Custos Logísticos - Conceitos

19.836 visualizações

Publicada em

Material para aula de Custos Logísticos do curso Técnico em Logística do Senac ES.Professor Sérgio Lamas.

Publicada em: Educação
1 comentário
17 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
19.836
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
245
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
708
Comentários
1
Gostaram
17
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Custos Logísticos - Conceitos

  1. 1. GESTÃO DE CUSTOS LOGÍSTICO CUSTOS LOGISTICOS
  2. 2. CCUUSSTTOOSS LLOOGGÍÍSSTTIICCOOSS O objetivo de apuração dos Custos Logísticos é o de estabelecer políticas que possibilitem às empresas , simultaneamente , uma redução nos custos e a melhoria do nível de serviço oferecido ao cliente. Envolve o processos de identificação, classificação, mensuração, acumulação , análise e interpretação das informações operacionais , econômicas e financeiras.
  3. 3. 1. Conceitos básicos: Fornecer um maior Nível de Serviço. Ao menor custo logístico possível. Objetivo da Logística Fatores que influenciam os Custos Logísticos: Fatores Externos Condições das estradas Taxas Desqualificação da mão – de - obra Fatores Internos Políticas alfandegárias Estoque Armazenagem Transporte Pedidos
  4. 4. TOTAL COST No Planejamento de Soluções Logísticas Integradas, a análise do Custo Total é a chave. O objetivo dessa análise é minimizar os Custos Totais das Atividades da Cadeia Logística, ao invés do seu custo individual. 4
  5. 5. TRADE - OFFS  São as trocas compensatórias de custos entre os elementos das cadeias logísticas.  Um dos principais desafios da Logística é conseguir gerenciar a relação entre os elementos de custos e o nível de serviço requerido. 5
  6. 6. Conceitos de Custos aplicáveis à Logística FINALIDADE DA INFORMAÇÃO CLASSIFICAÇÃO DOS CUSTOS LOGÍSTICOS Quanto ao relacionamento com o objeto ( fornecedor, cliente, produto,regiões, etc..) Diretos e Indiretos Quanto ao comportamento diante do volume de atividade. Variáveis e Fixos Quanto ao relacionamento com o processo de gestão ( processo de tomada de decisões sejam de natureza estratégica, tática ou operacional ). Controláveis e Não Controláveis; Custos de Oportunidades; Custos Relevantes; Custos Irrecuperáveis; Custos Incrementais ou Diferenciais; Custos Ocultos ( Hidden Costs ); Custo Padrão; Custo Meta; Custo Kaizen; Custo de Ciclo de Vida.
  7. 7. Conceitos de Custos aplicáveis à Logística CLASSIFICAÇÃO DOS CUSTOS LOGÍSTICOS CONCEITOS CUSTOS DIRETOS Custos de Transportes na distribuição, que podem ser identificados em função dos produtos faturados e entregues a cada cliente CUSTOS INDIRETOS Custos de Tecnologia de Informação utilizada em processo logístico que atenda a diversos clientes. CUSTOS FIXOS Custos com armazenagem própria, contemplando a depreciação dos ativos logísticos, os gastos com a mão-de-obra mensalista, etc.. CUSTOS VARIÁVEIS Frete varia em função do volume a ser entregue a determinado cliente se este for contratado em função das unidades físicas a serem transportadas.
