SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 20
Ecologia !




   Docente : Filipe Diogo Freitas
   Fernandes e Cláudio Marcelo
   Fernandes Ferreira
   Discente : Nancy Leite
   Escola : E.B 2,3 de S.Torcato
   Disciplina : EMRC ( Educação
   Moral e Religiosa Católica )
   Ano : 8ºA
Índice

• Pequena bibliografia sobre a disciplina e os autores do
trabalho a apresentar ;
• Introdução ;
• Ecologia ;
• Meio Ambiente ;
• O ecossistema ;
• Poluição ;
• Energias alternativas ;
• Ecologia das populações ;
• População ;
• Migrações ;
• Principais ambientes ecológicos ;
• Florestas ;
• Desertos ;
• Montanhas ;
• Rios ;
• Lagos
Introdução


        Como prova do nosso esforço , do nosso suor , do nosso
empenho , da nossa dedicação , este trabalho nós concretizamos
com todo o nosso carinho para vos demonstrar o conceito de
ecologia.
        Iremos falar sobre diversos temas , principalmente
sobre o meio ambiente , aprofundaremos o assunto , com os
ecossistemas , os diferentes tipos de poluição , energias
alternativas , definição de população , a consistência das
migrações e a alimentação . Irei também falar sobre os
principais ambientes ecológicos.
        Queremos impressionar – vos com este trabalho , mas
sobretudo a nossa intenção é aprender o conceito de ecologia , e
tratar do planeta como se fosse o vosso local de abrigo , a
vossa casa.
Ecologia


       A consciência de que na Terra existe uma íntima relação
entre todos os seres vivos e o meio físico , no qual se
desenvolvem, é inerente ao próprio pensamento humano desde
os seus primórdios como espécie, sob a forma de instinto nos
nossos antepassados mais primitivos.
       Por volta de 1869 , o biólogo alemão Ernst H. Haeckel
chamou ecologia à ciência que se dedica ao estudo das relações
que os vários seres vivos mantêm entre si e com o seu meio
ambiente.
       A ecologia estuda todos os dados disponíveis sobre essas
relações e a partir deles tenta tirar conclusões que se
apliquem aos ecossistemas do nosso planeta.
Meio ambiente


        Meio ambiente é o ambiente em que um dado organismo
pode desenvolver as suas necessidades vitais. À medida que essas
necessidades e a própria estrutura do organismo se vão
tornando mais complexas, o meio ambiente no qual se
desenvolvem torna – se mais amplo.
        Num meio podem distinguir – se três componentes básicas:
a atmosfera, a água e o solo.
        A atmosfera é o invólucro gasoso do nosso planeta.
        A água é o meio original em que se desenvolveu a vida no
nosso planeta e o conjunto de todas as suas massas constitui a
hidrosfera.

*complexas – diferentes
*invólucro – cobertura, revestimento
O ecossistema


         Pode definir – se o ecossistema, de um modo simples,
como a unidade funcional da ecologia, que inclui todos os
organismos e o meio físico em que eles vivem.
         O primeiro ecossistema seria, portanto, o planeta Terra,
que mantém todos os organismos animais e vegetais num meio
físico ( a crusta terrestre e os mares ).
         Designa – se por biótopo a parte física do ecossistema.
Por exemplo, no caso de uma floresta, seria o solo, sobre o
qual crescem as árvores.
Poluição


        Considera – se como poluição qualquer alteração do
ambiente provocada por interferência de origem humana e que
seja desfavorável ao meio ambiente natural. A que afeta o ar e a
água é a de que mais se fala; no entanto, existem outras formas
de poluição com grande impacte no ambiente, tanto humano
como animal, como, por exemplo, a poluição sonora, que, nas
cidades, provoca doenças nos seus habitantes.
        A poluição atmosférica implica a presença de substâncias
tóxicas ou partículas em suspensão no ar, o aumento da
temperatura, etc. Os efeitos destas perturbações manifestam –
se tanto nos seres humanos (com o aparecimento de doenças
respiratórias, por vezes mortais), como na natureza.
...
Energias alternativas


