Apresentação da teleconferência 3 t08

449 visualizações

Publicada em

Publicada em: Turismo, Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
449
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
17
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação da teleconferência 3 t08

  1. 1. 3T08Teleconferência e Webcast Novembro 2008
  2. 2. Aviso Legal Esta apresentação pode incluir declarações que representemexpectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com aregulamentação de valores mobiliários brasileira e internacional. Essasdeclarações estão baseadas em certas suposições e análises feitas pelaCompanhia de acordo com sua experiência e o ambiente econômico enas condições de mercado e nos eventos futuros esperados, muitos dosquais estão fora do controle da Companhia. Fatores importantes, que podem levar a diferenças significativasentre os resultados reais e as declarações de expectativas sobre eventosou resultados futuros, incluem a estratégia de negócios da Companhia,as condições econômicas brasileira e internacional, tecnologia, estratégiafinanceira, desenvolvimentos do setor de infra-estrutura, condições domercado financeiro, condições do comércio internacional e incerteza arespeito dos resultados de suas operações futuras. Em razão dessesfatores, os resultados reais da Companhia podem diferirsignificativamente daqueles indicados ou implícitos nas declarações deexpectativas sobre eventos ou resultados futuros. 2
  3. 3. Resultados Consolidados – 3T08 & 9M08 (US$ milhões) Receita Líquida Resultado Operacional Receita líquida +26,9% em 3T08; +32,7% em 26,9% 32,7% 9M08; EBITDA -1,8% em 3T08; 25,1% em 9M08 Mix de serviços mais rentável, crescimento moderado de volume e cenário adverso do câmbio 132,4 380,8 104,3 287,0 Conclusão da expansão do 3º berço Tecon RG Entrega de novo PSV -11,5% 22,3% Ganho / Perda na conversão afetou resultados 26,3 23,2 53,3 65,2 Créditos fiscais e provisões 3T07 3T08 9M07 9M08 Margem Operacional 25,2% 17,6% 18,6% 17,1% Lucro Líquido (US$ milhões) EBITDA (US$ milhões) 25,1% 3,6% 41,9 82,8 -1,8% 19,2 66,2 -84,0% 30,8 40,4 30,2 3,1 3T07 3T08 9M07 9M08 3T07 3T08 9M07 9M08Margem 29,5% 22,8% 23,1% 21,7% Margem 18,4% 2,3% 14,1% 11,0%EBITDA Líquida 3
  4. 4. DestaquesTerminais Portuários - Expansão Tecon Rio Grande: Conclusão da obra civil de expansão do 3º berço; Expectativa em Rio Grande de aumento da produtividade para 60 contêineres / hora;Rebocadores – Perspectivas de crescimento 6 novos rebocadores a serem entregues em 2009 – foco em serviços de maior valor agregado – operações especiais, através de suporte a atividades de offloading e salvatagem;Offshore – Entrega de PSV PSV Atoba lançado em setembro 08; Frota total de 5 PSVs: 5 PSV em contratos de longo prazo com a Petrobras, 2 PSVs em serviços especiais até 2010; Joint Venture com Magallanes Navegação Brasileira S.A., pertencente ao Grupo Ultratug, para operação de embarcações de apoio marítimo à exploração e produção de petróleo e gás no Brasil;Estaleiro - Construções Planos de expansão para Estaleiro: (i) área próxima às instalações do Estaleiro Guarujá (~US$ 41 milhões de investimento), e (ii) área em Rio Grande (~US$ 60 milhões de investimento) – potencial para construção de navios maiores;Logística - Perspectivas Foco em serviços destinados a prover soluções completas da cadeia de suprimentos;Novos Projetos Em outubro de 2008, a Companhia anunciou ao mercado que o Conselho Diretor do Fundo da Marinha Mercante (FMM) aprovou o pedido de prioridade para a utilização de recursos da ordem de US$ 896 milhões, para a construção de novas embarcações OSVs (offshore support vessels) e rebocadores.
