SlideShare uma empresa Scribd logo

O som

V
Vera_Reis
1 de 25
Baixar para ler offline
O som
Produção e propagação do som
 O som é produzido pela vibração de corpos.




 O som propaga-se em todas as direcções.
 O som propaga-se através dos sólidos, líquidos ou
  gases.
 O som não se propaga no vácuo (vazio).
Velocidade de propagação do som




 Um som transmite-se melhor nos sólidos, depois nos
  líquidos e finalmente, nos gases.
 Quanto melhor se transmitir um som, maior é a
  velocidade do som nesse meio material.
        v(som)sólidos > v(som)líquidos   > v(som)gases
Velocidade de propagação do som
 A velocidade de propagação de um som calcula-se
 dividindo a distância percorrida pelo tempo que o som
 levou a percorrê-la.

     v = distância percorrida
         intervalo de tempo

    v =    d
               t
                                           avião supersónico
Instrumentos musicais
 Instrumentos de cordas
Instrumentos musicais
 Instrumentos de sopro
Anúncio

Recomendados

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

Ondas eletromagnéticas
Ondas eletromagnéticasOndas eletromagnéticas
Ondas eletromagnéticas
 
atributos do som e ouvido humano
atributos do som e ouvido  humanoatributos do som e ouvido  humano
atributos do som e ouvido humano
 
Aula de Física: Ondas e som [Ciências - EF - 9º Ano]
Aula de Física: Ondas e som [Ciências - EF - 9º Ano] Aula de Física: Ondas e som [Ciências - EF - 9º Ano]
Aula de Física: Ondas e som [Ciências - EF - 9º Ano]
 
Os atributos do som
Os atributos do somOs atributos do som
Os atributos do som
 
ProduçãO Do Som
ProduçãO  Do SomProduçãO  Do Som
ProduçãO Do Som
 
Físico-química 8ºano-som
Físico-química 8ºano-somFísico-química 8ºano-som
Físico-química 8ºano-som
 
Acústica
AcústicaAcústica
Acústica
 
Ondas sonoras
Ondas sonorasOndas sonoras
Ondas sonoras
 
Som - Física - Documento completo
Som - Física - Documento completoSom - Física - Documento completo
Som - Física - Documento completo
 
Ondas 9° ano cec
Ondas 9° ano cecOndas 9° ano cec
Ondas 9° ano cec
 
Ondas
OndasOndas
Ondas
 
Óptica introdução
Óptica introduçãoÓptica introdução
Óptica introdução
 
Acustica
AcusticaAcustica
Acustica
 
Propriedades do som
Propriedades do somPropriedades do som
Propriedades do som
 
Luz
LuzLuz
Luz
 
Força e movimento
Força e movimentoForça e movimento
Força e movimento
 
Aula sobre som
Aula sobre somAula sobre som
Aula sobre som
 
Efeito estufa
Efeito estufaEfeito estufa
Efeito estufa
 
Música
MúsicaMúsica
Música
 
A Industria
A IndustriaA Industria
A Industria
 

Destaque (14)

Exercícios onda,som,luz,espelho,lente
Exercícios onda,som,luz,espelho,lenteExercícios onda,som,luz,espelho,lente
Exercícios onda,som,luz,espelho,lente
 
O som
O somO som
O som
 
Sistema nervososensorialsomatico
Sistema nervososensorialsomaticoSistema nervososensorialsomatico
Sistema nervososensorialsomatico
 
Morfofisiologia do sistema sensorial
Morfofisiologia do sistema sensorialMorfofisiologia do sistema sensorial
Morfofisiologia do sistema sensorial
 
Ondas estacionarias
Ondas estacionariasOndas estacionarias
Ondas estacionarias
 
Ondas sonoras
Ondas sonorasOndas sonoras
Ondas sonoras
 
Ondas aulas 1, 2 e 3
Ondas aulas 1, 2 e 3Ondas aulas 1, 2 e 3
Ondas aulas 1, 2 e 3
 
Ondas estacionárias
Ondas estacionáriasOndas estacionárias
Ondas estacionárias
 
As propriedades do som
As propriedades do somAs propriedades do som
As propriedades do som
 
