SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 8
Baixar para ler offline
CURSOS FGV in-company
Coleção ECONOMIA REGENERATIVA
Saiba como estruturar novos negócios ou repensar os modelos atuais com as lentes da
Regeneração, da Teoria dos Sistemas Vivos e Complexidade. Esteja na vanguarda da
economia mundial ao utilizar os princípios da Regeneração no seu próximo projeto.
A Regeneração é considerada a pós-sustentabilidade, comprometida com a geração de
mais vida (vitalidade) nos sistemas naturais, humanos e de mercado, enquanto que a
Sustentabilidade lida com aspectos mais operacionais e econômicos, focada em "fazer
menos mal". A Regeneração se ancora na Teoria dos Sistemas Vivos/Complexidade,
enquanto a Sustentabilidade está fortemente ligada ao conceito de ​Triple Bottom Line
(equilíbrio ambiental/social/econômico).
A coleção é formada de:
● Negócios Regenerativos
● Gestão de​ Stakeholders​ Regenerativa
● Inovação Regenerativa
● Cultura Organizacional Regenerativa
● Empreendedorismo Regenerativo
● Comunicação Regenerativa
Professoras:
Michele Oliveira - Jornalista com formação em ​Mindfulness pelo Schumacher College
(Inglaterra) e Permacultura Social pelo Instituto Naluum, é consultora de imagem formada
pelo Fashion Image Institute (USA), além de especialista em cor com certificação pelo More
Alive With Color/Leatrice Eiseman (Instituto Pantone). Experiência em coordenação de
projetos especiais e edição de conteúdos nas redes Globo e Record. Foi coordenadora de
comunicação da Vevo Brasil, e consultora de comunicação para processos de demissão da
Lee Hecht Harrison. Estudos em Teoria U pelo U.Lab/MIT e Comunicação de Alta
Performance pela Sociedade Brasileira de Programação Neurolinguística. Graduada pela
Universidade Federal de Santa Catarina, com MBA em Gestão de Comunicação
Empresarial pela ABERJE.
Patricia Galante de Sá - Relações Públicas, especialista em Sustentabilidade, Reputação
Corporativa e ​Branding​ , atuou como Diretora de Marketing/Comunicação da TAM, Caesar
Park e Sheraton, foi Gerente de Marca na Thymus Branding trabalhando com Natura e
Disney, e ministrou treinamentos para HSBC, Henkel, WTC, AmCham e CDI. Mediou por
cinco anos o movimento multi-​stakeholder "Barra Sustentável" (RJ), reunindo mais de 42
associações comunitárias e empresariais com poder público, mídia e ONGs, para discutir o
futuro da zona oeste carioca. Professora-convidada dos MBAs da FGV, Ibmec e UFRJ
desde 1996, nas áreas de Comunicação Corporativa, Sustentabilidade, Ética e Marketing.
Formada em Gestão de Crises pela Tavlin International (França) e Economia para
Transição pelo Schumacher College (Inglaterra). Graduada pela Faculdade de
Comunicação Hélio Alonso e Mestre em Administração pela FGV/EBAPE. Autora dos livros
'Comunicação Integrada de Marketing' e 'Gestão de Serviços e Marketing Interno' (FGV
Editora).
NEGÓCIOS REGENERATIVOS
O mundo vive um período de ruptura - ou ponto de bifurcação - nos sistemas sociais,
econômicos e ambientais, e novas estruturas estão prestes a emergir. Este curso convida
os gestores a evoluir da visão de organizações-como-máquinas, com estruturas matriciais e
burocráticas, para empresas como sistemas vivos, altamente flexíveis, colaborativas e
estruturadas em rede. Capacita empreendedores e executivos a montar novos negócios ou
repensar os já existentes sob a lógica da Teoria da Complexidade, acompanhando a
tendência emergente no mercado global, e em linha com a Regeneração
(pós-sustentabilidade). Aprendendo a aplicar ​frameworks com os princípios da
complexidade/sistemas vivos a projetos e organizações, estabelecer KPIs tangíveis
(​outputs) e intangíveis (​outcomes), enxergar as relações com os ​stakeholders em ​clusters
tridimensionais - que aproveitam o poder da inteligência coletiva e fomentam novos
processos de criação disruptiva -, levando os gestores a modelar empresas mais flexíveis,
resilientes às mudanças e inovadoras. Bases teóricas: Regeneração, Teoria da
Complexidade/Sistemas Vivos, Permacultura Social, Economia de Transição, ​Mindfulness​ .
Carga Horária​:
24h (2 dias) curso com dinâmicas sociais e conceitos;
40h (4 dias) no caso de EduConsultoria, onde as instrutoras façam a facilitação de alguma
startup ou projeto específico da organização (plano de negócios, P&D, planejamento
estratégico).
A quem se destina​: Empreendedores (​startups); executivos das áreas de Desenvolvimento
Humano, Marketing, Comunicação, Planejamento e Projetos; gestores públicos;
organizações comunitárias; entidades de classe e fomento; gestores de PMEs.
Ganchos para venda: Não temos sido treinados a compreender e usar a complexidade no
nosso dia-a-dia profissional, nos mantendo fiéis a um mindset ​herdado da era industrial
(comando/controle, sistemas lineares e mecânicos, pensamento cartesiano). A nova
economia e as mudanças climáticas nos exigem desafiar o "business as usual​" e rever a
forma como atuamos nos negócios. Os sinais da Sociedade 3.0 já se fazem ver nas novas
estruturas colaborativas e descentralizadas (tipo Uber, mercados de troca, finanças sociais,
fazendas urbanas, produção distribuída), no esgotamento dos recursos naturais e nas
crises endêmicas dos sistemas de governança pública e o fortalecimento dos movimentos
de cidadania.
GESTÃO DE ​STAKEHOLDERS REGENERATIVA
Como obter resultados surpreendentes e inovadores e fomentar o comprometimento
genuíno de longo prazo com ​stakeholders em Projetos e a licença social para operar?
Oferecemos uma alternativa aos processos lineares e cartesianos da Gestão de
