Plano de gestão escolar 2016

460 visualizações

Publicada em

sdffghj

Publicada em: Carreiras
1 comentário
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Ótimas propostas! Além destas, outras propostas interessantes para melhorar a escola são: investimento nas reformas das instalações, programas que motivem o estudante, regras a serem seguidas com vigor, entre outras. Como sabemos, a escola deve ser um local de ambiente confortável para o aprendizado. Creio que um grêmio estudantil também seja uma excelente ideia para as escolas. Sou professor e penso que com a colaboração de todos os alunos, profissionais e presentes na escola, a escola será um ambiente bem melhor para se viver e estudar.
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
460
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
1
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Plano de gestão escolar 2016

  1. 1. Prof: Wilma Almeida Souza Ribeiro
  2. 2.  Desenvolver junto ao corpo docente, discente, administrativo, pedagógico, comunidade e Órgãos do Poder Público um trabalho efetivo de resgate do papel social e político da escola frente aos vários fatores intrínsecos e extrínsecos à comunidade que comprometem a dignidade, a responsabilidade social e a cidadania dos atores envolvidos.
  3. 3.  “Gestão democrática: Participação, transparência e democracia.”  Desenvolver um trabalho pedagógico que evidencie o compromisso com a democratização do saber.  Propiciar um ambiente educacional adequado a convivência pedagógica.  Promover um ambiente onde as relações entre os funcionários sejam regidas pela ética e respeito.
  4. 4.  Utilizar os recursos financeiros de forma transparente, com a participação efetiva da comunidade escolar.  Oferecer uma educação pública gratuita e de qualidade.  Buscar maior participação da comunidade na vida escolar.
  5. 5.  Garantir o desenvolvimento do Currículo da Educação Básica-Ensino Fundamental e do Ensino Médio e dos Parâmetros Curriculares Nacionais;  Melhorar a qualidade do ensino aprendizagem possibilitando a todos uma educação de qualidade, melhorando assim o índice avaliativo do IDEB;
  6. 6.  Diminuir o índice de reprovação e da evasão escolar;  Incentivar a comunidade escolar a participar das ações escolares;  Conscientizar os alunos de sua importância dentro do processo ensino-aprendizagem;
  7. 7.  Melhorar o acesso a internet na escola de acordo com as necessidades dos docentes e discentes;  Buscar condições de melhoramento da adequação física da escola, com prioridade para a cobertura do prédio escolar;  Buscar parcerias e recursos financeiros através de projetos;
  8. 8.  Dar continuidade dos projetos existentes e também desenvolver novos projetos voltados para a realidade dos estudantes (bullyng, alimentação saudável);  Incentivar a participação dos alunos nas avaliações educacionais e concursos externos;  Tornar a gestão escolar mais democrática;
  9. 9.  Planejar a aplicação de recursos em conjunto com funcionários, professores, APP, Conselho Deliberativo;  Otimizar e reestruturar a biblioteca da escola;  Através de reuniões pedagógicas, conscientizar os professores da necessidade de encontrar caminhos adequados para uma educação prazerosa;
  10. 10.  Promover a interatividade com os estudantes: incentivar e realizar atividades culturais, cívicas e esportivas;  Promover a educação inclusiva e o respeito às diferenças visto que as mesmas são inerentes à espécie humana;  Prover a escola de recursos materiais solicitados pelos professores e alunos.
  11. 11.  Acompanhamento dos resultados das avaliações internas e externas;  Acompanhamento e encaminhamento de casos especiais: indisciplinas, desvios comportamentais, problemas de aprendizagem;
  12. 12.  Acompanhamento do rendimento dos estudantes, e, nos casos de baixo rendimento, procurar os pais ou responsáveis;  Prevenção e acompanhamento da evasão escolar;  Realizar reuniões bimestrais com o intuito de avaliar o trabalho desenvolvido por todos os segmentos da escola (direção, secretaria, professores e servidores);
  13. 13.  Realizar reuniões com o Conselho Escolar para planejar suas ações e poder nortear melhor o seu trabalho, de forma que todos os membros intensifiquem sua participação na escola;  Buscar sempre parcerias entre a escola e comunidade nos projetos e ações desenvolvidos pela escola. Ex: Gincanas, Natal solidário etc;
  14. 14.  Planejar as aplicações dos recursos disponibilizados para a escola;  Confeccionar um painel demonstrativo de arrecadação e gastos mensais para exposição no hall de entrada da escola;  Lutar pela ampliação do espaço físico da escola: construção de um auditório, salas ambientes.
  15. 15.  Criar espaços lúdicos que promovam o resgate dos Jogos e brincadeiras tradicionais;  Formar parcerias;  Revitalização das áreas verdes e melhorias na sala de tecnologias.  Incentivar a criação de grupos de estudos monitorados pelos alunos que apresentarem melhor rendimento escolar;
  16. 16.  Apoiar e estimular o trabalho e as atividades desenvolvidas pela Sala de Recursos, pela Equipe de Apoio a Aprendizagem e pelo Serviço de Orientação educacional visando um melhor desenvolvimento de habilidades nos domínios cognitivo, afetivo e psicomotor dos nossos educandos;
  17. 17.  Criar um jornal-mural e um jornal escrito para a comunicação de eventos, fatos, curiosidades, dicas pedagógicas, notícias da comunidade e da própria escola, contando com a participação dos alunos, professores, servidores e direção da escola;  Buscar parcerias com universidades e Instituições governamentais e não- governamentais locais.
  18. 18.  Adquirir os materiais didáticos solicitados pelos professores.  Incentivar professores e alunos a utilizarem a biblioteca para leitura e pesquisa.  Dar continuidade à realização do projeto “Encontro Cultural”
  19. 19.  Início: 02/01/2016  Fim: 31/12/2019  Público alvo: comunidade escolar.

×