Jardins do Reid’s Palace Unidade Curricular: Geografia Turística Docente: Raimundo Quintal
INTRODUÇÃO Símbolo da hotelaria nacional e internacional, o Reid’s Palace integra actualmente a prestigiada cadeia de hoté...
<ul><li>Com uma arquitectura bem integrada na paisagem, o ex-líbris da hotelaria madeirense ganhou fama pela beleza exótic...
3 Um dos projectos recentemente implementados, foi o “Jardim das ervas”. O intuito da criação destes canteiros de ervas ar...
<ul><li>Responsáveis por assumirem um papel regulador do clima urbano, as árvores desempenham não só um papel ornamental, ...
Schótia Schotia brachypetala Chama da Floresta  Spathodea campanulata Cica Cycas revoluta Barbusano Apollonias barbujana P...
Antúrio Anthurium Polygala Polygala vulgaris Sálvia Branca Salvia leucantha Oxalis Oxalis pes-caprae Aloé Aloe arborescens...
Urze de Jardim Leptospermum scoparium 7 Trepadeiras e Arbustos Glicinia Wisteria sinensis Pastinha Ficus radicans Grama-pr...
8 Fotografias de outros tempos - 1936 Fotos da  actualidade
Conclusão Esta unidade hoteleira tornou-se ao longo dos anos, numa incontornável referência no turismo à escala mundial. D...
Trabalho executado por : Susana Baptista Abreu Aguilar Pinto Abril/Maio de 2009
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Reids Palace Hotel

459 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
459
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Reids Palace Hotel

  1. 1. Jardins do Reid’s Palace Unidade Curricular: Geografia Turística Docente: Raimundo Quintal
  2. 2. INTRODUÇÃO Símbolo da hotelaria nacional e internacional, o Reid’s Palace integra actualmente a prestigiada cadeia de hotéis “Orient-Express Hotels” e é membro dos “Leading Hotels of the World”. A sua localização privilegiada sobre o Atlântico no topo de uma falésia, os dez hectares de exuberantes jardins subtropicais e a qualidade do seu serviço, tornam esta unidade hoteleira num dos hotéis mais famosos do mundo. 1
  3. 3. <ul><li>Com uma arquitectura bem integrada na paisagem, o ex-líbris da hotelaria madeirense ganhou fama pela beleza exótica dos seus jardins tropicais e desde logo tornou-se num local de repouso para celebridades de todo o mundo. </li></ul>Ao longo dos vários patamares dos jardins, algumas das plantas encontram-se identificadas com o nome científico e a família a que pertencem. 2
  4. 4. 3 Um dos projectos recentemente implementados, foi o “Jardim das ervas”. O intuito da criação destes canteiros de ervas aromáticas, é torná-los na base de algumas confecções culinárias, infusões e potencialmente, como composto de óleos de massagem no Spa. Neste espaço, podemos encontrar alecrim, coentros, funcho, hortelã-pimenta, louro, orégão entre tantos outros , fazendo as delícias de todos aqueles que visitam o “canteiro do chefe”.
  5. 5. <ul><li>Responsáveis por assumirem um papel regulador do clima urbano, as árvores desempenham não só um papel ornamental, mas impedem o excesso de calor durante o dia e o de frio à noite. </li></ul><ul><li>Funcionam inclusivamente como elemento de captação de poeiras e partículas promovendo desta feita, uma melhor qualidade de vida no espaço citadino. </li></ul>Abaixo, indico algumas das espécies mais preponderantes que podemos encontrar no sumptuoso jardim do Hotel, ilustradas por algumas imagens. 4
  6. 6. Schótia Schotia brachypetala Chama da Floresta Spathodea campanulata Cica Cycas revoluta Barbusano Apollonias barbujana Palmeira-das-canárias Phoenix canariensis 5 Árvores e Palmeiras Pimenteira-bastarda Schinus molle Jacarandá Jacaranda mimosifolia Bauínia Bauhinia variegata Dragoeiro Dracaena draco Palmeira azul Brahea armata Árvore das salsichas kigelia Africana Cipreste do Oregão Chamaecyparis lawsoniana Eufórbia gigante Euphorbia ingens Figueira Ficus benjamina Agave Pescoço de Cisne Agave attenuata Martinete Callistemon rigidus
  7. 7. Antúrio Anthurium Polygala Polygala vulgaris Sálvia Branca Salvia leucantha Oxalis Oxalis pes-caprae Aloé Aloe arborescens Mill Cássia Senna didymobotrya Estrelícia Reginae Strelitzia Feto Corno-de-veado Platycerium bifurcatum 6 Flores e Folhagens Verdadeiramente ornamentais, abaixo indico as flores e folhagens existentes, ilustradas igualmente com algumas imagens:
  8. 8. Urze de Jardim Leptospermum scoparium 7 Trepadeiras e Arbustos Glicinia Wisteria sinensis Pastinha Ficus radicans Grama-preta Ophiopogon japonicus Trepadeira-jade Strongylodon macrobotrys Massaroco Echium candicans Cacto trepador Hylocereus undatus Buganvília Bougainvillea Lantana Lantana câmara
  9. 9. 8 Fotografias de outros tempos - 1936 Fotos da actualidade
  10. 10. Conclusão Esta unidade hoteleira tornou-se ao longo dos anos, numa incontornável referência no turismo à escala mundial. Desde logo, os jardins assumiram uma importância indissociável na notoriedade e distinção do hotel, sendo incontestavelmente uma mais-valia para o mesmo. Esta “jóia da coroa” levada a cabo em diversos patamares desde o hotel ao nível da piscina, enfeitiça todos aqueles que a contemplam, abarcando a área total de 17.400m2. Graças à execução deste trabalho e ao necessário levantamento das espécies existentes neste jardim, pude constatar o relevo que os mesmos têm e a preponderância que assumem na escolha do cliente. Tive oportunidade de ler alguns comentários dos nossos hóspedes e muitos deles elogiam efectivamente os espaços verdes considerando-os um verdadeiro “retiro espiritual”. Além dos jardins de uma forma geral, serem incontornavelmente um nicho para o turismo na Madeira, a sua existência nesta unidade hoteleira assume um papel determinante para que o cliente nos eleja. Pelos motivos supracitados, torna-se fundamental promover estratégias de conservação deste património e também da própria flora indígena madeirense. Com o intuito da preservação deste maravilhoso espaço, sugiro que sejam executadas podas de árvores ornamentais, análises laboratoriais de apoio ao diagnóstico (análises ao solo e à água), sejam diagnosticados eventuais problemas e divulgadas estratégias de protecção e/ou medidas preventivas. Julgo que seria igualmente relevante a criação de uma base de dados que disponibilizasse um sistema de informação geográfica, além da produção e elaboração de placas identificativas para árvores, arbustos e herbáceas acompanhadas dos respectivos folhetos técnicos.
  11. 11. Trabalho executado por : Susana Baptista Abreu Aguilar Pinto Abril/Maio de 2009

×