VALOR COMERCIAL E MERCADOLÓGICO DE
UM SIGNO DISTINTIVO PARA A
DIFERENCIAÇÃO E PROMOÇÃO DE UM
PRODUTO TRADICIONAL
Roberto C...
O MARKETING DE ORIGEM
Roberto Costa
Agosto 2014
Indicação Geográfica (IG)
O registro é conferido a produtos ou
serviços que são característicos do seu
local de origem, o ...
OS CONSUMIDORES
ESTÃO MAIS EXIGENTES
E VALORIZANDO ATRIBUTOS
QUE ATESTAM A QUALIDADE
E RESPONSABILIDADE DOS
PRODUTOS, SEJA...
ESTÃO, INCLUSIVE,
DISPOSTOS A PAGAREM
MAIS POR ISSO.
ESTIMA-SE QUE PRODUTOS
COM IG SÃO VENDIDOS POR
UM PREÇO ATÉ 2,23 VEZE...
QUAIS SÃO OS FATORES-CHAVE
PARA OBTER UMA MARGEM BRUTA
SUPERIOR?
O PRINCIPAL É A DIFERENCIAÇÃO
INTRÍNSECA DE PRODUTOS
CORR...
ESTRATÉGIAS DE MARKETING
EFICAZES, ALIADAS AO USO
CADEIAS CURTAS (MAIS DIRETAS)
DE MERCADO E ORIENTAÇÃO
PARA EXPORTAÇÃO;
U...
APOIO À PROMOÇÃO (DIVULGAÇÃO)
E GERAÇÃO DE AWARENESS DOS
CONSUMIDORES.
PESSOAS SABEREM DA MARCA;
CONSCIÊNCIA DE QUE O PROD...
PRODUTOS DIFERENCIADOS POR SUA
SINGULARIDADE E TRADIÇÃO TAMBÉM
MOTIVAM SEU CONSUMO
E NUM MUNDO
GLOBALIZADO, A VARIEDADE
DE PRODUTOS DO MESMO
SEGMENTO É GRANDE.
ISSO EXIGE UM ESFORÇO MAIOR
DAS MARCAS QUE DESEJAM SE
TORNAR MAIS RELEVANTES PARA
SEUS CONSUMIDORES.
POR ISSO, ESTRATÉGIAS MERCADOLÓGICAS BASEADAS NAS ESPECIFICIDADES
TERRITORIAIS ESTÃO SE DIFUNDINDO E CONTRIBUINDO PARA A A...
“Nossas igs valem €54.3 bilhões no mundo, e representam
15% do nosso total de exportações de alimentos e bebidas.
Isso mos...
PEDIDOS PENDENTES PARA IG NA EUROPA:
AS INDICAÇÕES GEOGRÁFICAS
DÃO AOS ARTIGOS SIGNIFICADOS
HISTÓRICO-CULTURAIS E
FAMILIARIDADE COM A
TRADICIONALIDADE LOCAL
“A INDICAÇÃO GEOGRÁFICA
COMUNICA AO MUNDO QUE UMA
CERTA REGIÃO SE ESPECIALIZOU E
TEM CAPACIDADE DE PRODUZIR UM
ARTIGO DIFE...
PRODUTORES CONSUMIDORES
PRODUTO VENDIDO
A PREÇO PREMIUM
CERTEZA DE ADQUIRIR UM PRODUTO DE
QUALIDADE ASSEGURADA + CONFIANÇA...
EXEMPLOS
INTERNACIONAIS
O SELO É O MEIO DE COMUNICAÇÃO COM OS CLIENTES E
MATERIALIZAÇÃO DA PROVA (DE QUALIDADE E PROCEDÊNCIA).
É O SUPORTE MATERIA...
• PADRONIZAR A DISTINÇÃO DO PRODUTO;
• PROMOÇÃO ATRAVÉS DE ESTRATÉGIAS DE
MARKETING DIRETAMENTE RELACIONADAS AO
SISTEMA DE...
VINHO DO
PORTO
PORTUGAL
VINHO
VERDE
PORTUGAL
DARJEELING ÍNDIA
ROQUEFORT, CAMEMBERT FRANÇA
CARRARA ITÁLIA
OUTROS EXEMPLOS
CHARUTO
CUBA
VINHO
FR - BORDEAUX
A ESCÓCIA, COM O OBJETIVO DE SE
FORTALECER COMO REGIÃO PRODUTORA,
ESTIMULA RESTAURANTES E HOTÉIS A
INFORMAR A ORIGEM DA CA...
OS AUSTRALIANOS PROMOVEM
SUA CARNE DE CORDEIRO HÁ
CERCA DE 10 ANOS COM A
CAMPANHA “WE LOVE OUR
LAMB”.
SUAS PEÇAS PUBLICITÁ...
OUTROS EXEMPLOS
CORDEIRO
AUSTRÁLIA
SINGANI - BOLÍVIA.
AGUARDENTE OBTIDA PELA
DESTILAÇÃO DE VINHOS DE UVA
MOSCATEL FRESCA, PRODUZIDA NA
REGIÃO DE POTOSÍ.