        Para além da poluição, um dos aspetos práticos de que
se ocupa a ecologia, se bem que de modo indireto, é o das
energias alternativas, que também tem grande repercussão
económica. Sob esta designação incluem – se todas as fontes de
energia, se possível renováveis, que reduzem ao mínimo, ou
inclusivamente anulam, qualquer ingerência nociva no meio
ambiente.
        Realizaram – se estudos sobre a possibilidade de
construir grandes turbinas que transformariam a energia das
ondas e marés em eletricidade. No entanto, a sua localização
poderia afetar os ecossistemas costeiros.
        O uso do vento como fonte de energia remonta a épocas
muito antigas. A energia eólica é uma fonte energética
totalmente limpa que, melhorando o rendimento dos
moinhos, pode satisfazer parte das necessidades energéticas
atuais.
...
Ecologia das população


        As espécies animais e vegetais não se encontram
distribuídas de modo contínuo por todo o espaço que habitam;
agrupam – se em unidades de maior ou menor dimensão que
ocupam a porção da sua área de distribuição que reúne as
condições mais adequadas à sua sobrevivência.
População


        Define – se a população como um conjunto de indivíduos
da mesma espécie que ocupam uma determinada superfície da
área de dispersão dessa espécie. As suas caraterísticas são o
resultado estatístico das caraterísticas individuais dos
elementos que a constituem, verificando – se um certo grau de
diversidade.
Migrações

       A migração consiste na deslocação de uma população
animal, com caráter periódico, desde o local de residência até
um outro, situado por vezes a grande distância.
       A origem das migrações está nas alterações produzidas
no meio ambiente por causas diferentes (por exemplo, as
mudanças de estação, a chegada das chuvas, etc.), que motivam um
agravamento das condições de vida da zona.
Principais ambientes ecológicos


       Considera – se ambiente ecológico qualquer meio
em que se desenvolvam organismos vivos. Uma primeira
classificação permite distinguir três grandes tipos: o
terrestre, o aquático e o aéreo.
Florestas

       A floresta é uma formação vegetal fechada, formada
por árvores de mais de cinco metros de altura.
Desertos


       A ausência de vegetação importante, a ação dos agentes
meteorológicos e a escassez extrema da chuva são as três
caraterísticas principais dos desertos. As condições de vida são
muito difíceis e as plantas tiveram que se adaptar para
sobreviverem num ambiente em que a presença de água é apenas
esporádica.
Montanhas


       As montanhas reúnem muitos dos tipos de ambientes (
tundra, estepe, pradaria, savana, floresta seca … )
Rios


       Definidos como cursos de água permanentes, a sua
importância    é    decisiva    para   muitos ecossistemas
terrestres, apesar da pequena percentagem que ocupam em
relação ao total das águas do planeta.
Lagos


        O ecossistema formado pelos lagos pode variar em
função do grau de comunicação que tenham com o meio
envolvente, ou seja, se são fechados ou se apresentam afluentes
e efluentes.
Conclusão


       Espero que tenham gostado desta pequena demonstração
do que é a ecologia , e que tenham aprendido alguma coisa , pois
aplicamo - nos imenso para demonstrar este trabalho.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

G proteção ambiental e desenvolvimento sustentável-geologia
G proteção ambiental e desenvolvimento sustentável-geologiaG proteção ambiental e desenvolvimento sustentável-geologia
G proteção ambiental e desenvolvimento sustentável-geologia
becresforte
 
Apresentação meio ambiente e cidadania
Apresentação   meio ambiente e cidadaniaApresentação   meio ambiente e cidadania
Apresentação meio ambiente e cidadania
amandaetiago
 
Intervhumansubsistemasterrestres(2003)
Intervhumansubsistemasterrestres(2003)Intervhumansubsistemasterrestres(2003)
Intervhumansubsistemasterrestres(2003)
Ana Reis
 
Intervenção do homem nos subsistemas terrestres
Intervenção do homem nos subsistemas terrestresIntervenção do homem nos subsistemas terrestres
Intervenção do homem nos subsistemas terrestres
Mariana Cordeiro
 

Mais procurados (20)