Stakeholders, ao capacitar o gestor a enxergar essas relações sob a lógica dos Sistemas
Vivos/Complexidade. Com uma modelagem inovadora de ​clusters tridimensionais de
relacionamento, conduziremos processos que utilizam a inteligência coletiva para co-criar
as soluções, num movimento contínuo de agregar valor para o projeto e seus participantes.
O aluno vivencia dinâmicas sociais modernas (​Open Spaces, Mandala de Potência, ​Inner
Transition), que auxiliam a identificar a abundância de recursos invisíveis e ativar o
potencial latente de todos os ​stakeholders, gerando inovação e um direcionador do Plano
de Comunicação. Além dos KPIs tangíveis (​outputs), aprende a estabelecer indicadores de
resultado intangíveis (​outcomes), ancorados no conceito de Regeneração
(pós-sustentabilidade), uma tendência emergente do mercado global. Bases Teóricas:
Regeneração, Teoria da Complexidade, Permacultura Social, Análise de ​Clusters e Gestão
de Projetos.
Carga Horária​:
24h (2 dias) com dinâmicas e conceitos;
40h (4 dias) no caso de EduConsultoria, onde as instrutoras façam a facilitação de algum
projeto específico da organização (licença social, mapeamento e gestão de relacionamento
e comunicação com ​stakeholders, gestão de crises)
A quem se destina​: PMOs, Gerentes de Projetos, executivos de Sustentabilidade,
Comunicação Corporativa e Assuntos Institucionais, gestores públicos, entidades de classe
ou de fomento empresariais ou comunitárias.
Ganchos para venda: Segundo o PMI (Pulse of the Profession 2013), o relacionamento
com stakeholders é o fator mais crítico em Gestão de Projetos, representando 56% do risco
(prazo, custo, aprovação); a Licença Social para Operar (ou concordância das partes
interessadas) tornou-se uma área mais estratégica para qualquer novo empreendimento do
que o próprio marco legislativo socioambiental; dois exemplos das tendências emergentes
no mercado que usam indicadores intangíveis são o FIB - Felicidade Interna Bruta (a
substituir o PIB) e os Serviços Ecossistêmicos (valoração monetária dos recursos
intangíveis ligados à natureza).
INOVAÇÃO REGENERATIVA
Enxergar o futuro como causa, e não consequência de nossas ações. Os processos de
inovação (mesmo os mais atuais como ​Design Thinking) usam fragmentos do presente e
brainstorms, intuição e observação para vislumbrar possibilidades de futuro, desenhar
cenários e, como numa aposta naquilo que parece ser mais provável, preparar a
organização. Trazemos como alternativa processos de conexão profunda com valores e
sonhos compartilhados, trabalhando com o conceito de Retro-Causalidade (​Backward
Causation), no qual se considera que o tempo não é linear, o amanhã já existe e está pronto
para emergir. Buscamos uma criatividade radicalmente livre do ​mindset atual e
comprometida com o mundo desejado e regenerativo; a partir daí, a organização desenha o
caminho necessário para transformar esse futuro em realidade, invertendo o processo
tradicional, assumindo o controle e criando a própria ruptura. As dinâmicas incluem
Storytelling/Jogo das Narrativas, Mapa Sensorial e Artes Expressivas. Bases Teóricas:
Teoria da Complexidade, Teoria U, ​Mindfulness, Retrocausalidade, Regeneração
(pós-Sustentabilidade) e Permacultura Social.
Carga Horária​:
24h (2 dias) com dinâmicas e conceitos;
40h (4 dias) no caso de EduConsultoria, onde as instrutoras façam a facilitação de algum
projeto específico da organização (P&D, processos, planejamento estratégico,
intraempreendedorismo)
A quem se destina​: executivos de Marketing, Comunicação, Planejamento Estratégico e
Gestão de Projetos; núcleos de inovação; empreendedores sociais; gestores públicos;
gestores de PMEs.
Ganchos para venda: a abordagem atual de Inovação está fortemente ancorada no
presente, com "caçadores de tendências" e processos criativos não-lineares e imersivos
para organizar informações e ideias (ex: Design Thinking). Entretanto, inovação realmente
disruptiva emerge "do nada" e desestrutura o presente, criando novas informações nunca
vistas antes. A retro-causalidade reconhece o futuro como já existente em outro plano,
acessível pela expansão da consciência e conexão profunda com o ambiente - um exemplo
é a Teoria U do MIT-Massachussets Institute of Technology/EUA, que vem sendo lecionada
e aplicada em processos de inovação de empresas.
CULTURA ORGANIZACIONAL REGENERATIVA
O curso desafia os gestores a refletir se suas organizações serão perenes e capazes de
deixar um legado positivo para a humanidade e o planeta, e o que isso significa na prática.
Os alunos são preparados para compreender e lidar com as mudanças disruptivas que a
Economia Regenerativa pós-capitalista trará. Como criar uma Cultura Organizacional - os
valores e a narrativa compartilhados internamente - que nutra resiliência, bem-estar e
inovação? Usando como fundamento a lógica da Complexidade/Sistemas Vivos, os
gestores estarão aptos a auxiliar na construção de narrativas autênticas para a organização
(expressa em linguagem, visão, crenças, indicadores de sucesso, formas de agir), e
comprometidas com a geração de vida, ou Regeneração, para além da visão "fazer menos
mal" da sustentabilidade. Uso de dinâmicas sociais inovadoras (​Open Spaces, Mindmaps,
Storytelling). Bases Teóricas: Regeneração, Permacultura Social, ​Mindfulness, Teoria da
Complexidade, Arquétipos.
Carga Horária​:
24h (2 dias) curso com dinâmicas sociais e conceitos;
40h (4 dias) no caso de EduConsultoria, onde as instrutoras façam a facilitação de algum
