______________________________ Proposta de metodologia para oficina sobre orientações para a gestão de corredores
PRODUTO ...
______________________________ Proposta de metodologia para oficina sobre orientações para a gestão de corredores
4. Metod...
______________________________ Proposta de metodologia para oficina sobre orientações para a gestão de corredores
5. Progr...
______________________________ Proposta de metodologia para oficina sobre orientações para a gestão de corredores
7. Lista...
______________________________ Proposta de metodologia para oficina sobre orientações para a gestão de corredores
Tel: (91...
______________________________ Proposta de metodologia para oficina sobre orientações para a gestão de corredores
Tel: (91...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Produto 4 Metodologia e convidados seminário

165 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
165
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Produto 4 Metodologia e convidados seminário

  1. 1. ______________________________ Proposta de metodologia para oficina sobre orientações para a gestão de corredores PRODUTO 4: PROPOSTA PARA A OFICINA DE CONSULTA SOBRE METODOLOGIAS DE GESTÃO DE CORREDORES ECOLÓGICOS NO BRASIL 1. Contexto O Ministério do Meio Ambiente, no âmbito do PROBIO, e o IBAMA estão desenvolvendo um projeto para a harmonização das estratégias de planejamento, implementação e monitoramento dos corredores ecológicos no Brasil, com o qual se prevê a elaboração de um roteiro metodológico para a gestão de corredores. Nesse contexto, foram contratados serviços de consultoria para realizar a compilação de informações sobre as experiências em andamento, a análise comparativa entre as diversas estratégias já desenvolvidas e uma proposta preliminar de documento orientador para a gestão de corredores. Inicialmente, têm sido identificados 20 corredores no Brasil em diferentes estágios de implementação, cujas informações gerais foram sistematizadas no documento “Síntese de experiências de corredores no Brasil”. A análise comparativa das diversas estratégicas subsidiou a elaboração do documento ”Orientações para a Gestão de Corredores no Brasil”, o qual se encontra na sua versão preliminar. Agora, esse documento deve ser analisado e refinado pelos diferentes técnicos que trabalham nos corredores para que sirva de proposta metodológica geral do planejamento, implementação, monitoramento e gestão dos corredores no Brasil. 2. Objetivos da Oficina O objetivo geral da Oficina é consultar aos principais atores que estão envolvidos com a gestão de corredores sobre a proposta de “Orientações para a Gestão de Corredores”, para que este documento contribua de forma eficiente e eficaz com a gestão dos corredores e seja condizente com as experiências que atualmente estão sendo desenvolvidas no Brasil. Os objetivos específicos da oficina são: • Revisar e complementar as informações do documento “Síntese de experiências de corredores no Brasil”; • Analisar e discutir a proposta do documento “Orientações para a Gestão de Corredores”; • Fazer recomendações sobre o documento “Orientações para a Gestão de Corredores” com base nas experiências de cada corredor. 3. Resultados esperados Os resultados que se esperam atingir nesta oficina são:  Produzir um documento com recomendações sobre a proposta de “Orientações para a Gestão de Corredores”;  Atualizar e complementar as fichas de cada corredor, no documento “Síntese de experiências de corredores no Brasil”. ________________________________________________________ ______________________________________________ 1
