho - resumo
O principezinho - resumosofiasimao
 
O principezinho.docx resumo2
O principezinho.docx resumo2O principezinho.docx resumo2
O principezinho.docx resumo2Elisa Dias
 
O principezinho jl
O principezinho jlO principezinho jl
O principezinho jlJoão Lima
 
Análise Crítica - O Pequeno Príncipe
Análise Crítica -  O Pequeno PríncipeAnálise Crítica -  O Pequeno Príncipe
Análise Crítica - O Pequeno PríncipeLuísa Teixeira
 

Mais procurados (20)

Sexta feira ou a vida selvagem
Sexta  feira ou a vida selvagemSexta  feira ou a vida selvagem
Sexta feira ou a vida selvagem
 
Teste 7º ano fevereiro 2014 FRANCES
Teste 7º ano fevereiro 2014 FRANCESTeste 7º ano fevereiro 2014 FRANCES
Teste 7º ano fevereiro 2014 FRANCES
 
Guiao sexta feira
Guiao sexta feiraGuiao sexta feira
Guiao sexta feira
 
Pt7 ficha frase_ativa_passiva_solucoes
Pt7 ficha frase_ativa_passiva_solucoesPt7 ficha frase_ativa_passiva_solucoes
Pt7 ficha frase_ativa_passiva_solucoes
 
O japão
O japãoO japão
O japão
 
Pt7 ficha frase_ativa_passiva
Pt7 ficha frase_ativa_passivaPt7 ficha frase_ativa_passiva
Pt7 ficha frase_ativa_passiva
 
Ficha de leitura
Ficha de leituraFicha de leitura
Ficha de leitura
 
O principezinho mariana macedo
O principezinho   mariana macedoO principezinho   mariana macedo
O principezinho mariana macedo
 
livro pequeno príncipe
livro pequeno príncipe livro pequeno príncipe
livro pequeno príncipe
 
O pequeno príncipe
O pequeno príncipeO pequeno príncipe
O pequeno príncipe
 
O principezinho rodrigo cordeiro
O principezinho   rodrigo cordeiroO principezinho   rodrigo cordeiro
O principezinho rodrigo cordeiro
 
O principezinho mariana guia
O principezinho   mariana guiaO principezinho   mariana guia
O principezinho mariana guia
 
Principezinho Joana 6ºE
Principezinho Joana 6ºEPrincipezinho Joana 6ºE
Principezinho Joana 6ºE
 
O principezinho - resumo
O principezinho - resumoO principezinho - resumo
O principezinho - resumo
 
Principezinho
PrincipezinhoPrincipezinho
Principezinho
 
O principezinho.docx resumo2
O principezinho.docx resumo2O principezinho.docx resumo2
O principezinho.docx resumo2
 
PortefóLio1
PortefóLio1PortefóLio1
PortefóLio1
 
Portefólio modificado
Portefólio modificadoPortefólio modificado
Portefólio modificado
 
O principezinho jl
O principezinho jlO principezinho jl
O principezinho jl
 
Análise Crítica - O Pequeno Príncipe
Análise Crítica -  O Pequeno PríncipeAnálise Crítica -  O Pequeno Príncipe
Análise Crítica - O Pequeno Príncipe
 

Semelhante a Leitura Orientada da obra: Sexta-feira ou a vida selvagem -Cap. 1 a 13

cap-1a13-Robsin Crusoe leitura orientada.doc
cap-1a13-Robsin Crusoe leitura orientada.doccap-1a13-Robsin Crusoe leitura orientada.doc
cap-1a13-Robsin Crusoe leitura orientada.docClara César Pereira
 
Plano do dia 19 a 23 de fevereiro de 2018
Plano do dia 19 a 23 de fevereiro de 2018Plano do dia 19 a 23 de fevereiro de 2018
Plano do dia 19 a 23 de fevereiro de 2018Jorge Graciano
 
Sequencia didactica o segredo do rio
Sequencia didactica   o segredo do rioSequencia didactica   o segredo do rio
Sequencia didactica o segredo do riobibliotecap
 
cap-14a33 Robsin Crusoe leitura orientada.doc
cap-14a33 Robsin Crusoe leitura orientada.doccap-14a33 Robsin Crusoe leitura orientada.doc
cap-14a33 Robsin Crusoe leitura orientada.docClara César Pereira
 
