O slideshow foi denunciado.

Apresentação Corporativa VIBROPAC 2016 - Águas

0

Compartilhar

Carregando em…3
×
1 de 122
1 de 122

Apresentação Corporativa VIBROPAC 2016 - Águas

0

Compartilhar

Baixar para ler offline

Descrição

Apresentação Corporativa VIBROPAC 2016 - Águas

SAIBA MAIS
Site: www.vibropac.com.br
Tel: +55 11 2108-5600
E-mail: vibropac@vibropac.com.br

Transcrição

  1. 1. APRESENTAÇÃO CORPORATIVA ÁGUAS CORSAN – AGO/2016
  2. 2. Quem Somos Fundada em Fevereiro de 1.993, dedica-se a oferecer ao setor industrial o que existe de mais moderno em tecnologia de bombeamento, tratamento e controle de fluidos. Com um Departamento de Engenharia próprio, a VIBROPAC atua no desenvolvimento de Sistemas para aplicações em petróleo, gás, indústrias químicas e petroquímicas, papel e celulose, álcool e açúcar, cerâmica, têxtil, tratamento de águas e efluentes, entre outras.
  3. 3. A Vibropac A VIBROPAC se divide hoje em 2 unidades de negócios:
  4. 4. A Vibropac
  5. 5. Óleo e Gás Há mais de 15 anos, fornecendo Sistemas de Injeção Química e bombas dosadoras para a indústria de Oil & Gás, a Vibropac lança os Sistemas de Odorização de Gás Natural e GLP. Desde sistemas portáteis aos mais exigentes níveis de customização, a Vibropac conta com equipe de engenheiros e técnicos especializados para o completo atendimento as especificações de seus clientes, com o melhor custo benefício aliado a Qualidade e Alta Performance. Odorizador de Gás
  6. 6. Óleo e Gás Injeção Química O Departamento de Engenharia de Sistemas da VIBROPAC foi criado com o intuito de desenvolver soluções integradas de preparo, dosagem e transporte de fluídos, atendendo às demandas específica de seus clientes, nos setores de Petroquímica, "Offshore", Papel e Celulose, Químico, Cerâmico, Sucroalcooleiro ou em Tratamento de Águas e Efluentes, entre outros. Todos os sistemas podem obedecer a desenhos e projetos fornecidos pelos clientes, como serem desenvolvidos pela própria engenharia VIBROPAC.
  7. 7. As bombas centrífugas magnéticas metálicas horizontais de acoplamento magnético HMD/Kontro, construídas para atender às especificações da norma ANSI B73.1, oferecem inclusive equipamentos denominados sub-ANSI para bombas monobloco que atendem à norma API 610 e API 618. Óleo e Gás Centrífuga de alta velocidade Centrífuga magnética Bomba Centrífuga Compressores Centrífugos de Gás Em complemento à linha de bombas centrífugas SUNDYNE, a família de compressores centrífugos API 617 de alta velocidade in-line e em montagens horizontais foca em indústrias de petróleo e gás. Desde então, a linha de compressores SUNDYNE é uma das mais respeitáveis do mercado que consolida a liderança da marca no mercado com a sua principal e melhor característica, realizar a aplicação com baixa vazão e alta pressão.
  8. 8. A linha de bombas dosadoras Vibropac compreende as marcas LMI Milton Roy, com bombas dosadoras eletrônicas e MILTON ROY FCD, com bombas dosadoras de processo tipo pistão e diafragma atendendo à norma API 675. Bombas Dosadoras de Processo Milton Roy Óleo e Gás Bombas Dosadoras A linha de bombas dosadoras Vibropac possui como algumas empresas Representadas, entre elas está a WILLIAMS, com bombas dosadoras tipo pistão ou diafragma com acionamento pneumático. Bombas Dosadoras de Acionamento Pneumático Willians
  9. 9. Óleo e Gás Bombas de Palheta Tecnologia de Agitação Bombas de Fusos e Multifásicas Bombas Centrífugas Herméticas
  10. 10. A Vibropac
  11. 11. Preparadores de Polímero A VIBROPAC foi a primeira e é a única empresa a oferecer ao mercado nacional uma linha completa de sistemas para tratamento de água municipal ou industrial, no segmento de papel e celulose, entre outros. São máquinas compactas e portáteis para soluções a partir de emulsão ou de polímero em pó, com capacidade para até 10.000 l/h para pó e de até 20.000 l/h para emulsão. Produz, sob encomenda, sistemas de qualquer vazão e concentração. Águas e Efluentes
  12. 12. Preparador de Polímero - Emulsão Preparador de Polímero – Em pó com pós diluição Preparador de Polímero – Especial à prova de explosão Águas e Efluentes Preparadores de Polímero
  13. 13. Vibropac Unidade Combinada A VIBROPAC apresenta a linha de sistemas para pré- tratamento de efluentes, construídas sob licença da FLUITECO, uma das mais importantes companhias na fabricação de soluções para pré- tratamento de efluentes quer sejam para aplicações municipais ou industriais. Com esta nova linha de produtos, a VIBROPAC passa a oferecer mais opções de equipamentos para as necessidades cada vez mais crescentes, quer da indústria, como do setor público. Águas e Efluentes
  14. 14. Sistema de Injeção Química Águas e Efluentes O Departamento de Engenharia de Sistemas da VIBROPAC foi criado com o intuito de desenvolver soluções integradas de preparo, dosagem e transporte de fluídos, atendendo às demandas específica de seus clientes, nos setores de Petroquímica, "Offshore", Papel e Celulose, Químico, Cerâmico, Sucroalcooleiro ou em Tratamento de Águas e Efluentes, entre outros. Todos os sistemas podem obedecer a desenhos e projetos fornecidos pelos clientes, como serem desenvolvidos pela própria engenharia VIBROPAC.
  15. 15. Espessador e Desidratador de Lodos Águas e Efluentes O espessador representa inovação na concepção de equipamentos e fornece uma solução econômica para o Espessamento ou Desidratação de Lodos para pequenas e médias instalações de tratamento de águas potáveis, residuais e industriais bem como para um grande número de outras aplicações.
