Análise do ambiente: concorrência

1.180 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.180
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
29
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Análise do ambiente: concorrência

  1. 1. Prof. Ms. Wilian Gatti Junior ESTRATÉGIA EMPRESARIAL
  2. 2. Ambiente Externo Organização Ambiente do Setor Ameaças de entradas Intensidade de rivalidade entre concorrentes existentes Poder de barganha dos fornecedores Ameaça de produtos substitutos Poder de barganha dos compradores Tecnológicas Econômico Ambiente do Concorrente Ambiente Geral
  3. 3. Ambiente do Concorrente • Identificação dos concorrentes • Concorrência setorial • Monopólio puro • Oligopólio • Concorrência monopolista • Concorrência pura
  4. 4. Monopólio puro
  5. 5. Oligopólio
  6. 6. Concorrência monopolista
  7. 7. Concorrência pura
  8. 8. Resumo Tipo de Mercado Participantes Produto Preço Monopólio puro Um Exclusivo Ditado pela empresa e/ou governo Oligopólio Pequeno número Uniformes (commodities) ou diferenciado Fixado pela concorrência ou acordos Concorrência monopolista Grande número Diferenciados Conforme valor agregado Concorrência pura Grande número Uniformes (commodities) Fixado pelo mercado
  9. 9. Grupos Estratégicos É um grupo de empresas de um setor que segue ESTRATÉGIAS IGUAIS OU SEMELHANTES ao longo das mesmas dimensões estratégicas (exemplo lideranças tecnológicas, qualidade de produto, tipo de serviço, políticas de preço, canais de distribuição, etc).
  10. 10. Grupos EstratégicosGrupos EstratégicosGrupos EstratégicosGrupos Estratégicos As organizações em um grupo estratégico ocupam posições semelhantes no mercado, oferecem artigos similares a clientes similares e também podem tomar decisões semelhantes.
  11. 11. Exemplo de Mapa de Posicionamento para Automóveis Tradicionais Esportivos Funcionais Luxuosos •BMW •Mercedes Cadillac• Lincoln• •Chrysler Oldsmobile• •Porsche •Chevrolet •Nissan •Toyota •VW Ford• Dodge•
  12. 12. Mapa de Posicionamento da Marca
  13. 13. Componentes de uma análise da concorrência METAS FUTURAS ESTRATÉGIA EM CURSO HIPÓTESES CAPACIDADES A todos os níveis da administração e em várias dimensões Sobre si mesmo e sobre a indústria Tanto os pontos fortes como os pontos fracos De que forma o negócio está competindo no momento O concorrente está satisfeito com a sua posição atual? Quais os prováveis movimentos ou mudanças estratégicas que o concorrente fará? Onde o concorrente é vulnerável? O que provocará a maior e mais efetiva retaliação pelo concorrente? PERFIL DE RESPOSTAS DO CONCORRENTE O que orienta o concorrente O que o concorrente está fazendo e pode fazer
  14. 14. Que concorrentes deverão ser examinados? • Concorrentes importantes já existentes • Concorrentes potenciais: • Empresas que não estão na indústria mas podem superar barreiras de entrada; • Empresas para as quais existe óbvia sinergia por estarem na indústria; • Empresas para as quais competir na indústria é uma extensão óbvia da estratégia empresarial; • Cliente ou fornecedores que podem vir a integrar-se para trás ou para frente.
  15. 15. Metas Futuras • O conhecimento das metas permitirá previsões sobre se cada concorrente está ou não satisfeito com sua presente posição e com os resultados financeiros e, portanto, qual a probabilidade de esse concorrente alterar sua estratégia e o vigor com que ele reagirá a eventos externos ou movimentos de outras empresas.
  16. 16. • Questões para análise: • Quais são as metas financeiras declaradas e não declaradas do concorrente? • Qual a atitude do concorrente em relação ao risco? • Qual a estrutura organizacional do concorrente? • Qual é o sistema de remuneração dos executivos? • Qual o perfil dos executivos do concorrente? Que experiência e histórico ele têm? • Quais são os resultado corrente da matriz? • Qual a importância estratégica que a matriz atribui à unidade em termos da estratégia global? Metas Futuras