projeto específico da organização (​branding, P&D, planejamento, endocomunicação).
A quem se destina​: Executivos de Sustentabilidade, Marketing, Desenvolvimento
Humano/Pessoas, Comunicação Corporativa, Assuntos Institucionais e Planejamento
Estratégico.
Ganchos para venda: enquanto a Sustentabilidade é mais operacional e ancorada em
visão circular (Triple Bottom Line que considera o equilíbrio Profit/People/Planet e economia
circular), a Regeneração trabalha com a complexidade das redes e relacionamentos,
expansão da consciência e mudança de valores, incorporando colaboração,
descentralização, interdependência e imprevisibilidade; e a busca de resiliência para a
organização e para o mercado, como capacidade de re-adaptação, auto-organização e
evolução.
EMPREENDEDORISMO REGENERATIVO
O curso deseja levar empreendedores à vanguarda do mercado, aprendendo a formatar o
negócio com uma nova consciência: empreender "com alma", comprometido com pessoas e
natureza, alinhado com as tendências mundiais da Regeneração (pós-sustentabilidade),
produção distribuída e pensamento meta-sistêmico. A Regeneração representa
compromisso com a vida e com a co-evolução, em iniciativas que transcendem o próprio
negócio e o realimentam. Empreender a partir da essência e senso de propósito, que
tragam coerência e autenticidade ao empreendimento. Trabalhamos com o conceito de
organização “saudável” (que gera bem-estar ao fomentar relações ganha-ganha) no lugar
de organização “eficiente” e sustentável (que faz menos mal). A pedagogia inclui análises
de Casos inspiradores de ​startups e empresas regenerativas no Brasil e exterior, dinâmicas
criativas como Mapa das Potencialidades, ​Canvas e o trabalho de confecção colaborativa
de um bolo, explorando o Modelo dos Oito Capitais de Ethan Roland. Bases Teóricas:
Regeneração, Teoria da Complexidade/Sistemas Vivos, Ecologia Profunda e ética da
Permacultura.
Carga Horária​:
24h (2 dias) curso com dinâmicas sociais e conceitos;
40h (4 dias) no caso de EduConsultoria, onde as instrutoras façam a facilitação de algum
projeto específico da organização (​branding, P&D, planejamento estratégico, plano de
negócio).
A quem se destina​: Empreendedores (​startups), empreendedores sociais,
intraempreendedores corporativos (núcleos de inovação e sustentabilidade em empresas),
gestores públicos, organizações comunitárias, entidades de classe e fomento.
Ganchos para venda: Está ganhando força junto à Geração Y uma nova abordagem de
empreendedorismo consciente, preocupado com sustentabilidade, em trabalhar com um
propósito maior, que busca deixar legados positivos e, na somatória dos pequenos, gerar
transformações econômicas e sociais profundas. Este movimento está alinhado com a
tendência do localismo e da produção distribuída, das redes de colaboração (coopetição),
da gestão pública participativa e do desencantamento dos jovens empreendedores com o
"business as usual​" e a economia capitalista/industrial.
COMUNICAÇÃO REGENERATIVA
Presença. Um termo que tem sido foco de estudo em grandes centros de pesquisa pelo
mundo, como Harvard e MIT. Este curso foi pensado para formar líderes inspiradores e
equilibrados, mesmo diante de situações desafiadoras. A qualidade da Presença - alinhar
cabeça/mente, coração/emoção e mãos/ação - fará toda a diferença durante discursos,
apresentações, processos de desligamento de colaboradores, gestão de crises
reputacionais, negociações e comunicação com ​stakeholders. A Comunicação
Regenerativa vai muito além das técnicas de Oratória, ​Media Training e Gestão de Crises,
porque traz consciência para a fala, escrita, gestos, escuta e os pensamentos (campo
energético), visando regenerar (trazer vitalidade) às relações. A presença é “estar onde
seus pés estão” e leva a comunicação para um outro nível, de mais confiança e
tranquilidade para entregar a mensagem, que precisa ser compartilhada da forma mais
harmoniosa possível. A pedagogia inclui técnicas de reconexão e relaxamento, escolher o
repertório narrativo (escrito e falado), a linguagem não-verbal (cores, vestes, cheiros,
gestos, símbolos), exercitar a escuta empática e a fala positiva. Bases Teóricas:
Mindfulness, Comunicação Não-Violenta, Permacultura Social, Regeneração e
Psicodinâmica das Cores.
Carga Horária​:
24h (2 dias) curso com dinâmicas sociais e conceitos;
40h (4 dias) no caso de EduConsultoria, onde as instrutoras façam a facilitação de algum
processo específico da organização (desligamento de colaboradores, apresentações ou
comunicados ao público, ​feedbacks em mídias sociais, ).
A quem se destina​: Executivos de Desenvolvimento Humano, Gestão de Projetos,
Sustentabilidade, Comunicação Institucional, Planejamento Estratégico e Alta Diretoria;
Mobilizadores do Terceiro Setor e Líderes Comunitários; Gestores do Poder Público;
Empreendedores Sociais; e todos aqueles que desejam estabelecer relações regenerativas
com seus interlocutores.
Ganchos para venda: os treinamentos tradicionais de Oratória, Media Training, Gestão de
Crises e Negociação tendem a ser meramente operacionais/funcionais, sem acessar a
dimensão mais importante, que é a qualidade do pensamento, que faz toda a diferença na
forma não confrontacional com que se interage com os outros. Encontrar seu eixo/equilíbrio,
para a partir daí posicionar-se de forma colaborativa, amorosa, confiável e confiante - já que
o medo gera agressividade ou reatividade em si mesmo ou no interlocutor. E também ser
capaz de construir uma narrativa visual e escrita positiva e eficaz.

