Nova ordem mundial

1.270 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.270
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
213
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
20
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Nova ordem mundial

  1. 1. Conjunto de características econômicas, políticas e sociais que Predominam durante certos períodos históricos e produzem hegemonias politicas. Monopolar- ing. Até primeira guerra(unipolar) Bipolar- eua X urss- guerra fria Multipolar- globalização Queda do muro de Berlim- fim da urss- nova configuração politica – soberania dos eua, do capitalismo e da otan sobre o mundo. Nova ordem mundial
  2. 2. NOVO TERMO PARA DESIGNAR A ANTIGA ORDEM BIPOLAR A Nova Ordem Mundial é a UNIPOLARIDADE- Sob o ponto de vista militar os estadunidenses se tornaram soberanos, diante da impossibilidade de outro pais rivalizar com eles.
  3. 3. AÇÃO MILITAR DOS EUA
  4. 4. A nova ordem mundial é a multipolaridade- após a guerra fria o poderio militar não é mais critério para determinar a potencialidade global de um estado nacional, mas sim o poderio econômico. Nesse plano novos rivais surgem para fazer frente aos eua, a saber: JPN, UE(ALE) BRICs (CHI), MERCOSUL.
  5. 5. UNIMULTIPOLARIDADE- é utilizada para designar o duplo caráter da ordem de poder global: “UNI” para a supremacia militar e politica dos EUA e “ MULTI” para designar os múltiplos centros de poder econômico.
  6. 6. A Nova Ordem Mundial corresponde ao capitalismo Globalizado e, caracteriza-se muito mais pelo confronto econômico do que pelo politico-ideológico. O Sistema Bipolar da Guerra Fria foi substituído por um sistema Multipolar. Essa Nova Ordem caracteriza-se pela hegemonia de países com elevada produtividade, competitividade e domínio técnico e cientifico. Liderança dos EUA, JPN e ALE.
  7. 7. O IDH- Índice de Desenvolvimento Humano
  8. 8. EXPECTATIVA DE VIDA
  9. 9. EXPECATATIVA DE VIDA POR SEXO
  10. 10. MORTALIDADE INFANTIL COMO É NO JAPÃO
  11. 11. New Deal e Wellfare State: políticas com influente ação do Estado. John Maynard Keynes. Lord Keynes. Estado de Bem Estar Social. No Ocidente: políticas de “favorecimento” social para afastar apelos socialistas = “Humanização” do capitalismo 1973-1979: Crise do Petróleo = crise do wellfare state e redução de recursos para aplicação em políticas sociais Retomada de ideias do economista austríaco Samuel Von Hayek Crítica a todas as restrições à liberdade econômica, defesa de uma “natural” desigualdade social, do “Estado Mínimo”, do corte dos gastos sociais. NEOLIBERALISMO
  12. 12. Necessidade de inibir influência de organizações sociais para facilitar controle do setor produtivo, Política de redução da ação do Estado com objetivo de ampliar participação privada, ex: privatizações. Transferência para iniciativa privada de atividades como educação, saúde, previdência e segurança. Manutenção de uma taxa de desemprego fomentando uma reserva de mão de obra, forçando diminuição da influência sindical e redução de salários. Redução de impostos possibilitando mais recursos disponíveis para investimento na cadeia de produção. Não-intervenção do Estado em questões entre capital e trabalho, ampliando a flexibilização e desregulamentação das relações trabalhistas.
  13. 13. - mínima participação estatal nos rumos da economia de um país; - pouca intervenção do governo no mercado de trabalho; - política de privatização de empresas estatais; - livre circulação de capitais internacionais e ênfase na globalização; - abertura da economia para a entrada de multinacionais; - adoção de medidas contra o protecionismo econômico; - desburocratização do estado: leis e regras econômicas mais simplificadas para facilitar o funcionamento das atividades econômicas; Características do Neoliberalismo (princípios básicos)
  14. 14. -Diminuição do tamanho do estado, tornando- o mais eficiente; Posição contrária aos impostos e tributos excessivos; - Aumento da produção, como objetivo básico para atingir o desenvolvimento econômico; - Contra o controle de preços dos produtos e serviços por parte do ESTADO, ou seja, a lei da oferta e demanda é suficiente para regular os preços; - A base da economia deve ser formada por empresas privadas; - Defesa dos princípios econômicos do capitalismo.
  15. 15. Administração de taxas de câmbio, política comercial de abertura de mercado e liberação de importações, liberdade para entrada de investimentos internos, privatização de empresas estatais, desregulamentação da economia, eliminação de barreiras e legislações regulatórias (ex. leis trabalhistas), lei de patentes e garantia dos direitos de propriedade.
  16. 16. O primeiro governo democrático a se inspirar em tais princípios neoliberais foi o de Margaret Thatcher na Inglaterra, e nos EUA com o governo republicano Ronald Reagan. No Brasil fez parte da política econômica em 1989 nos governos de Collor e FHC. Vendendo estatais como a Vale, Embratel, Furnas ... A autonomia é apenas administrativa. As avaliações, os livros, programas, etc, continuam centralizados. Mas a parte financeira(merenda, transporte )passa a ser descentralizada; O rápido e barato é apresentado como eficiência; Reforma do ensino médio e profissionalizante; Privatização do ensino; Aceleração da aprovação para desocupar vagas; CONSEQUÊNCIAS DO NEOLIBERALISMO NA EDUCAÇÃO
  17. 17. GLOBALIZAÇÃO
  18. 18. A Globalização não é um fenômeno novo. É só lembramos das Grande Navegações realizadas por portugueses e espanhóis e veremos que até mesmo a descoberta do Brasil já faz parte de um processo de integração global. Só que naquela época não se utilizava este termo
  19. 19. O termo globalização designa um fenômeno de abertura das economias e das respectivas fronteiras em resultado do acentuado crescimento das trocas internacionais de mercadorias, da intensificação dos movimentos de capitais, da circulação de pessoas, do conhecimento e da informação, proporcionados quer pelo desenvolvimento dos transportes e das comunicações, quer pela crescente abertura das fronteiras ao comércio internacional.
  20. 20. É no final da década de 1980 que o termo globalização começa a ser utilizado, designando não apenas a mundialização da economia, mas também o intercâmbio cultural e a interdependência social e política ao nível mundial.
  21. 21. Este pode ser um retrato da globalização
  22. 22. Globalização: processo de integração dos países Liberalização econômica. Revolução nos transportes. Revolução nas telecomunicações. Popularização da Internet. Homogeneização cultural. Processo contraditório economicamente.
  23. 23. Algumas das principais características da Globalização 1) mundialização da economia; 2) fragmentação das atividades produtivas nos diferentes territórios e continentes; 3) desconcentração do aparelho estatal; 4) expansão de um direito paralelo ao Estado; 5) internacionalização do Estado; e, 6) desterritorialização e reorganização do espaço de produção. fonte: site terra, internet e arquivo pessoal.

×