Biomecanica dos tendões e ligamentos

21.897 visualizações

Publicada em

0 comentários
6 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
21.897
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
12
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
249
Comentários
0
Gostaram
6
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Biomecanica dos tendões e ligamentos

  1. 1. Biomecânica dos Tendões e Ligamentos Alexandre Carlos Rosa, Ft.
  2. 2. Rede vascular Células: Fibroblasto Estruturas extracelular: colágeno, substância de base Rede neural: mecanor-receptores Nutrição, metabolismo Síntese de matriz Suporte de carga e tensão Percepção motora e sensorial Visco-elastico <ul><li>guiar movimento </li></ul><ul><li>transmitir carga </li></ul><ul><li>Estabilizar articulação </li></ul>Estrutura Mecânica Função
  3. 3. Morfologia dos Tendões e Ligamentos <ul><li>Proteoglicano – Stress / Shear </li></ul><ul><li>GAG – Compressão </li></ul><ul><li>Fibronectina – Adesão Cels. Matriz </li></ul><ul><li>Fibras elásticas – Absorção de Choques </li></ul><ul><li>Sulfato de Condroitina – Carga Tensil </li></ul><ul><li>Água </li></ul><ul><li>Colágeno </li></ul><ul><ul><li>Tipo I </li></ul></ul><ul><ul><li>Tipo III, IV, V, VI </li></ul></ul>
  4. 4. Diferenças entre tendões e ligamentos Cargas tensionais em uma direção principal e em direções secundarias Cargas tensionais unidirecionais Fibras paralelas e outras entrelaçadas Fibras ordenadas paralelamente 90% colágeno do tipo I 10 % colágeno do tipo III 99% colágeno tipo I 1% colágeno do tipo III Ligam duas estruturas ósseas Ligam o músculo ao osso Ligamentos Tendões
  5. 5. Resposta mecânica de tendões e ligamentos á deformação Curva de estresse-deformação <ul><li>A – Toe </li></ul><ul><li>B – Linear </li></ul><ul><li>C – Microfalha </li></ul><ul><li>D – falha total </li></ul>
  6. 6. Comportamento mecânico dos tendões e ligamentos Visco-elasticidade <ul><li>Viscosidade – Capacidade da estrutura de se adaptar a uma determinada carga </li></ul><ul><ul><li>Comportamento dominante sob baixas cargas </li></ul></ul><ul><li>Elasticidade – Capacidade da estrutura de se alongar e voltar a posição inicial de maneira não linear. </li></ul><ul><ul><li>Comportamento dominante sob altas cargas </li></ul></ul>
  7. 7. Comportamento mecânico dos tendões e ligamentos Rigidez,comprimento e deformação <ul><li>Quanto maior a secção transversa maior é a força necessária para causar a falha mecânica </li></ul><ul><li>Quanto mais longo o tendão maior vai ser o alongamento necessário para causar a falha mecânica </li></ul>
  8. 8. Fatores que afetam as propriedades biomecânicas dos tendões e ligamentos <ul><li>Maturação e envelhecimento </li></ul><ul><ul><li>N o e qualidade de cross links </li></ul></ul><ul><ul><li>Diâmetro da fibrila de colágeno </li></ul></ul><ul><li>Gravidez e Pós-parto </li></ul><ul><ul><li>Frouxidão ligamentar </li></ul></ul><ul><li>Diabete Mellitus </li></ul><ul><ul><li>hiperviscosidade </li></ul></ul><ul><li>AINES </li></ul>
  9. 9. Fatores que afetam as propriedades biomecânicas dos tendões e ligamentos <ul><li>Alteração sob condições estresse mecânico </li></ul><ul><ul><li>Imobilização </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>diminuição na força e rigidez </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>aumento no metabolismo </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>diminuição do n o e qualidade de cross links </li></ul></ul></ul><ul><li>Esteróides </li></ul><ul><ul><li>Uso continuo leva a falha na ligação com os ossos </li></ul></ul><ul><ul><li>Aumento da rigidez á carga máxima </li></ul></ul>
  10. 10. Fatores que afetam as propriedades biomecânicas dos tendões e ligamentos <ul><li>Uso excessivo </li></ul><ul><ul><li>microfalhas </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>tendinites e lesões ligamentares </li></ul></ul></ul><ul><li>Cargas súbitas vs cargas lentas e progressivas </li></ul><ul><li>Exercício excêntrico vs concêntrico </li></ul>

×