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Curso atualizacao Economia Regenerativa FGV incompany 2017 fgvin-company

Unomarketing Apresentação
Unomarketing ApresentaçãoUnomarketing Apresentação
Unomarketing Apresentação
Unomarketing
 
Sustentabilidade no Mercado Imobiliário
Sustentabilidade no Mercado ImobiliárioSustentabilidade no Mercado Imobiliário
Sustentabilidade no Mercado Imobiliário
tana bassi
 
Plano de negócios em comunicação 20.05.14
Plano de negócios em comunicação   20.05.14Plano de negócios em comunicação   20.05.14
Plano de negócios em comunicação 20.05.14
Vinicius Lisbôa
 
Unilever, stakeholders e criação de valor compartilhado
Unilever, stakeholders e criação de valor compartilhadoUnilever, stakeholders e criação de valor compartilhado
Unilever, stakeholders e criação de valor compartilhado
Cristiana Menezes Fonseca Ramos
 
Marketing para Ambientes Disruptivos
Marketing para Ambientes DisruptivosMarketing para Ambientes Disruptivos
Marketing para Ambientes Disruptivos
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 
E-Book Sustentabilidade na Competitividade dos Negócios DOM Strategy Partner...
 E-Book Sustentabilidade na Competitividade dos Negócios DOM Strategy Partner... E-Book Sustentabilidade na Competitividade dos Negócios DOM Strategy Partner...
E-Book Sustentabilidade na Competitividade dos Negócios DOM Strategy Partner...
DOM Strategy Partners
 

Semelhante a Curso atualizacao Economia Regenerativa FGV incompany 2017 fgvin-company (20)

Exit 27 gestao_mudancaterceirosector
Exit 27 gestao_mudancaterceirosectorExit 27 gestao_mudancaterceirosector
Exit 27 gestao_mudancaterceirosector
 
Catálogo de Formação 2013
Catálogo de Formação 2013Catálogo de Formação 2013
Catálogo de Formação 2013
 
Aula 01 impressa introdução a administração
Aula 01 impressa  introdução a administraçãoAula 01 impressa  introdução a administração
Aula 01 impressa introdução a administração
 
Q Day Dianova Inovação e Gestao da Mudança 2009
Q Day Dianova Inovação e Gestao da Mudança 2009Q Day Dianova Inovação e Gestao da Mudança 2009
Q Day Dianova Inovação e Gestao da Mudança 2009
 
Unomarketing Apresentação
Unomarketing ApresentaçãoUnomarketing Apresentação
Unomarketing Apresentação
 
Sustentabilidade no Mercado Imobiliário
Sustentabilidade no Mercado ImobiliárioSustentabilidade no Mercado Imobiliário
Sustentabilidade no Mercado Imobiliário
 
Rseestratégia
RseestratégiaRseestratégia
Rseestratégia
 
Exit 24 Formacao para o Terceiro Sector
Exit 24 Formacao para o Terceiro SectorExit 24 Formacao para o Terceiro Sector
Exit 24 Formacao para o Terceiro Sector
 
Plano de negócios em comunicação 20.05.14
Plano de negócios em comunicação   20.05.14Plano de negócios em comunicação   20.05.14
Plano de negócios em comunicação 20.05.14
 
Cultura organizacional
Cultura organizacionalCultura organizacional
Cultura organizacional
 
Dianova Comunicacao Congresso Inovacao Social UDIPSS
Dianova Comunicacao Congresso Inovacao Social UDIPSSDianova Comunicacao Congresso Inovacao Social UDIPSS
Dianova Comunicacao Congresso Inovacao Social UDIPSS
 
Unilever, stakeholders e criação de valor compartilhado
Unilever, stakeholders e criação de valor compartilhadoUnilever, stakeholders e criação de valor compartilhado
Unilever, stakeholders e criação de valor compartilhado
 
Marketing para Ambientes Disruptivos
Marketing para Ambientes DisruptivosMarketing para Ambientes Disruptivos
Marketing para Ambientes Disruptivos
 
E-Book Sustentabilidade na Competitividade dos Negócios DOM Strategy Partner...
 E-Book Sustentabilidade na Competitividade dos Negócios DOM Strategy Partner... E-Book Sustentabilidade na Competitividade dos Negócios DOM Strategy Partner...
E-Book Sustentabilidade na Competitividade dos Negócios DOM Strategy Partner...
 
Projeto Riscos
Projeto Riscos Projeto Riscos
Projeto Riscos
 
Gestão da Inovação com Sustentabilidade e Conectividade
Gestão da Inovação com Sustentabilidade e ConectividadeGestão da Inovação com Sustentabilidade e Conectividade
Gestão da Inovação com Sustentabilidade e Conectividade
 
As Contribuições do Marketing para a Sociedade - Wilkie & Moore, 1999
As Contribuições do Marketing para a Sociedade - Wilkie & Moore, 1999As Contribuições do Marketing para a Sociedade - Wilkie & Moore, 1999
As Contribuições do Marketing para a Sociedade - Wilkie & Moore, 1999
 
A Criatividade e a Gestão Empresarial - Apresentação da Tucunaré Desenvolvime...
A Criatividade e a Gestão Empresarial - Apresentação da Tucunaré Desenvolvime...A Criatividade e a Gestão Empresarial - Apresentação da Tucunaré Desenvolvime...
A Criatividade e a Gestão Empresarial - Apresentação da Tucunaré Desenvolvime...
 