NA A...
EXEMPLOS NACIONAIS
Embrapa
FATORES COMO A DIVERSIDADE
CULTURAL BRASILEIRA, SEU VASTO
TERRITÓRIO E SUAS PARTICULARIDADES
SUSTENTAM A AFIRMAÇÃO...
VINHO - RS
VINHO - SC
CACHAÇA - MG
CAFÉ - PR
PRÓPOLIS - AL
MELÃO - RN
O Vale dos Vinhedos obteve reconhecimento
na União Européia, as terras foram
valorizadas em 200 a 500% e o turismo
cresceu...
Sul RS Vale dos Vinhedos (Indicação de Procedência - IP) Vinhos
RS Pampa Gaúcho da Campanha Meridional Carne
RS Vale dos S...
FAREI
O REGISTRO,
E AGORA?
Fonte: Agência Brasil 2012
“QUANDO VOCÊ ESTÁ INDICANDO A PROCEDÊNCIA DO
PRODUTO, O CONJUNTO DE EMPRESAS GANHA MUITO. E
ISS...
NÃO BASTA OBTER A IG, ESTA DEVE SER ENCARADA
COMO UMA FUNÇÃO ESTRATÉGICA QUE EXIGE UMA
GESTÃO, PARA QUE A EMPRESA POSSA EX...
ESSA CONTA É COMPOSTA POR DIVERSAS VARIÁVEIS,
SENDO UMA DELAS A PERCEPÇÃO DE VALOR DA SUA
MARCA.
QUANTO VALE UMA EMPRESA?
VAMOS FALAR DE BRAND EQUITY.
O VALOR COMERCIAL QUE DERIVA DA PERCEPÇÃO
DO CONSUMIDOR SOBRE A MARCA DE UM
DETERMINADO PRODU...
O PROPÓSITO DO BRANDING E DA PROTEÇÃO DAS
INDICAÇÕES É DIFERENCIAR, A FIM DE CRIAR VALOR.
O Centro de Comércio Internacion...
MARCA
PONTOS DE CONTATO
PDV INTERNET
COLABORADORES
IMPRENSA
EXPERIÊNCIA
PESSOAL
AÇÕES DE
COMUNICAÇÃO
EMBALAGEM
BOCA A BOCA...
CONSTRUÇÃO DE UMA IMAGEM (NOTORIEDADE) PARA
O PRODUTO E PARA O TERRITÓRIO
VALORES MERCANTIS INCORPORADOS
Tese de doutorado...
Estímulo ao turismo
Melhora de competitividade da
economia regional
Geração e empregos e renda
Valorização dos imóveis/ter...
PRODUTOS COM
QUALIDADE SUPERIOR
DIFERENCIAÇÃO
COMPETIÇÃO DINÂMICA
ENTRE PRODUTORES COM
ESTA ESTRATÉGIA
NICHOS DE MERCADOLU...
OFERTA DE VALOR SUPERIOR PARA OS CLIENTES
VANTAGENS COMPETITIVAS PERMITEM:
É DEFINIDO PELOS PRÓPRIOS CLIENTES,
E NÃO PELO ...
MERCADO
MARCA
PÚBLICOO QUE É DIFERENCIADO?
ESTABELECER UMA DIFERENÇA
EM RELAÇÃO À CONCORRÊNCIA
PILARES DO
POSICIONAMENTO
O...
IG
ENQUANTO UMA IG INDICA QUE PRODUTOS OU
SERVIÇOS SÃO PROCEDENTES DE CERTA REGIÃO
E/OU ATENDEM A DETERMINADOS PADRÕES DE
...
+
AO ALIAR OS ATRIBUTOS DE UMA IG ÀS
CARACTERÍSTICAS DE UMA MARCA, SUA PERCEPÇÃO
DE VALOR É MAXIMIZADA. A IG AJUDA A CONST...
CASE
DARJEELING
OBJETIVOS
• PROJEÇÃO E PROMOÇÃO DA IG
• NECESSIDADE DE CONSTRUIR BRAND EQUITY VIA CAMPANHAS
PROMOCIONAIS EM DIVERSOS MERCA...
"PINK SCARF"
2004 - TBWAGERMANY
CASE CAFÉ
DE COLOMBIA
O Triângulo Cafeeiro compreende três regiões, num eixo de produção
que engloba os departamentos: Risaralda, Quindío e Cald...
AÇÕES
• Criação do personagem Juan Valdez, que representa o café da
Colômbia por mais de 40 anos, em campanhas de comunica...
AÇÕES
• Costuma investir cinco vezes mais que o Brasil em campanhas
de marketing. (US$ 40 milhões/ano)
• Uso de mídias soc...
BLOG, FACEBOOK,
YOUTUBE,
TWITTER, SITE
PDV
CASE VINHOS
DO BRASIL
OBJETIVOS
• Em 2008, a Market Analysis Brasil, empresa de pesquisa de mercado e
opinião pública foi contratada pelo IBRAVI...
