Pregação sobre eleições

476 visualizações

Publicada em

Pregação sobre o processo eleitoral, utilizando a escolha errada do povo entre Jesus e Barrabás!

Publicada em: Espiritual
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Pregação sobre eleições

  1. 1. Assim nos fala o CIC 2240: “A submissão à autoridade e a corresponsabilidade pelo bem comum exigem moralmente o pagamento dos impostos, o exercício do direito de voto, a defesa do país: «Dai a cada um o quê lhe é devido: o imposto, a quem se deve o imposto; a taxa, a quem se deve a taxa; o respeito, a quem se deve o respeito; a honra, a quem se deve a honra» (Rm 13, 7). Os cristãos «residem na sua própria pátria, mas vivem todos como de passagem; em tudo participam como os outros cidadãos, mas tudo suportam como se não tivessem
  2. 2. Obedecem às leis estabelecidas, mas pelo seu modo de vida superam as leis [...]. Tão nobre é o posto que Deus lhes assinalou, que não lhes é lícito desertar» (26). O Apóstolo exorta-nos a fazer súplicas e ações de graças pelos reis e por todos aqueles que exercem a autoridade, «a fim de que possamos ter uma vida calma e tranquila, com toda a piedade e dignidade» (1 Tm 2, 2)”. Nossa segunda formação sobre eleições 2014 tem o objetivo não só de despertar uma visão cristã na escolha de nossos representantes,
  3. 3. como também, tratar dos detalhes necessários para o exercício do voto no dia 05 de outubro! Nessa segunda parte da formação, Deus inspirou dois ensinamentos para nos formar nesse assunto! Vamos ler o texto base desta frase, que está em Mateus 27, do versículo 15 - 21!
  4. 4. Trata-se da narrativa da escolha do povo de Israel por Barrabás para que ele fosse libertado! Vamos estudar como o povo deixou de eleger Jesus para escolher alguém tão ruim como Barrabás. Mas, quem era Barrabás? A etimologia do seu nome é Bar = filho + Abass = Pai, logo o seu nome significa, filho de um pai, ou seja, filho de alguémnão identificado! Em outras palavras, ninguém conhece sua origem! (Lembra-se do cego BarTIMEU, que era conhecido como filho de Timeu!).
  5. 5. PROCESSO ELEITORAL  JUSTIÇA ELEITORAL  A REGRA  OS CANDIDATOS  OS CABOS ELEITORAIS  OS ELEITORES
  6. 6. Vamos fazer um paralelo desse fato, com o processo eleitoral que se aproxima no dia 5 de outubro, pois a passagem acima retrata um processo de escolha muito parecido com as eleições e possui elementos interessantes para a nossa reflexão! Assim como em uma eleição que é conduzida pela autoridade do Estado, o processo eleitoral de Barrabás tem a autoridade do Império Romano representado por Pilatos! Tem os candidatos (Jesus e Barrabás), tem os cabos eleitorais (Sacerdotes e Anciãos) e por fim, os eleitores (os judeus)!
  7. 7. A primeira desvantagem de Jesus nessa eleição está no versículo 16; Barrabás tratava-se de um prisioneiro que era MUITO CONHECIDO do povo, era ladrão e assassino, mas também famoso por lutar pela libertação de Israel do poder do Império Romano! Estava provavelmente arrumado, enquanto Jesus se encontrava maltrapilho e sujo de sangue, depois de sofrer as flagelações durante a noite inteira! A segunda desvantagem de Jesus é que Ele não possuía“cabos eleitorais”, vejamos o versículo 21, os Anciãos e sacerdotes eram aqueles que!
  8. 8. podiam incitar o povo a favor de quem eles queriam! Os Anciãos e sumo sacerdotes influenciaram o povo a escolher mal, a escolher Barrabás! Assim como hoje, os cabos eleitorais são contratados para influenciar os eleitores para votar em seus candidatos! A regra do processo eleitoral é clara e consta no versículo 15, o povo escolhe quem seria liberto! E bem ou mal, o eleito tem o direito de receber a liberdade! E assim como hoje, a escolha errada traz problema também para o Estado, que tem de lutar contra a corrupção entre outros problemas, a escolha de
  9. 9. um agitador do povo estava solto novamente! E, no caso de um politico corrupto adquirir votos suficientes para se eleger, legalmente, o mesmo terá quatro anos para fazer aquilo que ele sabe fazer como ninguém, ser um mau político! O político por mais Barrabás que ele seja só terá o direito de estar no poder se ele tiver algo que só um eleitor pode dar O VOTO! Irmãos, se você vota no seu candidato porque todo mundo diz que vai votar nele, porque as pesquisas dizem que candidato A ou B vai
