SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 23
Cinema
Uma arte voltada para as
mudanças sociais?
Objetivo
Este trabalho apresenta um estudo sobre o
cinema, sua história e principalmente seu
poder de influência na sociedade, com foco no
cinema subversivo.
Introdução
O cinema é um meio de comunicação de grande
importância para todo o mundo, sua
importância na sociedade é tanta que passa a
ser considerado a sétima arte.
Onde tudo começou...
Os irmãos Auguste e Louis Lumière idealizaram
o cinematógrafo em 1895.
A apresentação pública do cinematógrafo marca
oficialmente o início da história do cinema.
Cinema no século XX
• Década de 20: Surgem os grandes estúdios e os
Filmes sonoros;
• Década de 30: Nascem as estrelas de
Hollywood; A diversificação de gêneros e o
filme colorido;
• Segunda guerra Mundial em 1940: Cinema
usado apelo patriota para a guerra e já
estimulando o consumismo.
• Década de 50: Novas tecnologias para
reconquistar o público perdido; Cinema mais
realista (Nouvelle Vague – França)
• Década de 60: Cinema menos focado no
espetáculo, mais subversivo; Inovação européia;
• Década de 70: Surgem os Blockbuster, filmes
executados para atrair a atenção do grande
público e dos mais jovens.
“O cinema era apenas uma máquina de
imprimir teatro, de visualizar a música,
ilustrar a literatura. Hoje através do avanço da
tecnologia, o cinema é uma grande máquina
de fazer ilusões, ficção, romance e viagens”.
(TIM BURTON, 2009).
Cinema Subversivo
Significado de Subversão:
1 Ato ou efeito de subverter ou subverter-
se. 2 Ato ou efeito de destruir ou perturbar;
insubordinação, revolta contra a autoridade ou
contra as instituições. 3 Perversão moral.
• São filmes que questionam a política, religião,
violência, sexualidade e outros assuntos
considerados tabus;
• Fogem do padrão “American way of life”;
• Filmes com intuito de fazer o espectador
refletir, mas não necessariamente chegando a
uma conclusão;
Laranja Mecânica
• Filme inglês de 1971, do diretor Stanley
Kubrick
• Ele dá foco na violência impregnada na
sociedade de diversas formas e nos confunde
visualmente.
• O filme se divide em três momentos: Alex e
seu grupo como praticantes da violência; A sua
reabilitação; E a volta as ruas, já reabilitado.
Trainspotting
• Filme do diretor Danny Boyle, de 1996,
baseado no livro de Irvine Welsh;
• O filme é uma abordagem sem moralismo
sobre 5 amigos viciados em drogas.
• O protagonista abre mão de uma “vida
comum” para se dedicar ao vício, que avalia
ser mais gratificante.
Clube da Luta
• Com direção de David Fincher, o trio: Brad
Pitt, Edward Norton e Helena Carter tornam o
filme popular, mas sem perder sua essência.
• O filme é um bom chamado para a hipocrisia
da sociedade, pois trata com ironia e um certo
humor negro de um tema polêmico e
importante.
Influência na Sociedade
Além de o cinema ser produtor de espetáculo, ele
é também veículo de propaganda, de informação
e de formação.
O cinema pode sim influenciar o jeito das
pessoas, porém não é fator determinante de
personalidades. O sexo, a violência, as drogas
sempre existiram, o filme só retrata a realidade.
Considerações Finais
O cinema subversivo pode ser considerado
como o gênero mais capaz de promover
reflexões. Os filmes estudados induzem a
reflexão não necessariamente induzindo a uma
conclusão. Reforçam o papel do cinema como
um meio influenciador e questionador. Os
temas polêmicos geram incomodo e por sua
vez, esse incomodo gera conhecimento.
Produzido por:
Bruno Andrade
Gabriela Piras
Isadora de Albuquerque
Jessica Marquina
Juliana Liscio
FIM

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a power-point1.pptx

Centros de produção cinematografica
Centros de produção cinematograficaCentros de produção cinematografica
Centros de produção cinematograficaCarlos Vieira
 
Claquete Alternativa 2015
Claquete Alternativa 2015Claquete Alternativa 2015
Claquete Alternativa 2015Felipe Henrique
 
Trabalho meios e linguagens 2 - cinema
Trabalho meios e linguagens 2 - cinemaTrabalho meios e linguagens 2 - cinema
Trabalho meios e linguagens 2 - cinemaPaulo R Corrêa
 