OBJETIVOS
• Por isso o IBRAVIN começou a trabalhar o posicionamento da marca
Vinhos do Brasil.
• Apesar de já existir, est...
AÇÕES
• Campanha Vinhos do Brasil - Vinhos- Julho/Agosto - Espumantes- Nov/Dez
• Projeto Acesso a Mercado - 3 Feiras focan...
AÇÕES
• Eventos Institucionais
• Patrocínios ( Avaliação Nacional de Vinhos, Dia do Vinhos, Congresso de
Cardiologia Semin...
REFORMULAÇÃO LOGO E SLOGAN
ALGUNS PRODUTOS
CATARINENSES PASSÍVEIS
DE RECONHECIMENTO.
- KOCHKÄSE MUNICÍPIOS COM COLONIZAÇÃO GERMÂNICA
- OSTRAS FLORIANÓPOLIS
- EMBUTIDOS VALE DO ITAJAÍ
- MEL - NOVA TRENTO
- AR...
a) Cristal Artesanal, da região de Blumenau e Pomerode;
b) Vinhos de altitude;
c) Ostras de Florianópolis;
d) Linguiça Blu...
FONTES
http://www.agricultura.gov.br/desenvolvimento-sustentavel/indicacao-geografica/selos-no-brasil
http://www.agricultu...
FONTES
http://ec.europa.eu/agriculture/statistics/index_en.htm
http://ec.europa.eu/agriculture/events/gi-africa-2011_en.ht...
Roberto Costa | Agência PROPAGUE
Roberto Costa | Agência PROPAGUE
Roberto Costa | Agência PROPAGUE
Roberto Costa | Agência PROPAGUE
Roberto Costa | Agência PROPAGUE
Roberto Costa | Agência PROPAGUE
Roberto Costa | Agência PROPAGUE
Roberto Costa | Agência PROPAGUE
Roberto Costa | Agência PROPAGUE
Roberto Costa | Agência PROPAGUE
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Roberto Costa | Agência PROPAGUE

395 visualizações

Publicada em

Apresentação utilizada pelo Sr. Roberto Costa, Publicitário e Presidente da Agência PROPAGUE no III Workshop Catarinense de Indicação Geográfica e II Encontro Internacional Interdisciplinar em Patrimônio Cultural, realizados nos dias 7 e 8/8/2014 no Anfiteatro da Biblioteca Central da UNIVILLE, em Joinville.

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
395
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Roberto Costa | Agência PROPAGUE

  1. 1. VALOR COMERCIAL E MERCADOLÓGICO DE UM SIGNO DISTINTIVO PARA A DIFERENCIAÇÃO E PROMOÇÃO DE UM PRODUTO TRADICIONAL Roberto Costa Agosto 2014
  2. 2. O MARKETING DE ORIGEM Roberto Costa Agosto 2014
  3. 3. Indicação Geográfica (IG) O registro é conferido a produtos ou serviços que são característicos do seu local de origem, o que lhes atribui reputação, valor intrínseco e identidade própria, além de os distinguir em relação aos seus similares disponíveis no mercado. São produtos que apresentam uma qualidade única em função de recursos naturais como solo, vegetação, clima e saber fazer (know-how ou savoir-faire). É o nome geográfico de um país, cidade, região ou uma localidade de seu território que... Indicação de Procedência ...se tornou conhecido como centro de produção, fabricação ou extração de determinado produto ou prestação de determinado serviço. Denominação de Origem ...designe produto ou serviço cujas qualidades ou características se devam exclusiva ou essencialmente ao meio geográfico, incluídos fatores naturais e humanos.
  4. 4. OS CONSUMIDORES ESTÃO MAIS EXIGENTES E VALORIZANDO ATRIBUTOS QUE ATESTAM A QUALIDADE E RESPONSABILIDADE DOS PRODUTOS, SEJA SOBRE SUA PRODUÇÃO OU PROCEDÊNCIA. 1. O Slow Food é uma associação internacional sem fins lucrativos fundada como resposta aos efeitos padronizantes do fast food; ao ritmo frenético da vida atual; ao desaparecimento das tradições culinárias regionais; ao decrescente interesse das pessoas na sua alimentação, na procedência e sabor dos alimentos e em como nossa escolha alimentar pode afetar o mundo. 2. Selo de orgânico do Sistema Brasileiro de Avaliação da Conformidade Orgânica (SisOrg) é único, padrão para todo território nacional, que apresenta ao consumidor o produto orgânico. 3. O Humane Farm Animal Care (HFAC) é a uma organização de certificação sem fins lucrativos dedicada a melhorar a vida dos animais de fazenda na produção de alimentos desde o nascimento até o abate.