  16. 16. Peneiras Rotativas Águas e Efluentes Pré Tratamento de Efluentes Grades Paralelas Para aplicação em instalações de tratamento de efluentes municipais, descargas de efluentes industriais, matadouros ou instalações de processamento de alimentos ou licores e peneiramento de inúmeros fluidos e espumas. As grades subverticais de barras paralelas podem ser adicionadas a instalações já existentes ou em novos projetos, aumentando a eficácia da retirada dos sólidos, que passa a ser de forma automática. São aplicáveis em Pré-Tratamento de efluentes domésticos e municipais e recuperação e processamento de sólidos de descargas industriais.
  17. 17. Parafusos Transportadores Classificador de Areia Águas e Efluentes Pré Tratamento de Efluentes Utilizados em matadouros, pisciculturas e outras instalações de processamento de alimentos, indústria química e refinarias, estações de tratamento de águas residuais municipais, recepção de rejeitados, incineração, cinzas, entre outras. Aplicáveis em pequenas instalações de tratamento de efluentes, na descarga de efluentes industriais e outras instalações de processamento de alimentos, indústria química e refinarias, recuperação de minério em instalações de processamento, recepção de efluente com areias de drenagens ou recepção e processamento de sólidos provenientes de descargas industriais.
  18. 18. Águas e Efluentes Sistemas de Filtração Aproveitando-se dos anos de experiência na produção de Sistemas de Injeção Química e de produtos para tratamento de efluentes, como os Preparadores de Polímero, Unidades Combinadas de Pré-Tratamento, Sistemas para a Desidratação e Lavagem de dejetos sólidos, Sistemas Compactos na separação de grãos/areia e óleos/graxa, etc., agora a Vibropac possui a nova tecnologia para FILTRAÇÃO E TRATAMENTO DE ÁGUAS.
  19. 19. A linha de bombas dosadoras Vibropac compreende as marcas LMI Milton Roy, com bombas dosadoras eletrônicas e MILTON ROY FCD, com bombas dosadoras de processo tipo pistão e diafragma atendendo à norma API 675. Bombas Dosadoras Eletrônicas LMI Milton Roy Águas e Efluentes Bombas Dosadoras Bombas Dosadoras MacRoy Milton Roy Controladores Fabricados pela Milton Roy a linha de equipamentos de medição digitais se baseia na tecnologia de microprocessador para realizar medidas confiáveis e precisas da Condutividade, O2, pH, Redox (ORP), Cloro total, Cloro livre, Dióxido de cloro, Peróxido de hidrogênio, Bromo e Ácido peracético em sofisticados sistemas de tratamento químico.
  20. 20. Águas e Efluentes Bombas Pneumáticas Bombas Peristálticas
  21. 21. Águas e Efluentes ESTAÇÃO TRADICIONAL
  22. 22. Águas e Efluentes PREPARADORES DE POLÍMERO (VIB)
  23. 23. Águas e Efluentes O QUE SÃO POLÍMEROS ? Polímeros são compostos químicos, naturais ou sintéticos, de elevada massa molecular, resultantes de reações químicas. São macromoléculas formadas a partir de unidades estruturais menores (os monômeros).
  24. 24. Águas e Efluentes São compostos sintéticos, de custo relativamente alto, cuja finalidade é produzir a coagulação, floculação ou aglutinação de partículas dispersas em um meio líquido, neste caso são especificamente denominados POLIELETRÓLITOS e podem ser ANIÔNICOS; CATIÔNICOS ou ambos. PARA O NOSSO PROPÓSITO ...
  25. 25. Águas e Efluentes
  26. 26. Águas e Efluentes
  27. 27. Águas e Efluentes Pó granulado OS POLÍMEROS APRESENTAM-SE EM DUAS FORMAS:
  28. 28. Águas e Efluentes Emulsão Caraterizada em sua maioria por uma solução viscosa concentrada. Geralmente diluída em água ou outros solventes e vendida em tambores
  29. 29. Águas e Efluentes PRINCIPAIS APLICAÇÕES: - Tratamento de água e efluentes - Industria papeleira - Mineração - Usina de açúcar e álcool
  30. 30. Águas e Efluentes TRATAMENTO DE ÁGUAS E EFLUENTES Na fase de polimento do tratamento, onde os coagulantes metálicos comuns (Sulfato de Alumínio; Cloreto Férrico) têm seu uso limitado/ proibitivo ou são ineficazes.
  31. 31. Águas e Efluentes TRATAMENTO DE ÁGUAS E EFLUENTES Na desidratação do lodo: Alimentação de FILTROS-PRENSA ou CENTRÍFUGAS
  32. 32. Águas e Efluentes INDÚSTRIA DE PAPEL Na recuperação ou retenção de fibras de papel
  33. 33. Águas e Efluentes USINA DE AÇÚCAR E ÁLCOOL - Flotação e clarificação do caldo - Desidratação da torta
  34. 34. Águas e Efluentes COMPONENTES DO PREPARADOR EM PÓ - Tanque - Portas de inspeção - Silo - Painel - Motores - Redutores - Agitadores - Rosca dosadora - Resistencia - Chave de nível - Sensor - Drenos - Saída de polímero
  35. 35. Águas e Efluentes PRINCÍPIO DE OPERAÇÃO O VIB é um equipamento de mistura VOLUMÉTRICA proporcional SÓLIDO-LÍQUIDO que garante a perfeita homogeneização dentro da proporção requerida e do tempo de MATURAÇÃO especificado.
  36. 36. Águas e Efluentes ANIMAÇÃO DO PRINCÍPIO DE OPERAÇÃO
  37. 37. Águas e Efluentes DETALHES CONSTRUTIVOS - AGITADORES Tanque de mistura com pás retas e mancal de fundo Tanque de maturação e estocagem com hélice naval.
  38. 38. Águas e Efluentes Rampa de pré mistura localizada na tampa do tanque. Tem a finalidade de abrir um leque de água para captação do polímero e iniciar a pré mistura antes que o mesmo entre no tanque. DETALHES CONSTRUTIVOS – RAMPA DE MISTURA
  39. 39. Águas e Efluentes Dosador volumétrico de pó com novo eixo redesenhado para melhorar a precisão e dosagem, eliminando a incrustação e consequente cisalhamento do polímero. DETALHES CONSTRUTIVOS – DOSADOR VOLUMÉTRICO
  40. 40. Águas e Efluentes Eixo dosador calculado e dimensionado caso a caso de acordo com a necessidade do cliente DETALHES CONSTRUTIVOS – DOSADOR VOLUMÉTRICO
  41. 41. Águas e Efluentes DETALHES CONSTRUTIVOS – DOSADOR VOLUMÉTRICO
  42. 42. Águas e Efluentes Trata-se do tempo necessário para que no tanque de estocagem a solução esteja homogênea e pronta para dosagem no processo. DETALHES CONSTRUTIVOS – TEMPO DE MATURAÇÃO 30 min