Atributos do som
Atributos do somAtributos do som
Atributos do som
 
Propriedades do som
Propriedades do somPropriedades do som
Propriedades do som
 
Ondas
OndasOndas
Ondas
 
Trabalho de fisica - Ondas e Luz 9 °Ano
Trabalho de fisica - Ondas e Luz 9 °AnoTrabalho de fisica - Ondas e Luz 9 °Ano
Trabalho de fisica - Ondas e Luz 9 °Ano
 
Aula ondas, som, luz, espelhos, lentes
Aula ondas, som, luz, espelhos, lentesAula ondas, som, luz, espelhos, lentes
Aula ondas, som, luz, espelhos, lentes
 

Semelhante a O som (20)

Someluz
SomeluzSomeluz
Someluz
 
Trabalho de f.q 10ºano som
Trabalho de f.q 10ºano somTrabalho de f.q 10ºano som
Trabalho de f.q 10ºano som
 
Trabalho de f.q 10ºano som
Trabalho de f.q 10ºano somTrabalho de f.q 10ºano som
Trabalho de f.q 10ºano som
 
Som
SomSom
Som
 
Ondas sonoras
Ondas sonorasOndas sonoras
Ondas sonoras
 
O som
O somO som
O som
 
O som
O somO som
O som
 
Som trab of multimedia 2ºperiodo 2013
Som  trab of multimedia 2ºperiodo 2013Som  trab of multimedia 2ºperiodo 2013
Som trab of multimedia 2ºperiodo 2013
 
Sons e instrumentos musicais
Sons e instrumentos musicaisSons e instrumentos musicais
Sons e instrumentos musicais
 
ACÚSTICA.pptx
ACÚSTICA.pptxACÚSTICA.pptx
ACÚSTICA.pptx
 
Física
FísicaFísica
Física
 
Física
FísicaFísica
Física
 
Ondas resumo
Ondas   resumoOndas   resumo
Ondas resumo
 
Propagação sonora
Propagação sonoraPropagação sonora
Propagação sonora
 
biofisica som
biofisica sombiofisica som
biofisica som
 
Biofísica da Audição
Biofísica da AudiçãoBiofísica da Audição
Biofísica da Audição
 
Ondas sonoras
Ondas  sonorasOndas  sonoras
Ondas sonoras
 
Instituto federal de rondônia
Instituto federal de rondôniaInstituto federal de rondônia
Instituto federal de rondônia
 
ONDULATÓRIA.pptx
ONDULATÓRIA.pptxONDULATÓRIA.pptx
ONDULATÓRIA.pptx
 
Radiações e suas aplicações
Radiações e suas aplicaçõesRadiações e suas aplicações
Radiações e suas aplicações
 

Último

4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...azulassessoriaacadem3
 
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...azulassessoriaacadem3
 
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdf
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdfAtividade O homem mais rico da Babilônia.pdf
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdfRuannSolza
 
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfddddddddddddddddddddddddddddddddddddRenandantas16
 
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...azulassessoriaacadem3
 
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaFicha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaCentro Jacques Delors
 
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...excellenceeducaciona
 
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...azulassessoriaacadem3
 
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptxSlides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaQuiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaCentro Jacques Delors
 
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e QuinhentismoTrovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e QuinhentismoPaula Meyer Piagentini
 
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Mary Alvarenga
 
Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...
Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...
Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...manoelaarmani
 
Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...
Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...
Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...excellenceeducaciona
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...azulassessoriaacadem3
 
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...apoioacademicoead
 
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...azulassessoriaacadem3
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...azulassessoriaacadem3
 
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...manoelaarmani
 

Último (20)

4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
 
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
 
GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docxGABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
 
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdf
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdfAtividade O homem mais rico da Babilônia.pdf
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdf
 
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
 
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
 
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaFicha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
 
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
 
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
 
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptxSlides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
 
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaQuiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
 
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e QuinhentismoTrovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
 
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
 
Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...
Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...
Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...
 
Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...
Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...
Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
 
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
 
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
 
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...
 

