Ciberjor ufms

181 visualizações

Publicada em

Jornalismo em dispositivos móveis

Publicada em: Celular
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
181
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ciberjor ufms

  1. 1. 5º Simpósio Internacional de Ciberjornalismo A construção do texto jornalístico nos dispositivos móveis tabletse smartphones Vivian Rodrigues de Oliveira –UnB
  2. 2. Opresenteestudobuscacompreenderquaissãoecomoseapresentamascaracterísticasdaconstruçãodetextosjornalísticosemdispositivosmóveistabletsesmartphones, considerandoasconcepçõesjáestabelecidaspelaliteraturaacercadosgêneroseformatosmidiáticos. O objetivo mais amplo do estudo é identificar critérios e parâmetros que caracterizam narrativas jornalísticas exclusivas para dispositivos móveis.
  3. 3. AabordagemteóricaresgatouconceitosdesenvolvidospelospensadoresdaEscoladeToronto–TeoriadoMeio–epelosestudosdegêneroseformatosjornalísticosdeBeltrão, MarquesdeMeloeChaparro. Como metodologia, foi realizada uma análise de conteúdo qualitativa com observação semiestruturada das publicações exclusivas para tablets:O Globo A MaiseEstadão Noite.
  4. 4. Características dos dispositivos móveis tabletse smartphones Portabilidade/ ubiquidade Tela touchscreen (tactilidade) Personalização Dupla orientação de layout (retrato e paisagem) e navegação (horizontal e vertical) Acesso à internet 4G, Wi-Fi (ubiquidade) Interatividade Suporte multimídia Linguagem híbrida (impresso + digital)
  5. 5. AESCOLADETORONTO–TEORIADOMEIO HaroldInnis:oviésdacomunicação;meiosduráveisemeiosnãoduráveis MarshallMcLuhan:omeioéamensagem;osmeiosdecomunicaçãocomoextensãodohomem;meiosquentesemeiosfrios,aldeiaglobal.
  6. 6. LawsofMedia: The New Science(1988) McLuhandescreve os quatro efeitos (ou tétrade) que traduzem os impactos e implicações de uma nova tecnologia sobre a sociedade.
  7. 7. FORMATOSEGÊNEROSJORNALÍSTICOS LUIZBELTRÃO(1980):Informativo,OpinativoeInterpretativo MARQUESDEMELO(2003;2006b;2009,2010) MANUELCHAPARRO(1999)
  8. 8. ....gênerosinformativo,opinativoeinterpretativo, aparecemaindaosgênerosutilitário(comosformatosindicador,cotação,roteiroeserviço),eodiversional, compostoporhistóriadeinteressehumanoehistóriacolorida.Ogêneroutilitáriooujornalismodeserviçotemopropósitode“orientaroleitor,sejaparaoconsumodebenssimbólicos,paraolazereacidadania” (MARQUESDEMELO&ASSIS,2010,p.228). Marques de Melo (2003) discorre que o jornalismo informativo abrange os formatos: nota, notícia, reportagem e entrevista; ao passo que o jornalismo opinativo engloba os formatos: editorial; comentário; artigo; resenha; coluna; crônica; caricatura; e carta. A “caricatura” e a “charge” estão contempladas por Chaparro(1999) como espécies “gráficoartísticas”, dentro do gênero “comentário”. A “coluna” é uma espécie híbrida presente tanto no gênero argumentativo, quanto no narrativo. A “reportagem”, a “crônica” e a “entrevista”, dependendo do autor, ora figuram entre os gêneros informativos, ora entre os argumentativos.
  9. 9. Osdispositivosmóveis,porcontadascaracterísticasdosuporteedesualinguagemnativa,oferecemapossibilidadedenovaspropostasdetessituraeestruturaçãodotextojornalístico.Ousodolúdico,danavegaçãoemcamadas,dosrecursosinterativos,danarrativaháptica, entreoutroselementos,proporcionamumaexperiênciainovadoraparaousuário. NEWSGAMES,infotainment, notificações por serviço de mensagens, chat, infográfico animado e interativo, galerias de imagens, animações, caricaturas, slideshowsinterativo...
  10. 10. Gêneros e Formatos Jornalísticos em O Globo A Mais 16 / 06 17 / 06 18 / 06 19 / 06 20 / 06 Giro de notícias: notas interativas Giro de notícias: notas interativas Giro de notícias: notas interativas Giro de notícias: notas interativas Giro de notícias: notas interativas Galeria de imagens Galeria de imagens Galeria de imagens Galeria de imagens Galeria de imagens Reportagem multimídia Reportagem multimídia Reportagem multimídia Reportagem multimídia (2) Reportagem multimídia (2) Coluna de opinião (3) Coluna de opinião (3) Coluna de opinião (3) Coluna de opinião (4) Coluna de opinião (4) Serviços-dicas (2) Artigo Serviços-dicas (2) Serviços-dicas (2) Serviços-dicas (2) Imagens do dia Serviços-dicas Imagens do dia Imagens do dia Imagens do dia Imagens do dia
  11. 11. Formatos e Gêneros Jornalísticos em Estadão Noite -Colunas de opinião (5) -Link com áudio para as principais notícias da Rádio Estadão. -Seleção de fotos: imagens que marcaram o dia.
  12. 12. Ousodeimagensnaspublicaçõesdestinadasadispositivosmóveisésalutar.Existeumapreocupaçãoestéticanotávelnestesmateriaisjornalísticos,oquetornaapresençadegaleriasdeimagens(slideshows)umformatonoticiosorecorrente.ChamaaatençãoousofixoemOGloboAMaisdogêneroutilitário,comdicasinterativas. Nestesserviços,osrecursosdemultimidialidadeeinteratividadesãoexploradosextensivamente.Ogêneroopinativo,comapresençadecolunaseartigos,destaca-sepelaquantidadedeocorrências–tantoemOGloboAMais,quantoemEstadãoNoite.Estegêneroéopredominantedoconjuntodaspublicações.
  13. 13. ●Nãosepodenegaraexistênciadeumatendênciamaishumanizadaelevenaformacomoostextossãopensadosparaosdispositivosmóveis; ●Oentretenimentoeolúdicosãoaspectosconsideradoscentraisparaqueoconteúdosejaconvidativo;
  14. 14. ●Soa prematuro afirmar que haja uma transformação de formatos e gêneros jornalísticos enquanto textos com estruturas e intenções já demarcadas; ●O que se percebe são remodelações no sentido de incrementar recursos que remetam aos aspectos de tactilidade, mobilidade, interatividade e geolocalização...
  15. 15. Obrigada! vivianunb@gmail.com

×