  43. 43. Águas e Efluentes Os preparadores VIBROPAC são projetados para o tempo de maturação de 30 minutos, mas podem ser adaptados para outros valores como por exemplo 60 e 90 minutos. DETALHES CONSTRUTIVOS – TEMPO DE MATURAÇÃO
  44. 44. Águas e Efluentes Hoje a VIBROPAC possui projetos para capacidade de preparo que variam de 700 a 12000 l/h. Outros valores podem ser fornecidos conforme necessidade do cliente. DETALHES CONSTRUTIVOS – CAPACIDADE DE PREPARO
  45. 45. Águas e Efluentes A capacidade do silo de estocagem padrão adotada pela VIBROPAC segue a tabela abaixo, porém, essa pode ser alterada de acordo com a necessidade do cliente: VIB700-VIB2000 60 L VIB2500-VIB3000 90 L VIB3500- VIB12000 120 L DETALHES CONSTRUTIVOS – SILOS DE ESTOCAGEM
  46. 46. Águas e Efluentes A capacidade do silo é limitada a 120 L em função do peso sobre a tampa do tanque. Projetos com silos de maior capacidade podem ser executados utilizando- se estruturas auxiliares. DETALHES CONSTRUTIVOS – SILOS DE ESTOCAGEM
  47. 47. Águas e Efluentes Construção compacta em aço inox ou polipropileno, o que facilita a limpeza e aumenta a vida útil do equipamento. INOX POLIPROPILENO DETALHES CONSTRUTIVOS – MATERIAL
  48. 48. Águas e Efluentes Sistema de aquecimento no tubo de saída do polímero em pó o que evita formação de umidade e grumos que podem prejudicar ao início da mistura. DETALHES CONSTRUTIVOS – RESISTÊNCIA DE AQUECIMENTO
  49. 49. Águas e Efluentes FLEXIBILIDADE – PÓS DILUIÇÃO Incremento de capacidade do equipamento sem grandes mudanças, através do sistema de pós diluição.
  50. 50. Águas e Efluentes FLEXIBILIDADE – PREPARADOR HÍBRIDO Possibilidade de montagem de um sistema HÍBRIDO para que o equipamento possa trabalhar tanto com polímero em pó quanto com emulsão.
  51. 51. Águas e Efluentes FLEXIBILIDADE – PREPARADOR HÍBRIDO
  52. 52. Águas e Efluentes FLEXIBILIDADE – PREPARADOR HÍBRIDO
  53. 53. Águas e Efluentes FLEXIBILIDADE – DOSADOR VOLUMÉTRICO REDUNDANTE
  54. 54. Águas e Efluentes FLEXIBILIDADE – DOSADOR VOLUMÉTRICO REDUNDANTE
  55. 55. Águas e Efluentes FLEXIBILIDADE – PAINEL E COMUNICAÇÃO Painel eletromecânico com possibilidade de adaptação para controles via PLC e interface com supervisórios.
  56. 56. Águas e Efluentes FLEXIBILIDADE - TUBULAÇÃO Linhas de alimentação de água inteiramente em PVC industrial .......
  57. 57. Águas e Efluentes ...............ou aço inox, incluindo válvulas e filtro Y. FLEXIBILIDADE - TUBULAÇÃO
  58. 58. Águas e Efluentes FLEXIBILIDADE – INSTRUMENTAÇÃO Medidor do tipo magnético Medidor do tipo turbina Podemos trabalhar com todos os tipos de instrumentos de medição e controle. Válvulas ON-OFF Medidor do tipo área variável (rotâmetro)
  59. 59. Águas e Efluentes SELEÇÃO – CURVA VAZÃO X TEMPO DE MATURAÇÃO
  60. 60. Águas e Efluentes - Ativador dinâmico hidropropelido ou estático - Painel de controle - Chave de fluxo - Rotâmetro - Bomba eletromagnética para alta viscosidade - Coluna de calibração - Solenoide COMPONENTES DO PREPARADOR EM EMULSÃO
  61. 61. Águas e Efluentes PRINCÍPIO DE OPERAÇÃO DO PREPARDOR EM EMULSÃO
  62. 62. Águas e Efluentes IMPORTANTE Diferentemente do polímero em pó, o polímero em EMULSÃO geralmente não necessita de tempo de maturação, pois já vem com sua cadeia pré-ativada. POLÍMERO ÁGUA (+) (-)
  63. 63. Águas e Efluentes FLEXIBILIDADE Configuração de lay out e instrumentação conforme necessidade do cliente.
  64. 64. Águas e Efluentes BENEFÍCIOS - Economia de espaço para eliminação de obras civis - Faixa de concentração precisa e regulável de 0.01% a 0.5% - Adequação as especificações de preparo sem desperdícios de insumo - Uma vez em trabalho, não necessita de intervenção de operadores, exceto para realimentação do silo.
  65. 65. Águas e Efluentes Tempo de maturação: 60 min Dados mínimos para especificação dos preparadores de polímero.
  66. 66. Águas e Efluentes ESTAÇÃO TRADICIONAL
  67. 67. Águas e Efluentes UNIDADE COMBINADA DE PRÉ- TRATAMENTO (VUC)
  68. 68. Águas e Efluentes COMPARAÇÃO ENTRE: ESTAÇÃO TRADICIONAL ESTAÇÃO VIBROPAC 200 L/S
  69. 69. Águas e Efluentes ESTAÇÃO TRADICIONAL Fonte: ETE Sorocaba – Jd. Carandá e Altos do Ipanema
  70. 70. Águas e Efluentes GRADES ROSCAS TRANSPORTADORA DE SOLIDOS DA GRADE Fonte: ETE Sorocaba – Jd. Carandá e Altos do Ipanema ESTAÇÃO TRADICIONAL
  71. 71. Águas e Efluentes CAIXA DE AREIA COM ROSCA Fonte: ETE Sorocaba – Jd. Carandá e Altos do Ipanema ESTAÇÃO TRADICIONAL
  72. 72. Águas e Efluentes CAIXA DE AREIA COM ROSCA Fonte: ETE Sorocaba – Jd. Carandá e Altos do Ipanema ESTAÇÃO TRADICIONAL
  73. 73. Águas e Efluentes Fonte: ETE Sorocaba – Jd. Carandá e Altos do Ipanema ESTAÇÃO TRADICIONAL
  74. 74. Águas e Efluentes Estação Tradicional – Equipamentos mecânicos 04 Grades 02 Roscas para descarte de resíduo da grade até a caçamba 02 Caixas de areia com roscas Solução proposta pela VIBROPAC 01 Unidade Combinada de pré-tratamento COMPARATIVO
  75. 75. Águas e Efluentes Estação Tradicional – Obra civil 01 Obra civil: - Canal em concreto para instalar a gradagem mecânica grossa automática. - Canal em concreto para fazer o by-pass da gradagem mecânica grossa automática e onde deverá ser instalada uma gradagem mecânica grossa manual. - Canal em concreto para instalar a peneira fina automática. - Canal em concreto para fazer o by-pass á peneira fina automática e onde deverá ser instalada uma gradagem mecânica manual. - Tanque em concreto para sedimentação/flotação (areias/gorduras) Solução proposta pela VIBROPAC 01 Obra civil - Plataforma em concreto para instalar a unidade. COMPARATIVO
