SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 20
ESPECIALIZAÇÃO EM DOCÊNCIA DO ENSINO DO ENSINO SUPERIOR
– 3ª EDIÇÃO
DISCIPLINA: TEORIAS DA APRENDIZAGEM
PROFª DOUTORA ELAINE TURK FARIA
VÂNIA OLIVEIRA UBAID
SÃO PAULO – JUNHO - 2015
TEORIAS DA APRENDIZAGEM
 Teoria é um conjunto de ideias organizadas e
sistematizadas sobre um tema ou um assunto
específico, como por exemplo, a educação.
 As teorias da educação representam a realidade
educativa sob o ponto de vista de determinado
teórico.
 Há várias teorias diversas porque se considerava
muito quais métodos se analisavam para formular
determinadas teses. E, principalmente, o tipo de
sociedade, a época em que se estava sendo
estudada determinada teoria.
Como é que eu aprendo?
 Através desse questionamento muitos teóricos tiveram
como base a epistemologia. A epistemologia é a
teoria do conhecimento e com o estudo epistemológico
surgiram as seguintes teorias:
 Teoria empirista: indica que o aprendizado se dá por
meio da experiência, a pessoa nada conhece, como
uma folha em branco. E o conhecimento é limitado às
experiências vivenciadas, e as aprendizagens se dão por
meios de tentativas e erros. Seu principal teórico é o
inglês John Locke (1632 – 1704).
 Teoria apriorista: nesta vertente se apregoava que o
indíviduo já nascia sabendo, ou seja, ela já trazia consigo as
condições de conhecimento e de aprendizagem, após um
processo progressivo de amadurecimento. Principal
representante: Emanuel Kant (1724 – 1804)
 Teoria construtivista –o desenvolvimento da inteligência é
determinado pelas ações mútuas entre o indivíduo e o
meio. A ideia é que o homem constrói o seu próprio
conhecimento, ele não nasce sabendo, mas também não é
considerado uma tábula rasa. Principais teóricos: Jean
Piaget (1896 – 1980); David Paul Ausubel (1918 – 2008) e
Lev Vygotsky (1898 – 1934).
Aprendizagem Significativa
 Teórico: David Paul Ausubel
 Segundo o estudioso: “O fator isolado
mais importante que influencia o aprendizado é aquilo
que o aprendiz já conhece”.
 Aprender significativamente é ampliar e reconfigurar ideias
já existentes na estrutura mental e com isso ser capaz de
relacionar e acessar novos conteúdos.
 De acordo com Ausubel há duas condições para que a
aprendizagem significativa aconteça: o conteúdo a ser
ensinado deve ser revelador e o estudante deve estar
diposto a relacionar o material de maneira consistente
e não arbitrária.
 Ensinar algo sem levar em conta o que a criança já sabe
não resulta significativo, já que o novo conhecimento
não terá onde se fixar.
 O professor passa a ser um mediador, facilita os
estímulos e respostas. Se considera o conhecimento
prévio do aluno.
Cognitivista
 A ciência da cognição ou ciência cognitiva é
normalmente definida como o estudo científico da
mente ou da intelingência.
 Nesta ciência se explica os mecanismos internos que
ocorrem na mente humana com relação ao
aprendizado e à estrutura do conhecimento. O aluno já
possui modelos e concepçõs existentes.
Teoria de Piaget
 Teórico: Jean Piaget.
 Pesquisou sobre as características
do pensamento infantil com crianças
francesas e também com deficientes mentais. Em 1921