  5. 5. ESTÃO, INCLUSIVE, DISPOSTOS A PAGAREM MAIS POR ISSO. ESTIMA-SE QUE PRODUTOS COM IG SÃO VENDIDOS POR UM PREÇO ATÉ 2,23 VEZES MAIOR. 03.13 - Estudo da Comissão Europeia
  6. 6. QUAIS SÃO OS FATORES-CHAVE PARA OBTER UMA MARGEM BRUTA SUPERIOR? O PRINCIPAL É A DIFERENCIAÇÃO INTRÍNSECA DE PRODUTOS CORRESPONDENTES (PARÂMETROS DE QUALIDADE, CARACTERÍSTICAS ORGANOLÉPTICAS, ETC) Areté: Análises econômicas de alto perfil. Consultoria para as instituições mais relevantes a nível da União Europeia, bem como para as grandes empresas e as organizações da agricultura, agro-indústria, as energias renováveis ​​e os setores de serviços avançados.
  7. 7. ESTRATÉGIAS DE MARKETING EFICAZES, ALIADAS AO USO CADEIAS CURTAS (MAIS DIRETAS) DE MERCADO E ORIENTAÇÃO PARA EXPORTAÇÃO; UFRGS - Estudo “Agricultores familiares fornecendo produtos para alimentação escolar ” QUAIS SÃO OS FATORES-CHAVE PARA OBTER UMA MARGEM BRUTA SUPERIOR?
  8. 8. APOIO À PROMOÇÃO (DIVULGAÇÃO) E GERAÇÃO DE AWARENESS DOS CONSUMIDORES. PESSOAS SABEREM DA MARCA; CONSCIÊNCIA DE QUE O PRODUTO EXISTE. ESTIMULA EXPERIMENTAÇÃO E DISTRIBUIÇÃO QUAIS SÃO OS FATORES-CHAVE PARA OBTER UMA MARGEM BRUTA SUPERIOR?
  9. 9. PRODUTOS DIFERENCIADOS POR SUA SINGULARIDADE E TRADIÇÃO TAMBÉM MOTIVAM SEU CONSUMO
  10. 10. E NUM MUNDO GLOBALIZADO, A VARIEDADE DE PRODUTOS DO MESMO SEGMENTO É GRANDE.
  11. 11. ISSO EXIGE UM ESFORÇO MAIOR DAS MARCAS QUE DESEJAM SE TORNAR MAIS RELEVANTES PARA SEUS CONSUMIDORES.
  12. 12. POR ISSO, ESTRATÉGIAS MERCADOLÓGICAS BASEADAS NAS ESPECIFICIDADES TERRITORIAIS ESTÃO SE DIFUNDINDO E CONTRIBUINDO PARA A AGREGAÇÃO DE VALOR À PRODUTOS E SERVIÇOS. (Champagne só vem de Champagne, França)
  13. 13. “Nossas igs valem €54.3 bilhões no mundo, e representam 15% do nosso total de exportações de alimentos e bebidas. Isso mostra sua importância para a economia da união europeia, e a relevância dos nossos esforços em promover e defendê-las. Igs são a chave para gerar valor local e empregos” Mar.2013 - Dacian Cioloş - Agricultura e desenvolvimento rural, Comissão Europeia.
  14. 14. PEDIDOS PENDENTES PARA IG NA EUROPA:
  15. 15. AS INDICAÇÕES GEOGRÁFICAS DÃO AOS ARTIGOS SIGNIFICADOS HISTÓRICO-CULTURAIS E FAMILIARIDADE COM A TRADICIONALIDADE LOCAL
  16. 16. “A INDICAÇÃO GEOGRÁFICA COMUNICA AO MUNDO QUE UMA CERTA REGIÃO SE ESPECIALIZOU E TEM CAPACIDADE DE PRODUZIR UM ARTIGO DIFERENCIADO, UM PRODUTO DE EXCELÊNCIA” Jorge Ávila, ex-presidente do Inpi Fonte: Agência Brasil 2012
  17. 17. PRODUTORES CONSUMIDORES PRODUTO VENDIDO A PREÇO PREMIUM CERTEZA DE ADQUIRIR UM PRODUTO DE QUALIDADE ASSEGURADA + CONFIANÇA. RELAÇÃO GANHA X GANHA
  18. 18. EXEMPLOS INTERNACIONAIS
  19. 19. O SELO É O MEIO DE COMUNICAÇÃO COM OS CLIENTES E MATERIALIZAÇÃO DA PROVA (DE QUALIDADE E PROCEDÊNCIA). É O SUPORTE MATERIAL DA REPUTAÇÃO JUSTIFICADA. Tese de doutorado - Compromissos para a qualidade: projetos de indicação geográfica para vinhos no Brasil e na França - Paulo André Niederle
  20. 20. • PADRONIZAR A DISTINÇÃO DO PRODUTO; • PROMOÇÃO ATRAVÉS DE ESTRATÉGIAS DE MARKETING DIRETAMENTE RELACIONADAS AO SISTEMA DE QUALIFICAÇÃO,TORNANDO AS IGS UM INSTRUMENTO RECONHECIDO PELOS CONSUMIDORES. * Incentivar a produção agrícola | Proteger os nomes dos produtos contra imitação e utilizações indevidas; * Auxiliar os consumidores, fornecendo-lhes informações relativas às características específicas dos produtos. ¹ Entre outros. OBJETIVO DOS SELOS EUROPEUS:
  21. 21. VINHO DO PORTO PORTUGAL VINHO VERDE PORTUGAL DARJEELING ÍNDIA ROQUEFORT, CAMEMBERT FRANÇA CARRARA ITÁLIA
  22. 22. OUTROS EXEMPLOS CHARUTO CUBA VINHO FR - BORDEAUX
  23. 23. A ESCÓCIA, COM O OBJETIVO DE SE FORTALECER COMO REGIÃO PRODUTORA, ESTIMULA RESTAURANTES E HOTÉIS A INFORMAR A ORIGEM DA CARNE BOVINA OFERECIDA. INICIATIVA DA QUALITY MEAL SCOTLAND.