  76. 76. Águas e Efluentes Estima-se uma economia de 46% no valor total da obra * Fonte: * Base para calculo Projeto ETE Sorocaba – Jd. Carandá e Altos do Ipanema
  77. 77. Águas e Efluentes 210 m2 Fonte: ETE Sorocaba – Jd. Carandá e Altos do Ipanema ÁREA UTILIZADA NA ESTAÇÃO TRADICIONAL
  78. 78. Águas e Efluentes 51.8 m2 ÁREA NECESSÁRIA PARA INSTALAÇÃO DA ESTAÇÃO VIBROPAC
  79. 79. Águas e Efluentes Redução da área de instalação de 75,0 %* Fonte: * Base para calculo Projeto ETE Sorocaba – Jd. Carandá e Altos do Ipanema
  80. 80. Águas e Efluentes FUNCIONAMENTO GERAL
  81. 81. Águas e Efluentes ETAPA 01 – PENEIRA PARA RETIRADA DE SÓLIDOS
  82. 82. Águas e Efluentes ETAPA 01 – PENEIRA PARA RETIRADA DE SÓLIDOS
  83. 83. Águas e Efluentes ACESSÓRIOS APLICÁVEIS:
  84. 84. Águas e Efluentes ACESSÓRIOS APLICÁVEIS:
  85. 85. Águas e Efluentes ACESSÓRIOS APLICÁVEIS:
  86. 86. Águas e Efluentes ACESSÓRIOS APLICÁVEIS:
  87. 87. Águas e Efluentes ETAPA 02 – DECANTAÇÃO E TRANSPORTE DE SÓLIDOS:
  88. 88. Águas e Efluentes ETAPA 02 – ROSCA PARA RETIRADA DE SÓLIDOS:
  89. 89. Águas e Efluentes ETAPA 03 – FLOTAÇÃO DE GORDURA:
  90. 90. Águas e Efluentes ETAPA 03 – ACESSÓRIOS APLICÁVEIS:
  91. 91. Águas e Efluentes ETAPA 03 – RETIRADA DE GORDURA:
  92. 92. Águas e Efluentes ETAPA 03 – DESCARTE DE GORDURA:
  93. 93. Águas e Efluentes PAINEL DE COMANDO
  94. 94. Águas e Efluentes Composto de botões LIGA / DESLIGA para todos os componentes: Motor da peneira rotativa (b); Motor do transportador de areia horizontal (c); Motor do extrator de areia vertical (c); Motor do raspador de gordura (d); Compressor de ar (e); Válvula solenoide de lavagem na zona de compactação peneira (f); Válvula solenoide para lavagem zona de zona de peneiramento (g); Bomba de água (l). No modo MANUAL, todos os acionamentos acima são independentes de qualquer intertravamento, decorrentes do pressostato.
  95. 95. Águas e Efluentes Acionamento através do pressostato de nível do tanque da peneira rotativa. Acionamento através de temporizador programável MODO AUTOMÁTICO
  96. 96. Águas e Efluentes Motores elétricos com limitador de torque para proteção contra sobrecarga. Micro interruptores de segurança nas tampas de inspeção para evitar abertura das mesmas quando o equipamento estiver em operação. SEGURANÇA
  97. 97. Águas e Efluentes REDUÇÃO DE VOLUME ≥40% sólidos secos EFICIÊNCIA DE LAVAGEM MATERIAL ORGÂNICO ≥90% EFICIÊNCIA DE REMOCÃO DE AREIAS ≥95% PARA GRANULUMETRIA ≥200µm (0,2mm) REDUÇÃO DE ORGÂNICOS VOLÁTILES ≥97% EFICIÊNCIA DE DESIDRATAÇÃO 90% de resíduo seco EFICIÊNCIA DE REMOÇÃO DE GORDURA ≈85% (TOP3)
  98. 98. Águas e Efluentes Dados mínimos para especificação da unidade combinada de pré tratamento
  99. 99. Águas e Efluentes De 4,0 l/s (15m3/h) a 400l/s (1.440m3/h) CAPACIDADE DISPONÍVEL
  100. 100. Águas e Efluentes ESTAÇÃO TRADICIONAL
  101. 101. Águas e Efluentes ESPESSADOR E DESIDRATADOR DE LODOS
  102. 102. Águas e Efluentes MODELO SF / SFD Desidratação de lodo para pequenas e médias vazões.
  103. 103. Águas e Efluentes Tambores cilíndricos estáticos projetados para otimizar a drenagem de líquidos aumentando assim a eficiência da máquina. TECNOLOGIA
  104. 104. Águas e Efluentes FUNCIONAMENTO GERAL
  105. 105. Águas e Efluentes EXEMPLO DE APLICAÇÃO
  106. 106. Águas e Efluentes VANTAGENS Solução econômica para espessamento ou desidratação de lodo, quando comparado a outras tecnologias.
  107. 107. Águas e Efluentes VANTAGENS - Baixo consumo de energia - Fácil operação e manutenção - Baixo nível de ruído - Ausência de telas filtrantes de troca constantes
  108. 108. Águas e Efluentes A utilização de solução de polímero possui impacto direto na eficiência do equipamento, sendo sua utilização recomendada com o espessador. IMPORTANTE
  109. 109. Águas e Efluentes CASOS DE SUCESSO (VIB)
  110. 110. Águas e Efluentes Capacidade: 2000 l/H LOCAL CONTATO TELEFONE E-MAIL ETE Monjolinho SAAE São Carlos Leila Jorge (16) 3501-1288 leila@saaesaocarlos.com.br
  111. 111. Águas e Efluentes Capacidade: 12.000 l/H LOCAL CONTATO TELEFONE E-MAIL ETE Lavapés SABESP Gustavo Sousa (12) 3904-3234 gnbdiniz@sabesp.com.br
  112. 112. Águas e Efluentes Capacidade: 700 l/H LOCAL CONTATO TELEFONE E-MAIL SAAE Itabira Jorge Borges (31) 3839-1320 jorge.borges@saaeitabira.com.br
  113. 113. Águas e Efluentes CASOS DE SUCESSO (VUC)
  114. 114. Águas e Efluentes Capacidade: 250 l/s LOCAL CONTATO TELEFONE E-MAIL ETE Pirassununga/SP Cássio Santos (19) 9660-2313 cassio.minghini@gmail.com
  115. 115. Águas e Efluentes LOCAL CONTATO TELEFONE E-MAIL ETE Humaitá/SP Helvécio Sena (12) 3904-3253 hcsena@sabesp.com.br Capacidade: 150 l/s
  116. 116. Águas e Efluentes LOCAL CONTATO TELEFONE E-MAIL ETE Governador Valadares/MG Matheus Mendes (31) 99877-2698 matheusmendes20@Hotmail.com Capacidade: 400 l/s
  117. 117. Serviços A VIBROPAC está plenamente capacitada a realizar serviços para modernizar, consertar, reformar ou garantir que sua produção sempre esteja produzindo a todo vapor. • Instalações • Reformas • Consertos • Treinamento
  118. 118. VIBROPAC nas Redes Sociais 1 Acompanhe a VIBROPAC usando o QR Code! Baixe o aplicativo do QR Code no seu smartphone Posicione a câmera focando no símbolo Você será direcionado diretamente às Redes Sociais Vibropac 2 3 Conteúdos exclusivos Novidades sobre o mundo dos negócios Vibropac e as tendências Eventos Dúvidas Técnicas Parceiros comerciais
  119. 119. Site: www.vibropac.com.br Tel.: +55 11 2108-5600 E-mail: vibropac@vibropac.com.br Vibropac Indústria e Comércio de Máquinas Vibropac Brasil Vibropac APRESENTAÇÃO CORPORATIVA 2016 Rua Pasadena, 271 Parque Industrial San José – Cotia CEP: 06715-864 Endereço Contato