  2. 2. ______________________________ Proposta de metodologia para oficina sobre orientações para a gestão de corredores 4. Metodologia Após a preparação preliminar do documento “Orientações para a Gestão de Corredores” é necessário consultar aos principais atores que estão envolvidos com a gestão de corredores sobre a proposta, para que contribua de forma eficiente e eficaz com a gestão dos corredores e seja condizente com as experiências que atualmente estão sendo desenvolvidas no Brasil. Como existem experiências que estão sendo implementadas em quase todos os biomas brasileiros, será necessário contar com a participação de pelo menos um convidado por corredor, para assim garantir um documento que contemple as particularidades de cada bioma e de cada corredor. Os participantes devem possuir experiência nos trabalhos de delimitação, envolvimento, planejamento e/ou gestão dos corredores. Também, deve-se manter um equilíbrio entre representantes de organizações governamentais e não-governamentais, pois na maioria dos corredores as organizações não-governamentais possuem um papel principal na sua implantação. Como o objetivo da Oficina é o de consulta, a mesma será desenvolvida de forma que seja possível transmitir informações em dois sentidos: dos consultores aos participantes e dos diferentes participantes aos consultores. Para isso, a diretriz metodológica fundamental será a discussão em plenária dos documentos mediante diálogo aberto e registro de todas as recomendações realizadas. Porém, o consenso entre todos os participantes não será buscado em nenhum momento da Oficina; quando não existir o consenso, se deverão salientar as divergências encontradas entre os participantes nos assuntos levantados, destacando-se cada uma das opiniões. A Oficina utilizará técnicas de dinâmica de grupo e visualização, visando a integração e a participação ativa de todos. Haverá sessões em plenária e, quando necessário, serão formados grupos de menor tamanho para assuntos específicos, com posterior apresentação dos trabalhos na plenária. O incentivo ao diálogo aberto, mediante trabalho em grupos menores e discussão dos resultados em plenária, será realizado com vistas à obtenção de efeito sinergético pelo envolvimento cruzado de todos os diferentes atores presentes, enriquecendo a interpretação e a avaliação posterior das informações. Para garantir a produtividade da Oficina e a participação ativa de todos os convidados, o número de participantes não deverá ser superior a 30. As recomendações serão registradas no formato de matriz, da seguinte forma: Nº da página Nº do item Onde diz: Recomenda-se: A complementação das fichas do documento “Síntese de experiências de corredores no Brasil” será realizada individualmente. Preferencialmente, será enviada cada ficha por correio eletrônico com antecedência e depois recolhida no momento da Oficina. ________________________________________________________ ______________________________________________ 2
