VITTORIO TEDESCHI
Em duelo de lendas do tênis, Djokovic
conquista US Open sobre Federer
O sérvio Novak Djokovic é, atualmente, o melhor tenista do mundo, de acordo
com a pontuação do ranking da ATP. Logo em seg...
Na 42ª partida entre os dois, na final do US Open, o título foi para as mãos do
sérvio, que igualou o número de vitórias n...
"Tenho que dividir minha admiração pelo Roger, pelo que ele fez no tênis. O
quanto ele ainda consegue se superar. Foi um g...
"É uma temporada incrível. Depois de 2011, é a melhor temporada da minha vida.
Estou aproveitando essa melhor que as outra...
Em duelo de lendas do tênis, Djokovic conquista US Open sobre Federer
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Em duelo de lendas do tênis, Djokovic conquista US Open sobre Federer

86 visualizações

Publicada em

O sérvio Novak Djokovic é, atualmente, o melhor tenista do mundo, de acordo com a pontuação do ranking da ATP. Logo em seguida, vem o suíço Roger Federer, ex-número 1 do mundo e determinado em assumir ao ponto mais alto do pódio. A diferença de idade entre os dois tenistas é pequena: enquanto Djokovic tem 28, Federer já chegou aos 34, mas esses 6 anos de diferença representam uma série de títulos a mais para o veterano, marca que o atleta mais novo vem perseguindo com certo sucesso. Na 42ª partida entre os dois, na final do US Open, o título foi para as mãos do sérvio, que igualou o número de vitórias no confronto direto entre os dois, 21 para cada lado, com os 3 sets a 1 (6/4, 5/7, 6/4 e 6/4), em 3h20 de partida, na quadra central do Flushing Meadows.

"Tenho que dividir minha admiração pelo Roger, pelo que ele fez no tênis. O quanto ele ainda consegue se superar. Foi um grande jogo e desejo a você o melhor. Eu tenho um respeito muito grande por ele. Ele apresenta um jogo para mim e para os outros jogadores. Você saber que vai jogar contra um dos melhores de todos os tempos é muita pressão. Você precisa sempre dar o seu melhor. E foi o que eu precisei fazer, nunca baixar o nível, para conseguir ganhar o título", afirmou Novak, em seguida comemorando o bom rendimento na temporada, ao conquistar o terceiro Grand Slam no ano, junto às vitórias do Aberto da Austrália e Wimbledon,

"É uma temporada incrível. Depois de 2011, é a melhor temporada da minha vida. Estou aproveitando essa melhor que as outras, agora sou pai. E hoje sou mais "doce". Eu adoro esse esporte, tenho muita paixão por esse esporte, como disse o Roger. Todos esses resultados e conquistas me motivam ainda mais a continuar", afirmou o sérvio, fazendo questão de reverenciar o adversário.

Publicada em: Esportes
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
86
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Em duelo de lendas do tênis, Djokovic conquista US Open sobre Federer

  1. 1. VITTORIO TEDESCHI Em duelo de lendas do tênis, Djokovic conquista US Open sobre Federer
  2. 2. O sérvio Novak Djokovic é, atualmente, o melhor tenista do mundo, de acordo com a pontuação do ranking da ATP. Logo em seguida, vem o suíço Roger Federer, ex-número 1 do mundo e determinado em assumir ao ponto mais alto do pódio. A diferença de idade entre os dois tenistas é pequena: enquanto Djokovic tem 28, Federer já chegou aos 34, mas esses 6 anos de diferença representam uma série de títulos a mais para o veterano, marca que o atleta mais novo vem perseguindo com certo sucesso.
  3. 3. Na 42ª partida entre os dois, na final do US Open, o título foi para as mãos do sérvio, que igualou o número de vitórias no confronto direto entre os dois, 21 para cada lado, com os 3 sets a 1 (6/4, 5/7, 6/4 e 6/4), em 3h20 de partida, na quadra central do Flushing Meadows.
  4. 4. "Tenho que dividir minha admiração pelo Roger, pelo que ele fez no tênis. O quanto ele ainda consegue se superar. Foi um grande jogo e desejo a você o melhor. Eu tenho um respeito muito grande por ele. Ele apresenta um jogo para mim e para os outros jogadores. Você saber que vai jogar contra um dos melhores de todos os tempos é muita pressão. Você precisa sempre dar o seu melhor. E foi o que eu precisei fazer, nunca baixar o nível, para conseguir ganhar o título", afirmou Novak, em seguida comemorando o bom rendimento na temporada, ao conquistar o terceiro Grand Slam no ano, junto às vitórias do Aberto da Austrália e Wimbledon,
  5. 5. "É uma temporada incrível. Depois de 2011, é a melhor temporada da minha vida. Estou aproveitando essa melhor que as outras, agora sou pai. E hoje sou mais "doce". Eu adoro esse esporte, tenho muita paixão por esse esporte, como disse o Roger. Todos esses resultados e conquistas me motivam ainda mais a continuar", afirmou o sérvio, fazendo questão de reverenciar o adversário.

×