Aulas de Redação: desenvolvimento

552 visualizações

Publicada em

Aulas de Redação do Programa Maranhão Profissional Coordenador URE São João dos Patos: Walter Alencar de Sousa

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
552
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
42
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
40
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aulas de Redação: desenvolvimento

  1. 1. 1
  2. 2. Desenvolvimento do texto dissertativo Argumentação 2 Coordenador Regional: Walter Alencar de Sousa maranhaoprofissionaluresjp.blogspot.com
  3. 3. • 2 ou 3 parágrafos; • UMA ideia por parágrafo; • Argumentos fortes, pertinentes. 3 Coordenador Regional: Walter Alencar de Sousa maranhaoprofissionaluresjp.blogspot.com
  4. 4. Como distribuir os parágrafos? O ideal é termos dois ou três parágrafos de desenvolvimento. Cada um deve conter um argumento, uma ideia-núcleo. A partir de um tópico frasal (frase-síntese), devemos conduzir o discurso de uma maneira objetiva, clara e convincente. 4 Coordenador Regional: Walter Alencar de Sousa maranhaoprofissionaluresjp.blogspot.com
  5. 5. Parágrafo e tópico frasal • O parágrafo é uma unidade menor do texto, com princípio, meio e fim, que delimita uma ideia. É marcado por um ligeiro afastamento com relação à margem esquerda da folha; • O tópico frasal corresponde a ideia-núcleo do parágrafo. Ele resume a ideia que será desenvolvida posteriormente. 5 Coordenador Regional: Walter Alencar de Sousa maranhaoprofissionaluresjp.blogspot.com
  6. 6. A escolha em relação à quantidade de parágrafos deve ser feita de acordo com a sua aptidão em relação ao tema. Se tivermos apenas duas ideias fortes que sustentem a tese, não há a menor necessidade de fazer um terceiro parágrafo de desenvolvimento. 6 Coordenador Regional: Walter Alencar de Sousa maranhaoprofissionaluresjp.blogspot.com
  7. 7. Argumentação • A argumentação é um recurso que tem como propósito convencer alguém, para que esse tenha a opinião ou o comportamento alterado; • Argumentos são como provas que apresentamos com o propósito de defender as nossas ideias e convencer o leitor de que essa é a corret. 7 Coordenador Regional: Walter Alencar de Sousa maranhaoprofissionaluresjp.blogspot.com
  8. 8. Estratégias argumentativas • São várias as estratégias às quais podemos recorrer na hora de desenvolver as ideias. Podemos partir de comparações, de referências histórias, de exemplificações, por exemplo. 8 Coordenador Regional: Walter Alencar de Sousa maranhaoprofissionaluresjp.blogspot.com
  9. 9. Argumentação por citação • Procuramos pessoas consagradas e/ou autoridades no assunto que pensem como nós acerca do tema que apresento; • Apresentamos no corpo do texto a menção a uma informação extraída de outra fonte. 9 Coordenador Regional: Walter Alencar de Sousa maranhaoprofissionaluresjp.blogspot.com
  10. 10. Temos 2 maneiras de fazer uma citação: • Literal: com aspas “...” – Como Shakespeare disse “ser ou não ser, eis a questão”. • Parafraseada: com suas palavras – Como o próprio Shakespeare disse: pode ser ou pode não ser, isso é apenas uma questão. 10 Coordenador Regional: Walter Alencar de Sousa maranhaoprofissionaluresjp.blogspot.com
  11. 11. Argumentação por comprovação • A argumentação se dará a partir de informações apresentadas como: dados, estatísticas, percentuais etc.; • O autor precisa de dados que demonstrem, corroborem a sua tese. 11 Coordenador Regional: Walter Alencar de Sousa maranhaoprofissionaluresjp.blogspot.com
  12. 12. O ministro da Educação, Cristovam Buarque, lança hoje o Mapa da da Exclusão Educacional. Segundo o mapa, no Brasil, 1 milhão de crianças ou 5% da população entre 7 e 14 anos, para as quais o ensino é obrigatório, não frequentam as salas de aula. O pior índice é do Amazonas com 16% das crianças do estado, ou seja, 92 mil estão fora das escolas. O melhor é o Distrito Federal, com apenas 2 % de crianças excluídas, seguido por Rio Grande do Sul, com mais 2,1% e São Paulo, com 3% que dá um total de 168 mil. (Mônica Bergamo. Folha de S. Paulo, 3 dez. 2003) 12 Coordenador Regional: Walter Alencar de Sousa maranhaoprofissionaluresjp.blogspot.com