Alfa Tech (27 06-2013)
Alfa Tech (27 06-2013)Alfa Tech (27 06-2013)
Alfa Tech (27 06-2013)
 
Aula 2 - O papel da empresa.pptx
Aula 2 - O papel da empresa.pptxAula 2 - O papel da empresa.pptx
Aula 2 - O papel da empresa.pptx
 

Mais de FAIR PLAY AD / @VeronicaRRSouza

Cooperativismo como ferramenta para a economia de baixo carbono
Cooperativismo como ferramenta para a economia de baixo carbonoCooperativismo como ferramenta para a economia de baixo carbono
Cooperativismo como ferramenta para a economia de baixo carbono
FAIR PLAY AD / @VeronicaRRSouza
 
STCP Consultoria Engenharia e Gerenciamento
STCP Consultoria Engenharia e GerenciamentoSTCP Consultoria Engenharia e Gerenciamento
STCP Consultoria Engenharia e Gerenciamento
FAIR PLAY AD / @VeronicaRRSouza
 

Mais de FAIR PLAY AD / @VeronicaRRSouza (20)

Trilha Saude e Bem Estar corporativo - PUCPRincompany2024.pdf
Trilha Saude e Bem Estar corporativo - PUCPRincompany2024.pdfTrilha Saude e Bem Estar corporativo - PUCPRincompany2024.pdf
Trilha Saude e Bem Estar corporativo - PUCPRincompany2024.pdf
 
LabClima_MicroFloresta_FEGA - APRESENTAÇÃO 17-11 (1)_compressed.pdf
LabClima_MicroFloresta_FEGA - APRESENTAÇÃO 17-11 (1)_compressed.pdfLabClima_MicroFloresta_FEGA - APRESENTAÇÃO 17-11 (1)_compressed.pdf
LabClima_MicroFloresta_FEGA - APRESENTAÇÃO 17-11 (1)_compressed.pdf
 
Portfolio PUCPR in company _Treinamentos_customizados_Saude e Ciencias da Vid...
Portfolio PUCPR in company _Treinamentos_customizados_Saude e Ciencias da Vid...Portfolio PUCPR in company _Treinamentos_customizados_Saude e Ciencias da Vid...
Portfolio PUCPR in company _Treinamentos_customizados_Saude e Ciencias da Vid...
 
ApresentacaoInstitucional_EMCV_PUCPR2024.pdf
ApresentacaoInstitucional_EMCV_PUCPR2024.pdfApresentacaoInstitucional_EMCV_PUCPR2024.pdf
ApresentacaoInstitucional_EMCV_PUCPR2024.pdf
 
mattos-filho-balanco-cop27.pdf
mattos-filho-balanco-cop27.pdfmattos-filho-balanco-cop27.pdf
mattos-filho-balanco-cop27.pdf
 
United Nations_ State of Finance for Nature in 2022.pdf
United Nations_ State of Finance for Nature in 2022.pdfUnited Nations_ State of Finance for Nature in 2022.pdf
United Nations_ State of Finance for Nature in 2022.pdf
 
Mercado voluntário de carbono tem potencial gigantesco no Brasil _ McKinsey.pdf
Mercado voluntário de carbono tem potencial gigantesco no Brasil _ McKinsey.pdfMercado voluntário de carbono tem potencial gigantesco no Brasil _ McKinsey.pdf
Mercado voluntário de carbono tem potencial gigantesco no Brasil _ McKinsey.pdf
 
cop-15-l-25-en recomendações finais.pdf
cop-15-l-25-en recomendações finais.pdfcop-15-l-25-en recomendações finais.pdf
cop-15-l-25-en recomendações finais.pdf
 
BBI BNDES_v10-1.pdf
BBI BNDES_v10-1.pdfBBI BNDES_v10-1.pdf
BBI BNDES_v10-1.pdf
 
VCS PD_RioBranco_ REDD Project_v01.pdf
VCS PD_RioBranco_ REDD Project_v01.pdfVCS PD_RioBranco_ REDD Project_v01.pdf
VCS PD_RioBranco_ REDD Project_v01.pdf
 
Apresentação institucional STCP 2021/22 - Verônica
Apresentação institucional STCP 2021/22 - VerônicaApresentação institucional STCP 2021/22 - Verônica
Apresentação institucional STCP 2021/22 - Verônica
 
Cooperativismo como ferramenta para a economia de baixo carbono
Cooperativismo como ferramenta para a economia de baixo carbonoCooperativismo como ferramenta para a economia de baixo carbono
Cooperativismo como ferramenta para a economia de baixo carbono
 
STCP 2021 institucional
STCP 2021 institucionalSTCP 2021 institucional
STCP 2021 institucional
 
Títulos verdes - Financiamentos Verdes - ESG na pratica - 2021
Títulos verdes - Financiamentos Verdes  -  ESG na pratica  - 2021Títulos verdes - Financiamentos Verdes  -  ESG na pratica  - 2021
Títulos verdes - Financiamentos Verdes - ESG na pratica - 2021
 
STCP Consultoria Engenharia e Gerenciamento
STCP Consultoria Engenharia e GerenciamentoSTCP Consultoria Engenharia e Gerenciamento
STCP Consultoria Engenharia e Gerenciamento
 
A fresh perspective Global Forest Resources Assessment 2020
A fresh perspective Global Forest Resources Assessment 2020A fresh perspective Global Forest Resources Assessment 2020
A fresh perspective Global Forest Resources Assessment 2020
 
Guia de Comunicação Interna - Covid 19
Guia de Comunicação Interna - Covid 19Guia de Comunicação Interna - Covid 19
Guia de Comunicação Interna - Covid 19
 
Estudo Mercado de Infraestrutura - Investimentos 2020_2025
Estudo Mercado de Infraestrutura - Investimentos 2020_2025Estudo Mercado de Infraestrutura - Investimentos 2020_2025
Estudo Mercado de Infraestrutura - Investimentos 2020_2025
 
O fomento na indústria de base florestal
O fomento na indústria de base florestal O fomento na indústria de base florestal
O fomento na indústria de base florestal
 
