Rafael Oliveira
Bruna Cultienski
MC-028 | MC-056
Visão Geral do CodeIgniter
•O Code Igniter é um framework de aplicações, um conjunto
de ferramentas pra quem desenvolve ap...
O Code Igniter tem algumas vantagens :
•Gratuito
•disponibilizado sob uma licença de código aberto
• podendo ser utilizado...
O Code Igniter usa a abordagem Model-View-Controller,
que permite a ótima separação entre a lógica a
apresentação. Isto é ...
As URLs geradas pelo Code Igniter são limpas e amigáveis aos motores
de busca. No lugar de usar a abordagem padrão "query ...
O Code Igniter vem Recheado de Coisas
Ele vem com uma grande variedade de bibliotecas que abrange a
maioria das tarefas do...
Arquitetura MVC
Model View Controller ou Modelo-Visão-Controlador é um padrão de
arquitetura de aplicações que visa separa...
Tenha uma coisa em mente: quando pensar em Model, pense
em estruturas de dados! Num software baseado em MVC, é o Model
que...
class Model_name extends Model
{
function Model_name()
{
parent::Model();
}
}
MODEL
Estrutura:
Arquitetura MVC
VIEW
É a apresentação, é o que aparece, é o que é visualizado por quem
usa o sistema. É no View que as informações, sejam ...
<html>
<head>
<title>Meu Blog</title>
</head>
<body>
<h1>Bem-vindo ao meu
Blog!</h1>
</body>
</html>
VIEW
Estrutura:
Arqui...
CONTROLLER
Como sugere o nome, é responsável por controlar todo o fluxo do
programa. É o “cérebro” e o “coração” do aplica...
<?php
class Blog extends Controller {
function index()
{
echo 'Hello World!';
}
}
?>
CONTROLLER
Estrutura:
Arquitetura MVC
O Code Igniter tem uma abordagem mais solta em relação ao MVC, já
que Models não são obrigatórios. Se você não precisa des...
Fluxograma da aplicação
O index.php serve como um controlador primário, iniciando os recursos básicos necessários para rod...
Todas as bibliotecas disponíveis estão localizadas em seu diretório
system/libraries. Na maioria dos casos, usar uma dessa...
Desenvolvimento Aplicação
•Cadastro/Alteração/Exclusão/Listagem de Noticias
•Uso de sessões para autenticação de usuários....
Desenvolvimento Aplicação
Desenvolvimento Aplicação
DESENVOLVIMENTO
Infoeste 2014 - Desenvolvimento de um CMS com Codeigniter Framework(PHP)
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Infoeste 2014 - Desenvolvimento de um CMS com Codeigniter Framework(PHP)

1.425 visualizações

Publicada em

Mini Curso introdutório ao Framework Codeigniter na Infoeste 2014 (Semana de computação e informatica)

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.425
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
533
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
33
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Infoeste 2014 - Desenvolvimento de um CMS com Codeigniter Framework(PHP)

