Relatório de estágio supervisionado realizado na cervejaria concórdia ltda.

1.998 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.998
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
18
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
31
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Relatório de estágio supervisionado realizado na cervejaria concórdia ltda.

  1. 1. Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia-Campus Concórdia Curso: Técnico em Alimentos Professor Orientador: Dr. Mário Lettieri Teixeira RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO REALIZADO NA CERVEJARIA CONCÓRDIA LTDA. Vivian Stefany Ribeiro 2013
  2. 2. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO DA EMPRESA. 1. Nome: Cervejaria Concórdia Ltda. 2. Localização: Rua Vítor Sopelsa, 2000 Bairro: Centro. Cidade: Concórdia UF: SC Telefone: (49) 3425-9187. 3. Área de Atuação: Produção Cervejeira. 4. Período: 19/06/2013 à 19/07/2013. 5. Duração: 160 horas. 6. Supervisor do Estágio: Mestre Cervejeiro Washington Araújo. 7. Responsável pela empresa: Jamir Toniello.
  3. 3. OBJETIVO GERAL. • Acompanhar o processo de elaboração de chopp de uma indústria para aplicar os conhecimentos de organização, qualidade e produtividade adquiridos ao longo do curso técnico em alimentos.
  4. 4. DIFERENÇA ENTRE CHOPP E CERVEJA.
  5. 5. DEFINIÇÃO LEGAL. • O Decreto n. 6.871, de 4 de junho de 2009, publicado no Diário Oficial da União de 04/06/2009, regulamenta a Lei n. 8.918, de 14 de julho de 1994, que dispõe sobre a padronização, a classificação, o registro, a inspeção e a fiscalização da produção e do comércio de bebidas. • De acordo com a legislação brasileira, mencionado no Artigo 36 do referido decreto, ‘’Cerveja é a bebida obtida pela fermentação alcoólica do mosto cervejeiro oriundo do malte de cevada e água potável, por ação da levedura, com adição de lúpulo’’.
  6. 6. ATIVIDADES DIÁRIAS DE ROTINA NO SETOR DE PRODUÇÃO CERVEJEIRO. • Higienização • Equipamentos utilizados no processo cervejeiro.
  7. 7. HIGIENIZAÇÃO DE BARRIS.
  8. 8. BOMBA DE ALTA PRESSÃO.
  9. 9. HIGIENIZAÇÃO. DESINFECÇÃO SANITIZAÇÃO
  10. 10. CALDEIRA A VAPOR.
  11. 11. ACOMPANHAMENTO DAS ETAPAS DE PRODUÇÃO • • • • • • • • • • Moagem Mosturação Clarificação Fervura Resfriamento e Aeração Fermentação Filtração Maturação Envase Lacre .
  12. 12. MOAGEM.
  13. 13. PLATAFORMA DE BRASSAGEM.
  14. 14. MOSTURAÇÃO.
  15. 15. CLARIFICAÇÃO.
  16. 16. FERVURA.
  17. 17. FERVURA. •Lúpulo de amargor aos 15 minutos de fervura. •Lúpulo aromático ao final do processo.
  18. 18. RESFRIAMENTO E AERAÇÃO.
  19. 19. FERMENTAÇÃO.
  20. 20. FILTRAÇÃO.
  21. 21. MATURAÇÃO.
  22. 22. ENVASE.
  23. 23. LACRE.
  24. 24. CONSIDERAÇÕES FINAIS. • O estágio propicia o despertar do saber, a busca pelo conhecimento, em especial o autodidata. Também aguça novos gostos, novas admirações, descobertas e paixão pela área de estudo e atuação. Por fim, em meio às dificuldades encontradas aprimoramos nosso olhar e levamos lições indispensáveis para a realização de um trabalho com êxito no futuro.
  25. 25. AGRADECIMENTOS. • Aos meus pais, Vandra Leiser Ribeiro e Vanderlei Ribeiro. E demais familiares que se fizeram presente durante esta importante etapa. • Ao meu orientador Dr. Mário Lettieri Teixeira, pelo acompanhamento. • A empresa pela oportunidade e ao Mestre Cervejeiro Washington Araújo, pelo conhecimento repassado. • A professora Dr. Fabiana Bortolini Foralosso, por me acompanhar durante uma parcela do processo de orientação. E também a Liamara Fornari, pela motivação e inspiração.
  26. 26. OBRIGADA PELA ATENÇÃO!

×