  24. 24. OS AUSTRALIANOS PROMOVEM SUA CARNE DE CORDEIRO HÁ CERCA DE 10 ANOS COM A CAMPANHA “WE LOVE OUR LAMB”. SUAS PEÇAS PUBLICITÁRIAS REREBERAM DIVERSOS PRÊMIOS, INCLUSIVE UM LEÃO DO FESTIVAL DE CANNES.
  25. 25. OUTROS EXEMPLOS CORDEIRO AUSTRÁLIA
  26. 26. SINGANI - BOLÍVIA. AGUARDENTE OBTIDA PELA DESTILAÇÃO DE VINHOS DE UVA MOSCATEL FRESCA, PRODUZIDA NA REGIÃO DE POTOSÍ. NA AMÉRICA LATINA, ALGUNS PAÍSES TAMBÉM TÊM FEITO ESFORÇOS PARA GARANTIR A PROTEÇÃO DE SEUS PRODUTOS. (AUTOPROMULGAÇÃO) PISCO PERU CHUAO - VENEZUELA. CACAU ORIGINÁRIO DA REGIÃO DO MESMO NOME. Embrapa |09 TEQUILA MÉXICO
  27. 27. EXEMPLOS NACIONAIS
  28. 28. Embrapa FATORES COMO A DIVERSIDADE CULTURAL BRASILEIRA, SEU VASTO TERRITÓRIO E SUAS PARTICULARIDADES SUSTENTAM A AFIRMAÇÃO DE QUE HÁ INÚMEROS PRODUTOS NACIONAIS COM POTENCIAL DE OBTER UMA IG.
  29. 29. VINHO - RS VINHO - SC CACHAÇA - MG CAFÉ - PR PRÓPOLIS - AL MELÃO - RN
  30. 30. O Vale dos Vinhedos obteve reconhecimento na União Européia, as terras foram valorizadas em 200 a 500% e o turismo cresceu na região. Os produtores sentem-se motivados pelo trabalho que executam. Os alambiqueiros de Paraty melhoraram a qualidade da cachaça, respeitando a legislação GANHOS, ALGUNS EXEMPLOS sanitária para a bebida. Outros projetos como a gastronomia sustentável foram desenvolvidos na área. A IG do Pampa Gaúcho da Campanha Meridional atraiu investimentos de organizações não-governamentais internacionais para a conservação da biodiversidade da região, além da preservação da tradição dos hábitos e dos gaúchos.
  31. 31. Sul RS Vale dos Vinhedos (Indicação de Procedência - IP) Vinhos RS Pampa Gaúcho da Campanha Meridional Carne RS Vale dos Sinos Couro acabado RS Pinto Bandeira Vinhos RS Litoral Norte Gaúcho Arroz RS Pelotas Doces RS Vale dos Vinhedos Vinhos RS Altos Montes Vinhos SC Vale da Uva Goeth Vinhos PR Norte Pioneiro do Paraná Café Sudeste MG Cerrado Mineiro Café MG Região da Serra da Mantiqueira Café MG Serro Queijo MG Canastra Queijo MG São Joaõ Del Rei Peças em estanho MG Salinas Cachaça MG São Tiago Biscoitos ES Goiabeiras Panelas de barro ES Cachoeiro de Itapemirim Mármore ES Linhares Cacau RJ Paraty Cachaça RJ Pedra Carijó Gnaisse Fitado RJ Pedra Cinza Gnaisse Fitado RJ Pedra Madeira Gnaisse Fitado SP Franca Calçados SP Alta Mogiana Café Nordeste PE/BA Vale do Submédio São Francisco Uva e Manga PE Porto Digital Serviços de TI CE Costa Negra Camarão PI Pedro II Opalas AL Manguezais de Alagoas Própolis PB Paraíba Têxteis em algodão PB Cariri Renda SE Divina Pastora Renda RN Mossoró Melão Norte TO Capim Dourado Jalapão Indicações Geográficas registradas
  32. 32. FAREI O REGISTRO, E AGORA?
  33. 33. Fonte: Agência Brasil 2012 “QUANDO VOCÊ ESTÁ INDICANDO A PROCEDÊNCIA DO PRODUTO, O CONJUNTO DE EMPRESAS GANHA MUITO. E ISSO TEM UM SIGNIFICADO GRANDE EM TERMOS DE VALOR COMERCIAL” Armando Clemente, então diretor técnico do Sebrae/RJ
  34. 34. NÃO BASTA OBTER A IG, ESTA DEVE SER ENCARADA COMO UMA FUNÇÃO ESTRATÉGICA QUE EXIGE UMA GESTÃO, PARA QUE A EMPRESA POSSA EXPLORAR TODAS AS SUAS POTENCIALIDADES.