escreveu suas primeiras teorias pedagógicas, passando,
desde então, a ser mundialmente conhecido.
 Para Piaget: “O principal objetivo da educação é criar
indivíduos capazes de fazer coisas novas e não
simplesmente repetir o que as outras gerações fizeram”.
 A primeira teoria construtivista foi elaborada por Jean
Piaget a partir dos seus estudos, baseados no
desenvolvimento cognitivo humano.
 Papel do professor é passivo nesse modelo de teoria. O
professor é um orientador, mediador e criador de
conflitos.
 Já o papel do aluno é ativo, ou seja, a construção do
conhecimento é fruto de sua ação.
Modelo de sala de aula construtivista
 No modelo de sala de aula construtivista os estudantes
trabalham em grupos.
 As questões levantadas pelos alunos são altamente
valorizadas.
 Há materiais manipuláveis.
 A avaliação da aprendizagem está interligada ao ensino
e ocorre através da observação do professor sobre o
trabalho dos estudantes.
Teoria sócio-construtivista
 Teórico: Lev Semenovich Vygotsky.
 Se considera nessa teoria o papel do am-
biente, das pessoas e da cultura na apren-
dizagem.
 A aprendizagem é um processo construído pelas
interações: do sujeito com outros indivíduos e do
sujeito com o seu meio.
 A linguagem e o pensamento estão fortemente
conectados.
 O importante é avaliar a criança pelo o que ela está
aprendendo e não pelo o que ela já aprendeu.
 Para entender melhor o pensamento e a teoria de
Vygotsky faz-se necessário citar quatro pensamentos
chaves: interação; mediação; internalização e ZDP
(zona de desenvolvimento proximal)
 Para melhorar o nível de aprendizagem o indivíduo
precisa mais do que agir sobre o meio, precisa interagir
com ele.
 O indivíduo adquire seus conhecimentos a partir das
relações interpessoais, de troca com o meio, por isso é
chamado interativo. O que parece ser individual, na
verdade é o resultado da construção da sua relação com
o outro.
 Através da língua, linguagem é feita a interação. Se a
criança não interagir com o seu meio não se
desenvolverá adequadamente.
 Na internalização é o momento em que o aprendizado
se completa. Tudo mediante a linguagem.
Zona do desenvolvimento proximal
 Esse conceito trata da distância entre as práticas que uma
criança já domina e as atividades pelas quais ela precisa de
ajuda, seja de um adulto ou de um professor.
 Há também a defesa de valorizar as diferenças. Crianças
mais adiantadas estarem na mesma sala, no mesmo
ambiente daquelas que ainda necessitam dar os primeiro
passos.
 Segundo Vygotsky, “a zona proximal de hoje será o nível de
desenvolvimento real do amanhã.”Assim, se entende que,
aquilo que uma criança só consegue realizar hoje com a
ajuda de um adulto, amanhã ela conseguirá realizar
sozinha.
 Após o conceito de Vygotsky, há mais de 80 anos,
observou-se a importância da integração entre
crianças de diferentes níveis de desenvolvimento e
assim, tornar-se primordial no processo de
aprendizagem.
Esquema do método sócio-construtivista
 Obrigada e finalizo aqui o meu presente trabalho.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Psicologia da Aprendizagem
Psicologia da AprendizagemPsicologia da Aprendizagem
Psicologia da Aprendizagem
Cassia Dias
 