  3. 3. ______________________________ Proposta de metodologia para oficina sobre orientações para a gestão de corredores 5. Programação 1º Dia: Manhã:  Abertura (15’)  Apresentação dos objetivos e metodologia da Oficina (10’)  Apresentação dos participantes (20’)  Apresentação geral dos documentos “Síntese de experiências de corredores no Brasil”, “Análise comparativa das metodologias existentes para a gestão de corredores” e “Orientações para a Gestão de Corredores” (30’)  Apresentação do marco conceitual de corredores (20’)  Discussão sobre o marco conceitual de corredores (aprox. 2 h) Tarde:  Apresentação das orientações sobre a metodologia e instrumentos de planejamento dos corredores (20’)  Discussão sobre a metodologia e instrumentos de planejamento dos corredores (aprox. 2 h)  Apresentação das orientações sobre a metodologia e instrumentos para a implementação de corredores (20’)  Discussão sobre a metodologia e instrumentos para a implementação de corredores (início) (aprox. 1 h) 2º Dia: Manhã:  Discussão sobre a metodologia e instrumentos para a implementação de corredores (continuação) (aprox. 1 h)  Apresentação das orientações sobre a metodologia e instrumentos para o monitoramento de corredores (20’)  Discussão sobre a metodologia e instrumentos para o monitoramento de corredores (aprox. 2 h) Tarde:  Apresentação das orientações para o sistema de gestão de corredores (20’)  Discussão sobre o sistema de gestão de corredores (aprox. 2 h)  Encaminhamentos (30’)  Encerramento (15’) 6. Data proposta 18 e 19 de julho de 2006 (terça e quarta-feira). ________________________________________________________ ______________________________________________ 3
  4. 4. ______________________________ Proposta de metodologia para oficina sobre orientações para a gestão de corredores 7. Lista Preliminar de Convidados A seguinte lista de participantes apresenta 35 convidados. O número proposto é maior do que o ideal para um evento desta natureza (ideal: 30) prevendo as possíveis desistências. 1. Alandy Patrícia Cavalcante Simas. IEPA. Tel: (96) 3223-8128; 96-9902-0654. e-mail: alandycavalcante@bol.com.br. 2. André Guimarães. Instituto BioAtlântica – Ibio. Tel: (21) 2533-3940. E-mail: andre@bioatlantica.org.br 3. Bernardo Brito. IBAMA/DIREC. Tel: (61) 316.1759. e-mail: Bernardo.brito@ibama.gov.br 4. Beto Mesquita. Instituto BioAtlântica – Ibio. Tel: (21) 2533-3940. E-mail: mesquita@bioatlantica.org.br 5. Beto Ricardo. ISA. Tel: (11) 3660 7949. Fax: (11) 3660-7941. Tel/Fax: (97) 3471-1156. e-mail: beto@socioambiental.org 6. Carlos Fernando Anicet Fischer. IBAMA Tel: (61) 3316-1173. e-mail: calos.fischer@ibama.gov.br 7. Cláudio Pádua ou Laury Cullen. IPE. Tel: (61) 368.5646; (61) 368.8012. e-mail: cpadua@ipe.org.br. 8. Dione Corte. IBAMA/DIREC. Tel: (61) 316.1068. e-mail: dione.corte@ibama.gov.br 9. Elaini Faquim. FEMA-MT. e-mail: sub@sema.mt.gov.br; fachime@uol.com.br 10.Gisela Herrmann. Valor Natural. Tel: (31) 3342-4180. e-mail: gisela@valornatural.org.br 11.Ivanete Bandeira Cardozo da Silva. Kanindé. Tel: (69) 3229-2826. e-mail: ivanete@kaninde.org.br 12.Jasy Abreu. SDS/AM. Tel: (92) 3643-2314; Cel: 92-9985-6681. e-mail: corredores@ipaam.br. 13.José Maria Cardoso. CI. Tel: (91) 3225-3707. e-mail: j.silva@conservation.org.br. 14.Júlio César Roma. MMA. Tel: (61) 4009.9573. e-mail: 15.Júlio Gonchorosky. IBAMA. Tel: (47) 9932-1565. e-mail: jgonchorosky@uol.com.br. 16.Laury Cullen Jr. IPE. E-mail: lcullen@stetnet.com.br. 17.Leandro Ferreira. MPEG. ________________________________________________________ ______________________________________________ 4