  17. 17. Hipóteses • Toda empresa opera com um conjunto de hipóteses que norteiam o seu negócio. Conhecendo-as podemos antecipar seus movimentos competitivos. • As hipóteses se dividem em duas categorias principais: • As hipóteses do concorrente sobre si (produto, tecnologia, RH, custos, pontos fortes e fracos, etc); • As hipóteses do concorrente sobre a indústria e as outras companhias que dela participam.
  18. 18. • Questões para análise: • O concorrente tem forte identificação histórica ou emocional com determinados produtos, métodos de venda, localização da fabricação e assim por diante? • Existem diferenças culturais, regionais ou nacionais que afetam a maneira como os concorrentes percebem os acontecimentos? • O concorrente parece acreditar em “critérios convencionais” ou regras históricas comuns na indústria? Hipóteses
  19. 19. Estratégia Corrente • O terceiro item desta análise é o desenvolvimento da estratégia atual de cada concorrente. • A estratégia pode ser explícita ou implícita, mas ela sempre existe de uma forma ou de outra.
  20. 20. Capacidades • Uma avaliação realista das capacidades de cada concorrente é o passo final do diagnóstico na análise da concorrência. • Seus pontos fortes e fracos determinarão sua capacidade de iniciar ou reagir a movimentos estratégicos e de lidar com acontecimentos ambientais ou da indústria que ocorram.
  21. 21. Algumas áreas de pontos fortes e fracos da concorrência • Produtos: reputação, amplitude e profundidade da linha de produtos • Distribuição: cobertura e qualidade do canal, intensidade da relação, capacidade de atendimento • Marketing e vendas: mix de marketing, treinamento da equipe de vendas • Operações: custo de fabricação, sofisticação tecnológica. • Pesquisa e engenharia: patentes e direitos autorais
  22. 22. Análise da Concorrência Inteligência Competitiva: é a coleta ética das informações e dos dados necessários relativos aos objetivos, estratégias, suposições e recursos do concorrente e tendências do mercado.
  23. 23. Análise da Concorrência • Inovação: P&D, tecnologias e patentes • Produção: estrutura de custos, integração vertical, capacidade • Finanças: acesso ao capital, ativos líquidos de curto prazo • Administração: qualidade da alta e média gerência, cultura, turnover • Marketing: reconhecimento da marca, orientação ao cliente, distribuição • Base de clientes: participação de mercado, crescimento dos segmentos atendidos
  24. 24. Coleta de Dados do Campo Coleta de Dados Publicados Compilação dos Dados Catalogação dos Dados Análise de Condensação Comunicação ao Estrategista Análise da concorrência para a formulação de estratégia Fontes: Força de vendas, pessoal de engenharia, fornecedores, agências de publicidade, associações comerciais, empresas de pesquisa, etc Fontes: Artigos, jornais, anúncios classificados, declarações da diretoria, acordos judiciais, registro de patentes, etc. Classificação dos dados, resumos dos relatórios anuais, análises financeiras, estimativa de curva de custos SISTEMA DE INTELIGÊNCIA SOBRE O CONCORRENTE
  25. 25. G4 Cube 2000 Puck 1998 Lisa 1983
  26. 26. Motivos do fracasso • Os concorrentes reagem de maneira mais dura que o esperado. • Porém, outros fatores tem influência (obviamente)... • Interesse pessoal x interesse da organização • A ideia é boa, mas o mercado é superestimado • O produto não é bem projetado • O produto não é bem posicionado e não recebe propaganda eficaz ou tem custo elevado • O custo de desenvolvimento é maior que o esperado

×