Abordagem cognitivista
Abordagem cognitivistaAbordagem cognitivista
Abordagem cognitivista
Lílian Reis
 
Becker, fernando educaçao e construcao do conhecimento
Becker, fernando   educaçao e construcao do conhecimentoBecker, fernando   educaçao e construcao do conhecimento
Becker, fernando educaçao e construcao do conhecimento
marcaocampos
 

Mais procurados (20)

Behaviorismo de Skinner
Behaviorismo de SkinnerBehaviorismo de Skinner
Behaviorismo de Skinner
 
Relatorio estagio psicopedagogia institucional
Relatorio estagio psicopedagogia institucionalRelatorio estagio psicopedagogia institucional
Relatorio estagio psicopedagogia institucional
 
Psicologia da Aprendizagem
Psicologia da AprendizagemPsicologia da Aprendizagem
Psicologia da Aprendizagem
 
Slides a teoria de jean piaget 2011
Slides   a teoria de jean piaget 2011Slides   a teoria de jean piaget 2011
Slides a teoria de jean piaget 2011
 
COMO O CÉREBRO APRENDE
COMO O CÉREBRO APRENDECOMO O CÉREBRO APRENDE
COMO O CÉREBRO APRENDE
 
Teorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagemTeorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagem
 
8.teorias psicogeneticas
8.teorias psicogeneticas8.teorias psicogeneticas
8.teorias psicogeneticas
 
Neurociências e aprendizagem
Neurociências e aprendizagem   Neurociências e aprendizagem
Neurociências e aprendizagem
 
A crianca em desenvolvimento helen bee
A crianca em desenvolvimento   helen beeA crianca em desenvolvimento   helen bee
A crianca em desenvolvimento helen bee
 
Teoria de David Ausubel
Teoria de David AusubelTeoria de David Ausubel
Teoria de David Ausubel
 
Neuropsicopedagogia clínica
Neuropsicopedagogia clínicaNeuropsicopedagogia clínica
Neuropsicopedagogia clínica
 
Desenvolvimento humano e aprendizagem ii
Desenvolvimento humano e aprendizagem iiDesenvolvimento humano e aprendizagem ii
Desenvolvimento humano e aprendizagem ii
 
Teoria De Vygotyski
Teoria De VygotyskiTeoria De Vygotyski
Teoria De Vygotyski
 
A teoria do desenvolvimento humano de henri wallon
A teoria do desenvolvimento humano de henri wallonA teoria do desenvolvimento humano de henri wallon
A teoria do desenvolvimento humano de henri wallon
 
Relatório - Reforço contínuo e extinção de um comportamento
Relatório - Reforço contínuo e extinção de um comportamentoRelatório - Reforço contínuo e extinção de um comportamento
Relatório - Reforço contínuo e extinção de um comportamento
 
Fundamentos da psicopedagogia-i
Fundamentos da psicopedagogia-iFundamentos da psicopedagogia-i
Fundamentos da psicopedagogia-i
 
Atividade 1 teorias de aprendizagem - puc-rs - PowerPoint
Atividade 1   teorias de aprendizagem - puc-rs - PowerPointAtividade 1   teorias de aprendizagem - puc-rs - PowerPoint
Atividade 1 teorias de aprendizagem - puc-rs - PowerPoint
 
Abordagem cognitivista
Abordagem cognitivistaAbordagem cognitivista
Abordagem cognitivista
 
Becker, fernando educaçao e construcao do conhecimento
Becker, fernando   educaçao e construcao do conhecimentoBecker, fernando   educaçao e construcao do conhecimento
Becker, fernando educaçao e construcao do conhecimento
 
Aprendizagem significativa (Por Carl Rogers)
Aprendizagem significativa (Por Carl Rogers)Aprendizagem significativa (Por Carl Rogers)
Aprendizagem significativa (Por Carl Rogers)
 

Destaque

Teorias da Aprendizagem e Modelos Pedagógicos
Teorias da Aprendizagem e Modelos PedagógicosTeorias da Aprendizagem e Modelos Pedagógicos
Teorias da Aprendizagem e Modelos Pedagógicos
Instituto Consciência GO
 
Teorias de aprendizagem trabalho
Teorias de aprendizagem trabalhoTeorias de aprendizagem trabalho
Teorias de aprendizagem trabalho
Roseli2012
 
Principais teorias da aprendizagem
Principais teorias da aprendizagemPrincipais teorias da aprendizagem
Principais teorias da aprendizagem
cristina-ricardo
 
DIFICULDADES E TRANSTORNOS DE APRENDIZAGEM CONFORME A TEORIA CONST...
DIFICULDADES E TRANSTORNOS          DE  APRENDIZAGEM CONFORME A  TEORIA CONST...DIFICULDADES E TRANSTORNOS          DE  APRENDIZAGEM CONFORME A  TEORIA CONST...
DIFICULDADES E TRANSTORNOS DE APRENDIZAGEM CONFORME A TEORIA CONST...
Jackson Silveira
 