  35. 35. ESSA CONTA É COMPOSTA POR DIVERSAS VARIÁVEIS, SENDO UMA DELAS A PERCEPÇÃO DE VALOR DA SUA MARCA. QUANTO VALE UMA EMPRESA?
  36. 36. VAMOS FALAR DE BRAND EQUITY. O VALOR COMERCIAL QUE DERIVA DA PERCEPÇÃO DO CONSUMIDOR SOBRE A MARCA DE UM DETERMINADO PRODUTO OU SERVIÇO, EM VEZ DE PARTIR DO PRODUTO OU SERVIÇO EM SI.
  37. 37. O PROPÓSITO DO BRANDING E DA PROTEÇÃO DAS INDICAÇÕES É DIFERENCIAR, A FIM DE CRIAR VALOR. O Centro de Comércio Internacional (ITC) é a agência conjunta da Organização Mundial do Comércio e as Nações Unidas - United Nations Conference on Trade and Development (UNCTAD). -TER UMA IDENTIDADE -CONTROLE SOBRE A MARCA -GERENCIAR COMUNICAÇÃO ENTRE A MARCA E SEUS PONTOS DE CONTATO -ESTABELECER DIRETRIZES
  38. 38. MARCA PONTOS DE CONTATO PDV INTERNET COLABORADORES IMPRENSA EXPERIÊNCIA PESSOAL AÇÕES DE COMUNICAÇÃO EMBALAGEM BOCA A BOCA PÚBLICO INTERMEDIÁRIO EVENTOS M E R C A D O M E R C A D O
  39. 39. CONSTRUÇÃO DE UMA IMAGEM (NOTORIEDADE) PARA O PRODUTO E PARA O TERRITÓRIO VALORES MERCANTIS INCORPORADOS Tese de doutorado - Compromissos para a qualidade: projetos de indicação geográfica para vinhos no Brasil e na França - Paulo André Niederle IGS POSSIBILIDADE DE RESSIGNIFICAÇÃO: DE UM PRODUTO CARACTERIZADO POR UM LUGAR PODE-SE PASSAR PARA UM LUGAR CARACTERIZADO POR UM PRODUTO ATRAI ATENÇÃO DA MÍDIA
  40. 40. Estímulo ao turismo Melhora de competitividade da economia regional Geração e empregos e renda Valorização dos imóveis/terrasPreservação de tradições Aumento do valor de mercado das empresas Possibilidade de ressignificação: de um produto caracterizado por um lugar pode-se passar para um lugar caracterizado por um produto
  41. 41. PRODUTOS COM QUALIDADE SUPERIOR DIFERENCIAÇÃO COMPETIÇÃO DINÂMICA ENTRE PRODUTORES COM ESTA ESTRATÉGIA NICHOS DE MERCADOLUCROS MAIS ALTOSPOSSIBILIDADE DE ABERTURA DE MERCADOS
  42. 42. OFERTA DE VALOR SUPERIOR PARA OS CLIENTES VANTAGENS COMPETITIVAS PERMITEM: É DEFINIDO PELOS PRÓPRIOS CLIENTES, E NÃO PELO QUE A ORGANIZAÇÃO ENTENDE COMO TAL NECESSIDADE DE SEGMENTAÇÃO E POSICIONAMENTO DE MERCADO ALÉM DO ASPECTO FUNCIONAL, CONTEMPLA OS BENEFÍCIOS PSICOLÓGICOS DA COMPRA E USO DO PRODUTO/SERVIÇO
  43. 43. MERCADO MARCA PÚBLICOO QUE É DIFERENCIADO? ESTABELECER UMA DIFERENÇA EM RELAÇÃO À CONCORRÊNCIA PILARES DO POSICIONAMENTO O QUE É VERDADEIRO? DENTRO DA CAPACIDADE DE ENTREGA DA MARCA O QUE É RELEVANTE? O PÚBLICO ESPERA EM RELAÇÃO À CATEGORIA
  44. 44. IG ENQUANTO UMA IG INDICA QUE PRODUTOS OU SERVIÇOS SÃO PROCEDENTES DE CERTA REGIÃO E/OU ATENDEM A DETERMINADOS PADRÕES DE QUALIDADE, UMA MARCA OS INDIVIDUALIZA, É UM SIGNO DISTINTIVO QUE DIFERENCIA UM PRODUTO OU SERVIÇO DE OUTRO. MARCA&
  45. 45. + AO ALIAR OS ATRIBUTOS DE UMA IG ÀS CARACTERÍSTICAS DE UMA MARCA, SUA PERCEPÇÃO DE VALOR É MAXIMIZADA. A IG AJUDA A CONSTRUIR A IMAGEM DE MARCA, JUNTAMENTE COM SEU POSICIONAMENTO,VALORES E GERENCIAMENTO DOS PONTOS DE CONTATO. IG MARCA
  46. 46. CASE DARJEELING
  47. 47. OBJETIVOS • PROJEÇÃO E PROMOÇÃO DA IG • NECESSIDADE DE CONSTRUIR BRAND EQUITY VIA CAMPANHAS PROMOCIONAIS EM DIVERSOS MERCADOS DARJEELING ÍNDIA AÇÕES • ESTUDOS DE MERCADO E DO COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR • REALIZAÇÃO DE FESTIVAIS DE CHÁ EM REGIÕES ESTRANGEIRAS • ORGANIZANÇÃO SEMINÁRIOS SOBRE IGS E DIREITOS DE PROPRIEDADE INTELECTUAL • ANÚNCIOS NA MÍDIA NACIONAL E INTERNACIONAL • GERANDO AWARENESS
  48. 48. "PINK SCARF" 2004 - TBWAGERMANY
  49. 49. CASE CAFÉ DE COLOMBIA
  50. 50. O Triângulo Cafeeiro compreende três regiões, num eixo de produção que engloba os departamentos: Risaralda, Quindío e Caldas. Mais de três das quatro partes da produção de café no país são destinados às exportações, por isso, a economia local gira muito em torno do produto, que internacionalmente é conhecido como Café de Colômbia, sendo o terceiro país exportador de café no mundo.