Escolinha de-evangelizaccca7acc83o-espicc81rita (1)
Escolinha de-evangelizaccca7acc83o-espicc81rita (1)Escolinha de-evangelizaccca7acc83o-espicc81rita (1)
Escolinha de-evangelizaccca7acc83o-espicc81rita (1)Alice Lirio
 
40134802 cavaleiro-dinamarca-ficha-de-trabalho
40134802 cavaleiro-dinamarca-ficha-de-trabalho40134802 cavaleiro-dinamarca-ficha-de-trabalho
40134802 cavaleiro-dinamarca-ficha-de-trabalhoMarisa Silva
 
Roteiro da obra o cavaleiro da dinamarca
Roteiro da obra o cavaleiro da dinamarcaRoteiro da obra o cavaleiro da dinamarca
Roteiro da obra o cavaleiro da dinamarcaTeresa Branco
 
Sujeito E Predicado
Sujeito E PredicadoSujeito E Predicado
Sujeito E Predicadoguest7174ad
 

Semelhante a Leitura Orientada da obra: Sexta-feira ou a vida selvagem -Cap. 1 a 13 (11)

cap-1a13-Robsin Crusoe leitura orientada.doc
cap-1a13-Robsin Crusoe leitura orientada.doccap-1a13-Robsin Crusoe leitura orientada.doc
cap-1a13-Robsin Crusoe leitura orientada.doc
 
Plano do dia 19 a 23 de fevereiro de 2018
Plano do dia 19 a 23 de fevereiro de 2018Plano do dia 19 a 23 de fevereiro de 2018
Plano do dia 19 a 23 de fevereiro de 2018
 
Sequencia didactica o segredo do rio
Sequencia didactica   o segredo do rioSequencia didactica   o segredo do rio
Sequencia didactica o segredo do rio
 
Em4ºano
Em4ºanoEm4ºano
Em4ºano
 
cap-14a33 Robsin Crusoe leitura orientada.doc
cap-14a33 Robsin Crusoe leitura orientada.doccap-14a33 Robsin Crusoe leitura orientada.doc
cap-14a33 Robsin Crusoe leitura orientada.doc
 
Escolinha de-evangelizaccca7acc83o-espicc81rita (1)
Escolinha de-evangelizaccca7acc83o-espicc81rita (1)Escolinha de-evangelizaccca7acc83o-espicc81rita (1)
Escolinha de-evangelizaccca7acc83o-espicc81rita (1)
 
Manual+de[1]..
Manual+de[1]..Manual+de[1]..
Manual+de[1]..
 
40134802 cavaleiro-dinamarca-ficha-de-trabalho
40134802 cavaleiro-dinamarca-ficha-de-trabalho40134802 cavaleiro-dinamarca-ficha-de-trabalho
40134802 cavaleiro-dinamarca-ficha-de-trabalho
 
Sujeito e predicado
Sujeito e predicadoSujeito e predicado
Sujeito e predicado
 
Roteiro da obra o cavaleiro da dinamarca
Roteiro da obra o cavaleiro da dinamarcaRoteiro da obra o cavaleiro da dinamarca
Roteiro da obra o cavaleiro da dinamarca
 
Sujeito E Predicado
Sujeito E PredicadoSujeito E Predicado
Sujeito E Predicado
 

Último

"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"Ilda Bicacro
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoIlda Bicacro
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...Eró Cunha
 
Atividades adaptada de matemática (Adição pop )
Atividades adaptada de matemática (Adição pop )Atividades adaptada de matemática (Adição pop )
Atividades adaptada de matemática (Adição pop )MayaraDaSilvaAssis
 
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfTema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfAnaAugustaLagesZuqui
 
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfUFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfManuais Formação
 
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresModelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresAna Isabel Correia
 
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigasPeça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigasBibliotecaViatodos
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSPedroMatos469278
 
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxAspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxprofbrunogeo95
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxCarolineWaitman
 
Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................mariagrave
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEblogdoelvis
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxIlda Bicacro
 
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São PauloCurrículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Pauloririg29454
 