A Teoria de Erikson
A Teoria de EriksonA Teoria de Erikson
A Teoria de Erikson
junioragogo
 
Abordagem comportamental
Abordagem comportamentalAbordagem comportamental
Abordagem comportamental
LIVROS PSI
 
Didática do ensino superior aula 01 07 08 2013
Didática do ensino superior aula 01 07 08 2013Didática do ensino superior aula 01 07 08 2013
Didática do ensino superior aula 01 07 08 2013
Ronilson de Souza Luiz
 
Diferenças entre o tradicional e o contemporâneo na educação
Diferenças entre o tradicional e o contemporâneo na educaçãoDiferenças entre o tradicional e o contemporâneo na educação
Diferenças entre o tradicional e o contemporâneo na educação
edivaniasilva
 

Destaque (20)

Teorias da Aprendizagem e Modelos Pedagógicos
Teorias da Aprendizagem e Modelos PedagógicosTeorias da Aprendizagem e Modelos Pedagógicos
Teorias da Aprendizagem e Modelos Pedagógicos
 
Teorias Da Aprendizagem Material Para Alunos
Teorias Da Aprendizagem Material Para AlunosTeorias Da Aprendizagem Material Para Alunos
Teorias Da Aprendizagem Material Para Alunos
 
Teorias de aprendizagem trabalho
Teorias de aprendizagem trabalhoTeorias de aprendizagem trabalho
Teorias de aprendizagem trabalho
 
Principais teorias da aprendizagem
Principais teorias da aprendizagemPrincipais teorias da aprendizagem
Principais teorias da aprendizagem
 
Teoria de kolb
Teoria de kolbTeoria de kolb
Teoria de kolb
 
DIFICULDADES E TRANSTORNOS DE APRENDIZAGEM CONFORME A TEORIA CONST...
DIFICULDADES E TRANSTORNOS          DE  APRENDIZAGEM CONFORME A  TEORIA CONST...DIFICULDADES E TRANSTORNOS          DE  APRENDIZAGEM CONFORME A  TEORIA CONST...
DIFICULDADES E TRANSTORNOS DE APRENDIZAGEM CONFORME A TEORIA CONST...
 
Teorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagemTeorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagem
 
A Teoria de Erikson
A Teoria de EriksonA Teoria de Erikson
A Teoria de Erikson
 
Abordagem comportamental
Abordagem comportamentalAbordagem comportamental
Abordagem comportamental
 
A Educação Conservadora ou Tradicional
A Educação Conservadora ou TradicionalA Educação Conservadora ou Tradicional
A Educação Conservadora ou Tradicional
 
David ausubel - Aprendizagem Significativa
David ausubel - Aprendizagem SignificativaDavid ausubel - Aprendizagem Significativa
David ausubel - Aprendizagem Significativa
 
Abordagem cognitivista
Abordagem cognitivistaAbordagem cognitivista
Abordagem cognitivista
 
Teorias da Aprendizagem
Teorias da AprendizagemTeorias da Aprendizagem
Teorias da Aprendizagem
 
Abordagem comportamentalista
Abordagem comportamentalistaAbordagem comportamentalista
Abordagem comportamentalista
 
Abordagem Humanista
Abordagem HumanistaAbordagem Humanista
Abordagem Humanista
 
Didática do ensino superior aula 01 07 08 2013
Didática do ensino superior aula 01 07 08 2013Didática do ensino superior aula 01 07 08 2013
Didática do ensino superior aula 01 07 08 2013
 
Teorias da aprendizagem - Docência no Ensino Superior
Teorias da aprendizagem - Docência no Ensino SuperiorTeorias da aprendizagem - Docência no Ensino Superior
Teorias da aprendizagem - Docência no Ensino Superior
 
Diferenças entre o tradicional e o contemporâneo na educação
Diferenças entre o tradicional e o contemporâneo na educaçãoDiferenças entre o tradicional e o contemporâneo na educação
Diferenças entre o tradicional e o contemporâneo na educação
 
