Banco de dados

1.374 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
  • Seja o primeiro a comentar

Banco de dados

  1. 1. http://informaticaentretenimento.blogspot.com/CEP- CENTRO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL DE ITAJUBÁ TÉCNICO DE INFORMÁTICA Turma: V2I Verônica Veiga (Banco de Dados em Ambiente Interno) Trabalho apresentado na disciplina de Banco de Dados. Do professor Emerson. No curso técnico em infor- mática. Do CEP - Centro de Educação Profissional de Itajubá. 25 JULHO DE 2011 ITAJUBÁ-MG
  2. 2. Introdução: Banco de dadosAntigamente, os dados eram registrados e armazenados de forma manual,como por exemplo, os registros médicos e policiais, para consultasposteriores. Depois, com a criação dos computadores, temos o início de umanova era.Breve histórico desta evolução:Na década de 60, havia dois modelos de banco de dados, o CODASYL (emrede, dados eram uma coleção de registros e os relacionamentos por meio de“links”) e o IMS (hierárquico – organização árvore/raiz), onde o usuário deveriaconhecer a estrutura física do banco e eram utilizados ponteiros de baixo nívelpara o acesso e qualquer modificação no campo implicava em alteração noprocedimento de leitura/escrita.Em 1970, Edgar Frank Codd revoluciona os bancos de dados, separando aestrutura lógica da parte física e em 1974, surge o termo “Sistema Gerenciadorde Banco de Dados”.(SGBD)Em 1976, Dr. Chen propõe a estrutura do tipo “E-R” (Entidade-Relacionamento)possibilitando a utilização dos dados sem se preocupar com a parte lógica dastabelas e em 1977, surgem duas teorias que originariam banco de dados desucesso: Ingres e System R.Em 1980, começa a expandir o modelo de banco de dados relacionais e o SQLLanguage, linguagem estruturada de consulta se torna padrão mundial. Algunsexemplos de banco de dados da época: DB/2, Paradox e DBase.Início de 1990, as aplicações do tipo “cliente / servidor” começam a expandir,substituindo a arquitetura com mainframe. Microsoft Access e ODBC começama fazer sucesso.Meados dos anos 90, explosão da era da internet e a busca pelo acesso remotoa banco de dados. Soluções de código aberto começam a expandir, como oApache, MySQL, etc.No final dos anos 90, a internet impulsiona a arquitetura Web/Internet/BD,surgindo ferramentas como o Front Page, Cold Fusion, DreamWeaver, entreoutros. Século XXI, temos a diminuição da febre da internet e o crescimentodos PDA, microcomputadores de tamanho e capacidade reduzidos, porém coma vantagem da mobilidade. Três empresas predominam: IBM, Microsoft eOracle http://informaticaentretenimento.blogspot.com/
  3. 3. Tipos de Banco de Dados:1 – Oracle:O Oracle é um SGBD (sistema gerenciador de banco de dados) que surgiu nofinal dos anos 70, quando Larry Ellison vislumbrou uma oportunidade queoutras companhias não haviam percebido, quando encontrou uma descriçãode um protótipo funcional de um banco de dados relacional e descobriu quenenhuma empresa tinha se empenhado em comercializar essa tecnologia.A Oracle Corporation foi fundada em 1977 e tem escritórios em mais de 145países. Em 2004, empregava mais de 43000 pessoas no mundo inteiro.Além do banco de dados, a Oracle desenvolve uma suíte de desenvolvimentochamada de Oracle Developer Suite, utilizada na construção de programas decomputador que interagem com a sua base de dados, e também criou alinguagem de programação PL/SQL, utilizada no processamento detransações. A figura abaixo mostra a evolução do banco de dados Oracle ao longo dos anos:Lista da evolução do Oracle: • Oracle 2 – 1979 • Oracle 3 – 1981 • Oracle 4 – 1984 • Oracle 5.0 – 1986 • Oracle 5.1 • Oracle 6 - Julho 1988 • Oracle 6.2 • Oracle 7.0 - Junho 1992 • Oracle 7.1 • Oracle 7.2 • Oracle 7.3 • Oracle 8.0 - Junho 1997 • Oracle 8i (8.1.5) • Oracle 8i (8.1.6)