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfKelly Mendes
 
Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja Mary Alvarenga
 
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - GeoprocessamentoDados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - GeoprocessamentoVitor Vieira Vasconcelos
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...azulassessoria9
 
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxSlides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
 
Atividades adaptada de matemática (Adição pop )
Atividades adaptada de matemática (Adição pop )Atividades adaptada de matemática (Adição pop )
Atividades adaptada de matemática (Adição pop )
 
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfTema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
 
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfUFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
 
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresModelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
 
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigasPeça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxAspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
 
Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
 
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São PauloCurrículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
 
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
 
Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja
 
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - GeoprocessamentoDados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxSlides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
 

Leitura Orientada da obra: Sexta-feira ou a vida selvagem -Cap. 1 a 13

  • 1. Escola Básica D. Manuel I – TAVIRA Ano letivo 2011/2012 Língua Portuguesa Leitura Orientada da obra Sexta Feira ou a vida selvagem, de Michel Tournier Análise da obra: De forma a simplificar o tratamento da obra, procedeu-se à sua divisão em quatro partes. Esta divisão foi feita de acordo com a retrospetiva que Robinson faz no capítulo 34. 1. O capítulo 1 permite localizar a ação no espaço e no tempo. Retira do texto expressões que localizem a ação: a. No espaço; b. No tempo 2. Quais os indícios de uma tempestade? 3. Quem era Robinson e o que fazia naquele local? 4. Comenta a expressão do Capitão Van Dayssel: «Quando se empreende uma viagem como esta […] parte-se quando se quer, mas chega-se quando Deus quer». 5. Entretanto a tempestade, tal como se suspeitava, aconteceu trazendo consigo um fim trágico para o Virgínia. 5.1.Descreve o local onde Robinson foi ter. 5.2.Descreve o estado em que ficou a embarcação. 6. Quando é que Robinson se apercebeu de que estava numa ilha deserta? 7. Qual a sua alimentação inicial? 8. Depois de esperar, em vão, que algum navio o salvasse, Robinson decidiu ser ele a traçar o seu destino. 8.1.O que fez? 8.2.Qual o destino pretendido? 9. Numera, de 1 a 8, as várias fases de construção do evasão, bem como a tentativa de o fazer deslizar até ao mar.  Desbastou os ramos do tronco  Juntou as provisões  Construiu uma jangada  Partiu uma das pranchas do casco e com ela fez uma alavanca  Procurou ferramentas e outros objetos no Virgínia
  • 2.  Cavou uma vala na falésia  Fabricou uma espécie de cola  Colocou toros arredondados por debaixo da quilha 10. Com o aumento da solidão, qual o procedimento de Robinson? 10.1.A que animal se assemelha? 11. Ordena os seguintes vocábulos, partindo do mais frio para o mais quente: escaldante, gelado, quente, frio, tépido. 12. A certa altura, Robinson resolve começar a escrever um diário. 12.1. De que se socorreu? 12.2.Com que fez a tinta? 12.3.Onde conseguiu a caneta? 13. Indica alguns procedimentos do Robinson para tornar a ilha mais civilizada. 14. Explorar a gruta era algo que estava nos projetos de Robinson. 14.1.Como se preparou para esta expedição? 14.2.Com que dificuldades se deparou? 14.3.Descreve o interior da gruta. 14.4.Como se sentia lá dentro? 14.5.Que recordações lhe vieram à memória? 15. Robinson escreveu alguns preceitos morais para toda a ilha. 15.1. Transcreve-os. 15.2.Qual a sua finalidade? 15.3.Em seguida ser-te-ão apresentados alguns provérbios sobre o mesmo tema. Une a coluna da esquerda à coluna da direita, de forma a obteres as expressões corretas. a) Quem não trabuca   1. mas quem o despreza é louco. b) Trabalha e terás   2. não dá bom resultado. c) Trabalho de menino é pouco   3. é o relógio. d) Trabalho precipitado   4. ensinam a gastar. e) Quem trabalha na juventude   5. não manduca. f) Trabalhar e ganhar   6. madruga e verás. g) Quem trabalha de graça   7. repousa na velhice. 16. Qual o acontecimento que veio alterar, por completo, a vida na ilha?