Terra em transe (1967) análise do filme de de glauber rocha- lucas schuab...
Terra em transe  (1967)   análise do filme de de glauber rocha-  lucas schuab...Terra em transe  (1967)   análise do filme de de glauber rocha-  lucas schuab...
Terra em transe (1967) análise do filme de de glauber rocha- lucas schuab...Lucas Schuab Vieira
 
Grandes mestres do cinema
Grandes mestres do cinemaGrandes mestres do cinema
Grandes mestres do cinemasergioborgato
 
Iv queima de arquivo evento do cinema - 08 de junho 2011
Iv queima de arquivo   evento do cinema - 08 de junho 2011Iv queima de arquivo   evento do cinema - 08 de junho 2011
Iv queima de arquivo evento do cinema - 08 de junho 2011Queimadarquivo
 
Cinema ana martins8c
Cinema ana martins8cCinema ana martins8c
Cinema ana martins8cnavegananet
 
Aula 11 - Cinema
Aula 11 - CinemaAula 11 - Cinema
Aula 11 - Cinemaguest051d8a
 
[HAVC] Cinema: Manoel de Oliveira
[HAVC] Cinema: Manoel de Oliveira[HAVC] Cinema: Manoel de Oliveira
[HAVC] Cinema: Manoel de OliveiraRicardo Sousa
 
Claquete alternativa final
Claquete alternativa finalClaquete alternativa final
Claquete alternativa finalFelipe Henrique
 
CS404 - O Cinema Hollywoodiano
CS404 - O Cinema HollywoodianoCS404 - O Cinema Hollywoodiano
CS404 - O Cinema HollywoodianoGui Bueno
 
CINEMA - Parte 2 (Desenvolvimento e indústria)
CINEMA - Parte 2 (Desenvolvimento e indústria)CINEMA - Parte 2 (Desenvolvimento e indústria)
CINEMA - Parte 2 (Desenvolvimento e indústria)Mauricio Mallet Duprat
 
Oficina teoria
Oficina teoriaOficina teoria
Oficina teoriaatovirtual
 

Semelhante a power-point1.pptx (20)

12º A Cultura De Massas Ii
12º   A Cultura De Massas   Ii12º   A Cultura De Massas   Ii
12º A Cultura De Massas Ii
 
12º A Cultura De Massas Ii
12º   A Cultura De Massas   Ii12º   A Cultura De Massas   Ii
12º A Cultura De Massas Ii
 
Centros de produção cinematografica
Centros de produção cinematograficaCentros de produção cinematografica
Centros de produção cinematografica
 
Claquete Alternativa 2015
Claquete Alternativa 2015Claquete Alternativa 2015
Claquete Alternativa 2015
 
Trabalho meios e linguagens 2 - cinema
Trabalho meios e linguagens 2 - cinemaTrabalho meios e linguagens 2 - cinema
Trabalho meios e linguagens 2 - cinema
 
Terra em transe (1967) análise do filme de de glauber rocha- lucas schuab...
Terra em transe  (1967)   análise do filme de de glauber rocha-  lucas schuab...Terra em transe  (1967)   análise do filme de de glauber rocha-  lucas schuab...
Terra em transe (1967) análise do filme de de glauber rocha- lucas schuab...
 
Grandes mestres do cinema
Grandes mestres do cinemaGrandes mestres do cinema
Grandes mestres do cinema
 
Iv queima de arquivo evento do cinema - 08 de junho 2011
Iv queima de arquivo   evento do cinema - 08 de junho 2011Iv queima de arquivo   evento do cinema - 08 de junho 2011
Iv queima de arquivo evento do cinema - 08 de junho 2011
 
Breve história do cinema
Breve história do cinemaBreve história do cinema
Breve história do cinema
 
Trabalho cinema
Trabalho  cinemaTrabalho  cinema
Trabalho cinema
 
Trabalho artes (carina)
Trabalho artes (carina)Trabalho artes (carina)
Trabalho artes (carina)
 
Cinema ana martins8c
Cinema ana martins8cCinema ana martins8c
Cinema ana martins8c
 
Charles Chaplin vida e obras
Charles Chaplin vida e obrasCharles Chaplin vida e obras
Charles Chaplin vida e obras
 
