SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 13
Mini curso: modelos de causalidade lógica e Marco Lógico   Victor Maia Senna Delgado e-mail:  [email_address] Viçosa - MG  19/04/2011 Aula 05 III Seminário de Avaliação de  Políticas Públicas e Qualidade do Gasto Oficina de Marco Lógico
Outras questões importantes na construção do ML: ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Revisitando o ciclo da Política Pública:
Revisitando o ciclo da Política Pública:
Revisitando o ciclo da Política Pública: A análise foi feita  Nas muitas dimensões do programa?
Exercício Prático: ,[object Object],[object Object],[object Object]
Roteiro  (adaptado de Cassiolato & Gueresi, 2010) : ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Fase_1. Identificação do problema: Fase_2. Descrição do programa:
Roteiro  (adaptado de Cassiolato & Gueresi, 2010) : ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Fase_3. Resultados Esperados do Programa: Fase_4. Análise do Contexto e de Vulnerabilidade:
Cassiolato & Gueresi (2010)
Matriz Simples de Marco Lógico: Atividades Produtos (Bens e Serviços Produzidos) Objetivo Final (Resultado) Indicadores Definição
Obrigado!
Bibliografia: ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Bibliografia: ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Projetos metodologias
Projetos   metodologiasProjetos   metodologias
Projetos metodologias
Pessoal
 
Marco lógico como ferramenta de avaliação
Marco lógico como ferramenta de avaliaçãoMarco lógico como ferramenta de avaliação
Marco lógico como ferramenta de avaliação
Walner Mamede
 
27 projeto de_trabalho_praticas_academicas_2012
27 projeto de_trabalho_praticas_academicas_201227 projeto de_trabalho_praticas_academicas_2012
27 projeto de_trabalho_praticas_academicas_2012
Cristiano Santos
 
Roteiro Para A ElaboraçãO De Projetos Em Pdf
Roteiro Para A ElaboraçãO De Projetos Em PdfRoteiro Para A ElaboraçãO De Projetos Em Pdf
Roteiro Para A ElaboraçãO De Projetos Em Pdf
Inova Gestão
 
Grupo 01 tr14 carla tôzo planejamento de projetos_de_gestao_comunicativa
Grupo 01 tr14 carla tôzo planejamento de projetos_de_gestao_comunicativaGrupo 01 tr14 carla tôzo planejamento de projetos_de_gestao_comunicativa
Grupo 01 tr14 carla tôzo planejamento de projetos_de_gestao_comunicativa
guestdd96fad
 

Mais procurados (20)

Elaboracao de projetos:ZOPP e Marco Lógico
Elaboracao de projetos:ZOPP e Marco LógicoElaboracao de projetos:ZOPP e Marco Lógico
Elaboracao de projetos:ZOPP e Marco Lógico
 
Mini curso aula 01
Mini curso aula 01Mini curso aula 01
Mini curso aula 01
 
Projetos metodologias
Projetos   metodologiasProjetos   metodologias
Projetos metodologias
 
Projetos sociais como escrever
Projetos sociais   como escreverProjetos sociais   como escrever
Projetos sociais como escrever
 
Árvore dos problemas
Árvore dos problemasÁrvore dos problemas
Árvore dos problemas
 
Módulo 3 - Metodologia e Avaliação
Módulo 3 - Metodologia e AvaliaçãoMódulo 3 - Metodologia e Avaliação
Módulo 3 - Metodologia e Avaliação
 
Projetos - Justificativa
Projetos - JustificativaProjetos - Justificativa
Projetos - Justificativa
 
Elaboração de projetos sociais avaliação parte i
Elaboração de projetos sociais avaliação parte iElaboração de projetos sociais avaliação parte i
Elaboração de projetos sociais avaliação parte i
 
RIS - Relatório de Impacto Social
RIS - Relatório de Impacto SocialRIS - Relatório de Impacto Social
RIS - Relatório de Impacto Social
 
O PMO e a aferição de Benefícios e Valor dos Projetos
O PMO e a aferição de Benefícios e Valor dos ProjetosO PMO e a aferição de Benefícios e Valor dos Projetos
O PMO e a aferição de Benefícios e Valor dos Projetos
 
Marco lógico como ferramenta de avaliação
Marco lógico como ferramenta de avaliaçãoMarco lógico como ferramenta de avaliação
Marco lógico como ferramenta de avaliação
 
Eficiência, Eficácia ou Efetividade, para onde o está orientado o modelo de ...
Eficiência, Eficácia ou Efetividade, para onde o está orientado o  modelo de ...Eficiência, Eficácia ou Efetividade, para onde o está orientado o  modelo de ...
Eficiência, Eficácia ou Efetividade, para onde o está orientado o modelo de ...
 