Descrição

Apresentação Corporativa VIBROPAC 2016 - Águas

SAIBA MAIS
Site: www.vibropac.com.br
Tel: +55 11 2108-5600
E-mail: vibropac@vibropac.com.br

Transcrição

  1. 1. APRESENTAÇÃO CORPORATIVA ÁGUAS CORSAN – AGO/2016
  2. 2. Quem Somos Fundada em Fevereiro de 1.993, dedica-se a oferecer ao setor industrial o que existe de mais moderno em tecnologia de bombeamento, tratamento e controle de fluidos. Com um Departamento de Engenharia próprio, a VIBROPAC atua no desenvolvimento de Sistemas para aplicações em petróleo, gás, indústrias químicas e petroquímicas, papel e celulose, álcool e açúcar, cerâmica, têxtil, tratamento de águas e efluentes, entre outras.
  3. 3. A Vibropac A VIBROPAC se divide hoje em 2 unidades de negócios:
  4. 4. A Vibropac
  5. 5. Óleo e Gás Há mais de 15 anos, fornecendo Sistemas de Injeção Química e bombas dosadoras para a indústria de Oil & Gás, a Vibropac lança os Sistemas de Odorização de Gás Natural e GLP. Desde sistemas portáteis aos mais exigentes níveis de customização, a Vibropac conta com equipe de engenheiros e técnicos especializados para o completo atendimento as especificações de seus clientes, com o melhor custo benefício aliado a Qualidade e Alta Performance. Odorizador de Gás
  6. 6. Óleo e Gás Injeção Química O Departamento de Engenharia de Sistemas da VIBROPAC foi criado com o intuito de desenvolver soluções integradas de preparo, dosagem e transporte de fluídos, atendendo às demandas específica de seus clientes, nos setores de Petroquímica, "Offshore", Papel e Celulose, Químico, Cerâmico, Sucroalcooleiro ou em Tratamento de Águas e Efluentes, entre outros. Todos os sistemas podem obedecer a desenhos e projetos fornecidos pelos clientes, como serem desenvolvidos pela própria engenharia VIBROPAC.
  7. 7. As bombas centrífugas magnéticas metálicas horizontais de acoplamento magnético HMD/Kontro, construídas para atender às especificações da norma ANSI B73.1, oferecem inclusive equipamentos denominados sub-ANSI para bombas monobloco que atendem à norma API 610 e API 618. Óleo e Gás Centrífuga de alta velocidade Centrífuga magnética Bomba Centrífuga Compressores Centrífugos de Gás Em complemento à linha de bombas centrífugas SUNDYNE, a família de compressores centrífugos API 617 de alta velocidade in-line e em montagens horizontais foca em indústrias de petróleo e gás. Desde então, a linha de compressores SUNDYNE é uma das mais respeitáveis do mercado que consolida a liderança da marca no mercado com a sua principal e melhor característica, realizar a aplicação com baixa vazão e alta pressão.
  8. 8. A linha de bombas dosadoras Vibropac compreende as marcas LMI Milton Roy, com bombas dosadoras eletrônicas e MILTON ROY FCD, com bombas dosadoras de processo tipo pistão e diafragma atendendo à norma API 675. Bombas Dosadoras de Processo Milton Roy Óleo e Gás Bombas Dosadoras A linha de bombas dosadoras Vibropac possui como algumas empresas Representadas, entre elas está a WILLIAMS, com bombas dosadoras tipo pistão ou diafragma com acionamento pneumático. Bombas Dosadoras de Acionamento Pneumático Willians
  9. 9. Óleo e Gás Bombas de Palheta Tecnologia de Agitação Bombas de Fusos e Multifásicas Bombas Centrífugas Herméticas
  10. 10. A Vibropac
  11. 11. Preparadores de Polímero A VIBROPAC foi a primeira e é a única empresa a oferecer ao mercado nacional uma linha completa de sistemas para tratamento de água municipal ou industrial, no segmento de papel e celulose, entre outros. São máquinas compactas e portáteis para soluções a partir de emulsão ou de polímero em pó, com capacidade para até 10.000 l/h para pó e de até 20.000 l/h para emulsão. Produz, sob encomenda, sistemas de qualquer vazão e concentração. Águas e Efluentes
  12. 12. Preparador de Polímero - Emulsão Preparador de Polímero – Em pó com pós diluição Preparador de Polímero – Especial à prova de explosão Águas e Efluentes Preparadores de Polímero
  13. 13. Vibropac Unidade Combinada A VIBROPAC apresenta a linha de sistemas para pré- tratamento de efluentes, construídas sob licença da FLUITECO, uma das mais importantes companhias na fabricação de soluções para pré- tratamento de efluentes quer sejam para aplicações municipais ou industriais. Com esta nova linha de produtos, a VIBROPAC passa a oferecer mais opções de equipamentos para as necessidades cada vez mais crescentes, quer da indústria, como do setor público. Águas e Efluentes
  14. 14. Sistema de Injeção Química Águas e Efluentes O Departamento de Engenharia de Sistemas da VIBROPAC foi criado com o intuito de desenvolver soluções integradas de preparo, dosagem e transporte de fluídos, atendendo às demandas específica de seus clientes, nos setores de Petroquímica, "Offshore", Papel e Celulose, Químico, Cerâmico, Sucroalcooleiro ou em Tratamento de Águas e Efluentes, entre outros. Todos os sistemas podem obedecer a desenhos e projetos fornecidos pelos clientes, como serem desenvolvidos pela própria engenharia VIBROPAC.
  15. 15. Espessador e Desidratador de Lodos Águas e Efluentes O espessador representa inovação na concepção de equipamentos e fornece uma solução econômica para o Espessamento ou Desidratação de Lodos para pequenas e médias instalações de tratamento de águas potáveis, residuais e industriais bem como para um grande número de outras aplicações.