O som

  • 2. Produção e propagação do som  O som é produzido pela vibração de corpos.  O som propaga-se em todas as direcções.  O som propaga-se através dos sólidos, líquidos ou gases.  O som não se propaga no vácuo (vazio).
  • 3. Velocidade de propagação do som  Um som transmite-se melhor nos sólidos, depois nos líquidos e finalmente, nos gases.  Quanto melhor se transmitir um som, maior é a velocidade do som nesse meio material. v(som)sólidos > v(som)líquidos > v(som)gases
  • 4. Velocidade de propagação do som  A velocidade de propagação de um som calcula-se dividindo a distância percorrida pelo tempo que o som levou a percorrê-la. v = distância percorrida intervalo de tempo v = d t avião supersónico
  • 8. Ondas sonoras  Uma onda mecânica é uma perturbação que se propaga através de um meio.  As ondas sonoras são ondas mecânicas.  As ondas sonoras no ar resultam da compressão e rarefacção alternada das partículas do meio.
  • 9. Ondas  As ondas podem produzir-se de dois modos:  ondas longitudinais – produzem-se quando se comprime e estica uma mola (originando zonas de compressão e de rarefacção).  ondas transversais – produzem-se quando se oscila verticalmente a extremidade de uma corda (originando cristas e vales)
  • 10. Ondas  Quanto ao modo como se propagam, as ondas podem ser  transversais – as vibrações dão-se perpendicularmente à direcção de propagação.
  • 11.  longitudinais – as vibrações dão-se na mesma direcção em que a onda se propaga.  As ondas sonoras no ar são ondas mecânicas longitudinais, pois resultam de compressões e rarefacções das moléculas de ar.
  • 12. Características das ondas  As ondas sonoras podem ser representadas por uma curva que indica a compressão e a rarefacção das partículas do ar.  compressão  rarefacção
  • 13. Características das ondas As ondas são caracterizadas por:  comprimento de onda, – distância mínima entre duas partículas com o mesmo estado de vibração. (m)  período, T – tempo de uma vibração completa. (s)  frequência, f – número de vibrações por segundo. (Hz)  amplitude, A – afastamento máximo em relação à posição de equilíbrio. (m)  velocidade de propagação, v – distância percorrida pela onda num segundo. (m/s)
  • 15. Características das ondas Quanto maior for o comprimento de onda, menor é a frequência de vibração. v=λ×f Quanto menor for o comprimento de onda, maior é a frequência de vibração.
  • 16. Características do som  Altura – permite distinguir sons agudos de sons graves. A altura de um som está relacionada com a frequência das ondas sonoras. som grave ou baixo frequência baixa som agudo ou alto frequência elevada
  • 17. Será que o ouvido humano detecta todos os sons? Existem muitos sons que o ser humano não consegue ouvir. Ao conjunto de todos os sons, audíveis e inaudíveis pelo ser humano, dá-se o nome de espectro sonoro.
  • 18. Espectro sonoro  Ultra-sons - sons com frequências muito elevadas, superiores a 20 000 Hz, que o ouvido humano não consegue ouvir .  Sons audíveis, para os seres humanos - sons de frequência compreendida entre os 20 Hz e os 20000 Hz.  Infra-sons - sons de frequência de 0 a 20 Hz (não audíveis) constituem a zona dos infra-sons. Estes sons provocam náuseas e perturbações intestinais.
  • 19. Alguns animais conseguem ouvir e emitir sons que não são audíveis pelo ser humano. Geralmente os animais ouvem mais frequências do que aquelas que produzem.
  • 20. Características do som  Intensidade – permite distinguir sons fortes de sons fracos. A intensidade sonora está relacionada com a amplitude das ondas sonoras. som forte grande amplitude som fraco pequena amplitude
  • 21.  A intensidade sonora mede-se em dB (deciBell) e diminui à medida que a distância à fonte sonora aumenta.  A intensidade sonora está associada à energia transferida pelas ondas sonoras.  SOM FORTE – transporta mais energia e é ouvido a grande distância da fonte sonora.  SOM FRACO – transporta menos energia e é ouvido a pequena distância da fonte sonora.
  • 22. O nível sonoro permite saber se um som é forte ou fraco. Mede-se com um sonómetro em dB (deciBell)
  • 23. Características do som Timbre – permite distinguir sons com a mesma altura, intensidade e duração, produzidos por fontes sonoras diferentes.
  • 24. Sons puros e sons complexos  Um som puro é o som de um diapasão. Tem só uma frequência.  Um som complexo (nota musical) é constituído por ondas sonoras com uma mistura de diferentes frequências.
  • 25. Som e ruído  Um som musical é agradável e apresenta regularidade de vibrações.  Um ruído é uma mistura de sons de muitas frequências e apresenta uma grande irregularidade de vibrações.