Monitoramento e Avaliacao
Monitoramento e AvaliacaoMonitoramento e Avaliacao
Monitoramento e Avaliacao
 
27 projeto de_trabalho_praticas_academicas_2012
27 projeto de_trabalho_praticas_academicas_201227 projeto de_trabalho_praticas_academicas_2012
27 projeto de_trabalho_praticas_academicas_2012
 
Roteiro para escrever projetos
Roteiro para escrever projetosRoteiro para escrever projetos
Roteiro para escrever projetos
 
Roteiro Para A ElaboraçãO De Projetos Em Pdf
Roteiro Para A ElaboraçãO De Projetos Em PdfRoteiro Para A ElaboraçãO De Projetos Em Pdf
Roteiro Para A ElaboraçãO De Projetos Em Pdf
 
BUVINICH, Manuel Rojas. Ferramentas para avaliacao monitoramento de programas...
BUVINICH, Manuel Rojas. Ferramentas para avaliacao monitoramento de programas...BUVINICH, Manuel Rojas. Ferramentas para avaliacao monitoramento de programas...
BUVINICH, Manuel Rojas. Ferramentas para avaliacao monitoramento de programas...
 
Orientação de projetos
Orientação de projetosOrientação de projetos
Orientação de projetos
 
Projeto Social - Modelo
Projeto Social - ModeloProjeto Social - Modelo
Projeto Social - Modelo
 
Grupo 01 tr14 carla tôzo planejamento de projetos_de_gestao_comunicativa
Grupo 01 tr14 carla tôzo planejamento de projetos_de_gestao_comunicativaGrupo 01 tr14 carla tôzo planejamento de projetos_de_gestao_comunicativa
Grupo 01 tr14 carla tôzo planejamento de projetos_de_gestao_comunicativa
 

Destaque (7)

(ConSePS 2015) Imersão 2
(ConSePS 2015) Imersão 2(ConSePS 2015) Imersão 2
(ConSePS 2015) Imersão 2
 
Capacitacao Rh
Capacitacao RhCapacitacao Rh
Capacitacao Rh
 
Business Model Canvas na Prática
Business Model Canvas na PráticaBusiness Model Canvas na Prática
Business Model Canvas na Prática
 
gestão de pessoas e RH
 gestão de pessoas e RH gestão de pessoas e RH
gestão de pessoas e RH
 
Técnicas para Treinamento e Desenvolvimento de Pessoas - Aula 1 Momento 1
Técnicas para Treinamento e Desenvolvimento de Pessoas -  Aula 1 Momento 1Técnicas para Treinamento e Desenvolvimento de Pessoas -  Aula 1 Momento 1
Técnicas para Treinamento e Desenvolvimento de Pessoas - Aula 1 Momento 1
 
Educação, Treinamento e Desenvolvimento de Pessoas
Educação, Treinamento e Desenvolvimento de PessoasEducação, Treinamento e Desenvolvimento de Pessoas
Educação, Treinamento e Desenvolvimento de Pessoas
 
Treinamento & Desenvolvimento de Equipes: Modelos, Feramentas e estratégias
Treinamento & Desenvolvimento de Equipes: Modelos, Feramentas e estratégiasTreinamento & Desenvolvimento de Equipes: Modelos, Feramentas e estratégias
Treinamento & Desenvolvimento de Equipes: Modelos, Feramentas e estratégias
 

Último

ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
azulassessoria9
 
TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.
TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.
TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.
FLAVIA LEZAN
 

Último (20)

Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animal
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorial
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
Abuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescenteAbuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescente
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
 
BENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacional
BENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacionalBENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacional
BENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacional
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
 
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
 
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolar
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolarMODELO Resumo esquemático de Relatório escolar
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolar
 
TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.
TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.
TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoasInsegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
 
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASMARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
 
662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica
 

Mini curso aula 05