  8. 8. Conceitos de Custos aplicáveis à Logística CLASSIFICAÇÃO DOS CUSTOS LOGÍSTICOS CONCEITOS CUSTOS CONTROLÁVEIS E NÃO CONTROLÁVEIS Controláveis -> varia com o volume de esforço de um processo/atividade. É aquele que é influenciado pela decisão e ação de um gestor. Não Controláveis ->Não é influenciado pela decisão e ação de um gestor. Ex. gastos com segurança e limpeza. CUSTOS DE OPORTUNIDADE Quanto a empresa sacrificou em termos de remuneração por ter aplicado seus recursos numa alternativa ao invés de em outra. Ex. Investir em estoques , ativos imobilizados ( veículos, empilhadeira, , etc.. ) ou aplicar no mercado financeiro ? CUSTOS RELEVANTE Custos cujos resultados futuros afetam o fluxo de caixa.Ex. escolha do modal de transporte
  9. 9. Conceitos de Custos aplicáveis à Logística CLASSIFICAÇÃO DOS CUSTOS LOGÍSTICOS CONCEITOS CUSTOS IRRECUPERÁVEIS Custos incorridos no passado e que não são relevantes para decisões no presente, pois não se alteram em função das decisões.Ex. Depreciação de um ativo não afeta o fluxo de caixa. CUSTO INCREMENTAL, MARGINAL OU DIFERENCIAL Em uma tomada de decisão , devemos analisar os aumentos/diminuições nas receitas e nos custos.Em uma analise incremental devemos observar qual o resultado econômico a ser apurado pela diferença entre a receita e este CUSTOS OCULTOS cCuussttoo.s que não são visíveis aos gestores e que afetam o resultado econômico da empresa pois ocorrem em condições anormais da operação associados ao conceito de perdas.
  10. 10. Conceitos de Custos aplicáveis à Logística CLASSIFICAÇÃO DOS CUSTOS LOGÍSTICOS CONCEITOS CUSTOS PADRÃO É o custo que se deseja alcançar em temos físicos e monetários. CUSTO META OU ALVO É aquele que a partir do preço de mercado do produto/serviço e a margem desejada a diferença é o custo-meta.Ex. preço de mercado de um serviço de R$ 200,00 e a empresa espera uma margem de 20% (R$40,00) , portanto o custo meta será de R$ CUSTOS NO CICLO DE VIDA 1É6 u0m,0 0sistema que fornece informação para que sejam entendidos e gerenciados os custos existentes nos vários estágios ou ciclos de projetos, desenvolvimento, fabricação, comercialização, distribuição, manutenção, serviços , até a entrega do CUSTO KAIZEN pRroedlauctioo.n aCdoon tar omlee ldheo rSial odwo.s processos visando a redução constante dos custos.
  11. 11. ELEMENTOS DE CUSTOS LOGÍSTICOS Custos de Lotes Embalagens Planejamento e 11 Tecnologia da Informação Custos de Manutenção dos Inventários Nível de Serviço ao Cliente Transporte Programação de Produção Armazenagem/ Movimentação Tributários
  12. 12. 2. Elementos dos Custos Logísticos: Custos Logísticos Custo com Armazenagem Custo com Processamento de Pedidos Custo Estoques Custo com Transportes
  13. 13. CUSTOS DE ARMAZENAGEM 13 CUSTOS DE ARMAZENAGEM Custos de Armazém Geral Custos de Armazém Próprio Taxas de Armazenagem: por Unidade Estocada, por Unidade Movimentada, por Área Ocupada Prédio Próprio Prédio Alugado Aluguel, Manutenção, Água, Luz, IPTU, Seguro Administração, Mão-de- Obra, Encargos, Material para Escritório, Embalagens “One Way” Manutenção e Depreciação dos Equipamentos de Comunicação Equipamentos de MAM Aluguel dos Equipamentos de MAM Manutenção, Depreciação e Custos de Capital dos Equipamentos de MAM Custos de Capital investido na construção: Prédio, Piso, Instalações Elétricas e Hidráulicas Manutenção, Água, Luz, IPTU, Seguro Administração, Mão-de-Obra, Encargos, Comunicação, Material de Escritório Manutenção e Depreciação dos Equipamentos de Comunicação Equipamentos de MAM Aluguel dos Equipamentos Manutenção e Depreciação dos Equipamentos de MAM