O homem e sua relação com a ecologia
O homem e sua relação com a ecologiaO homem e sua relação com a ecologia
O homem e sua relação com a ecologia
 
Sustentabilidade
SustentabilidadeSustentabilidade
Sustentabilidade
 
Filosofia
FilosofiaFilosofia
Filosofia
 
Homem natureza
Homem naturezaHomem natureza
Homem natureza
 
Relação Homem-Natureza
Relação Homem-NaturezaRelação Homem-Natureza
Relação Homem-Natureza
 
Ecologia
EcologiaEcologia
Ecologia
 
Meio ambiente
Meio ambienteMeio ambiente
Meio ambiente
 
Ambiente
AmbienteAmbiente
Ambiente
 
A ecologia grupo 3
A ecologia grupo 3A ecologia grupo 3
A ecologia grupo 3
 
Programa de ciências naturais 8º ano
Programa de ciências naturais 8º anoPrograma de ciências naturais 8º ano
Programa de ciências naturais 8º ano
 
G proteção ambiental e desenvolvimento sustentável-geologia
G proteção ambiental e desenvolvimento sustentável-geologiaG proteção ambiental e desenvolvimento sustentável-geologia
G proteção ambiental e desenvolvimento sustentável-geologia
 
Apresentação meio ambiente e cidadania
Apresentação   meio ambiente e cidadaniaApresentação   meio ambiente e cidadania
Apresentação meio ambiente e cidadania
 
Power Point Pinto
Power  Point  PintoPower  Point  Pinto
Power Point Pinto
 
Trabalho sobre o meio ambiente
Trabalho sobre o meio ambienteTrabalho sobre o meio ambiente
Trabalho sobre o meio ambiente
 
Intervhumansubsistemasterrestres(2003)
Intervhumansubsistemasterrestres(2003)Intervhumansubsistemasterrestres(2003)
Intervhumansubsistemasterrestres(2003)
 
Recursosnaturaisuautilizacao 10 A
Recursosnaturaisuautilizacao 10 ARecursosnaturaisuautilizacao 10 A
Recursosnaturaisuautilizacao 10 A
 
A Importância do Meio Ambiente
A Importância do Meio AmbienteA Importância do Meio Ambiente
A Importância do Meio Ambiente
 
Intervenção do homem nos subsistemas terrestres
Intervenção do homem nos subsistemas terrestresIntervenção do homem nos subsistemas terrestres
Intervenção do homem nos subsistemas terrestres
 
Impactos humanos na geosfera
Impactos humanos na geosferaImpactos humanos na geosfera
Impactos humanos na geosfera
 
Sustentabilidade ambiental
Sustentabilidade ambientalSustentabilidade ambiental
Sustentabilidade ambiental
 

Destaque (19)

6ºe nº1 ana catarina
6ºe   nº1 ana catarina6ºe   nº1 ana catarina
6ºe nº1 ana catarina
 
Diogo lima nº2
Diogo lima nº2Diogo lima nº2
Diogo lima nº2
 
Tiago 6ºe nº20
Tiago 6ºe nº20Tiago 6ºe nº20
Tiago 6ºe nº20
 
Pedro alberto nº13
Pedro alberto nº13Pedro alberto nº13
Pedro alberto nº13
 
Luis cardoso nº18 e hugo oliveira nº15 8ºa
Luis cardoso  nº18  e hugo oliveira nº15 8ºaLuis cardoso  nº18  e hugo oliveira nº15 8ºa
Luis cardoso nº18 e hugo oliveira nº15 8ºa
 
34
3434
34
 
8º a desigualdade mundial
8º a desigualdade mundial8º a desigualdade mundial
8º a desigualdade mundial
 
Moral
MoralMoral
Moral
 
Vivência problemática da sexualidade
Vivência problemática da sexualidadeVivência problemática da sexualidade
Vivência problemática da sexualidade
 
Panfleto piscina de ondas 2013
Panfleto piscina de ondas 2013Panfleto piscina de ondas 2013
Panfleto piscina de ondas 2013
 
Amor e familia na biblia
Amor e familia na bibliaAmor e familia na biblia
Amor e familia na biblia
 