  16. 16. Peneiras Rotativas Águas e Efluentes Pré Tratamento de Efluentes Grades Paralelas Para aplicação em instalações de tratamento de efluentes municipais, descargas de efluentes industriais, matadouros ou instalações de processamento de alimentos ou licores e peneiramento de inúmeros fluidos e espumas. As grades subverticais de barras paralelas podem ser adicionadas a instalações já existentes ou em novos projetos, aumentando a eficácia da retirada dos sólidos, que passa a ser de forma automática. São aplicáveis em Pré-Tratamento de efluentes domésticos e municipais e recuperação e processamento de sólidos de descargas industriais.
  17. 17. Parafusos Transportadores Classificador de Areia Águas e Efluentes Pré Tratamento de Efluentes Utilizados em matadouros, pisciculturas e outras instalações de processamento de alimentos, indústria química e refinarias, estações de tratamento de águas residuais municipais, recepção de rejeitados, incineração, cinzas, entre outras. Aplicáveis em pequenas instalações de tratamento de efluentes, na descarga de efluentes industriais e outras instalações de processamento de alimentos, indústria química e refinarias, recuperação de minério em instalações de processamento, recepção de efluente com areias de drenagens ou recepção e processamento de sólidos provenientes de descargas industriais.
  18. 18. Águas e Efluentes Sistemas de Filtração Aproveitando-se dos anos de experiência na produção de Sistemas de Injeção Química e de produtos para tratamento de efluentes, como os Preparadores de Polímero, Unidades Combinadas de Pré-Tratamento, Sistemas para a Desidratação e Lavagem de dejetos sólidos, Sistemas Compactos na separação de grãos/areia e óleos/graxa, etc., agora a Vibropac possui a nova tecnologia para FILTRAÇÃO E TRATAMENTO DE ÁGUAS.
  19. 19. A linha de bombas dosadoras Vibropac compreende as marcas LMI Milton Roy, com bombas dosadoras eletrônicas e MILTON ROY FCD, com bombas dosadoras de processo tipo pistão e diafragma atendendo à norma API 675. Bombas Dosadoras Eletrônicas LMI Milton Roy Águas e Efluentes Bombas Dosadoras Bombas Dosadoras MacRoy Milton Roy Controladores Fabricados pela Milton Roy a linha de equipamentos de medição digitais se baseia na tecnologia de microprocessador para realizar medidas confiáveis e precisas da Condutividade, O2, pH, Redox (ORP), Cloro total, Cloro livre, Dióxido de cloro, Peróxido de hidrogênio, Bromo e Ácido peracético em sofisticados sistemas de tratamento químico.
  20. 20. Águas e Efluentes Bombas Pneumáticas Bombas Peristálticas
  21. 21. Águas e Efluentes ESTAÇÃO TRADICIONAL
  22. 22. Águas e Efluentes PREPARADORES DE POLÍMERO (VIB)
  23. 23. Águas e Efluentes O QUE SÃO POLÍMEROS ? Polímeros são compostos químicos, naturais ou sintéticos, de elevada massa molecular, resultantes de reações químicas. São macromoléculas formadas a partir de unidades estruturais menores (os monômeros).
  24. 24. Águas e Efluentes São compostos sintéticos, de custo relativamente alto, cuja finalidade é produzir a coagulação, floculação ou aglutinação de partículas dispersas em um meio líquido, neste caso são especificamente denominados POLIELETRÓLITOS e podem ser ANIÔNICOS; CATIÔNICOS ou ambos. PARA O NOSSO PROPÓSITO ...
  25. 25. Águas e Efluentes
  26. 26. Águas e Efluentes
  27. 27. Águas e Efluentes Pó granulado OS POLÍMEROS APRESENTAM-SE EM DUAS FORMAS:
  28. 28. Águas e Efluentes Emulsão Caraterizada em sua maioria por uma solução viscosa concentrada. Geralmente diluída em água ou outros solventes e vendida em tambores
  29. 29. Águas e Efluentes PRINCIPAIS APLICAÇÕES: - Tratamento de água e efluentes - Industria papeleira - Mineração - Usina de açúcar e álcool
  30. 30. Águas e Efluentes TRATAMENTO DE ÁGUAS E EFLUENTES Na fase de polimento do tratamento, onde os coagulantes metálicos comuns (Sulfato de Alumínio; Cloreto Férrico) têm seu uso limitado/ proibitivo ou são ineficazes.
  31. 31. Águas e Efluentes TRATAMENTO DE ÁGUAS E EFLUENTES Na desidratação do lodo: Alimentação de FILTROS-PRENSA ou CENTRÍFUGAS
  32. 32. Águas e Efluentes INDÚSTRIA DE PAPEL Na recuperação ou retenção de fibras de papel
  33. 33. Águas e Efluentes USINA DE AÇÚCAR E ÁLCOOL - Flotação e clarificação do caldo - Desidratação da torta
  34. 34. Águas e Efluentes COMPONENTES DO PREPARADOR EM PÓ - Tanque - Portas de inspeção - Silo - Painel - Motores - Redutores - Agitadores - Rosca dosadora - Resistencia - Chave de nível - Sensor - Drenos - Saída de polímero
  35. 35. Águas e Efluentes PRINCÍPIO DE OPERAÇÃO O VIB é um equipamento de mistura VOLUMÉTRICA proporcional SÓLIDO-LÍQUIDO que garante a perfeita homogeneização dentro da proporção requerida e do tempo de MATURAÇÃO especificado.
  36. 36. Águas e Efluentes ANIMAÇÃO DO PRINCÍPIO DE OPERAÇÃO
  37. 37. Águas e Efluentes DETALHES CONSTRUTIVOS - AGITADORES Tanque de mistura com pás retas e mancal de fundo Tanque de maturação e estocagem com hélice naval.
  38. 38. Águas e Efluentes Rampa de pré mistura localizada na tampa do tanque. Tem a finalidade de abrir um leque de água para captação do polímero e iniciar a pré mistura antes que o mesmo entre no tanque. DETALHES CONSTRUTIVOS – RAMPA DE MISTURA
  39. 39. Águas e Efluentes Dosador volumétrico de pó com novo eixo redesenhado para melhorar a precisão e dosagem, eliminando a incrustação e consequente cisalhamento do polímero. DETALHES CONSTRUTIVOS – DOSADOR VOLUMÉTRICO
  40. 40. Águas e Efluentes Eixo dosador calculado e dimensionado caso a caso de acordo com a necessidade do cliente DETALHES CONSTRUTIVOS – DOSADOR VOLUMÉTRICO
  41. 41. Águas e Efluentes DETALHES CONSTRUTIVOS – DOSADOR VOLUMÉTRICO
  42. 42. Águas e Efluentes Trata-se do tempo necessário para que no tanque de estocagem a solução esteja homogênea e pronta para dosagem no processo. DETALHES CONSTRUTIVOS – TEMPO DE MATURAÇÃO 30 min