  5. 5. ______________________________ Proposta de metodologia para oficina sobre orientações para a gestão de corredores Tel: (91) 3217.6146. e-mail: lvferreira@museu-goeldi.br. 18.Luiz Fernando. IBAMA. ? 19.Luiz Paulo Pinto. CI. Tel: (31) 3261-3889. e-mail: 20.Marcelo Araújo. IESB. Tel: (73) 3634-2179. e-mail: 21.Marcelo Mores. IEMA. Tel: (31) 36-3476; Fax: (31) 36-3475. E-mail: corredorecologico@iema.es.gov.br. 22.Marcos Roberto. WWF. Tel: (92) 3644-4697. e-mail: marcos@wwf.org.br. 23.María Olatz Cases. PLANAMAZ. Tel/Fax: (92) 3236-1109. e-mail: ocases@vivax.com.br; ocases@uol.com.br. 24. Maridélia Liliany Z. Cardoso. IBAMA Tel: (48) 3334-3595; (48) 9902-8406. e-mail: maridelia@uol.com.br. 25.Marina Antongiovanni da Fonseca. ISA Tel /Fax: (92) 3648-8114. e-mail: marina@socioambiental.org 26.Marisete Catapan ou Laurent Micol. ICV. Tel: (65) 641-1550; (65) 641-5382; (66) 521-8555. e-mail: icv@icv.org.br. 27.Maurício Galinkin. CEBRAC. Tel: (61) 3340-1020; 61-3340-1318. e-mail: f.cebrac@zaz.com.br. 28.Militão Ricardo. MMA/PCE. Tel: (61) 4009-9194; (61) 9645-1438. e-mail: militao.ricardo@mma.gov.br. 29.Milson Batista. CRA. Tel: (71) 3237 9408. E-mail: milson_batista@yahoo.com.br 30.Moacir Arruda. IBAMA/DIREC. Tel: (61) 316.1757. e-mail: moacir.arruda@ibama.gov.br 31.Nanci Rodrigues. IBAMA Tel: (69) 233-3607. Fax: (69) 221-8021. e-mail: nanci.rodriges@ibama.gov.br 32. Plínio Bocchino ou Márcia Hirota. SOS Mata Atlântica. Tel: (11) 3055-7881. E-mail: plinio@sosmatatlantica.org.br; marcia@sosmatatlantica.org.br 33.Ricardo Machado. CI. Tel: (31) 3261.3889. e-mail : 34.Sônia Aline Roda. CEPAN. Tel: (81) 2126-8944; 3091.3690; 3061.6640. Fax: (81) 3325-4679. e-mail: cepan@cepan.org.br 35.Vincent Brackelaire. PLANAMAZ. Tel: (21) 3813.9747. Fax: (21) 2521.9662. e-mail: vibra@alternex.com.br. ________________________________________________________ ______________________________________________ 5
  6. 6. ______________________________ Proposta de metodologia para oficina sobre orientações para a gestão de corredores Tel: (91) 3217.6146. e-mail: lvferreira@museu-goeldi.br. 18.Luiz Fernando. IBAMA. ? 19.Luiz Paulo Pinto. CI. Tel: (31) 3261-3889. e-mail: 20.Marcelo Araújo. IESB. Tel: (73) 3634-2179. e-mail: 21.Marcelo Mores. IEMA. Tel: (31) 36-3476; Fax: (31) 36-3475. E-mail: corredorecologico@iema.es.gov.br. 22.Marcos Roberto. WWF. Tel: (92) 3644-4697. e-mail: marcos@wwf.org.br. 23.María Olatz Cases. PLANAMAZ. Tel/Fax: (92) 3236-1109. e-mail: ocases@vivax.com.br; ocases@uol.com.br. 24. Maridélia Liliany Z. Cardoso. IBAMA Tel: (48) 3334-3595; (48) 9902-8406. e-mail: maridelia@uol.com.br. 25.Marina Antongiovanni da Fonseca. ISA Tel /Fax: (92) 3648-8114. e-mail: marina@socioambiental.org 26.Marisete Catapan ou Laurent Micol. ICV. Tel: (65) 641-1550; (65) 641-5382; (66) 521-8555. e-mail: icv@icv.org.br. 27.Maurício Galinkin. CEBRAC. Tel: (61) 3340-1020; 61-3340-1318. e-mail: f.cebrac@zaz.com.br. 28.Militão Ricardo. MMA/PCE. Tel: (61) 4009-9194; (61) 9645-1438. e-mail: militao.ricardo@mma.gov.br. 29.Milson Batista. CRA. Tel: (71) 3237 9408. E-mail: milson_batista@yahoo.com.br 30.Moacir Arruda. IBAMA/DIREC. Tel: (61) 316.1757. e-mail: moacir.arruda@ibama.gov.br 31.Nanci Rodrigues. IBAMA Tel: (69) 233-3607. Fax: (69) 221-8021. e-mail: nanci.rodriges@ibama.gov.br 32. Plínio Bocchino ou Márcia Hirota. SOS Mata Atlântica. Tel: (11) 3055-7881. E-mail: plinio@sosmatatlantica.org.br; marcia@sosmatatlantica.org.br 33.Ricardo Machado. CI. Tel: (31) 3261.3889. e-mail : 34.Sônia Aline Roda. CEPAN. Tel: (81) 2126-8944; 3091.3690; 3061.6640. Fax: (81) 3325-4679. e-mail: cepan@cepan.org.br 35.Vincent Brackelaire. PLANAMAZ. Tel: (21) 3813.9747. Fax: (21) 2521.9662. e-mail: vibra@alternex.com.br. ________________________________________________________ ______________________________________________ 5

×