Aula 11 - Cinema
Aula 11 - CinemaAula 11 - Cinema
Aula 11 - Cinema
 
[HAVC] Cinema: Manoel de Oliveira
[HAVC] Cinema: Manoel de Oliveira[HAVC] Cinema: Manoel de Oliveira
[HAVC] Cinema: Manoel de Oliveira
 
Cinema
CinemaCinema
Cinema
 
Claquete alternativa final
Claquete alternativa finalClaquete alternativa final
Claquete alternativa final
 
CS404 - O Cinema Hollywoodiano
CS404 - O Cinema HollywoodianoCS404 - O Cinema Hollywoodiano
CS404 - O Cinema Hollywoodiano
 
CINEMA - Parte 2 (Desenvolvimento e indústria)
CINEMA - Parte 2 (Desenvolvimento e indústria)CINEMA - Parte 2 (Desenvolvimento e indústria)
CINEMA - Parte 2 (Desenvolvimento e indústria)
 
Oficina teoria
Oficina teoriaOficina teoria
Oficina teoria
 

Mais de WeslleyDias8

PLANO_DE_CURSO_2022_ANOS_FINAIS_LINGUA_PORTUGUESA.pdf
PLANO_DE_CURSO_2022_ANOS_FINAIS_LINGUA_PORTUGUESA.pdfPLANO_DE_CURSO_2022_ANOS_FINAIS_LINGUA_PORTUGUESA.pdf
PLANO_DE_CURSO_2022_ANOS_FINAIS_LINGUA_PORTUGUESA.pdfWeslleyDias8
 
PLANO_DE_CURSO_2022_ANOS_FINAIS_MATEMATICA.pdf
PLANO_DE_CURSO_2022_ANOS_FINAIS_MATEMATICA.pdfPLANO_DE_CURSO_2022_ANOS_FINAIS_MATEMATICA.pdf
PLANO_DE_CURSO_2022_ANOS_FINAIS_MATEMATICA.pdfWeslleyDias8
 
P21_LPORTUGUESA_Miolo_001-416-falhas-corrigidas-.pdf
P21_LPORTUGUESA_Miolo_001-416-falhas-corrigidas-.pdfP21_LPORTUGUESA_Miolo_001-416-falhas-corrigidas-.pdf
P21_LPORTUGUESA_Miolo_001-416-falhas-corrigidas-.pdfWeslleyDias8
 
2_ANO_EM_CI_NATUREZA_PLANO_DE_CURSO_2024_ENSINO_MEDIO.pdf
2_ANO_EM_CI_NATUREZA_PLANO_DE_CURSO_2024_ENSINO_MEDIO.pdf2_ANO_EM_CI_NATUREZA_PLANO_DE_CURSO_2024_ENSINO_MEDIO.pdf
2_ANO_EM_CI_NATUREZA_PLANO_DE_CURSO_2024_ENSINO_MEDIO.pdfWeslleyDias8
 
ARTE AFRICANA 7º ANO (1).pdf
ARTE AFRICANA 7º ANO (1).pdfARTE AFRICANA 7º ANO (1).pdf
ARTE AFRICANA 7º ANO (1).pdfWeslleyDias8
 
DANÇA CONTEMPORÂNEA.pdf
DANÇA CONTEMPORÂNEA.pdfDANÇA CONTEMPORÂNEA.pdf
DANÇA CONTEMPORÂNEA.pdfWeslleyDias8
 
Relatorio de desempenho EJA.docx
Relatorio de desempenho EJA.docxRelatorio de desempenho EJA.docx
Relatorio de desempenho EJA.docxWeslleyDias8
 
PLANO INTERVENÇÃO PEDAGÓGICA - ARTE.docx
PLANO INTERVENÇÃO PEDAGÓGICA - ARTE.docxPLANO INTERVENÇÃO PEDAGÓGICA - ARTE.docx
PLANO INTERVENÇÃO PEDAGÓGICA - ARTE.docxWeslleyDias8
 
PORTFÓLIO ARTE 1.docx
PORTFÓLIO ARTE 1.docxPORTFÓLIO ARTE 1.docx
PORTFÓLIO ARTE 1.docxWeslleyDias8
 
Apostila Praticar a Arte - Volume 7 - Caça-palavras (2).pdf
Apostila Praticar a Arte - Volume 7 - Caça-palavras (2).pdfApostila Praticar a Arte - Volume 7 - Caça-palavras (2).pdf
Apostila Praticar a Arte - Volume 7 - Caça-palavras (2).pdfWeslleyDias8
 