Br no e-xcuses-pocket-guide
Br no e-xcuses-pocket-guideBr no e-xcuses-pocket-guide
Br no e-xcuses-pocket-guide
 

Curso atualizacao Economia Regenerativa FGV incompany 2017 fgvin-company

  • 1. CURSOS FGV in-company Coleção ECONOMIA REGENERATIVA Saiba como estruturar novos negócios ou repensar os modelos atuais com as lentes da Regeneração, da Teoria dos Sistemas Vivos e Complexidade. Esteja na vanguarda da economia mundial ao utilizar os princípios da Regeneração no seu próximo projeto. A Regeneração é considerada a pós-sustentabilidade, comprometida com a geração de mais vida (vitalidade) nos sistemas naturais, humanos e de mercado, enquanto que a Sustentabilidade lida com aspectos mais operacionais e econômicos, focada em "fazer menos mal". A Regeneração se ancora na Teoria dos Sistemas Vivos/Complexidade, enquanto a Sustentabilidade está fortemente ligada ao conceito de ​Triple Bottom Line (equilíbrio ambiental/social/econômico). A coleção é formada de: ● Negócios Regenerativos ● Gestão de​ Stakeholders​ Regenerativa ● Inovação Regenerativa ● Cultura Organizacional Regenerativa ● Empreendedorismo Regenerativo ● Comunicação Regenerativa Professoras: Michele Oliveira - Jornalista com formação em ​Mindfulness pelo Schumacher College (Inglaterra) e Permacultura Social pelo Instituto Naluum, é consultora de imagem formada pelo Fashion Image Institute (USA), além de especialista em cor com certificação pelo More Alive With Color/Leatrice Eiseman (Instituto Pantone). Experiência em coordenação de projetos especiais e edição de conteúdos nas redes Globo e Record. Foi coordenadora de comunicação da Vevo Brasil, e consultora de comunicação para processos de demissão da Lee Hecht Harrison. Estudos em Teoria U pelo U.Lab/MIT e Comunicação de Alta Performance pela Sociedade Brasileira de Programação Neurolinguística. Graduada pela Universidade Federal de Santa Catarina, com MBA em Gestão de Comunicação Empresarial pela ABERJE. Patricia Galante de Sá - Relações Públicas, especialista em Sustentabilidade, Reputação Corporativa e ​Branding​ , atuou como Diretora de Marketing/Comunicação da TAM, Caesar Park e Sheraton, foi Gerente de Marca na Thymus Branding trabalhando com Natura e Disney, e ministrou treinamentos para HSBC, Henkel, WTC, AmCham e CDI. Mediou por cinco anos o movimento multi-​stakeholder "Barra Sustentável" (RJ), reunindo mais de 42 associações comunitárias e empresariais com poder público, mídia e ONGs, para discutir o futuro da zona oeste carioca. Professora-convidada dos MBAs da FGV, Ibmec e UFRJ desde 1996, nas áreas de Comunicação Corporativa, Sustentabilidade, Ética e Marketing.
  • 2. Formada em Gestão de Crises pela Tavlin International (França) e Economia para Transição pelo Schumacher College (Inglaterra). Graduada pela Faculdade de Comunicação Hélio Alonso e Mestre em Administração pela FGV/EBAPE. Autora dos livros 'Comunicação Integrada de Marketing' e 'Gestão de Serviços e Marketing Interno' (FGV Editora).
  • 3. NEGÓCIOS REGENERATIVOS O mundo vive um período de ruptura - ou ponto de bifurcação - nos sistemas sociais, econômicos e ambientais, e novas estruturas estão prestes a emergir. Este curso convida os gestores a evoluir da visão de organizações-como-máquinas, com estruturas matriciais e burocráticas, para empresas como sistemas vivos, altamente flexíveis, colaborativas e estruturadas em rede. Capacita empreendedores e executivos a montar novos negócios ou repensar os já existentes sob a lógica da Teoria da Complexidade, acompanhando a tendência emergente no mercado global, e em linha com a Regeneração (pós-sustentabilidade). Aprendendo a aplicar ​frameworks com os princípios da complexidade/sistemas vivos a projetos e organizações, estabelecer KPIs tangíveis (​outputs) e intangíveis (​outcomes), enxergar as relações com os ​stakeholders em ​clusters tridimensionais - que aproveitam o poder da inteligência coletiva e fomentam novos processos de criação disruptiva -, levando os gestores a modelar empresas mais flexíveis, resilientes às mudanças e inovadoras. Bases teóricas: Regeneração, Teoria da Complexidade/Sistemas Vivos, Permacultura Social, Economia de Transição, ​Mindfulness​ . Carga Horária​: 24h (2 dias) curso com dinâmicas sociais e conceitos; 40h (4 dias) no caso de EduConsultoria, onde as instrutoras façam a facilitação de alguma startup ou projeto específico da organização (plano de negócios, P&D, planejamento estratégico). A quem se destina​: Empreendedores (​startups); executivos das áreas de Desenvolvimento Humano, Marketing, Comunicação, Planejamento e Projetos; gestores públicos; organizações comunitárias; entidades de classe e fomento; gestores de PMEs. Ganchos para venda: Não temos sido treinados a compreender e usar a complexidade no nosso dia-a-dia profissional, nos mantendo fiéis a um mindset ​herdado da era industrial (comando/controle, sistemas lineares e mecânicos, pensamento cartesiano). A nova economia e as mudanças climáticas nos exigem desafiar o "business as usual​" e rever a forma como atuamos nos negócios. Os sinais da Sociedade 3.0 já se fazem ver nas novas estruturas colaborativas e descentralizadas (tipo Uber, mercados de troca, finanças sociais, fazendas urbanas, produção distribuída), no esgotamento dos recursos naturais e nas crises endêmicas dos sistemas de governança pública e o fortalecimento dos movimentos de cidadania.
