O jogo de Bridge e o desenvolvimento de habilidades ao mundo dos negócios

110 visualizações

Publicada em

Pesquisas apontam que o Bridge desenvolve nas crianças o raciocínio lógico, a criatividade, dedução e facilita o aprendizado em matemática. Além disso, as cartas auxiliam na habilidade social, já que estimula a confiança entre os jogadores e o respeito aos adversários. Não por menos, os bilionários e empresários Bill Gates e Warren Buffett doaram US$1 milhão para que o esporte chegasse ao ensino médio de escolas estadunidenses, assim como em alguns países europeus, como França, Itália e Holanda, por exemplo.

"O Bridge é um tipo de exercício mental é útil para qualquer coisa que você queira fazer com excelência. O bridge mantém sua mente muito ativa”, afirma Gates, co-criador da Microsoft. Enquanto isso, o investidor Warren Buffet garante que o jogo “exige confiança e troca de informações com o companheiro. Ele também requer que se use planejamento, estratégia, astúcia, intuição e criatividade".

O entusiamo dos empresários tem uma explicação simples: ambos são exímios jogadores de Bridge - assim como outras celebridades, como ator Omar Shariff e os integrantes da banda inglesa Radiohead, por exemplo - e acreditam que a prática do esporte está relacionada com o desenvolvimento da capacidade cognitiva e da habilidade em condução de negócios. Especialistas em RH afirmam que tais habilidades são facilmente absorvidas na vida profissional, aumentando a produtividade e a capacidade de conduzir negócios.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
110
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O jogo de Bridge e o desenvolvimento de habilidades ao mundo dos negócios

  1. 1. O jogo de Bridge e o desenvolvimento de habilidades ao mundo dos negócios VITTORIO TEDESCHI |
  2. 2. Pesquisas apontam que o Bridge desenvolve nas crianças o raciocínio lógico, a criatividade, dedução e facilita o aprendizado em matemática. Além disso, as cartas auxiliam na habilidade social, já que estimula a confiança entre os jogadores e o respeito aos adversários. Não por menos, os bilionários e empresários Bill Gates e Warren Buffett doaram US$1 milhão para que o esporte chegasse ao ensino médio de escolas estadunidenses, assim como em alguns países europeus, como França, Itália e Holanda, por exemplo.
  3. 3. "O Bridge é um tipo de exercício mental é útil para qualquer coisa que você queira fazer com excelência. O bridge mantém sua mente muito ativa”, afirma Gates, co- criador da Microsoft. Enquanto isso, o investidor Warren Buffet garante que o jogo “exige confiança e troca de informações com o companheiro. Ele também requer que se use planejamento, estratégia, astúcia, intuição e criatividade".
  4. 4. O entusiamo dos empresários tem uma explicação simples: ambos são exímios jogadores de Bridge - assim como outras celebridades, como ator Omar Shariff e os integrantes da banda inglesa Radiohead, por exemplo - e acreditam que a prática do esporte está relacionada com o desenvolvimento da capacidade cognitiva e da habilidade em condução de negócios. Especialistas em RH afirmam que tais habilidades são facilmente absorvidas na vida profissional, aumentando a produtividade e a capacidade de conduzir negócios.

×