A Arte Pré-Histórica - Coleção Praticar a Arte - Professor Fabrício Secchin -...
A Arte Pré-Histórica - Coleção Praticar a Arte - Professor Fabrício Secchin -...A Arte Pré-Histórica - Coleção Praticar a Arte - Professor Fabrício Secchin -...
A Arte Pré-Histórica - Coleção Praticar a Arte - Professor Fabrício Secchin -...WeslleyDias8
 
PLAN SEQU DIDÁTICA ARTE 2º B 2023.docx
PLAN SEQU DIDÁTICA ARTE 2º B 2023.docxPLAN SEQU DIDÁTICA ARTE 2º B 2023.docx
PLAN SEQU DIDÁTICA ARTE 2º B 2023.docxWeslleyDias8
 
ppt-saucc81de-da-populaccca7acc83o-negra.pptx
ppt-saucc81de-da-populaccca7acc83o-negra.pptxppt-saucc81de-da-populaccca7acc83o-negra.pptx
ppt-saucc81de-da-populaccca7acc83o-negra.pptxWeslleyDias8
 
Plan. 6º ANO - 2023.docx
Plan. 6º ANO - 2023.docxPlan. 6º ANO - 2023.docx
Plan. 6º ANO - 2023.docxWeslleyDias8
 
PLANEJAMENTO SEMANAL 6º ANO 2023 - PRONTO 22222.docx
PLANEJAMENTO SEMANAL 6º ANO 2023 - PRONTO 22222.docxPLANEJAMENTO SEMANAL 6º ANO 2023 - PRONTO 22222.docx
PLANEJAMENTO SEMANAL 6º ANO 2023 - PRONTO 22222.docxWeslleyDias8
 
PLANEJAMENTO DE ARTE 2023.docx
PLANEJAMENTO DE ARTE 2023.docxPLANEJAMENTO DE ARTE 2023.docx
PLANEJAMENTO DE ARTE 2023.docxWeslleyDias8
 
histriadoteatro-130412130611-phpapp02.pdf
histriadoteatro-130412130611-phpapp02.pdfhistriadoteatro-130412130611-phpapp02.pdf
histriadoteatro-130412130611-phpapp02.pdfWeslleyDias8
 
ADAPTADA ELIENE 7.docx
ADAPTADA ELIENE 7.docxADAPTADA ELIENE 7.docx
ADAPTADA ELIENE 7.docxWeslleyDias8
 
PLANEJAMENTO SEMANAL 6º ANO 2023 -.pdf
PLANEJAMENTO SEMANAL 6º ANO 2023 -.pdfPLANEJAMENTO SEMANAL 6º ANO 2023 -.pdf
PLANEJAMENTO SEMANAL 6º ANO 2023 -.pdfWeslleyDias8
 

Mais de WeslleyDias8 (20)

PLANO_DE_CURSO_2022_ANOS_FINAIS_LINGUA_PORTUGUESA.pdf
PLANO_DE_CURSO_2022_ANOS_FINAIS_LINGUA_PORTUGUESA.pdfPLANO_DE_CURSO_2022_ANOS_FINAIS_LINGUA_PORTUGUESA.pdf
PLANO_DE_CURSO_2022_ANOS_FINAIS_LINGUA_PORTUGUESA.pdf
 
PLANO_DE_CURSO_2022_ANOS_FINAIS_MATEMATICA.pdf
PLANO_DE_CURSO_2022_ANOS_FINAIS_MATEMATICA.pdfPLANO_DE_CURSO_2022_ANOS_FINAIS_MATEMATICA.pdf
PLANO_DE_CURSO_2022_ANOS_FINAIS_MATEMATICA.pdf
 
P21_LPORTUGUESA_Miolo_001-416-falhas-corrigidas-.pdf
P21_LPORTUGUESA_Miolo_001-416-falhas-corrigidas-.pdfP21_LPORTUGUESA_Miolo_001-416-falhas-corrigidas-.pdf
P21_LPORTUGUESA_Miolo_001-416-falhas-corrigidas-.pdf
 
2_ANO_EM_CI_NATUREZA_PLANO_DE_CURSO_2024_ENSINO_MEDIO.pdf
2_ANO_EM_CI_NATUREZA_PLANO_DE_CURSO_2024_ENSINO_MEDIO.pdf2_ANO_EM_CI_NATUREZA_PLANO_DE_CURSO_2024_ENSINO_MEDIO.pdf
2_ANO_EM_CI_NATUREZA_PLANO_DE_CURSO_2024_ENSINO_MEDIO.pdf
 