  1. 1. Rafael Oliveira Bruna Cultienski MC-028 | MC-056
  2. 2. Visão Geral do CodeIgniter •O Code Igniter é um framework de aplicações, um conjunto de ferramentas pra quem desenvolve aplicações WEB. •Seu objetivo é facilitar a vida do desenvolvedor web, com suas bibliotecas voltadas pra tarefas comuns, com uma lógica simples possibilitando o de desenvolver projetos mais rapidamente do que se estivesse codificando do 0.
  3. 3. O Code Igniter tem algumas vantagens : •Gratuito •disponibilizado sob uma licença de código aberto • podendo ser utilizado de qualquer maneira. •Fácil aprendizado Visão Geral do CodeIgniter
  4. 4. O Code Igniter usa a abordagem Model-View-Controller, que permite a ótima separação entre a lógica a apresentação. Isto é particularmente bom para projetos em que designers estão trabalhando com seus arquivos template, já que o código nestes arquivos será mínimo. Nós explicamos a abordagem MVC em mais detalhes em sua própria página. Visão Geral do CodeIgniter
  5. 5. As URLs geradas pelo Code Igniter são limpas e amigáveis aos motores de busca. No lugar de usar a abordagem padrão "query string" para as URLs que é sinônimo de sistemas dinâmicos, Code Igniter usa uma abordagem baseada em segmentos: Query string: http://unoeste.br/site/CursoGraduacao/ExibeCurso.aspx?codigo=26 Seguimentos: http://unoeste.br/site/CursoGraduacao/ExibeCurso/26 Controller Parâmetro 1 Parâmetro 2 Visão Geral do CodeIgniter
  6. 6. O Code Igniter vem Recheado de Coisas Ele vem com uma grande variedade de bibliotecas que abrange a maioria das tarefas do desenvolvimento web, como acesso a um banco de dados, mandar e-mail, validar dados de um formulário, manter sessões, manipular imagens, trabalhar com dados XML-RPC e muito mais. Code Igniter é Extensível O sistema pode ser facilmente estendido através de bibliotecas de plugins e assistentes, ou através de extensões de classes ou ganchos de sistema. Visão Geral do CodeIgniter
  7. 7. Arquitetura MVC Model View Controller ou Modelo-Visão-Controlador é um padrão de arquitetura de aplicações que visa separar a lógica da aplicação (Model), da interface do usuário (View) e do fluxo da aplicação (Controller). Permite que a mesma lógica de negócios possa ser acessada e visualizada por várias interfaces. MVC também é utilizado em padrões de projetos de software, entretanto, MVC abrange mais da arquitetura de uma aplicação do que é típico para um padrão de projeto.
  8. 8. Tenha uma coisa em mente: quando pensar em Model, pense em estruturas de dados! Num software baseado em MVC, é o Model que tem o contato com as informações armazenadas e que são mostradas, estejam elas em um banco de dados, arquivo XML, ou onde quer que estejam. É no Model e somente no Model que as operações de CRUD devem acontecer. MODEL Arquitetura MVC
  9. 9. class Model_name extends Model { function Model_name() { parent::Model(); } } MODEL Estrutura: Arquitetura MVC
  10. 10. VIEW É a apresentação, é o que aparece, é o que é visualizado por quem usa o sistema. É no View que as informações, sejam elas quais forem e de de qual lugar tenha vindo, serão exibidas para a pessoa – logicamente acompanhadas de um bomdesign, uma boa estrutura organizacional, um ambiente agradável para quem está vendo, e muitos outros. Arquitetura MVC
  11. 11. <html> <head> <title>Meu Blog</title> </head> <body> <h1>Bem-vindo ao meu Blog!</h1> </body> </html> VIEW Estrutura: Arquitetura MVC
  12. 12. CONTROLLER Como sugere o nome, é responsável por controlar todo o fluxo do programa. É o “cérebro” e o “coração” do aplicativo; é no Controller que se decide “se”, “o que”, “quando”, “onde” e tudo o mais que faz com que a lógica funcione. Desde o que deve ser consultado no banco de dados à tela que vai ser exibida para quem usa o programa/sistema, é no Controller que tudo isso deve ser definido. Arquitetura MVC
  13. 13. <?php class Blog extends Controller { function index() { echo 'Hello World!'; } } ?> CONTROLLER Estrutura: Arquitetura MVC
  14. 14. O Code Igniter tem uma abordagem mais solta em relação ao MVC, já que Models não são obrigatórios. Se você não precisa desta facilidade, ou acha que manter models gerará mais complexidade que você quer, pode ignorá-las e construir sua aplicação apenas usando Controllers e Views. Code Igniter também proporciona que você incorpore seus próprios scripts, ou mesmo desenvolva bibliotecas para o sistema, lhe possibilitando trabalhar de um jeito que faça mais sentido para você. Arquitetura MVC
  15. 15. Fluxograma da aplicação O index.php serve como um controlador primário, iniciando os recursos básicos necessários para rodar o Code Igniter. O roteador examina a requisição HTTP para determinar o que deve ser feito com ela. Se já existem o arquivo 'cacheado', ele é enviado diretamente ao browser, pulando as outras etapas de execução. Segurança. Antes da controller de aplicação ser carregado, a requisição HTTP e qualquer dado submetido pelo usuário é filtrado por segurança. O Controller carrega o model as bibliotecas principais, plugins, assisntes e qualquer outro recurso necessário para processar a requisição específica. A View finalizada é renderizada e então enviada ao browser para ser vista. Se o cache está habilitado, a view é 'cacheada' primeiro para que seja servida em requisições subseqüentes. Arquitetura MVC
  16. 16. Todas as bibliotecas disponíveis estão localizadas em seu diretório system/libraries. Na maioria dos casos, usar uma dessas classes envolve inicializá-la dentro de um controller utilizando a seguinte função: $this->load->library('classe'); Bibliotecas Onde classe é a classe que você deseja chamar. Por exemplo, para carregar a classe de validação, você deverá fazer o seguinte: $this->load->library('validation'); Arquitetura MVC
  17. 17. Desenvolvimento Aplicação •Cadastro/Alteração/Exclusão/Listagem de Noticias •Uso de sessões para autenticação de usuários. •Uploads de Imagens (Redimensionamento, Conversão e geração de miniaturas) •Integração com Framework Bootstrap (Front-End) para criações de interfaces •Criação do site (Listagem de noticias, paginações, mostra de uma noticias) •Uso de Bibliotecas do Framework (Email, gmaps, xml) **de acordo com o tempo
  18. 18. Desenvolvimento Aplicação
  19. 19. Desenvolvimento Aplicação DESENVOLVIMENTO

×