  14. 14. 3. Custos com Armazenagem: CUSTOS COM ARMAZENAGEM = CUSTOS COM ESTOCAGEM Composição do Custo com Armazenagem CUSTO DE PESSOAL SALÁRIOS ENCARGOS CUSTO DO ARMAZÉM ALUGUEL IMPOSTOS LUZ CONSERVAÇÃO CUSTO DO MANUSEIO DE ESTOQUES EMPILHADEIRA GUINDASTES TRATORES SEPARADORES
  15. 15. 3. Custos com Armazenagem: Comportamento do Custo com Armazenamento em relação à quantidade de Armazéns Armazéns Custos Ocupação Custos Comportamento do Custo de Armazenamento do produto em relação à taxa de ocupação do armazém OS CUSTOS DE ARMAZENAGEM SÃO: FIXOS INDIRETOS
  16. 16. 3. Custos com Armazenagem: Como custear a Armazenagem IDENTIFICAR OS ITENS DE CUSTO CALCULAR OS ITENS DE CUSTO AGRUPÁ – LOS ÀS ATIVIDADES ALOCA AOS PRODUTOS OU CLIENTES
  17. 17. 3 Custos com Armazenagem ITENS DE ESTRUTURA EQUIPAMENTOS PESSOAL • Aluguel; • Depreciação; • Energia; • Custo de • Água; oportunidade; • Depreciações; • Etc. • Custo de oportunidade; • Etc. • Salários; • Encargos; • Benefícios; • Treinamento; • Etc. Identificando os Itens de Custo:
  18. 18. 3. Custos com Armazenagem Cálculo dos Itens de Custo: Custos encontrados na Contabilidade Aluguel Salários Água Benefícios Encargos Energia Custos não encontrados na Contabilidade Depreciação Custo de Oportunidade Valor de aquisição – Valor Residual Meses de Uso = = Valor do Ativo x Taxa de oportunidade
  19. 19. 3. Custos com Armazenagem Agrupar os Itens de Custo relativo à cada função ou atividade: Operadores Atividade: Movimentação de materiais Empilhadeira Transelevadores Supervisores Paletes Atividade: Acondicionamento de produtos Aluguéis Custo de Oportunidade do Armazém Energia
  20. 20. Custos com Armazenagem Alocar custos a cada produto ou cliente: •Atividade: Movimentação de Materiais: •Quantidade de paletes expedidos de cada produto. •Atividade: Condicionamento de produtos: •Quanto menor o espaço ocupado pelo produto, menor será o seu custo unitário de ocupação; •Quanto maior o giro do produto, menor será o seu custo unitário de ocupação do espaço.
  21. 21. 3. Custos com Armazenagem Cálculo do Custo de Armazenagem: Custo de Armazenagem Total = Custo de Acondicionamento + Custo de Movimentação + + + Custo de Acondicionamento Aluguel ou Custo de Oportunidade do Imóvel Custo de Oportunidade dos Ativos do Acondicionamento Custo de Depreciação dos Ativos do Acondicionamento Custo de Movimentação Custos de Pessoal (Operadore e Ajudantes) + + Custo de Oportunidade dos Ativos de Movimentação Custo de Depreciação dos Ativos de Movimentação
  22. 22. 4. Custos com Estocagem OS CUSTOS DE ESTOCAGEM SÃO: VARIÁVEIS DIRETOS Nível de Estoque R$