ARTE AFRICANA 7º ANO (1).pdf
ARTE AFRICANA 7º ANO (1).pdfARTE AFRICANA 7º ANO (1).pdf
ARTE AFRICANA 7º ANO (1).pdf
 
DANÇA CONTEMPORÂNEA.pdf
DANÇA CONTEMPORÂNEA.pdfDANÇA CONTEMPORÂNEA.pdf
DANÇA CONTEMPORÂNEA.pdf
 
Relatorio de desempenho EJA.docx
Relatorio de desempenho EJA.docxRelatorio de desempenho EJA.docx
Relatorio de desempenho EJA.docx
 
PLANO INTERVENÇÃO PEDAGÓGICA - ARTE.docx
PLANO INTERVENÇÃO PEDAGÓGICA - ARTE.docxPLANO INTERVENÇÃO PEDAGÓGICA - ARTE.docx
PLANO INTERVENÇÃO PEDAGÓGICA - ARTE.docx
 
PORTFÓLIO ARTE 1.docx
PORTFÓLIO ARTE 1.docxPORTFÓLIO ARTE 1.docx
PORTFÓLIO ARTE 1.docx
 
Apostila Praticar a Arte - Volume 7 - Caça-palavras (2).pdf
Apostila Praticar a Arte - Volume 7 - Caça-palavras (2).pdfApostila Praticar a Arte - Volume 7 - Caça-palavras (2).pdf
Apostila Praticar a Arte - Volume 7 - Caça-palavras (2).pdf
 
A Arte Pré-Histórica - Coleção Praticar a Arte - Professor Fabrício Secchin -...
A Arte Pré-Histórica - Coleção Praticar a Arte - Professor Fabrício Secchin -...A Arte Pré-Histórica - Coleção Praticar a Arte - Professor Fabrício Secchin -...
A Arte Pré-Histórica - Coleção Praticar a Arte - Professor Fabrício Secchin -...
 
PLAN SEQU DIDÁTICA ARTE 2º B 2023.docx
PLAN SEQU DIDÁTICA ARTE 2º B 2023.docxPLAN SEQU DIDÁTICA ARTE 2º B 2023.docx
PLAN SEQU DIDÁTICA ARTE 2º B 2023.docx
 
ppt-saucc81de-da-populaccca7acc83o-negra.pptx
ppt-saucc81de-da-populaccca7acc83o-negra.pptxppt-saucc81de-da-populaccca7acc83o-negra.pptx
ppt-saucc81de-da-populaccca7acc83o-negra.pptx
 
Plan. 6º ANO - 2023.docx
Plan. 6º ANO - 2023.docxPlan. 6º ANO - 2023.docx
Plan. 6º ANO - 2023.docx
 
PLANEJAMENTO SEMANAL 6º ANO 2023 - PRONTO 22222.docx
PLANEJAMENTO SEMANAL 6º ANO 2023 - PRONTO 22222.docxPLANEJAMENTO SEMANAL 6º ANO 2023 - PRONTO 22222.docx
PLANEJAMENTO SEMANAL 6º ANO 2023 - PRONTO 22222.docx
 
PLANEJAMENTO DE ARTE 2023.docx
PLANEJAMENTO DE ARTE 2023.docxPLANEJAMENTO DE ARTE 2023.docx
PLANEJAMENTO DE ARTE 2023.docx
 
histriadoteatro-130412130611-phpapp02.pdf
histriadoteatro-130412130611-phpapp02.pdfhistriadoteatro-130412130611-phpapp02.pdf
histriadoteatro-130412130611-phpapp02.pdf
 
PLANO BNCC 3.pdf
PLANO BNCC 3.pdfPLANO BNCC 3.pdf
PLANO BNCC 3.pdf
 
ADAPTADA ELIENE 7.docx
ADAPTADA ELIENE 7.docxADAPTADA ELIENE 7.docx
ADAPTADA ELIENE 7.docx
 
PLANEJAMENTO SEMANAL 6º ANO 2023 -.pdf
PLANEJAMENTO SEMANAL 6º ANO 2023 -.pdfPLANEJAMENTO SEMANAL 6º ANO 2023 -.pdf
PLANEJAMENTO SEMANAL 6º ANO 2023 -.pdf
 