  10. 10. ganhar ou ainda se deixa levar por CABOS ELEITORAIS que oferecem benefícios pessoais para você aderir a candidato A ou B, parabéns você tem tudo para escolher um candidato Barrabás no lugar de alguém que mesmo sem pesquisa eleitoral, sem cabos eleitorais, traz consigo os valores corretos para merecer o seu voto, no caso um candidato Jesus! Então chegamos ao primeiro ensinamento da formação: Para cada Barrabás eleito, um Jesus deixa de ser escolhido!
  11. 11. A segunda orientação é: O Homem vê a face, mas o Senhor olha o coração! Vamos ler o texto de I Samuel 16,7! Isso quer dizer, que provavelmente, Deus não escolheria um candidato só pelo poder financeiro, pelo seu marketing, pelo o padrão de poder e força, e sim, pelo o seu coração e pelos os seus valores! Nos dias de hoje é muito caro fazer política! Não só pela estrutura de cabos eleitorais,
  12. 12. como também pelos custos de marketing e propaganda da campanha! Para se ter uma ideia, os três principais candidatos à presidência da república declararam que vão gastar juntos R$ 750.000.000,00! Isso é um grande absurdo! No nosso estado do Ceará, os dois principais candidatos a governador declararam que juntos vão gastar R$ 130.000.000,00, para um estado pobre como é o Ceará, esse absurdo é ainda maior! Esses investimentos são na maioria oriundos de doações de quem tem interesse em recuperar o investimento no futuro! Ninguém faz doação de milhões apenas para ajudar candidato A ou
  13. 13. B! No dia que as campanhas deixarem de ser caras, pessoas de bem terão mais chances de se eleger! E no nosso caso, precisamos desconfiar de candidato de campanha cara e se dedicar àqueles candidatos que trazem propostas e valores cristãos no lugar de um marketing poderoso! Se todo mundo que você conhece pensa diferente, acredite: Você não é todo mundo! Vamos então reforçar o segundo ensinamento! O homem vê a face, mas o
  14. 14. Senhor vê o coração! Em 2010 os cofres públicos gastaram cerca de 480 milhões de reais para a organização das eleições e todo o esforço consiste em garantir aos eleitores o LIVRE EXERCÍCIO do voto! No dia 05 de outubro milhares de seções eleitorais estarão espalhadas por todo o Brasil captando os votos dos eleitores para os cargos na sequência abaixo:
  15. 15. DEPUTADO ESTADUAL _ _ _ (05 NÚMEROS) DEPUTADO FEDERAL _ _ _ _ (04 NÚMEROS) SENADOR _ _ _ (03 NÚMEROS) GOVERNADOR _ _ (02 NÚMEROS) PRESIDENTE _ _ (02 NÚMEROS) O Eleitor deverá comparecer à sua seção eleitoral ENTRE ÀS 08:00 às 17:30 Hrs, portando seu título de eleitor e um documento com foto.
  16. 16. Observação 1: Como as seções após o RECADASTRAMENTO pode ter sido modificada, recomenda-se que o eleitor esteja com o seu título de eleitor nas mãos para consulta do número de sua seção; Observação 2: O eleitor poderá votar somente com o documento com foto desde que o seu nome conste no caderno de eleitores daquela seção eleitoral;
  17. 17. Em 2014, teremos uma grande novidade! Para diminuir o processo de FRAUDES de um eleitor votar no lugar de outro, a justiça eleitoral implantou a BIOMETRIA, onde o eleitor colará suas digitais no terminal do mesário ligado à urna eletrônica. Observação 3: Todos os eleitores foram convocados a cadastrar suas digitais no cartório eleitoral da sua zona eleitoral;
  18. 18. Observação 4: Pode acontecer de algum eleitor não ter cadastrado suas digitais no período determinado, para esse, SOMENTE NESSAS ELEIÇÕES, ele poderá votar sem utilizar suas digitais; Observação 5: Poderá acontecer que mesmo o eleitor que tenha realizado o cadastramento de suas digitais apresente o NÃO RECONHECIMENTO das digitais, fiquem tranquilos pois os mesários estão orientados para permitir sua votação pelo sistema antigo!
  19. 19. Desde a eleição de 2012 está PROIBIDO O ACESSO À CABINA DE VOTAÇÃO portando CELULARES, CAMERAS FOTOGRÁFICAS e acompanhamento de CRIANÇAS para garantir O SIGILO DO VOTO! Não é permitida PROPAGANDA ELEITORAL no dia das eleições sob a pena de enquadramento no CRIME POLÍTICO de BOCA DE URNA! Observação 6: Somente o Eleitor poderá portar bandeira, botom, adesivo e outros ADEREÇOS PESSOAIS com o nome do seu candidato!
  20. 20. No caso de dúvidas, sugestões, denúncias no dia da eleição o cartório eleitoral de Sobral estará de plantão no TELEFONE (88) 3611- 3929. Uma feliz eleição para todos e intensifiquemos a intenção que consta no quinto mistério gozoso do nosso terço, onde rezamos pelas autoridades do Município, Estado e País! E lembrem-se... VOTO não tem PREÇO, Voto tem CONSEQUÊNCIA!

×