  • 4. GESTÃO DE ​STAKEHOLDERS REGENERATIVA Como obter resultados surpreendentes e inovadores e fomentar o comprometimento genuíno de longo prazo com ​stakeholders em Projetos e a licença social para operar? Oferecemos uma alternativa aos processos lineares e cartesianos da Gestão de Stakeholders, ao capacitar o gestor a enxergar essas relações sob a lógica dos Sistemas Vivos/Complexidade. Com uma modelagem inovadora de ​clusters tridimensionais de relacionamento, conduziremos processos que utilizam a inteligência coletiva para co-criar as soluções, num movimento contínuo de agregar valor para o projeto e seus participantes. O aluno vivencia dinâmicas sociais modernas (​Open Spaces, Mandala de Potência, ​Inner Transition), que auxiliam a identificar a abundância de recursos invisíveis e ativar o potencial latente de todos os ​stakeholders, gerando inovação e um direcionador do Plano de Comunicação. Além dos KPIs tangíveis (​outputs), aprende a estabelecer indicadores de resultado intangíveis (​outcomes), ancorados no conceito de Regeneração (pós-sustentabilidade), uma tendência emergente do mercado global. Bases Teóricas: Regeneração, Teoria da Complexidade, Permacultura Social, Análise de ​Clusters e Gestão de Projetos. Carga Horária​: 24h (2 dias) com dinâmicas e conceitos; 40h (4 dias) no caso de EduConsultoria, onde as instrutoras façam a facilitação de algum projeto específico da organização (licença social, mapeamento e gestão de relacionamento e comunicação com ​stakeholders, gestão de crises) A quem se destina​: PMOs, Gerentes de Projetos, executivos de Sustentabilidade, Comunicação Corporativa e Assuntos Institucionais, gestores públicos, entidades de classe ou de fomento empresariais ou comunitárias. Ganchos para venda: Segundo o PMI (Pulse of the Profession 2013), o relacionamento com stakeholders é o fator mais crítico em Gestão de Projetos, representando 56% do risco (prazo, custo, aprovação); a Licença Social para Operar (ou concordância das partes interessadas) tornou-se uma área mais estratégica para qualquer novo empreendimento do que o próprio marco legislativo socioambiental; dois exemplos das tendências emergentes no mercado que usam indicadores intangíveis são o FIB - Felicidade Interna Bruta (a substituir o PIB) e os Serviços Ecossistêmicos (valoração monetária dos recursos intangíveis ligados à natureza).
  • 5. INOVAÇÃO REGENERATIVA Enxergar o futuro como causa, e não consequência de nossas ações. Os processos de inovação (mesmo os mais atuais como ​Design Thinking) usam fragmentos do presente e brainstorms, intuição e observação para vislumbrar possibilidades de futuro, desenhar cenários e, como numa aposta naquilo que parece ser mais provável, preparar a organização. Trazemos como alternativa processos de conexão profunda com valores e sonhos compartilhados, trabalhando com o conceito de Retro-Causalidade (​Backward Causation), no qual se considera que o tempo não é linear, o amanhã já existe e está pronto para emergir. Buscamos uma criatividade radicalmente livre do ​mindset atual e comprometida com o mundo desejado e regenerativo; a partir daí, a organização desenha o caminho necessário para transformar esse futuro em realidade, invertendo o processo tradicional, assumindo o controle e criando a própria ruptura. As dinâmicas incluem Storytelling/Jogo das Narrativas, Mapa Sensorial e Artes Expressivas. Bases Teóricas: Teoria da Complexidade, Teoria U, ​Mindfulness, Retrocausalidade, Regeneração (pós-Sustentabilidade) e Permacultura Social. Carga Horária​: 24h (2 dias) com dinâmicas e conceitos; 40h (4 dias) no caso de EduConsultoria, onde as instrutoras façam a facilitação de algum projeto específico da organização (P&D, processos, planejamento estratégico, intraempreendedorismo) A quem se destina​: executivos de Marketing, Comunicação, Planejamento Estratégico e Gestão de Projetos; núcleos de inovação; empreendedores sociais; gestores públicos; gestores de PMEs. Ganchos para venda: a abordagem atual de Inovação está fortemente ancorada no presente, com "caçadores de tendências" e processos criativos não-lineares e imersivos para organizar informações e ideias (ex: Design Thinking). Entretanto, inovação realmente disruptiva emerge "do nada" e desestrutura o presente, criando novas informações nunca vistas antes. A retro-causalidade reconhece o futuro como já existente em outro plano, acessível pela expansão da consciência e conexão profunda com o ambiente - um exemplo é a Teoria U do MIT-Massachussets Institute of Technology/EUA, que vem sendo lecionada e aplicada em processos de inovação de empresas.
  • 6. CULTURA ORGANIZACIONAL REGENERATIVA O curso desafia os gestores a refletir se suas organizações serão perenes e capazes de deixar um legado positivo para a humanidade e o planeta, e o que isso significa na prática. Os alunos são preparados para compreender e lidar com as mudanças disruptivas que a Economia Regenerativa pós-capitalista trará. Como criar uma Cultura Organizacional - os valores e a narrativa compartilhados internamente - que nutra resiliência, bem-estar e inovação? Usando como fundamento a lógica da Complexidade/Sistemas Vivos, os gestores estarão aptos a auxiliar na construção de narrativas autênticas para a organização (expressa em linguagem, visão, crenças, indicadores de sucesso, formas de agir), e comprometidas com a geração de vida, ou Regeneração, para além da visão "fazer menos mal" da sustentabilidade. Uso de dinâmicas sociais inovadoras (​Open Spaces, Mindmaps, Storytelling). Bases Teóricas: Regeneração, Permacultura Social, ​Mindfulness, Teoria da Complexidade, Arquétipos. Carga Horária​: 24h (2 dias) curso com dinâmicas sociais e conceitos; 40h (4 dias) no caso de EduConsultoria, onde as instrutoras façam a facilitação de algum projeto específico da organização (​branding, P&D, planejamento, endocomunicação). A quem se destina​: Executivos de Sustentabilidade, Marketing, Desenvolvimento Humano/Pessoas, Comunicação Corporativa, Assuntos Institucionais e Planejamento Estratégico. Ganchos para venda: enquanto a Sustentabilidade é mais operacional e ancorada em visão circular (Triple Bottom Line que considera o equilíbrio Profit/People/Planet e economia circular), a Regeneração trabalha com a complexidade das redes e relacionamentos, expansão da consciência e mudança de valores, incorporando colaboração, descentralização, interdependência e imprevisibilidade; e a busca de resiliência para a organização e para o mercado, como capacidade de re-adaptação, auto-organização e evolução.