  23. 23. 4. Custos com Estocagem Elementos do Custo com Estoque •Custo de Oportunidade do Capital Parado: quanto a empresa está deixando de ganhar ao aplicar seus recursos em estoque. •Custo com Impostos e Seguros: Custos associados ao pagamento de taxas e seguros contra icêndios ou roubo de produtos. •Custo com Risco de Manter Estoques: Custos associados à depreciação, obsolescência, furtos e roubos. •Custos com faltas: Custo que a falta de produtos acarreta no Nível de Serviço ao Cliente Conceito do Valor do Estoque VE = Qde x Custo Unitário
  24. 24. 4. Custos com Estocagem Calculando os Custos de Estoque •Custo de Oportunidade do Capital Parado: COCP = Em x Custo Unitário x Taxa de Juros •Custo com Impostos e Seguros: CIS = Em x Custo Unitário x Taxa do Imposto CS – Rateado de acordo com o valor do estoque •Custo com Risco de Manter Estoques: CD = Em x (Valor de Aquisição – Valor Residual) / Vida Útil CPR = Índice x Em x Custo Unitário •Custos com faltas: CF = Índice x (Preço de Venda – Custo Unitário) x Em Custos com Estocagem = COCP + CI + CS + CD + CPR + CF
  25. 25. 5. Custos com Transportes: Paradoxo do Transporte Rodoviário no Brasil Transporte Rodoviário • Faturamento Anual: R$ 40 bi • Movimentação: 2/3 do total de cargas. •Greves; •Má conservação de estradas; •Roubo de cargas. OS CUSTOS COM TRANSPORTES VARIÁVEIS FIXOS DIRETOS Varia com a distância percorrida Não varia com a distância percorrida Aplica – se diretamente na atividade INDIRETOS Não se aplica diretamente na atividade Combustível Pneu Depreciação Manutenção Motorista Administração
  26. 26. 5. Custos com Transportes: Passos para o cálculo dos Custos com Transportes •Definição dos itens de custos; •Classificação dos itens de Custos em Fixos e Variáveis; •Cálculo dos Custos Fixos; •Cálculo dos Custos Variáveis; •Fazer Definição dos Itens u mdea eCsutimstaotisva de Custo Toatal •Custo com Depreciação; •Custo do Capital Parado; •Custo com Pessoal; •Seguro do Veículo; •IPVA / Seguro Obrigatório; •Custos Administrativo; •Combustível; •Pneus; •Lubrificantes; •Manutenção; •Pedágio. Classificação dos Itens de Custo FIXO FIXO FIXO FIXO FIXO FIXO VARIÁVEL VARIÁVEL VARIÁVEL VARIÁVEL VARIÁVEL
  27. 27. 5. Custos com Transportes: Cálculo dos Custos Fixos CF = Cdep + CCap + CAdm + CIPVA / SO + CPessoal • Custo com Depreciação do Veículo: CDep = (Valor de Aquisição – Valor Residual) / Vida Útil • Custo do Capital Parado: CCap = Valor de Aquisição x Taxa de Juros • Custo de Administração de Frota: CAdm = Custos de Administração / Qde de Veículos • Custo com IPVA / Seguro Obrigatório: CIPVA / SO = Valor Anual / 12 • Custo com Pessoal: CPessoal = Salários + encargos + Outros
  28. 28. 5. Custos com Transportes: Cálculo dos Custos Variáveis CV = CComb + CÓleo + CLav/Lub + CPneus + Cmanu + CPed • Custo com Combustível: CComb = Preço por Litro / Rendimento (Km/L) CÓleo = Preço do Litro de Óleo(R$/L) x Capacidade do Tanque(L) / • Custo com Trocas de Óleo: Intervalo entre as Trocas (Km) • Custo com Lavagem / Lubrificação: Clav/Lub = Custo da Lavagem ou Lubrificação / Intervalo (Km) • Custos com Pneus: • Custos com Manutenção: CPneus = Qde de Pneus x (P1 + Qde de Recapagens x P2) Vida Útil de um Pneu com Recapagem (Km) CManul = Custo de Manutenção Total / Quilometragem Rodada • Custos com Pedágio: CPed = Custo de Pedágio / Quilometragem Rodada