  43. 43. Águas e Efluentes Os preparadores VIBROPAC são projetados para o tempo de maturação de 30 minutos, mas podem ser adaptados para outros valores como por exemplo 60 e 90 minutos. DETALHES CONSTRUTIVOS – TEMPO DE MATURAÇÃO
  44. 44. Águas e Efluentes Hoje a VIBROPAC possui projetos para capacidade de preparo que variam de 700 a 12000 l/h. Outros valores podem ser fornecidos conforme necessidade do cliente. DETALHES CONSTRUTIVOS – CAPACIDADE DE PREPARO
  45. 45. Águas e Efluentes A capacidade do silo de estocagem padrão adotada pela VIBROPAC segue a tabela abaixo, porém, essa pode ser alterada de acordo com a necessidade do cliente: VIB700-VIB2000 60 L VIB2500-VIB3000 90 L VIB3500- VIB12000 120 L DETALHES CONSTRUTIVOS – SILOS DE ESTOCAGEM
  46. 46. Águas e Efluentes A capacidade do silo é limitada a 120 L em função do peso sobre a tampa do tanque. Projetos com silos de maior capacidade podem ser executados utilizando- se estruturas auxiliares. DETALHES CONSTRUTIVOS – SILOS DE ESTOCAGEM
  47. 47. Águas e Efluentes Construção compacta em aço inox ou polipropileno, o que facilita a limpeza e aumenta a vida útil do equipamento. INOX POLIPROPILENO DETALHES CONSTRUTIVOS – MATERIAL
  48. 48. Águas e Efluentes Sistema de aquecimento no tubo de saída do polímero em pó o que evita formação de umidade e grumos que podem prejudicar ao início da mistura. DETALHES CONSTRUTIVOS – RESISTÊNCIA DE AQUECIMENTO
  49. 49. Águas e Efluentes FLEXIBILIDADE – PÓS DILUIÇÃO Incremento de capacidade do equipamento sem grandes mudanças, através do sistema de pós diluição.
  50. 50. Águas e Efluentes FLEXIBILIDADE – PREPARADOR HÍBRIDO Possibilidade de montagem de um sistema HÍBRIDO para que o equipamento possa trabalhar tanto com polímero em pó quanto com emulsão.
  51. 51. Águas e Efluentes FLEXIBILIDADE – PREPARADOR HÍBRIDO
  52. 52. Águas e Efluentes FLEXIBILIDADE – PREPARADOR HÍBRIDO
  53. 53. Águas e Efluentes FLEXIBILIDADE – DOSADOR VOLUMÉTRICO REDUNDANTE
  54. 54. Águas e Efluentes FLEXIBILIDADE – DOSADOR VOLUMÉTRICO REDUNDANTE
  55. 55. Águas e Efluentes FLEXIBILIDADE – PAINEL E COMUNICAÇÃO Painel eletromecânico com possibilidade de adaptação para controles via PLC e interface com supervisórios.
  56. 56. Águas e Efluentes FLEXIBILIDADE - TUBULAÇÃO Linhas de alimentação de água inteiramente em PVC industrial .......
  57. 57. Águas e Efluentes ...............ou aço inox, incluindo válvulas e filtro Y. FLEXIBILIDADE - TUBULAÇÃO
  58. 58. Águas e Efluentes FLEXIBILIDADE – INSTRUMENTAÇÃO Medidor do tipo magnético Medidor do tipo turbina Podemos trabalhar com todos os tipos de instrumentos de medição e controle. Válvulas ON-OFF Medidor do tipo área variável (rotâmetro)
  59. 59. Águas e Efluentes SELEÇÃO – CURVA VAZÃO X TEMPO DE MATURAÇÃO
  60. 60. Águas e Efluentes - Ativador dinâmico hidropropelido ou estático - Painel de controle - Chave de fluxo - Rotâmetro - Bomba eletromagnética para alta viscosidade - Coluna de calibração - Solenoide COMPONENTES DO PREPARADOR EM EMULSÃO
  61. 61. Águas e Efluentes PRINCÍPIO DE OPERAÇÃO DO PREPARDOR EM EMULSÃO
  62. 62. Águas e Efluentes IMPORTANTE Diferentemente do polímero em pó, o polímero em EMULSÃO geralmente não necessita de tempo de maturação, pois já vem com sua cadeia pré-ativada. POLÍMERO ÁGUA (+) (-)
  63. 63. Águas e Efluentes FLEXIBILIDADE Configuração de lay out e instrumentação conforme necessidade do cliente.
  64. 64. Águas e Efluentes BENEFÍCIOS - Economia de espaço para eliminação de obras civis - Faixa de concentração precisa e regulável de 0.01% a 0.5% - Adequação as especificações de preparo sem desperdícios de insumo - Uma vez em trabalho, não necessita de intervenção de operadores, exceto para realimentação do silo.
  65. 65. Águas e Efluentes Tempo de maturação: 60 min Dados mínimos para especificação dos preparadores de polímero.
  66. 66. Águas e Efluentes ESTAÇÃO TRADICIONAL
  67. 67. Águas e Efluentes UNIDADE COMBINADA DE PRÉ- TRATAMENTO (VUC)
  68. 68. Águas e Efluentes COMPARAÇÃO ENTRE: ESTAÇÃO TRADICIONAL ESTAÇÃO VIBROPAC 200 L/S
  69. 69. Águas e Efluentes ESTAÇÃO TRADICIONAL Fonte: ETE Sorocaba – Jd. Carandá e Altos do Ipanema
  70. 70. Águas e Efluentes GRADES ROSCAS TRANSPORTADORA DE SOLIDOS DA GRADE Fonte: ETE Sorocaba – Jd. Carandá e Altos do Ipanema ESTAÇÃO TRADICIONAL
  71. 71. Águas e Efluentes CAIXA DE AREIA COM ROSCA Fonte: ETE Sorocaba – Jd. Carandá e Altos do Ipanema ESTAÇÃO TRADICIONAL
  72. 72. Águas e Efluentes CAIXA DE AREIA COM ROSCA Fonte: ETE Sorocaba – Jd. Carandá e Altos do Ipanema ESTAÇÃO TRADICIONAL
  73. 73. Águas e Efluentes Fonte: ETE Sorocaba – Jd. Carandá e Altos do Ipanema ESTAÇÃO TRADICIONAL
  74. 74. Águas e Efluentes Estação Tradicional – Equipamentos mecânicos 04 Grades 02 Roscas para descarte de resíduo da grade até a caçamba 02 Caixas de areia com roscas Solução proposta pela VIBROPAC 01 Unidade Combinada de pré-tratamento COMPARATIVO
  75. 75. Águas e Efluentes Estação Tradicional – Obra civil 01 Obra civil: - Canal em concreto para instalar a gradagem mecânica grossa automática. - Canal em concreto para fazer o by-pass da gradagem mecânica grossa automática e onde deverá ser instalada uma gradagem mecânica grossa manual. - Canal em concreto para instalar a peneira fina automática. - Canal em concreto para fazer o by-pass á peneira fina automática e onde deverá ser instalada uma gradagem mecânica manual. - Tanque em concreto para sedimentação/flotação (areias/gorduras) Solução proposta pela VIBROPAC 01 Obra civil - Plataforma em concreto para instalar a unidade. COMPARATIVO
  76. 76. Águas e Efluentes Estima-se uma economia de 46% no valor total da obra * Fonte: * Base para calculo Projeto ETE Sorocaba – Jd. Carandá e Altos do Ipanema