  5. 5. Terminais Portuários INDICADORES OPERACIONAIS Receita Líquida (US$ milhões) Var. =+17,8% Var. =+21,4% TEUs (‘000)Var. = -7,7% Var. = -5,9% 662 242 623 224 297 107 295 105 130,1 107,1 47,4 68 186 151 40,2 57 29 31 81 88 38 32 98 89 3T07 3T08 9M07 9M08 3T07 3T08 9M07 9M08 Longo Curso Cheio Longo Curso Vazio Cabotagem Outros EBITDA (US$ milhões) e Margem EBITDA (%) Var. =+30,3% Var. =+33,0%Receita (US$ milhões) e Participação (%) da Brasco 35,8%Var. =-88,9% Var. =-41,4% 32,6% 38,1% 9,9% 10.2% 34,5% 4,9% 46,5 11,0 0,9% 35,0 4,0 18,1 6,4 13,9 0,4 3T07 3T08 9M07 9M08 3T07 3T08 9M07 9M08 5
  6. 6. Rebocagem INDICADORES OPERACIONAIS Receita Líquida (US$ milhões) Var. =-7,9% Var. =+8,6% Nº de ManobrasVar. =-8,0% Var. =-0,9% 114,7 42.807 42.403 105,7 15.044 41,0 37,7 13.835 3T07 3T08 9M07 9M08 3T07 3T08 9M07 9M08 Participação de Operações Especiais (%) EBITDA (US$ milhões) e Margem EBITDA (%) Var. =-22,2% Var. =+7,3% 35,4% 35,0% 40,1% 8,5% 8,5%3T08 7,0% 33,9% 5,6% 40,2 37,4 16,4 3T07 9M07 12,8 3T08 9M08 Manobras Portuárias Operações Especiais 3T07 3T08 9M07 9M08 6
  7. 7. Logística INDICADORES OPERACIONAIS Receita Líquida (US$ milhões) Nº de Viagens Var. =+35,6% Var. =+45,8%Var. =+10,2% Var. =+7,2% 24,4 69,0 53.293 19.625 49.733 18,0 47,3 17.805 9M07 9M08 3Q07 3Q08 9M07 9M08 3T07 3T08 Nº de Operações EBITDA (US$ milhões) e Margem EBITDA (%)Var. =+4,0% Var. =+4,0% Var. =-15,6% Var. =+12,0% 8,6% 7,7% 5,9% 5,3% 26 26 1,5 25 25 4,1 1,3 3,6 3T07 3T08 9M07 9M08 3T07 3T08 9M07 9M08 7
  8. 8. Agenciamento Marítimo INDICADORES OPERACIONAIS Receita Líquida (US$ milhões) Var. =-17,7% Var. =-4,9% Nº de Escalas Atendidas (‘000)Var. = +4,7% Var. = +8,4% 1.416 4.427 1.352 4.083 15,2 14,4 5,5 4,5 3T07 3T08 9M07 9M08 Nº de BLs Processados (‘000)Var. = -32,8% Var. = -19,7% 3T07 3T08 9M07 9M08 EBITDA (US$ milhões) e Margem EBITDA (%) 27.192 80.075 Var. =-67,6% Var. =-56,3% 64.308 18.275 46,3% 39,8% 3T07 3T08 9M07 9M08 Nº de Contêineres Controlados (‘000) 18,3%Var. = -30,2% Var. = -16,6% 2,5 18,3% 6,0 54.138 155.733 129.931 37.774 2,6 0,8 3T07 3T08 9M07 9M08 8 3T07 3T08 9M07 9M08
  9. 9. Offshore INDICADORES OPERACIONAIS Receita Líquida (US$ milhões) Nº de PSVs Var. =+106,6% Var. =+81,2%Var. =+66,7% Var. =+66,7% 6,3 13,8 5 5 3 3 3,0 7,6 3T07 3T08 9M07 9M08 3T07 3T08 9M07 9M08 Dias em Operação EBITDA (US$ milhões) e Margem EBITDA (%)Var. =+34,6% Var. =+33,1% Var. =+149,7% Var. =+115,5% 48,5% 45,4% 38,2% 40,1% 352 926 6,3 3,0 696 262 2,9 1,2 3T07 3T08 9M07 9M08 3T07 3T08 9M07 9M08 9
  10. 10. Atividades Não-Segmentadas EBITDA – 3T08 & 9M08 3T08 X 3T07 (US$ milhões) 9M08 X 9M07 (US$ milhões)(4,8) (5,8) (16,9) (18,8) +0,5 +0,4 (1,3) (0,6) +1,5 (2,7) +2,9 +0,2 Outros EBITDA 3T07 EBITDA 3T08 CPMF Resultado do Estaleiro Efeito Cambial Outros EBITDA 9M07 EBITDA 9M08 Efeito Cambial CPMF Resultado do Estaleiro 10