  51. 51. AÇÕES • Criação do personagem Juan Valdez, que representa o café da Colômbia por mais de 40 anos, em campanhas de comunicação de marketing. Criado por Doyle Dane Bernbach em março de 1981, o objetivo era identificar e garantir as marcas que verdadeiramente consistem de 100% café colombiano aprovado pela Federação Nacional de Cafeteros de Colômbia. O desenho de Juan e sua mula Conchita é conhecido em todo o mundo como símbolo da Colômbia. A marca Juan Valdez representa mais de 500 famílias, sendo sua união um exemplo a ser seguido.
  52. 52. AÇÕES • Costuma investir cinco vezes mais que o Brasil em campanhas de marketing. (US$ 40 milhões/ano) • Uso de mídias sociais • Como uma Disneylândia do café, o Parque Nacional Del Café Fundado em 1995, tem mais de 25 atrações temáticas relacionadas ao café colombiano • Patrocinio de grandes eventos como torneio de roland garros RESULTADO • Conquistou grandes mercados como os Estados Unidos e virou referência de qualidade na Europa nos últimos anos.
  53. 53. BLOG, FACEBOOK, YOUTUBE, TWITTER, SITE
  54. 54. PDV
  55. 55. CASE VINHOS DO BRASIL
  56. 56. OBJETIVOS • Em 2008, a Market Analysis Brasil, empresa de pesquisa de mercado e opinião pública foi contratada pelo IBRAVIN e pela Corporação Vitivinícola Argentina – COVIAR para a realização de um estudo sobre o mercado brasileiro de vinhos e espumantes. • O vinho brasileiro apresentava uma imagem desfavorável junto aos consumidores que o percebiam como “caros” e de “baixa qualidade”. • Era necessário reposicionar a categoria de vinhos brasileiros no mercado.
  57. 57. OBJETIVOS • Por isso o IBRAVIN começou a trabalhar o posicionamento da marca Vinhos do Brasil. • Apesar de já existir, esta marca até então não havia sido trabalhada junto ao mercado. • Trabalhar fortemente a imagem atrelada aos produtos vinhos finos e espumantes, pois estes puxam os demais e, consequentemente toda a categoria.
  58. 58. AÇÕES • Campanha Vinhos do Brasil - Vinhos- Julho/Agosto - Espumantes- Nov/Dez • Projeto Acesso a Mercado - 3 Feiras focando os principais canais de distribuição (Expovinis, APAS e ABAD). • Assessoria de Imprensa - Total de 225 releases produzidos em 2009 e primeiro semestre 2010, com mais de 2,5 mil publicações na imprensa • Site Ibravin– Mais de 250 mil acessos no primeiro semestre de 2010; • Site Vinhos do Brasil- Mais 74 mil acessos no primeiro semestre de 2010 e mais de 3 mil seguidores no Twiter e 500 integrantes do Orkut e FaceBook. • Patrocínio Sites • Blitz nos principais bares e restaurantes de Porto Alegre com promotoras. A ação conta com uma rolha gigante que potencializa a visibilidade e efetividade.
  59. 59. AÇÕES • Eventos Institucionais • Patrocínios ( Avaliação Nacional de Vinhos, Dia do Vinhos, Congresso de Cardiologia Seminário da Metade Sul, Concurso Internacional de Bruxelas, Congresso Latino Americano de Enoturismo,Vinotech e Wine Club Gramado; • Eventos de Degustação – Cursos de degustação Festa da Uva e Expobento, São Paulo Fashion Week, Expointer 2010, 5 Amostra de Vinhos de Campinas e Projeto Para Saber o Sabor dos Vinhos do Brasil; • Seminários e Eventos- Lançamento Saca Rolhas Vinhos do Brasil e Quality Wine
  60. 60. REFORMULAÇÃO LOGO E SLOGAN
  61. 61. ALGUNS PRODUTOS CATARINENSES PASSÍVEIS DE RECONHECIMENTO.