O amor pilar da família
O amor   pilar da famíliaO amor   pilar da família
O amor pilar da família
 
Adopção e fecundidade
Adopção e fecundidadeAdopção e fecundidade
Adopção e fecundidade
 
Ecologia de lagos
Ecologia de lagosEcologia de lagos
Ecologia de lagos
 
Amor na arte
Amor na arteAmor na arte
Amor na arte
 
Planeamento familiar
Planeamento familiarPlaneamento familiar
Planeamento familiar
 
Panfletointerescolas 1ºciclo
Panfletointerescolas 1ºcicloPanfletointerescolas 1ºciclo
Panfletointerescolas 1ºciclo
 
Cartaz interescolas3b
Cartaz interescolas3b Cartaz interescolas3b
Cartaz interescolas3b
 
Símbolos+da+páscoa
Símbolos+da+páscoaSímbolos+da+páscoa
Símbolos+da+páscoa
 

Semelhante a Ecologia ! moral

Sucessões ecológicas
Sucessões ecológicasSucessões ecológicas
Sucessões ecológicas
Larj
 
Ecossistema 3
Ecossistema 3Ecossistema 3
Ecossistema 3
estagio2
 
Ecossistema
EcossistemaEcossistema
Ecossistema
estagio2
 

Semelhante a Ecologia ! moral (20)

Ecologia - Fundamentos
Ecologia - FundamentosEcologia - Fundamentos
Ecologia - Fundamentos
 
Ecologia. Fundamentos. aulas para ensino médio em slides
Ecologia. Fundamentos. aulas para ensino médio em slidesEcologia. Fundamentos. aulas para ensino médio em slides
Ecologia. Fundamentos. aulas para ensino médio em slides
 
Ecologia 7
Ecologia 7Ecologia 7
Ecologia 7
 
Sucessões ecológicas
Sucessões ecológicasSucessões ecológicas
Sucessões ecológicas
 
Ecologia
EcologiaEcologia
Ecologia
 
05 De Junho Dia Mundial Meio Ambiente.pptx
05 De Junho Dia Mundial Meio Ambiente.pptx05 De Junho Dia Mundial Meio Ambiente.pptx
05 De Junho Dia Mundial Meio Ambiente.pptx
 
1 parte ecologia
1 parte ecologia1 parte ecologia
1 parte ecologia
 
Ecossistema 3
Ecossistema 3Ecossistema 3
Ecossistema 3
 
Ecossistema 3
Ecossistema 3Ecossistema 3
Ecossistema 3
 
Ecologia socorro
Ecologia socorroEcologia socorro
Ecologia socorro
 
Unidade i a vida e o ambiente
Unidade i   a vida e o ambienteUnidade i   a vida e o ambiente
Unidade i a vida e o ambiente
 
Ecossistemas
EcossistemasEcossistemas
Ecossistemas
 
Ciencias para o 6º ano ver
Ciencias para o 6º ano   verCiencias para o 6º ano   ver
Ciencias para o 6º ano ver
 
Ecossistema
EcossistemaEcossistema
Ecossistema
 
Biosfera
BiosferaBiosfera
Biosfera
 
enemem100dias-apostila-biologia.pdf
enemem100dias-apostila-biologia.pdfenemem100dias-apostila-biologia.pdf
enemem100dias-apostila-biologia.pdf
 
Ecologia
EcologiaEcologia
Ecologia
 
Ecologia Básica
Ecologia BásicaEcologia Básica
Ecologia Básica
 
Ecologia e recursos naturais
Ecologia e recursos naturaisEcologia e recursos naturais
Ecologia e recursos naturais
 
1 ecologia e recursos naturais
1   ecologia e recursos naturais1   ecologia e recursos naturais
1 ecologia e recursos naturais
 

Mais de Zaara Miranda

Regulamento concurso interno de leitura 2014 (2)
Regulamento concurso interno de leitura 2014 (2)Regulamento concurso interno de leitura 2014 (2)
Regulamento concurso interno de leitura 2014 (2)
Zaara Miranda
 