  77. 77. Águas e Efluentes 210 m2 Fonte: ETE Sorocaba – Jd. Carandá e Altos do Ipanema ÁREA UTILIZADA NA ESTAÇÃO TRADICIONAL
  78. 78. Águas e Efluentes 51.8 m2 ÁREA NECESSÁRIA PARA INSTALAÇÃO DA ESTAÇÃO VIBROPAC
  79. 79. Águas e Efluentes Redução da área de instalação de 75,0 %* Fonte: * Base para calculo Projeto ETE Sorocaba – Jd. Carandá e Altos do Ipanema
  80. 80. Águas e Efluentes FUNCIONAMENTO GERAL
  81. 81. Águas e Efluentes ETAPA 01 – PENEIRA PARA RETIRADA DE SÓLIDOS
  82. 82. Águas e Efluentes ETAPA 01 – PENEIRA PARA RETIRADA DE SÓLIDOS
  83. 83. Águas e Efluentes ACESSÓRIOS APLICÁVEIS:
  84. 84. Águas e Efluentes ACESSÓRIOS APLICÁVEIS:
  85. 85. Águas e Efluentes ACESSÓRIOS APLICÁVEIS:
  86. 86. Águas e Efluentes ACESSÓRIOS APLICÁVEIS:
  87. 87. Águas e Efluentes ETAPA 02 – DECANTAÇÃO E TRANSPORTE DE SÓLIDOS:
  88. 88. Águas e Efluentes ETAPA 02 – ROSCA PARA RETIRADA DE SÓLIDOS:
  89. 89. Águas e Efluentes ETAPA 03 – FLOTAÇÃO DE GORDURA:
  90. 90. Águas e Efluentes ETAPA 03 – ACESSÓRIOS APLICÁVEIS:
  91. 91. Águas e Efluentes ETAPA 03 – RETIRADA DE GORDURA:
  92. 92. Águas e Efluentes ETAPA 03 – DESCARTE DE GORDURA:
  93. 93. Águas e Efluentes PAINEL DE COMANDO
  94. 94. Águas e Efluentes Composto de botões LIGA / DESLIGA para todos os componentes: Motor da peneira rotativa (b); Motor do transportador de areia horizontal (c); Motor do extrator de areia vertical (c); Motor do raspador de gordura (d); Compressor de ar (e); Válvula solenoide de lavagem na zona de compactação peneira (f); Válvula solenoide para lavagem zona de zona de peneiramento (g); Bomba de água (l). No modo MANUAL, todos os acionamentos acima são independentes de qualquer intertravamento, decorrentes do pressostato.
  95. 95. Águas e Efluentes Acionamento através do pressostato de nível do tanque da peneira rotativa. Acionamento através de temporizador programável MODO AUTOMÁTICO
  96. 96. Águas e Efluentes Motores elétricos com limitador de torque para proteção contra sobrecarga. Micro interruptores de segurança nas tampas de inspeção para evitar abertura das mesmas quando o equipamento estiver em operação. SEGURANÇA
  97. 97. Águas e Efluentes REDUÇÃO DE VOLUME ≥40% sólidos secos EFICIÊNCIA DE LAVAGEM MATERIAL ORGÂNICO ≥90% EFICIÊNCIA DE REMOCÃO DE AREIAS ≥95% PARA GRANULUMETRIA ≥200µm (0,2mm) REDUÇÃO DE ORGÂNICOS VOLÁTILES ≥97% EFICIÊNCIA DE DESIDRATAÇÃO 90% de resíduo seco EFICIÊNCIA DE REMOÇÃO DE GORDURA ≈85% (TOP3)
  98. 98. Águas e Efluentes Dados mínimos para especificação da unidade combinada de pré tratamento
  99. 99. Águas e Efluentes De 4,0 l/s (15m3/h) a 400l/s (1.440m3/h) CAPACIDADE DISPONÍVEL
  100. 100. Águas e Efluentes ESTAÇÃO TRADICIONAL
  101. 101. Águas e Efluentes ESPESSADOR E DESIDRATADOR DE LODOS
  102. 102. Águas e Efluentes MODELO SF / SFD Desidratação de lodo para pequenas e médias vazões.
  103. 103. Águas e Efluentes Tambores cilíndricos estáticos projetados para otimizar a drenagem de líquidos aumentando assim a eficiência da máquina. TECNOLOGIA
  104. 104. Águas e Efluentes FUNCIONAMENTO GERAL
  105. 105. Águas e Efluentes EXEMPLO DE APLICAÇÃO
  106. 106. Águas e Efluentes VANTAGENS Solução econômica para espessamento ou desidratação de lodo, quando comparado a outras tecnologias.
  107. 107. Águas e Efluentes VANTAGENS - Baixo consumo de energia - Fácil operação e manutenção - Baixo nível de ruído - Ausência de telas filtrantes de troca constantes
  108. 108. Águas e Efluentes A utilização de solução de polímero possui impacto direto na eficiência do equipamento, sendo sua utilização recomendada com o espessador. IMPORTANTE
  109. 109. Águas e Efluentes CASOS DE SUCESSO (VIB)
  110. 110. Águas e Efluentes Capacidade: 2000 l/H LOCAL CONTATO TELEFONE E-MAIL ETE Monjolinho SAAE São Carlos Leila Jorge (16) 3501-1288 leila@saaesaocarlos.com.br
  111. 111. Águas e Efluentes Capacidade: 12.000 l/H LOCAL CONTATO TELEFONE E-MAIL ETE Lavapés SABESP Gustavo Sousa (12) 3904-3234 gnbdiniz@sabesp.com.br
  112. 112. Águas e Efluentes Capacidade: 700 l/H LOCAL CONTATO TELEFONE E-MAIL SAAE Itabira Jorge Borges (31) 3839-1320 jorge.borges@saaeitabira.com.br
  113. 113. Águas e Efluentes CASOS DE SUCESSO (VUC)
  114. 114. Águas e Efluentes Capacidade: 250 l/s LOCAL CONTATO TELEFONE E-MAIL ETE Pirassununga/SP Cássio Santos (19) 9660-2313 cassio.minghini@gmail.com
  115. 115. Águas e Efluentes LOCAL CONTATO TELEFONE E-MAIL ETE Humaitá/SP Helvécio Sena (12) 3904-3253 hcsena@sabesp.com.br Capacidade: 150 l/s
  116. 116. Águas e Efluentes LOCAL CONTATO TELEFONE E-MAIL ETE Governador Valadares/MG Matheus Mendes (31) 99877-2698 matheusmendes20@Hotmail.com Capacidade: 400 l/s
  117. 117. Serviços A VIBROPAC está plenamente capacitada a realizar serviços para modernizar, consertar, reformar ou garantir que sua produção sempre esteja produzindo a todo vapor. • Instalações • Reformas • Consertos • Treinamento
  118. 118. VIBROPAC nas Redes Sociais 1 Acompanhe a VIBROPAC usando o QR Code! Baixe o aplicativo do QR Code no seu smartphone Posicione a câmera focando no símbolo Você será direcionado diretamente às Redes Sociais Vibropac 2 3 Conteúdos exclusivos Novidades sobre o mundo dos negócios Vibropac e as tendências Eventos Dúvidas Técnicas Parceiros comerciais
  119. 119. Site: www.vibropac.com.br Tel.: +55 11 2108-5600 E-mail: vibropac@vibropac.com.br Vibropac Indústria e Comércio de Máquinas Vibropac Brasil Vibropac APRESENTAÇÃO CORPORATIVA 2016 Rua Pasadena, 271 Parque Industrial San José – Cotia CEP: 06715-864 Endereço Contato

Mais Conteúdo rRelacionado

Audiolivros relacionados

Gratuito durante 30 dias do Scribd

Ver tudo

×