QUESTÕES DE TEORIAS DE APRENDIZAGEM - PEDAGOGOS E PROFESSORES (DIVERSAS BANCAS)
QUESTÕES DE  TEORIAS DE APRENDIZAGEM - PEDAGOGOS E PROFESSORES (DIVERSAS BANCAS)QUESTÕES DE  TEORIAS DE APRENDIZAGEM - PEDAGOGOS E PROFESSORES (DIVERSAS BANCAS)
QUESTÕES DE TEORIAS DE APRENDIZAGEM - PEDAGOGOS E PROFESSORES (DIVERSAS BANCAS)
 
Didática e Metodologia no Ensino Superior
Didática e Metodologia no Ensino SuperiorDidática e Metodologia no Ensino Superior
Didática e Metodologia no Ensino Superior
 

Semelhante a Teorias da aprendizagem

Teorias de aprendizagem.sintese
Teorias de aprendizagem.sinteseTeorias de aprendizagem.sintese
Teorias de aprendizagem.sintese
Eduardo Lopes
 
Teorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagemTeorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagem
Ana Medeiros
 
Teorias de aprendizagem
Teorias de aprendizagemTeorias de aprendizagem
Teorias de aprendizagem
Alcione Santos
 
Socialização do fórum dialogo teórico
Socialização do fórum  dialogo teóricoSocialização do fórum  dialogo teórico
Socialização do fórum dialogo teórico
Andréia Medeiros
 
Teoria dos grandes pensadores sobre educação
Teoria dos grandes pensadores sobre educaçãoTeoria dos grandes pensadores sobre educação
Teoria dos grandes pensadores sobre educação
Milka Mota
 
Pedagogia atv 03
Pedagogia atv 03Pedagogia atv 03
Pedagogia atv 03
aline totti
 

Semelhante a Teorias da aprendizagem (20)

Teorias de aprendizagem.sintese
Teorias de aprendizagem.sinteseTeorias de aprendizagem.sintese
Teorias de aprendizagem.sintese
 
Construtivismo
ConstrutivismoConstrutivismo
Construtivismo
 
Slides Tendência Pedagógica Renovada Progressivista
Slides Tendência Pedagógica Renovada Progressivista Slides Tendência Pedagógica Renovada Progressivista
Slides Tendência Pedagógica Renovada Progressivista
 
Atividade 1 - teorias de aprendizagem - puc-rs
Atividade 1  - teorias de aprendizagem - puc-rsAtividade 1  - teorias de aprendizagem - puc-rs
Atividade 1 - teorias de aprendizagem - puc-rs
 
Teorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagemTeorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagem
 
Teorias de aprendizagem
Teorias de aprendizagemTeorias de aprendizagem
Teorias de aprendizagem
 
Aprendizagem Significativa
Aprendizagem SignificativaAprendizagem Significativa
Aprendizagem Significativa
 
Aprendizagem Significativa
Aprendizagem SignificativaAprendizagem Significativa
Aprendizagem Significativa
 
Vygotskyy
VygotskyyVygotskyy
Vygotskyy
 
Teorias de Ensino
Teorias de EnsinoTeorias de Ensino
Teorias de Ensino
 
14484 71346-1-pb (3)
14484 71346-1-pb (3)14484 71346-1-pb (3)
14484 71346-1-pb (3)
 
Jean piaget
Jean piagetJean piaget
Jean piaget
 
Socialização do fórum dialogo teórico
Socialização do fórum  dialogo teóricoSocialização do fórum  dialogo teórico
Socialização do fórum dialogo teórico
 
TENDÊNCIAS PEDAGÓGICAS
TENDÊNCIAS PEDAGÓGICASTENDÊNCIAS PEDAGÓGICAS
TENDÊNCIAS PEDAGÓGICAS
 
Tecnologia Lte
Tecnologia LteTecnologia Lte
Tecnologia Lte
 
As teorias de Robert Gagné, Jerome Bruner, David Ausubel e Paulo Freire.
As teorias de Robert Gagné, Jerome Bruner, David Ausubel e Paulo Freire.As teorias de Robert Gagné, Jerome Bruner, David Ausubel e Paulo Freire.
As teorias de Robert Gagné, Jerome Bruner, David Ausubel e Paulo Freire.
 