  13. 13. Argumentação por raciocínio lógico • Há uma relação de causa e efeito; • É um recurso utilizado para demonstrar que uma conclusão (afirmada no texto) é necessária e não fruto de uma interpretação pessoal que pode ser contestada; • Para a construção de um bom texto argumentativo, faz-se necessário o conhecimento sobre a questão proposta, fundamentação para que seja realizada com sucesso. 13 Coordenador Regional: Walter Alencar de Sousa maranhaoprofissionaluresjp.blogspot.com
  14. 14. “O fumo é o mais grave problema de saúde pública no Brasil. Assim como não admitimos que os comerciantes de maconha, crack ou heroína façam propaganda para os nossos filhos na TV, todas as formas de publicidade do cigarro deveriam ser proibidas terminantemente. Para os desobedientes, cadeia”. (Drauzio Varella. Folha de S. Paulo, 20 mai. 200) 14 Coordenador Regional: Walter Alencar de Sousa maranhaoprofissionaluresjp.blogspot.com
  15. 15. Argumentação por fatos históricos • Fazendo uso de sua cultura geral: use exemplos da História. É uma maneira de você explicar a origem de determinado problemas ou comparar um fato atual com outro já ocorrido. 15 Coordenador Regional: Walter Alencar de Sousa maranhaoprofissionaluresjp.blogspot.com
  16. 16. A relação entre desemprego e tecnologia não é uma inovação da economia contemporânea. Já durante a Revolução Industrial, no final do século XVIII, os operários protestavam e quebravam máquinas para tentar deter o desemprego e a redução de salários que essas provocavam. 16 Coordenador Regional: Walter Alencar de Sousa maranhaoprofissionaluresjp.blogspot.com
  17. 17. Argumentação por comparação • A comparação deve ser usada no texto das mais diferentes formas; • Compare geograficamente; • Socialmente; • Identifique características específicas; • Diferenças e semelhanças; • Observe as diferenças culturais, sempre de acordo com sua tese. 17 Coordenador Regional: Walter Alencar de Sousa maranhaoprofissionaluresjp.blogspot.com
  18. 18. A situação do desemprego nas áreas industriais brasileiras não é diferente daquela encontrada em outros centros industriais do mundo, onde também são procuradas alternativas frente à elevação do contigente de desempregados. 18 Coordenador Regional: Walter Alencar de Sousa maranhaoprofissionaluresjp.blogspot.com
  19. 19. Argumentação por refutação • Questionar valores; • Buscar ângulos de uma questão praticamente “fechada”; • Sair do lugar comum, claro, sem discordar pelo absurdo, mas através de uma ideia que consiga sustentar. 19 Coordenador Regional: Walter Alencar de Sousa maranhaoprofissionaluresjp.blogspot.com
  20. 20. Podemos, entretanto, duvidar dessa afirmação: a economia norte-americana, centro da revolução tecnológica dos anos 90, registrou nesse período índices historicamente baixos de desemprego, o que contradiz o binômio: tecnologia e desemprego. 20 Coordenador Regional: Walter Alencar de Sousa maranhaoprofissionaluresjp.blogspot.com
  21. 21. É proibido! • Empilhar ideias; • Usar exemplos como argumentos; • Planfetagem; • Clichês; • Linguagem oral; • Redundância e repetição de palavras; • Fuga ao tema. 21 Coordenador Regional: Walter Alencar de Sousa maranhaoprofissionaluresjp.blogspot.com
  22. 22. Etapa Pré Vestibular - Redação Proposta de Redação 22 Coordenador Regional: Walter Alencar de Sousa maranhaoprofissionaluresjp.blogspot.com
  23. 23. Você lembra da aula passada em que construímos vários modelos de introdução para o tema Brasil e a Copa do Mundo? Espero que sim! Agora, vamos tentar escrever, no mínimo, dois parágrafos de desenvolvimento deste mesmo tema, com o intuito de confirmar a nossa tese. 23 Coordenador Regional: Walter Alencar de Sousa maranhaoprofissionaluresjp.blogspot.com

×