  62. 62. - KOCHKÄSE MUNICÍPIOS COM COLONIZAÇÃO GERMÂNICA - OSTRAS FLORIANÓPOLIS - EMBUTIDOS VALE DO ITAJAÍ - MEL - NOVA TRENTO - ARTESANATO EM VIME RIO DOS CEDROS
  63. 63. a) Cristal Artesanal, da região de Blumenau e Pomerode; b) Vinhos de altitude; c) Ostras de Florianópolis; d) Linguiça Blumenau; e) Arroz, da região de Gaspar, Blumenau, Brusque, entre outras; f) Artesanato em Vime, da região de Rio dos Cedros; g) Cachaça, da região de Luiz Alves; h) Calçados da região de São João Batista; i) Cerâmica vermelha, da região de Canelinha e Tijucas; j) Cerveja artesanal, de todo Vale do Itajaí e de Joinville; k) Chocolate, da região de Blumenau, Pomerode e Joinville; l) Conservas, da região de Blumenau, Indaial e Pomerode; m) Embutidos, de todo o Vale do Itajaí; n) Porcelana de mesa, de São Bento do Sul e Pomerode; o) Queijo fundido, de Pomerode; p) Queijos em geral, da região de Nova Trento e; q) Kochkäse, de todos os municípios com colonização germânica; r) Suco de Uva Integral, da região de Nova Trento; s) Vinho, da região de Nova Trento; t) Têxteis, de todo o Vale do Itajaí; u) Mel, da região de Nova Trento;
  64. 64. FONTES http://www.agricultura.gov.br/desenvolvimento-sustentavel/indicacao-geografica/selos-no-brasil http://www.agricultura.gov.br/desenvolvimento-sustentavel/indicacao-geografica http://www.unc.br/mestrado/docs/ARTIGO-DESENVOLVIMENTO-SUSTENTAVEL-E%20IG-GEPEC.pdf http://www.valedosvinhedos.com.br/userfiles/file/cartilha_DO%20Aprovale.pdf http://www.pginovacao.icb.ufmg.br/docs/modulo_5.pdf http://www.inpi.gov.br/images/docs/lista_com_as_indicacoes_geograficas_concedidas_-_31-12-2013.pdf http://slideplayer.us/slide/368791/ http://slideplayer.com.br/slide/1267871/ http://pt.slideshare.net/cafeicultura/beatriz-junqueira-mapa-valorizando-o-produto-com-o-uso-de-indicaes-geogrficas-e-marcas-coletivas http://www.inpi.gov.br/portal/acessoainformacao/artigo/indicacao_geografica_1351692102723 http://caprilvirtual.com.br/noticias3p.php?recordID=4086 http://tel.archives-ouvertes.fr/docs/00/56/19/24/PDF/NIEDERLE_-_A_TESE_VERSA_O_FINAL_CORRIGIDA.pdf http://ageconsearch.umn.edu/bitstream/60703/2/Artigo2.pdf http://www.publico.pt/economia/noticia/bruxelas-e-eua-vao-travar-braco-de-ferro-nas-indicacoes-de-origem-protegida-1629523 http://www.inovacaoedesign.com.br/artigos_cientificos/origem_produtos_diferencial_competitivo.pdf http://ec.europa.eu/portugal/pdf/comissao/9maio_2012/apresentacoes/apresentacao_propriedade_industrial_teresa_colaco_pt.pdf http://ec.europa.eu/agriculture/quality/door/list.html?recordStart=0&recordPerPage=10&recordEnd=10&filter.status=REGISTERED&sort.milestone=desc
  65. 65. FONTES http://ec.europa.eu/agriculture/statistics/index_en.htm http://ec.europa.eu/agriculture/events/gi-africa-2011_en.htm http://ec.europa.eu/agriculture/events/2011/gi-africa-2011/okediji_en.pdf http://ec.europa.eu/agriculture/events/2011/gi-africa-2011/o-connor_en.pdf http://ec.europa.eu/agriculture/events/2011/gi-africa-2011/charbonneau_en.pdf http://europa.eu/rapid/press-release_MEMO-13-163_en.htm http://ec.europa.eu/agriculture/external-studies/2013/added-value-pdo-pgi/exec-sum_en.pdf http://www.portalorganico.com.br/sub/40/selo_organico http://certifiedhumane.org/ http://www.rebrae.com.br/banco_arquivos/arquivos/materiais_capacitacao/cartilhas_agricultura.pdf http://www.mexidodeideias.com.br/index.php/mundo-do-cafe/juan-valdez-e-o-marketing-do-cafe/ http://revistaespresso.uol.com.br/cultura/turismo-cafeeiro-na-colombia.html http://www.mexidodeideias.com.br/index.php/mundo-do-cafe/cafe-da-colombia-o-bravo-guerreiro/

×