  4. 4. • Oracle 8i (8.1.7) • Oracle 9i Release 1 (9.0.1) - Junho 2001 • Oracle 9i Release 2 (9.2.0) • Oracle 10g Release 1 (10.1.0) • Oracle 10g Release 2 (10.2.0) - Setembro 20052 - SQL ServerO MS SQL Server é um SGBD - sistema gerenciador de Banco de dadosrelacional criado pela Microsoft em parceria com a Sybase em 1988 e inseridocomo produto complementar do Windows NT. Ao final da parceria, em 1994, aMicrosoft continuou aperfeiçoando o produto. O SQL Server 2008 é umaplataforma de dados confiável, produtiva e inteligente para todas as suasnecessidades de dados. Ela fornece a visão da Plataforma de Dados daMicrosoft ajudando sua organização a gerenciar quaisquer dados, em qualquerlugar e em qualquer hora. Ele permite armazenar dados estruturados, semi-estruturados e não estruturados, como documentos, imagens e música,diretamente no banco de dados, fornece um conjunto sofisticado de serviçosintegrados que permitem fazer mais com seus dados, como consultas,pesquisas, sincronização, relatórios e análises. Os dados podem serarmazenados e acessados em seus maiores servidores no data center ou emdesktops e dispositivos móveis, permitindo que você tenha controle sobre osdados, onde quer que eles estejam armazenados.Abaixo segue um cronograma histórico do desenvolvimento deste SGBD(Agnaldo, 2007): • 1988 » Microsoft, Sybase e Aston-Tate criam o SQL Server para os sistemas OS/2; • 1990 » Microsoft e Sybase lançam o SQL Server 1.1 com suporte ao Windows 3.0; • 1991 » Surge o SQL Server 1.11, versão de manutenção; • 1992 » Microsoft e Sybase lançam uma versão do SQL Server para o Windows NT; • 1995 » A Microsoft, já assumindo o total desenvolvimento sem parceria, lança o SQL Server 6.0; • 1996 » É lançado à versão 6.5 do SQL Server com recursos para internet, e ganhou o certificado do padrão ANSI SQL; • 1998 » É lançado o SQL Server 7.0, o primeiro a incorporar interface gráfica; • 2000 » O SQL Server 2000, foi o primeiro que teve uma versão para a plataforma IA64 (64 bits) da Intel; • 2005 » Surge o SQL Server 2005, é lançado com grande integração à plataforma Dot Net e com as ferramentas de desenvolvimento, como o Microsoft Visual Studio; • 2008 » É lançado à versão do SQL Server 2008, com características de goverança e compressão de dados e suporte pra informações geo- espaciais http://informaticaentretenimento.blogspot.com/
  5. 5. 3 -PostgreSQLO sistema gerenciador de banco de dados PostgreSQL teve seu início naUniversidade de Berkeley, na Califórnia, em 1986. À época, um programadorchamado Michael Stonebraker liderou um projeto para a criação de umservidor de banco de dados relacionais chamado Postgres, oriundo de umoutro projeto da mesma instituição denominado Ingres. Essa tecnologia foientão comprada pela Illustra, empresa posteriormente adquirida pela Informix.Porém, mesmo diante disso, dois estudantes de Berkeley (Jolly Chen e AndrewYu) compatibilizaram o Postgres à linguagem SQL. Este projeto recebeu onome de Postgres95.Em 1996, quando o projeto estava estável, o banco de dados recebeu o nomede PostgreSQL. No entanto, enquanto ainda possuía o nome Postgres95, obanco de dados teve várias mudanças. O seu código foi totalmente revisado ea linguagem SQL foi definida como padrão.Tecnicamente falando, o PostgreSQL é um banco de dados relacional eorientado a objetos. Um de seus atrativos é possuir recursos comuns a bancode dados de grande porte, o que o deixa apto a trabalhar, inclusive, comoperações de missão crítica. Além disso, trata-se de um banco de dadosversátil, seguro, gratuito e de código aberto (disponível sob uma licença BSD).