Regulamento concurso interno de leitura 2014 (2)
Regulamento concurso interno de leitura 2014 (2)Regulamento concurso interno de leitura 2014 (2)
Regulamento concurso interno de leitura 2014 (2)
Zaara Miranda
 
Calendarização semana da leitura 2014 def.
Calendarização semana da leitura 2014 def.Calendarização semana da leitura 2014 def.
Calendarização semana da leitura 2014 def.
Zaara Miranda
 
Escalonamento maratona da leitura
  Escalonamento maratona da leitura  Escalonamento maratona da leitura
Escalonamento maratona da leitura
Zaara Miranda
 
Poemas concurso de leitura 2013 14 1
Poemas concurso de leitura 2013 14 1Poemas concurso de leitura 2013 14 1
Poemas concurso de leitura 2013 14 1
Zaara Miranda
 
Cnl 1fase alunos apurados
Cnl 1fase   alunos apuradosCnl 1fase   alunos apurados
Cnl 1fase alunos apurados
Zaara Miranda
 
Cnl regulamento-1ª fase 2013-14
Cnl regulamento-1ª fase 2013-14Cnl regulamento-1ª fase 2013-14
Cnl regulamento-1ª fase 2013-14
Zaara Miranda
 
Escalonamento turmas feira do livro 2012 13[1]
Escalonamento turmas feira do livro 2012 13[1]Escalonamento turmas feira do livro 2012 13[1]
Escalonamento turmas feira do livro 2012 13[1]
Zaara Miranda
 
Desdobr. prog.feira do livro 2013
Desdobr. prog.feira do livro  2013Desdobr. prog.feira do livro  2013
Desdobr. prog.feira do livro 2013
Zaara Miranda
 
Outubro mês internacional das bibliotecas
Outubro   mês internacional das bibliotecasOutubro   mês internacional das bibliotecas
Outubro mês internacional das bibliotecas
Zaara Miranda
 
Baleias em vias de extinção
Baleias em vias de extinçãoBaleias em vias de extinção
Baleias em vias de extinção
Zaara Miranda
 
Panfleto acampamento 2013
Panfleto acampamento 2013Panfleto acampamento 2013
Panfleto acampamento 2013
Zaara Miranda
 
Programa 15 de março 2013
Programa   15 de março 2013Programa   15 de março 2013
Programa 15 de março 2013
Zaara Miranda
 

Mais de Zaara Miranda (20)

Regulamento concurso interno de leitura 2014 (2)
Regulamento concurso interno de leitura 2014 (2)Regulamento concurso interno de leitura 2014 (2)
Regulamento concurso interno de leitura 2014 (2)
 
Regulamento concurso interno de leitura 2014 (2)
Regulamento concurso interno de leitura 2014 (2)Regulamento concurso interno de leitura 2014 (2)
Regulamento concurso interno de leitura 2014 (2)
 
Calendarização semana da leitura 2014 def.
Calendarização semana da leitura 2014 def.Calendarização semana da leitura 2014 def.
Calendarização semana da leitura 2014 def.
 
Escalonamento maratona da leitura
  Escalonamento maratona da leitura  Escalonamento maratona da leitura
Escalonamento maratona da leitura
 
Poemas concurso de leitura 2013 14 1
Poemas concurso de leitura 2013 14 1Poemas concurso de leitura 2013 14 1
Poemas concurso de leitura 2013 14 1
 
Cnl 1fase alunos apurados
Cnl 1fase   alunos apuradosCnl 1fase   alunos apurados
Cnl 1fase alunos apurados
 
Cnl regulamento-1ª fase 2013-14
Cnl regulamento-1ª fase 2013-14Cnl regulamento-1ª fase 2013-14
Cnl regulamento-1ª fase 2013-14
 
Regulamento cnl2014
Regulamento cnl2014Regulamento cnl2014
Regulamento cnl2014
 
Escalonamento turmas feira do livro 2012 13[1]
Escalonamento turmas feira do livro 2012 13[1]Escalonamento turmas feira do livro 2012 13[1]
Escalonamento turmas feira do livro 2012 13[1]
 