  • 7. EMPREENDEDORISMO REGENERATIVO O curso deseja levar empreendedores à vanguarda do mercado, aprendendo a formatar o negócio com uma nova consciência: empreender "com alma", comprometido com pessoas e natureza, alinhado com as tendências mundiais da Regeneração (pós-sustentabilidade), produção distribuída e pensamento meta-sistêmico. A Regeneração representa compromisso com a vida e com a co-evolução, em iniciativas que transcendem o próprio negócio e o realimentam. Empreender a partir da essência e senso de propósito, que tragam coerência e autenticidade ao empreendimento. Trabalhamos com o conceito de organização “saudável” (que gera bem-estar ao fomentar relações ganha-ganha) no lugar de organização “eficiente” e sustentável (que faz menos mal). A pedagogia inclui análises de Casos inspiradores de ​startups e empresas regenerativas no Brasil e exterior, dinâmicas criativas como Mapa das Potencialidades, ​Canvas e o trabalho de confecção colaborativa de um bolo, explorando o Modelo dos Oito Capitais de Ethan Roland. Bases Teóricas: Regeneração, Teoria da Complexidade/Sistemas Vivos, Ecologia Profunda e ética da Permacultura. Carga Horária​: 24h (2 dias) curso com dinâmicas sociais e conceitos; 40h (4 dias) no caso de EduConsultoria, onde as instrutoras façam a facilitação de algum projeto específico da organização (​branding, P&D, planejamento estratégico, plano de negócio). A quem se destina​: Empreendedores (​startups), empreendedores sociais, intraempreendedores corporativos (núcleos de inovação e sustentabilidade em empresas), gestores públicos, organizações comunitárias, entidades de classe e fomento. Ganchos para venda: Está ganhando força junto à Geração Y uma nova abordagem de empreendedorismo consciente, preocupado com sustentabilidade, em trabalhar com um propósito maior, que busca deixar legados positivos e, na somatória dos pequenos, gerar transformações econômicas e sociais profundas. Este movimento está alinhado com a tendência do localismo e da produção distribuída, das redes de colaboração (coopetição), da gestão pública participativa e do desencantamento dos jovens empreendedores com o "business as usual​" e a economia capitalista/industrial.
  • 8. COMUNICAÇÃO REGENERATIVA Presença. Um termo que tem sido foco de estudo em grandes centros de pesquisa pelo mundo, como Harvard e MIT. Este curso foi pensado para formar líderes inspiradores e equilibrados, mesmo diante de situações desafiadoras. A qualidade da Presença - alinhar cabeça/mente, coração/emoção e mãos/ação - fará toda a diferença durante discursos, apresentações, processos de desligamento de colaboradores, gestão de crises reputacionais, negociações e comunicação com ​stakeholders. A Comunicação Regenerativa vai muito além das técnicas de Oratória, ​Media Training e Gestão de Crises, porque traz consciência para a fala, escrita, gestos, escuta e os pensamentos (campo energético), visando regenerar (trazer vitalidade) às relações. A presença é “estar onde seus pés estão” e leva a comunicação para um outro nível, de mais confiança e tranquilidade para entregar a mensagem, que precisa ser compartilhada da forma mais harmoniosa possível. A pedagogia inclui técnicas de reconexão e relaxamento, escolher o repertório narrativo (escrito e falado), a linguagem não-verbal (cores, vestes, cheiros, gestos, símbolos), exercitar a escuta empática e a fala positiva. Bases Teóricas: Mindfulness, Comunicação Não-Violenta, Permacultura Social, Regeneração e Psicodinâmica das Cores. Carga Horária​: 24h (2 dias) curso com dinâmicas sociais e conceitos; 40h (4 dias) no caso de EduConsultoria, onde as instrutoras façam a facilitação de algum processo específico da organização (desligamento de colaboradores, apresentações ou comunicados ao público, ​feedbacks em mídias sociais, ). A quem se destina​: Executivos de Desenvolvimento Humano, Gestão de Projetos, Sustentabilidade, Comunicação Institucional, Planejamento Estratégico e Alta Diretoria; Mobilizadores do Terceiro Setor e Líderes Comunitários; Gestores do Poder Público; Empreendedores Sociais; e todos aqueles que desejam estabelecer relações regenerativas com seus interlocutores. Ganchos para venda: os treinamentos tradicionais de Oratória, Media Training, Gestão de Crises e Negociação tendem a ser meramente operacionais/funcionais, sem acessar a dimensão mais importante, que é a qualidade do pensamento, que faz toda a diferença na forma não confrontacional com que se interage com os outros. Encontrar seu eixo/equilíbrio, para a partir daí posicionar-se de forma colaborativa, amorosa, confiável e confiante - já que o medo gera agressividade ou reatividade em si mesmo ou no interlocutor. E também ser capaz de construir uma narrativa visual e escrita positiva e eficaz.