  6. 6. 4 -MySQLO MySQL surgiu na Suécia pelas mãos de três colegas: Allan Larsson, DavidAxmark e Michael Monty Widenius. Trabalhando com base de dados, elessentiram a necessidade de fazer determinadas conexões entre tabelas eusaram o MSQL para isso. Porém, não demorou para perceberem que essaferramenta não lhes atendia conforme o necessário e passaram a trabalhar emuma solução própria. Surgia então o MySQL, cuja primeira versão foi lançadano ano de 1996.Um fato importante a ser destacado sobre o MySQL é que esse SGBD tambémpossui uma licença comercial, isto é, paga. Neste caso, é possível obtersuporte diferenciado dos desenvolvedores.Em fevereiro de 2008, o MySQL foi comprado pela Sun Microsystems.O MySQL é um dos sistemas de gerenciamento de banco de dados maispopulares que existe e, por ser otimizado para aplicações Web, é amplamenteutilizado na internet (inclusive aqui no InfoWester). É muito comum encontrarserviços de hospedagem de sites que oferecem o MySQL e a linguagem PHP,justamente porque ambos trabalham muito bem em conjunto.Outro fator que ajuda na popularidade do MySQL é sua disponibilidade parapraticamente qualquer sistema operacional, como Linux, FreeBSD (e outrossistemas baseados em Unix), Windows e Mac OS X. Além disso, o MySQL é umsoftware livre (sob licença GPL).5-FirebirdFirebird (algumas vezes chamado de FirebirdSQL) é um sistema gerenciadorde banco de dados. Roda em Linux, Windows, Mac OS e uma variedade deplataformas Unix. A Fundação FirebirdSQL coordena a manutenção edesenvolvimento do Firebird, sendo que os códigos fonte são disponibilizadossob o CVS da SourceForge.
  7. 7. Baseado no código do InterBase da Borland, quando da abertura de seucódigo na versão 6.0 (em 25 de Julho de 2000), alguns programadores emassociação, assumiram o projecto de identificar e corrigir inúmeros defeitos daversão original, surgindo aí o Firebird 1.0, que se tornou um banco comcaracterísticas próprias, obtendo uma aceitação imediata no círculo deprogramadores. A versão mais recente estável é a 2.5. Ela tem uma novaarquitetura chamada SuperClassic, que fará a ponte para a versão 3.0, quesairá em breve e oferecerá suporte total a SMP. O produto é bastante seguro econfiável, suportando sistemas com centenas de usuários simultâneos ebases de dados com dezenas/centenas de gigabytes. Há suporte gratuito naInternet.Desde sua primeira versão, oferece recursos de um verdadeiro SGBD, como:compatibilidade ACID, transações MVCC, triggers, procedures, collations,UDFs, etc.O Firebird é amplamente utilizado em todo o mundo, com a maior base deusuários no Brasil, Rússia e Europa.Comentário:O banco de dados é parte integrante dos chamados Sistemas de Informação,onde os dados são coletados, processados, organizados e armazenados. Aparte de coleta, tratamento e processamento dos dados é feito por programasespecíficos. Porém, o armazenamento e organização desses dados são feitosem um banco de dados, podendo ser ele Oracle, SQL Server, MySQL ou outro.O Oracle é o principal banco de dados atualmente, sendo responsável peloarmazenamento de boa parte das informações das principais organizações aoredor do mundo. Sua participação no mercado de banco de dados é bastanteacentuada, principalmente em grande empresas e em conjunto com sistemasde médio e grande porte. O Oracle é muito robusto e exige bastante hardwarepara um boa performance. Outro fator importante é o gerenciamento, onde sãoexigidos profissionais bastante capacitados para este fim. Um ponto muito altodo banco de dados Oracle é a segurança, principalmente quando bemadministrado.O banco de dados SQL Server é basicamente o principal concorrente doOracle e já esteve em situações piores da atual realidade. Tem como grandevantagem o fato de ser da Microsoft e se integrar nativamente com seusprodutos e tecnologias, esse talvez seja o fator que o popularizou. Atualmenteo SQL Server conta também com bom uma boa participação no mercado deweb, fruto de um relacionamento mais estreito com as linguagens ASP eASP.NET que lideram o mercado de médios e grandes projetos de internet.
