Sistema logístico flexível

2.941 visualizações

Publicada em

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.941
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
18
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sistema logístico flexível

  1. 1. * (ESTUDO DE CASO: SCAPEX)
  2. 2. *A flexibilidade logística deve ser sempre derivada do projeto doscanais logísticos e da estratégia pensada para a cadeia desuprimentos como um todo, uma vez que somente a partir de umadequado alinhamento estratégico ao longo da cadeia desuprimentos é que se pode obter uma flexibilidade que seja,realmente, sistêmica. No ambiente de negócios contemporâneo,todas as áreas das organizações devem buscar a flexibilidade,sobretudo a logística, pela sua profunda interação com osclientes. Um modelo de organização flexível, precisa incorporararticuladamente “as dimensões técnicas, sociais, econômicas eestratégicas da produção”.
  3. 3. *Independentemente da forma de comercialização (tradicional ouvirtual), o abastecimento de toda a cadeia de distribuiçãocontinua sendo feito por um setor bastante real: o sistemalogístico, ele têm levado as organizações a obterem maiorflexibilidade, em virtude do fato que o adequado e rápidoprocessamento de informações possibilita condições de respostasmais rápidas, e precisas, às demandas do mercado, com aconsequente eficácia desejada (lucros).
  4. 4. *Flexibilidade de EstruturasAs organizações estão eliminandoníveis hierárquicos e funções nãocompetitivas, de forma a ganharflexibilidade e rapidez. Alémdisso, “as organizações flexíveisusam seu desenho organizacionalcomo vantagem competitiva”(OVERHOLT, 2000, p. 69).Tenório (2000) ainda propõemudar o atual processo produtivonum processo produtivo maisintegrado e homogêneo.
  5. 5. * Os sistemas logísticos são formados por dois elementos centrais: as estruturas e os processos. Estrutura é entendida como as características dos elementos (subsistemas) que compõem o processamento do sistema. Já os processos são elementos que definem a capacidade dinâmica do sistema, definido através de sua capacidade operacional instalada e de acordo com a infraestrutura oferecida.
  6. 6. *Os processos bem sucedidos precisam de flexibilidade, pois “odesafio da organização que pretende ser líder em serviço aocliente é conhecer as exigências dos diferentes segmentos emque atua e reestruturar seus processos de logística em direçãoao cumprimento dessas exigências”.
  7. 7. *
  8. 8. A ousadia e a rapidez nas decisões explicam em parte por que aScapex é a empresa que mais cresce no segmento. Os bonsresultados são consequência também de ações muito bemplanejadas e escoradas num sólido tripé em que a base é o bomrelacionamento com o cliente, o fortalecimento da marca e umalogística afinada para que o produto chegue com rapidez àsmãos dos distribuidores. Em São Paulo, o sistema de logística daScapex tornou-se mais eficiente com a criação de um Centro deDistribuição Nacional para que os produtos cheguem em poucotempo às distribuidoras. Uma frota própria de veículos facilitaas entregas just-in-time. De suas modernas instalações nacidade de Itapira, interior de São Paulo, (70 km de Campinas),nascem todas as inovações e estratégias da companhiarepassadas para todos os distribuidores e representantescomerciais espalhados pelo país.
  9. 9. * A empresa entende que a flexibilidade pode ser analisada sob dois importantes aspectos: 1) Sob aspecto interno ou externo; e, 2) Sob o aspecto temporal ou espacial.
  10. 10. *Sob o aspecto do foco interno a flexibilidade é conseguida apartir de um desenho baseado nos processos produtivos, focadonos processos e atividades desenvolvidas para fazer a produçãoapresentar as necessárias características de flexibilidade. Base Foco Processos e Interna Produção Atividades
  11. 11. *No aspecto do foco externo a flexibilidade é obtida a partir de umdesenho baseado na cadeia de suprimentos por um lado e nocanal de distribuição, por outro lado, focando também osprocessos e atividades executados para o abastecimento daempresa e para o abastecimento do mercado. Base em Foco Suprimentos Processos e Externa Distribuição Atividades
  12. 12. *A empresa ainda busca investir mais em tecnologia de informação, jáque esse sistema é o que dá origem aos demais fluxos. Busca ainda,estabelecer relacionamentos sólidos e duradouros com todos os elosda cadeia de abastecimento, através da utilização de ferramentascomo os softwares, de forma a garantir que as ações logísticas sejamas mais rápidas possíveis. Base em Foco Fluxos e Tempo T.I. Relacionamentos
  13. 13. *Como o foco é a estrutura física, e a empresa dispõe de modernasinstalações, equipamentos de movimentação e transporte, atarefa ficou mais fácil pois o desenho é claramente baseado nalogística de antecipação . Base em Foco Ativos Estruturas Espaço Financeiros Físicas
  14. 14. *Pontos Positivos Investimento na qualidade dos produtos e garantia da marca; Participação significativa no mercado nacional e internacional; ‘Benchmarking’ do mercado em materiais e serviços especializados; Vias acessíveis (Rodovias e Aéreas) próximas; Preocupação com sustentabilidade; Possui frota própria; Assistência Social.
  15. 15. *Pontos Negativos Produtos com pouca durabilidade (reclamações de consumidores).

×