Desdobr. prog.feira do livro 2013
Desdobr. prog.feira do livro  2013Desdobr. prog.feira do livro  2013
Desdobr. prog.feira do livro 2013
 
Jesus e a humildade
Jesus e a humildadeJesus e a humildade
Jesus e a humildade
 
Regulamento cnl2014
Regulamento cnl2014Regulamento cnl2014
Regulamento cnl2014
 
Outubro mês internacional das bibliotecas
Outubro   mês internacional das bibliotecasOutubro   mês internacional das bibliotecas
Outubro mês internacional das bibliotecas
 
Lince ibérico
Lince ibéricoLince ibérico
Lince ibérico
 
Panda 1
Panda 1Panda 1
Panda 1
 
Baleias em vias de extinção
Baleias em vias de extinçãoBaleias em vias de extinção
Baleias em vias de extinção
 
A águia real
A águia realA águia real
A águia real
 
Panfleto acampamento 2013
Panfleto acampamento 2013Panfleto acampamento 2013
Panfleto acampamento 2013
 
Programa 15 de março 2013
Programa   15 de março 2013Programa   15 de março 2013
Programa 15 de março 2013
 
Dia de s. valentim
Dia de s. valentimDia de s. valentim
Dia de s. valentim
 

Ecologia ! moral

  • 1. Ecologia ! Docente : Filipe Diogo Freitas Fernandes e Cláudio Marcelo Fernandes Ferreira Discente : Nancy Leite Escola : E.B 2,3 de S.Torcato Disciplina : EMRC ( Educação Moral e Religiosa Católica ) Ano : 8ºA
  • 2. Índice • Pequena bibliografia sobre a disciplina e os autores do trabalho a apresentar ; • Introdução ; • Ecologia ; • Meio Ambiente ; • O ecossistema ; • Poluição ; • Energias alternativas ; • Ecologia das populações ; • População ; • Migrações ; • Principais ambientes ecológicos ; • Florestas ; • Desertos ; • Montanhas ; • Rios ; • Lagos
  • 3. Introdução Como prova do nosso esforço , do nosso suor , do nosso empenho , da nossa dedicação , este trabalho nós concretizamos com todo o nosso carinho para vos demonstrar o conceito de ecologia. Iremos falar sobre diversos temas , principalmente sobre o meio ambiente , aprofundaremos o assunto , com os ecossistemas , os diferentes tipos de poluição , energias alternativas , definição de população , a consistência das migrações e a alimentação . Irei também falar sobre os principais ambientes ecológicos. Queremos impressionar – vos com este trabalho , mas sobretudo a nossa intenção é aprender o conceito de ecologia , e tratar do planeta como se fosse o vosso local de abrigo , a vossa casa.
  • 4. Ecologia A consciência de que na Terra existe uma íntima relação entre todos os seres vivos e o meio físico , no qual se desenvolvem, é inerente ao próprio pensamento humano desde os seus primórdios como espécie, sob a forma de instinto nos nossos antepassados mais primitivos. Por volta de 1869 , o biólogo alemão Ernst H. Haeckel chamou ecologia à ciência que se dedica ao estudo das relações que os vários seres vivos mantêm entre si e com o seu meio ambiente. A ecologia estuda todos os dados disponíveis sobre essas relações e a partir deles tenta tirar conclusões que se apliquem aos ecossistemas do nosso planeta.
  • 5. Meio ambiente Meio ambiente é o ambiente em que um dado organismo pode desenvolver as suas necessidades vitais. À medida que essas necessidades e a própria estrutura do organismo se vão tornando mais complexas, o meio ambiente no qual se desenvolvem torna – se mais amplo. Num meio podem distinguir – se três componentes básicas: a atmosfera, a água e o solo. A atmosfera é o invólucro gasoso do nosso planeta. A água é o meio original em que se desenvolveu a vida no nosso planeta e o conjunto de todas as suas massas constitui a hidrosfera. *complexas – diferentes *invólucro – cobertura, revestimento
  • 6. O ecossistema Pode definir – se o ecossistema, de um modo simples, como a unidade funcional da ecologia, que inclui todos os organismos e o meio físico em que eles vivem. O primeiro ecossistema seria, portanto, o planeta Terra, que mantém todos os organismos animais e vegetais num meio físico ( a crusta terrestre e os mares ). Designa – se por biótopo a parte física do ecossistema. Por exemplo, no caso de uma floresta, seria o solo, sobre o qual crescem as árvores.