  11. 11. EBITDA 3T08 vs 3T07 3T08 x 3T07 (US$ milhões) : Crescimento de 3,1%, considerando o EBITDA Ajustado EBITDA Ajustado (US$ milhões) 3T08 3T07 Var. (%) EBITDA 30,2 30,8 -1,8 Provisão na Participação dos Lucros -2,1 -1,2 -77,3 Provisões para Phantom Stock Options 2,4 -0,8 n/d Crédito Fiscal e Outros 6,4 4,1 56,7 Ganho/Perda Regras IFRS -4,5 1,5 n/d Total 28,0 27,2 3,1 0,8 (4,1) 1,2 (1,5) Var. = +3,1%30,8 27,2 28,0 Crédito Fiscal e Outros EBITDA ajustado 3T07 EBITDA ajustado 3T08 Participação dos Phantom StockEBITDA 3T07 Ganho/Perda Regras Provisões para Provisão na Options Lucros IFRS 11
  12. 12. EBITDA 9M08 vs 9M079M08 x 9M07 (US$ milhões): Crescimento consistente do EBITDA confirma tendência em 2008 Var. = +25,1% 82,8 66,2 EBITDA 9M07 EBITDA 9M08 12
  13. 13. Lucro Líquido 3T08 vs 3T07 A variação cambial no final do trimestre impactou negativamente o Lucro Líquido do 3T08 FX: R$ vs US$R$ (Acumulado 2008) No final do 3T08, o Real desvalorizou 16,4% em comparação ao Dólar Lucro Líquido Var. 3T08 Ajustado = +22,8% Var. 3T08 Atual = -84,0% 23,6 19,2 Impacto da variação cambial explica a queda de 84,0% no Lucro 20,5 Líquido do 3T08: Resultado financeiro líquido negativo no valor de US$13,3 milhões, afetado pela perda do caixa denominado em Reais Conversão IFRS: aumento de US$7,2 milhões em imposto de renda, devido a mudanças no imposto de renda diferido (efeito contábil) 3,1 3T07 3T08 Ajustado * * Exclui US$13,3 milhões devido a perda do caixa denominado em Reais; US$7,2 milhões devido ao impacto da conversão de IFRS 13
  14. 14. Lucro Líquido 9M08 vs 9M07 9M08 x 9M07 (US$ milhões): Crescimento do Lucro Líquido Consolidado em 3,6% 93.8 (34,3) (27,9) (15,1) (4,2) (0,4) (3,6) (6,8) Aumento de 3,6%40.4 41.9 Financeiro Líquido e Despesas de Depreciação e IRPJ e CSLL Outras Despesas Resultado na VendaLucro Líquido 9M07 Lucro Líquido 9M08 Custos de Insumos Receita Líquida Ganho na Alienação e Matérias Primas de Investimento * Amortização Operacionais Pessoal Imobilizado Resultado de Ativo* Inclui ganho contábil de US$ 4,2 milhões, resultado da realização da venda da participação da Companhia nas Barcas S/A Transportes Marítimos. 14
  15. 15. Investimento Consistente e Baixo Nível de Endividamento INVESTIMENTOS ALAVANCAGEM EVOLUÇÃO DOS INVESTIMENTOS (US$ milhões) DETALHAMENTO DO ENDIVIDAMENTO Var. =-7,8% Var. =+13,9% (US$ milhões) 30/09/2008 30/06/2008 31/03/2008 R$ Denominado 4,9 6,0 0,1 59,7 US$ Denominado 153,3 155,6 144,0 25,2 52,4 23,2 Total Debt 158,2 161,6 144,1 3T07 3T08 9M07 9M08 INVESTIMENTO POR SEGMENTO INDICADORES DE ALAVANCAGEM3T08 3T07 36,0% 62,9% (US$ milhões) 30/09/2008 30/06/2008 31/03/2008 Curto Prazo 13,3 15,6 14,0 Longo Prazo 144,9 146,0 130,1 Endividamento Total 158,2 161,6 144,127,7% 0,6% ( - ) Caixa e aplicações -174,7 -201,0 -192,5 5,2% ( = ) Dívida/Caixa Líquido -16,5 -39,4 -48,4 21,1% 1,6% 0,4% 0,8% 28,8% 4,1% 10,8% Offshore Terminais Portuários Agenciamento Marítimo Logística Rebocadores Atividades não segmentadas 15
  16. 16. Relações com Investidores Felipe Gutterres Sandra CalcadoCFO das Operações no Brasil, Representante Gerente de Legal e Relações com Investidores Relações com Investidores E-mail: ri@wilsonsons.com.br E-mail: sandra.calcado@wilsonsons.com.br Telefone: + 55 (21) 2126-4222 Telefone: + 55 (21) 2126-4263 Website de RI: www.wilsonsons.com/ri E-mail de RI: BOVESPA: WSON11 Bloomberg: WSON11 BZ ri@wilsonsons.com.br Reuters: WSON11.SA
  17. 17. 3T08Teleconferência e Webcast Novembro 2008

×