Teoria dos grandes pensadores sobre educação
Teoria dos grandes pensadores sobre educaçãoTeoria dos grandes pensadores sobre educação
Teoria dos grandes pensadores sobre educação
 
G ped didp_3_1_05
G ped didp_3_1_05G ped didp_3_1_05
G ped didp_3_1_05
 
Teorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagemTeorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagem
 
Pedagogia atv 03
Pedagogia atv 03Pedagogia atv 03
Pedagogia atv 03
 

Último

O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
VALMIRARIBEIRO1
 

Último (20)

análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfanálise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
Movimento Negro Unificado , slide completo.pptx
Movimento Negro Unificado , slide completo.pptxMovimento Negro Unificado , slide completo.pptx
Movimento Negro Unificado , slide completo.pptx
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é preciso
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
 
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptxSismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
 
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfprova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorial
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio ead.pptx
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio  ead.pptxCONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio  ead.pptx
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio ead.pptx
 

Teorias da aprendizagem

  • 1. ESPECIALIZAÇÃO EM DOCÊNCIA DO ENSINO DO ENSINO SUPERIOR – 3ª EDIÇÃO DISCIPLINA: TEORIAS DA APRENDIZAGEM PROFª DOUTORA ELAINE TURK FARIA VÂNIA OLIVEIRA UBAID SÃO PAULO – JUNHO - 2015
  • 2. TEORIAS DA APRENDIZAGEM  Teoria é um conjunto de ideias organizadas e sistematizadas sobre um tema ou um assunto específico, como por exemplo, a educação.  As teorias da educação representam a realidade educativa sob o ponto de vista de determinado teórico.  Há várias teorias diversas porque se considerava muito quais métodos se analisavam para formular determinadas teses. E, principalmente, o tipo de sociedade, a época em que se estava sendo estudada determinada teoria.
  • 3. Como é que eu aprendo?  Através desse questionamento muitos teóricos tiveram como base a epistemologia. A epistemologia é a teoria do conhecimento e com o estudo epistemológico surgiram as seguintes teorias:  Teoria empirista: indica que o aprendizado se dá por meio da experiência, a pessoa nada conhece, como uma folha em branco. E o conhecimento é limitado às experiências vivenciadas, e as aprendizagens se dão por meios de tentativas e erros. Seu principal teórico é o inglês John Locke (1632 – 1704).
  • 4.  Teoria apriorista: nesta vertente se apregoava que o indíviduo já nascia sabendo, ou seja, ela já trazia consigo as condições de conhecimento e de aprendizagem, após um processo progressivo de amadurecimento. Principal representante: Emanuel Kant (1724 – 1804)  Teoria construtivista –o desenvolvimento da inteligência é determinado pelas ações mútuas entre o indivíduo e o meio. A ideia é que o homem constrói o seu próprio conhecimento, ele não nasce sabendo, mas também não é considerado uma tábula rasa. Principais teóricos: Jean Piaget (1896 – 1980); David Paul Ausubel (1918 – 2008) e Lev Vygotsky (1898 – 1934).
  • 5. Aprendizagem Significativa  Teórico: David Paul Ausubel  Segundo o estudioso: “O fator isolado mais importante que influencia o aprendizado é aquilo que o aprendiz já conhece”.  Aprender significativamente é ampliar e reconfigurar ideias já existentes na estrutura mental e com isso ser capaz de relacionar e acessar novos conteúdos.
  • 6.  De acordo com Ausubel há duas condições para que a aprendizagem significativa aconteça: o conteúdo a ser ensinado deve ser revelador e o estudante deve estar diposto a relacionar o material de maneira consistente e não arbitrária.  Ensinar algo sem levar em conta o que a criança já sabe não resulta significativo, já que o novo conhecimento não terá onde se fixar.