  • 7. Poluição Considera – se como poluição qualquer alteração do ambiente provocada por interferência de origem humana e que seja desfavorável ao meio ambiente natural. A que afeta o ar e a água é a de que mais se fala; no entanto, existem outras formas de poluição com grande impacte no ambiente, tanto humano como animal, como, por exemplo, a poluição sonora, que, nas cidades, provoca doenças nos seus habitantes. A poluição atmosférica implica a presença de substâncias tóxicas ou partículas em suspensão no ar, o aumento da temperatura, etc. Os efeitos destas perturbações manifestam – se tanto nos seres humanos (com o aparecimento de doenças respiratórias, por vezes mortais), como na natureza.
  • 8. ...
  • 9. Energias alternativas Para além da poluição, um dos aspetos práticos de que se ocupa a ecologia, se bem que de modo indireto, é o das energias alternativas, que também tem grande repercussão económica. Sob esta designação incluem – se todas as fontes de energia, se possível renováveis, que reduzem ao mínimo, ou inclusivamente anulam, qualquer ingerência nociva no meio ambiente. Realizaram – se estudos sobre a possibilidade de construir grandes turbinas que transformariam a energia das ondas e marés em eletricidade. No entanto, a sua localização poderia afetar os ecossistemas costeiros. O uso do vento como fonte de energia remonta a épocas muito antigas. A energia eólica é uma fonte energética totalmente limpa que, melhorando o rendimento dos moinhos, pode satisfazer parte das necessidades energéticas atuais.
  • 10. ...
  • 11. Ecologia das população As espécies animais e vegetais não se encontram distribuídas de modo contínuo por todo o espaço que habitam; agrupam – se em unidades de maior ou menor dimensão que ocupam a porção da sua área de distribuição que reúne as condições mais adequadas à sua sobrevivência.
  • 12. População Define – se a população como um conjunto de indivíduos da mesma espécie que ocupam uma determinada superfície da área de dispersão dessa espécie. As suas caraterísticas são o resultado estatístico das caraterísticas individuais dos elementos que a constituem, verificando – se um certo grau de diversidade.
  • 13. Migrações A migração consiste na deslocação de uma população animal, com caráter periódico, desde o local de residência até um outro, situado por vezes a grande distância. A origem das migrações está nas alterações produzidas no meio ambiente por causas diferentes (por exemplo, as mudanças de estação, a chegada das chuvas, etc.), que motivam um agravamento das condições de vida da zona.
  • 14. Principais ambientes ecológicos Considera – se ambiente ecológico qualquer meio em que se desenvolvam organismos vivos. Uma primeira classificação permite distinguir três grandes tipos: o terrestre, o aquático e o aéreo.
  • 15. Florestas A floresta é uma formação vegetal fechada, formada por árvores de mais de cinco metros de altura.
  • 16. Desertos A ausência de vegetação importante, a ação dos agentes meteorológicos e a escassez extrema da chuva são as três caraterísticas principais dos desertos. As condições de vida são muito difíceis e as plantas tiveram que se adaptar para sobreviverem num ambiente em que a presença de água é apenas esporádica.
  • 17. Montanhas As montanhas reúnem muitos dos tipos de ambientes ( tundra, estepe, pradaria, savana, floresta seca … )
  • 18. Rios Definidos como cursos de água permanentes, a sua importância é decisiva para muitos ecossistemas terrestres, apesar da pequena percentagem que ocupam em relação ao total das águas do planeta.
  • 19. Lagos O ecossistema formado pelos lagos pode variar em função do grau de comunicação que tenham com o meio envolvente, ou seja, se são fechados ou se apresentam afluentes e efluentes.
  • 20. Conclusão Espero que tenham gostado desta pequena demonstração do que é a ecologia , e que tenham aprendido alguma coisa , pois aplicamo - nos imenso para demonstrar este trabalho.