  29. 29. 5. Custos com Transportes: Estimando os Custos Totais com Transportes CUSTOS DE TRANSPORTES = CUSTOS FIXOS + CUSTOS VARIÁVEIS R$ / Km •Calcular o Custo Fixo / hora: CF hora = CF mês / Horas Trabalhadas •Calcular o Custo Fixo / Km: CF Km = CF hora / Velocidade Média do Veículo R$ / Km R$ / Mês Transformar em
  30. 30. 5. Custos com Transportes: Calculando o Custo de uma Rota CRota = Tempo(h) x CF(R$/h) + Distância(Km) x CV(R$/Km) Inclui tempo de carga e descarga Calculando o Custo de uma Viagem CViagem = Tempo de Viagem(h) x CF(R$/h) + Distância x CV(R$/h) Exclui tempo de carga e descarga Calculando o Custo de Carga / Descarga CCarr = Tempo de carga(h) x CF(R$/h) CDescarr = Tempo de descarga(h) x CF(R$/h)
  31. 31. 6. Custos com Processamento de Pedidos: PROCESSAMENTO DE PEDIDOS PEDIDOS DE COMPRA PEDIDOS DE VENDA Itens do Custo de Processamento de Pedidos Itens do Custo de Processamento de Pedidos Aquisição Vendas Salários e encargos do pessoal de compras. Salários e encargos de digitadores, conferentes, separadores de pedidos, etc. Custo de Oportunidade dos Equipamentos Utilizados no processo de aquisição (FAX, computadores, etc). Custo de Oportunidade dos Equipamentos Utilizados no processo de aquisição (FAX, computadores, etc). Custo de Depreciação destes equipamentos. Custo de Depreciação destes equipamentos. Custo do Aluguel do espaço ou Custo de Oportunidade do imóvel utilizado. Custo do Aluguel do espaço ou Custo de Oportunidade do imóvel utilizado. Energia, telefone, Internet. Energia, telefone, Internet. Materiais Utilizados (papel, canetas, etc). Materiais Utilizados (papel, canetas, etc).
  32. 32. 6. Custos com Processamento de Pedidos: Calculando os Custos com Processamento de um Pedido CPP = (CPessoal + CCap + CDep + CAluguel + CAdm + Cmat) / Qde de Pedidos • Custo com Pessoal: • Custo com Capital Parado: CPessoal = Salários + Encargos + Outros CCap = Valores dos Ativos x Taxa de Juros • Custo com Depreciação: CDep = (Valor de Aquisição do ativo – Valor Residual) / Vida Útil • Custo Administivo: CAdm = Energia + Telefone + Internet • Custo com Materiais: CMat = Papel + Canetas + Outros
  33. 33. 7. Principais Trade – Off Logísticos O que é um Trade – Off Logístico? Trade – Off Logístico são situações complicadoras e conflitantes sob o ponto de vista dos Custos Logísticos Exemplos de Trade – Off Logístico: • Aumentar o Nível de Transporte para atender melhor as demandas? • Construir mais Armazéns para aumentar o Nível de Serviço (tempo de entrega)? • Transportar de trem ou de caminhão? Questões Básicas: • Se a empresa aumentar o nível de transporte em X%, a diminuição dos custos com estoque compensará este aumento? • Se a empresa construir X armazéns, haverá uma diminuição do tempo de entrega em Y dias, mas o aumento do Nível de estoque compensará este investimento? • Se a empresa passar a transportar de caminhão seus produtos, estes chegarão mais rápidos e seus Níveis de Estoque diminuirão, porém os Custos com Transporte aumentarão. Será que compensa adotar tal estratégia? Conceito do Custo Total Toda e qualquer decisão sob o ponto de vista de Trade – Off Logístico deve ser baseada levando – se em conta os impactos nos Custos Totais.