  8. 8. O PostgreSQL é otimizado para aplicações complexas, isto é, que envolvemgrandes volume de dados ou que tratam de informações críticas. Assim, paraum sistema de comércio eletrônico de porte médio/alto, por exemplo, oPostGreSQL é mais interessante, já que esse SGBD é capaz de lidar demaneira satisfatória com o volume de dados gerado pelas operações deconsulta e venda.O MySQL é talvez o banco que mais evoluiu nos últimos tempos, passando deum banco frágil e pouco seguro a um banco no mínimo respeitável.O MySQL, por sua vez, é focado na agilidade. Assim, se sua aplicaçãonecessita de retornos rápidos e não envolvem operações complexas, o MySQLé a opção mais adequada, pois é otimizado para proporcionar processamentorápido dos dados e tempo curto de resposta sem exigir muito do hardware. Sevocê precisa, por exemplo, de um banco de dados para armazenar o conteúdodo seu site, de seu fórum ou necessita manter um cadastro de usuários de umportal, o MySQL "serve como uma luva", pois tais aplicações não necessitamdos recursos avançados que o PostgreSQL oferece.O banco de dados MySQL conta com uma importante vantagem competitivaque o fato de ser um software livre. Dentre os bancos de dados open sourcecomo o postgree, firebird e outros o Mysql tem se destacado, principalmentepara uso na web.O Firebird é gratuito em todos os sentidos: não há limitações de uso, e seusuporte amplamente discutido em listas na Internet, o que facilitaenormemente a obtenção de ajuda técnica. O Firebird receberá tambem umaversão mobile para Android o sistema operacional da Google para dispositivosmóveis. ConclusãoUma agenda, uma lista telefônica, um caderno de receita de bolos, é um bancode dados. No caso de informática, banco de dados é um arquivo digital ondesão guardadas as informações de uma empresa ou de qualquer outro órgão.Para se manusear um banco de dados é preciso alguns conhecimentos, sobreentidade, relacionamentos, campo pai, campo filho, coluna, linha, integridadereferencial etc. E o principal, a linguagem SQL, usada na maioria dos bd. Obanco de dados mais simples é o Access, que acompanha o OfficeProfessional. O mecanismo do bd e a interface já vem junto e pode-se criarbases de dados sem nenhuma linha de código, mas também aceita comandosSQL e Visual Basic for Aplication. Os grandes bancos de dados como o Oraclee o SQL Server precisam de interfaces gráficas programas criados através de
  9. 9. outros softwares para servir de elo entre o usuário e o banco de dados. Porexemplo, este texto digitado foi armazenado em um banco de dados e a telaem que ele foi digitado, que é uma página da internet, é uma interface entre obanco de dados e você. É uma rotina de entrada de dados. A página onde vocêestá lendo este texto é uma interface que possibilita você ver o que estáarmazenado no bd, na verdade você não está acessando os dadosdiretamente. Dentro do bd estão misturadas as informações e os códigos queformam a arquitetura do bd. A interface, atendendo a comandos, vai ao bd, leras informações, decodifica, ou seja, dispõe os dados em formato gráfico quepossibilite a interpretação pelos usuários e recupera essas informaçõesapresentando-as no monitor do computador. Sem um banco de dados nãoteria como armazenar informações e o computador funcionaria apenas comoum editor de textos, cujos arquivos também poderiam guardar dados, mas emmenor quantidade. Em um banco de dados você pode armazenar informaçõesequivalentes a uma grande biblioteca, enquanto no editor de textos vocêarmazenaria uma enciclopédia e o arquivo ocuparia um espaço físicoequivalente a ao bd com toda a biblioteca, com várias enciclopédias e todo oacervo. Existem vários banco de dados gratuitos na internet. O Firebird, oMysql e outros. Acesse o blog abaixo: E seja bem vindo! Temos curso online http://informaticaentretenimento.blogspot.com/
  10. 10. http://informaticaentretenimento.blogspot.com/

×