Último

Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxBiancaNogueira42
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAlexandreFrana33
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfEyshilaKelly1
 
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdf
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdfNoções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdf
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdfdottoor
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresaulasgege
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira partecoletivoddois
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxIsabelaRafael2
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfdio7ff
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxIsabellaGomes58
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfIedaGoethe
 

Último (20)

Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppttreinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
 
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdf
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdfNoções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdf
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdf
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
 

power-point1.pptx

  • 1.
  • 2. Cinema Uma arte voltada para as mudanças sociais?
  • 3. Objetivo Este trabalho apresenta um estudo sobre o cinema, sua história e principalmente seu poder de influência na sociedade, com foco no cinema subversivo.
  • 4. Introdução O cinema é um meio de comunicação de grande importância para todo o mundo, sua importância na sociedade é tanta que passa a ser considerado a sétima arte.
  • 5. Onde tudo começou... Os irmãos Auguste e Louis Lumière idealizaram o cinematógrafo em 1895. A apresentação pública do cinematógrafo marca oficialmente o início da história do cinema.
  • 6.
  • 7. Cinema no século XX • Década de 20: Surgem os grandes estúdios e os Filmes sonoros; • Década de 30: Nascem as estrelas de Hollywood; A diversificação de gêneros e o filme colorido; • Segunda guerra Mundial em 1940: Cinema usado apelo patriota para a guerra e já estimulando o consumismo.
  • 8.
  • 9. • Década de 50: Novas tecnologias para reconquistar o público perdido; Cinema mais realista (Nouvelle Vague – França) • Década de 60: Cinema menos focado no espetáculo, mais subversivo; Inovação européia; • Década de 70: Surgem os Blockbuster, filmes executados para atrair a atenção do grande público e dos mais jovens.
  • 10.
  • 11. “O cinema era apenas uma máquina de imprimir teatro, de visualizar a música, ilustrar a literatura. Hoje através do avanço da tecnologia, o cinema é uma grande máquina de fazer ilusões, ficção, romance e viagens”. (TIM BURTON, 2009).
  • 12. Cinema Subversivo Significado de Subversão: 1 Ato ou efeito de subverter ou subverter- se. 2 Ato ou efeito de destruir ou perturbar; insubordinação, revolta contra a autoridade ou contra as instituições. 3 Perversão moral.
  • 13. • São filmes que questionam a política, religião, violência, sexualidade e outros assuntos considerados tabus; • Fogem do padrão “American way of life”; • Filmes com intuito de fazer o espectador refletir, mas não necessariamente chegando a uma conclusão;
  • 14. Laranja Mecânica • Filme inglês de 1971, do diretor Stanley Kubrick • Ele dá foco na violência impregnada na sociedade de diversas formas e nos confunde visualmente. • O filme se divide em três momentos: Alex e seu grupo como praticantes da violência; A sua reabilitação; E a volta as ruas, já reabilitado.
  • 15.
  • 16. Trainspotting • Filme do diretor Danny Boyle, de 1996, baseado no livro de Irvine Welsh; • O filme é uma abordagem sem moralismo sobre 5 amigos viciados em drogas. • O protagonista abre mão de uma “vida comum” para se dedicar ao vício, que avalia ser mais gratificante.
  • 17.
  • 18. Clube da Luta • Com direção de David Fincher, o trio: Brad Pitt, Edward Norton e Helena Carter tornam o filme popular, mas sem perder sua essência. • O filme é um bom chamado para a hipocrisia da sociedade, pois trata com ironia e um certo humor negro de um tema polêmico e importante.
  • 19.
  • 20. Influência na Sociedade Além de o cinema ser produtor de espetáculo, ele é também veículo de propaganda, de informação e de formação. O cinema pode sim influenciar o jeito das pessoas, porém não é fator determinante de personalidades. O sexo, a violência, as drogas sempre existiram, o filme só retrata a realidade.
  • 21. Considerações Finais O cinema subversivo pode ser considerado como o gênero mais capaz de promover reflexões. Os filmes estudados induzem a reflexão não necessariamente induzindo a uma conclusão. Reforçam o papel do cinema como um meio influenciador e questionador. Os temas polêmicos geram incomodo e por sua vez, esse incomodo gera conhecimento.
  • 22. Produzido por: Bruno Andrade Gabriela Piras Isadora de Albuquerque Jessica Marquina Juliana Liscio
  • 23. FIM