Quem mexeu no meu queijo?

225 visualizações

Publicada em

Análise do livro "Quem mexeu no meu queijo?" com relação à IBM, Petrobrás e Telefônica, elencada por funcionários das empresas, para o seminário apresentado na aula de Gestão de Equipes na FATEC Baixada Santista - Rubens Lara.

Referência:
JOHNSON, Spencer; DE KENNETH BLANCHARD, Prefácio. Quem mexeu no meu Queijo?. Record, 2002.

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
225
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Quem mexeu no meu queijo?

  1. 1. Gestão de Equipes Análise e Desenvolvimento de Sistemas QUEM MEXEU NO MEU QUEIJO? Professora Simone David Faculdade de Tecnologia da Baixada Santista Integrantes: Allan Alencar – Ana Carolina – Andrei – Carlos Augusto – Rafael Gaudeoso – Stephany Nusch – Yuri Gregorio
  2. 2. Quem mexeu no meu queijo?
  3. 3. Sobre o livro Quem mexeu no meu queijo? A história aborda dilemas enfrentados por dois ratos, dois duentes, envolvendo um labirinto e queijos. Spencer Johnson
  4. 4. “A vida não é um corredor reto e tranquilo que nós percorremos livres e sem empecilhos, mas um labirinto de passagens, pelas quais nós devemos procurar nosso caminho, perdidos e confusos, de vez em quando presos em um beco sem saída”. A. J. Cronin
  5. 5. ■ Ter queijo o faz feliz; ■ Quanto mais importante seu queijo é para você menos você deseja abrir mão dele; ■ Se você não mudar, morrerá; ■ O que você faria se não tivesse medo? ■ Cheire o queijo com frequência para saber quando [ele] está ficando velho; ■ O movimento em uma nova direção ajuda-o a encontrar um novo queijo; ■ Quando você vence o seu medo, sente-se livre; ■ Imaginar-me saboreando o novo queijo, antes mesmo de encontrá-lo, conduz-me a ele; ■ Quanto mais rápido você se esquecer do velho queijo, mais rápido encontra um novo; ■ É mais seguro procurar no labirinto do que permanecer sem queijo; ■ Velhas crenças não o levam ao novo queijo; ■ Quando você acredita que pode encontrar e apreciar um novo queijo, muda de direção; ■ Notar cedo as pequenas mudanças ajuda-o a adaptar-se às maiores que ocorrerão.
  6. 6. A história por detrás da história
  7. 7. A História por Trás da História ■ Charlie Jones, comentarista da NBC – TV ■ “A adaptabilidade às mudanças é uma condição indispensável para a sobrevivência de pessoas e organizações, e mais ainda para seu sucesso na economia global de hoje. Quem consegue se adaptar é recompensado.” Kenneth Blanchard, Ph.D.
  8. 8. Empresa de soluções A transformação Louis V Gerstner Jr Hardware Crise de 90
  9. 9. Obrigado! Fim
  10. 10. JOHNSON, Spencer; DE KENNETH BLANCHARD, Prefácio. Quem mexeu no meu Queijo?. Record, 2002. Referências

×