  • 7.  O professor passa a ser um mediador, facilita os estímulos e respostas. Se considera o conhecimento prévio do aluno.
  • 8. Cognitivista  A ciência da cognição ou ciência cognitiva é normalmente definida como o estudo científico da mente ou da intelingência.  Nesta ciência se explica os mecanismos internos que ocorrem na mente humana com relação ao aprendizado e à estrutura do conhecimento. O aluno já possui modelos e concepçõs existentes.
  • 9. Teoria de Piaget  Teórico: Jean Piaget.  Pesquisou sobre as características do pensamento infantil com crianças francesas e também com deficientes mentais. Em 1921 escreveu suas primeiras teorias pedagógicas, passando, desde então, a ser mundialmente conhecido.  Para Piaget: “O principal objetivo da educação é criar indivíduos capazes de fazer coisas novas e não simplesmente repetir o que as outras gerações fizeram”.
  • 10.  A primeira teoria construtivista foi elaborada por Jean Piaget a partir dos seus estudos, baseados no desenvolvimento cognitivo humano.
  • 11.  Papel do professor é passivo nesse modelo de teoria. O professor é um orientador, mediador e criador de conflitos.  Já o papel do aluno é ativo, ou seja, a construção do conhecimento é fruto de sua ação.
  • 12. Modelo de sala de aula construtivista
  • 13.  No modelo de sala de aula construtivista os estudantes trabalham em grupos.  As questões levantadas pelos alunos são altamente valorizadas.  Há materiais manipuláveis.  A avaliação da aprendizagem está interligada ao ensino e ocorre através da observação do professor sobre o trabalho dos estudantes.
  • 14. Teoria sócio-construtivista  Teórico: Lev Semenovich Vygotsky.  Se considera nessa teoria o papel do am- biente, das pessoas e da cultura na apren- dizagem.  A aprendizagem é um processo construído pelas interações: do sujeito com outros indivíduos e do sujeito com o seu meio.  A linguagem e o pensamento estão fortemente conectados.
  • 15.  O importante é avaliar a criança pelo o que ela está aprendendo e não pelo o que ela já aprendeu.  Para entender melhor o pensamento e a teoria de Vygotsky faz-se necessário citar quatro pensamentos chaves: interação; mediação; internalização e ZDP (zona de desenvolvimento proximal)  Para melhorar o nível de aprendizagem o indivíduo precisa mais do que agir sobre o meio, precisa interagir com ele.
  • 16.  O indivíduo adquire seus conhecimentos a partir das relações interpessoais, de troca com o meio, por isso é chamado interativo. O que parece ser individual, na verdade é o resultado da construção da sua relação com o outro.  Através da língua, linguagem é feita a interação. Se a criança não interagir com o seu meio não se desenvolverá adequadamente.  Na internalização é o momento em que o aprendizado se completa. Tudo mediante a linguagem.
  • 17. Zona do desenvolvimento proximal  Esse conceito trata da distância entre as práticas que uma criança já domina e as atividades pelas quais ela precisa de ajuda, seja de um adulto ou de um professor.  Há também a defesa de valorizar as diferenças. Crianças mais adiantadas estarem na mesma sala, no mesmo ambiente daquelas que ainda necessitam dar os primeiro passos.  Segundo Vygotsky, “a zona proximal de hoje será o nível de desenvolvimento real do amanhã.”Assim, se entende que, aquilo que uma criança só consegue realizar hoje com a ajuda de um adulto, amanhã ela conseguirá realizar sozinha.
  • 18.  Após o conceito de Vygotsky, há mais de 80 anos, observou-se a importância da integração entre crianças de diferentes níveis de desenvolvimento e assim, tornar-se primordial no processo de aprendizagem.
  • 19. Esquema do método sócio-construtivista
  • 20.  Obrigada e finalizo aqui o meu presente trabalho.