Bridge: exercício mental e papel social

216 visualizações

Publicada em

Conhecido como o "xadrez das cartas", o Bridge é conhecido mundialmente por sua capacidade de auxílio a formação intelectual e desenvolvimento cognitivo de seus praticantes. No entanto, além de ser utilizado como forma de expandir a capacidade intelectual e a memória dos alunos, o Bridge exerce um incrível papel social ao aumentar a capacidade de comunicação, exercitar a ética, e conciliar a competição e a cooperação.

O fator de desenvolvimento em relações pessoais impulsionado pelo Bridge se dá pela dependência do trabalho em equipe já que a dupla precisa de sintonia para obter êxito em uma partida, algo que transcende até a sorte no embaralhar das cartas. Isso porque o jogo prega o respeito às regras do jogo, algo que pode ser aplicado na vida em sociedade.

Por sua capacidade de estimular a capacidade analítica, o Bridge é, inclusive, ensinado em escolas na França e na Polônia, além de ter sido uma das modalidades do primeiro Jogos Mundiais de Esportes Mentais, realizados em Pequim, na China, em 2008, junto a outros jogos como xadrez, go, damas e xadrez chinês.

Isso tudo devido as situações vivenciadas em uma partida que exigem um rápido raciocínio e, ao mesmo tempo, proporcionam lazer. Assim, além de entreter, o Bridge é capaz de otimizar a capacidade de concentração dos jogadores, desenvolvendo o raciocínio lógico e a dedução. Para quem pretende aprender a jogar Bridge, vale citar que o jogo revela situações que podem ser levadas para a "vida real", como lidar com a ansiedade e procurar soluções para encarar as adversidades.

Publicada em: Diversão e humor
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
216
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Bridge: exercício mental e papel social

  1. 1. Bridge: exercício mental e papel socialVITTORIO TEDESCHI |
  2. 2. Conhecido como o "xadrez das cartas", o Bridge é conhecido mundialmente por sua capacidade de auxílio a formação intelectual e desenvolvimento cognitivo de seus praticantes. No entanto, além de ser utilizado como forma de expandir a capacidade intelectual e a memória dos alunos, o Bridge exerce um incrível papel social ao aumentar a capacidade de comunicação, exercitar a ética, e conciliar a competição e a cooperação.
  3. 3. O fator de desenvolvimento em relações pessoais impulsionado pelo Bridge se dá pela dependência do trabalho em equipe já que a dupla precisa de sintonia para obter êxito em uma partida, algo que transcende até a sorte no embaralhar das cartas. Isso porque o jogo prega o respeito às regras do jogo, algo que pode ser aplicado na vida em sociedade.
  4. 4. Por sua capacidade de estimular a capacidade analítica, o Bridge é, inclusive, ensinado em escolas na França e na Polônia, além de ter sido uma das modalidades do primeiro Jogos Mundiais de Esportes Mentais, realizados em Pequim, na China, em 2008, junto a outros jogos como xadrez, go, damas e xadrez chinês.
  5. 5. Isso tudo devido as situações vivenciadas em uma partida que exigem um rápido raciocínio e, ao mesmo tempo, proporcionam lazer. Assim, além de entreter, o Bridge é capaz de otimizar a capacidade de concentração dos jogadores, desenvolvendo o raciocínio lógico e a dedução. Para quem pretende aprender a jogar Bridge, vale citar que o jogo revela situações que podem ser levadas para a "vida real", como lidar com a ansiedade e procurar soluções para encarar as adversidades.

×