  34. 34. Característica do NS ao Cliente ANÁLISE DE DESEMPENHO Armazenagem e Movimentação de Materiais Custos Decorrentes de Lotes Custos de manutenção do Inventário Entregas mais Desvantagem: Desvantagem: Vantagem: frequentes ( JIT ) -aumento no custo -possibilidade de -menores níveis por exemplo de mão-de-obra cargas unitárias de inventário e movimentação de não econômicas e menores inventário. (lotes menores) custos de Vantagem: manutenção -redução de espaço de inventário. e necessidade de volume. Tempo de Ciclo Desvantagem: Desvantagem: Vantagem: Diminuido, menor -aumento no custo -possibilidade de -menores níveis Lead Time. de movimentação. cargas unitárias de manutenção não econômicas de inventário. Aumento na Desvantagem: Vantagem: Confiabilidade -aumento no custo -aumento na gestão da Distribuição de supervisão de inventário. ( Indicadores de Desvantagem: Desempenho ) aumento no custo de manutenção Estoque Desvantagem: Desvantagem: aumentado / -aumento na aumento no custo disponibilidade necessidade de manutenção e continuidade de espaço e de suprimentos cubagem.
  35. 35. INDICADORES DE DESEMPENHO CUSTOS LOGÍSTICOS Custos Logísticos do Abastecimento Custo Total do Abastecimento / Valor Total das Compras Custo de Transporte da Distribuição Custo Total de Fretes de Distribuição / Receita Operacional Líquida 100 % Custo de Transporte do Abastecimento Custo Total de Fretes de Recebimento / Receita Operacional Líquida X 100 % Custo de Manutenção do Inventário ( matéria-prima , produtos em processo e produtos acabados ) a) Custo de Manutenção do Inventário (Valor médio de estoque de Matéria-Prima * Taxa de Oportunidade ) ( Matéria-Prima ) / Receita Operacional Líquida * 100% ) b) Custo de Manutenção do Inventário (Valor médio de estoque de Prod. Processo * Taxa de Oportunidade ) ( Produtos em Processo ) / Receita Operacional Líquida * 100% ) c) Custo de Manutenção do Inventário (Valor médio de estoque de Prod. Acabados * Taxa de Oportunidade ) ( Produtos Acabados ) / Receita Operacional Líquida * 100% ) Custo de Armazenagem / Movimentação Custo Armazenagem/Moveimentação Própria / Receita Operacional Própria Líquida X 100% Custo de Armazenagem / Movimentação Custo Armazenagem/Moveimentação Terceiros / Receita Operacional Terceiros Líquida X 100%
  36. 36. INDICADORES DE DESEMPENHO PRODUTIVIDADE Giro de Inventário Receita Operacional Líquida / Saldo Médio do Inventário ( num. de vezes ) Produtividade da operação(tempo) [Horas Produtivas * (produtos entregues / padrão hora ) / horas trabalhadas Produtividade dos Recursos Resultados produzidos / recursos consumidos UTILIZAÇÃO DOS RECURSOS Taxa de Ocupação dos espaços de estocagem Espaço utilizado / espaço disponível / Receita Operacional Líquida * 100 %to t)al * 100 % Fator de ocupação da frota de veículos Tempo de Utilização dos Veículos / Tempo total disponível * 100 % Industriais ( empilhadeira, etc..) Fator de ocupação da frota ( transporte ) Volume Transportado / volume disponível *100% FOCO INTERNO Acuracidade do Inventário Quantidade de itens com saldo correto / quantidade de itens verificados * 100% Atendimento de Pedidos Quantidade depedidos atendidos prontalmente / total de pedidos recebidos * 100 %
  37. 37. INDICADORES DE DESEMPENHO DA LOGÍSTICA Pesquisa realizada com 500 executivos de Logística pela Computer Sciences Corporation e pela University of Tennessee , o indicadores mais utilizados pelas Empresas nos USA são: • Custos de Transportes de Distribuição 87 % ; • Acurácia do Inventário 86 % ( consistência entre o físico e contábil ); • Atendimento do Pedido 81% ; • Giro do Inventário de Produtos Acabados 80 % ; • Tempo de ciclo da Distribuição 79 % ; • Reclamações de clientes 77 % ; • Níveis de perdas /avarias 72 % ;
  38. 38. ATÉ A PRÓXIMA AULA...
  39. 39. CRONOGRAMA DE AULA

×