PRÁTICA PEDAGÓGICA IIIFAFOPSTCiências BiológicasVanessa Damaris
O HOMEM NO CENTRO DE SUASEXPERIÊNCIAS Segundo Benjamim (1993,pg 134) Ohomem está no centro de suasexperiências. Nos últi...
 A reflexão sobre a identidade aponta para oprocesso de interação dos indivíduos nosdiversos espaços sociais nos quais bu...
 Nesse aspecto, as instituições sociaisadquirem um importante significado noprocesso de construção da identidade,posto qu...
IDENTIDADE SOCIAL DO ALUNO A identidade social do ser humano começaa ser construída na vida escolar, desde oprimeiro mome...
DIFERENTES GRUPOS
 Ao longo de nossas vidas escolar fazemos partedos mais diferentes grupos de estudantes, sejapor escolha própria, seja po...
DIVERSIDADE
 Segundo Bauman, (2005) A questão daidentidade só surge com a exposição àcomunidade escolar. O universo escolar possibil...
 Segundo Louro (1999), são muitas asidentidades que os alunos podem construir noespaço escolar, podendo ser provisórias,d...
 Na mesma perspectiva Moliner e Descamps(2009) afirmam que: Os Alunos são sujeitosde identidades transitórias e contingen...
REFERENCIAS BAUMAN, Zygmunt. Identidade. Rio de Janeiro:Zahar, 2005. BENJAMIN, Walter. O autor como produtor.In:________...
O homem no centro de suas experiências e sua identidade social
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O homem no centro de suas experiências e sua identidade social

606 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
606
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O homem no centro de suas experiências e sua identidade social

  1. 1. PRÁTICA PEDAGÓGICA IIIFAFOPSTCiências BiológicasVanessa Damaris
  2. 2. O HOMEM NO CENTRO DE SUASEXPERIÊNCIAS Segundo Benjamim (1993,pg 134) Ohomem está no centro de suasexperiências. Nos últimos 50 anos, os estudos em tornoda identidade têm ocupado um lugar dedestaque em um grande número dedebates em diversos campos e emproduções científicas.
  3. 3.  A reflexão sobre a identidade aponta para oprocesso de interação dos indivíduos nosdiversos espaços sociais nos quais buscamconstruir uma gama de sentidos de simesmos e, simultaneamente, do outro.
  4. 4.  Nesse aspecto, as instituições sociaisadquirem um importante significado noprocesso de construção da identidade,posto que constituem-se no espaço deprodução de saberes, de experiências, deinter-relações, de comunicações, deintenções e das operações de sentido –simbólicas. A escola é primeira instituição social aauxiliar na construção de sua identidadesocial.
  5. 5. IDENTIDADE SOCIAL DO ALUNO A identidade social do ser humano começaa ser construída na vida escolar, desde oprimeiro momento que esta passa afrequentar o jardim da infância. Basta observar os vários grupos existentesem uma sala de aula.
  6. 6. DIFERENTES GRUPOS
  7. 7.  Ao longo de nossas vidas escolar fazemos partedos mais diferentes grupos de estudantes, sejapor escolha própria, seja por circunstâncias queindependem de nossa vontade. Assim, entramos e saímos de vários gruposescolares, os quais certamente são importantesna conformação de nossa educação social, denossos valores e visões de mundo.
  8. 8. DIVERSIDADE
  9. 9.  Segundo Bauman, (2005) A questão daidentidade só surge com a exposição àcomunidade escolar. O universo escolar possibilita umentrelaçamento de grupos de diferentestamanhos e referências sociais, regidos porum sistema de normas e regras defuncionamento, capazes de se atualizaremconforme os interesses de seusparticipantes.
  10. 10.  Segundo Louro (1999), são muitas asidentidades que os alunos podem construir noespaço escolar, podendo ser provisórias,descartáveis, rejeitadas e abandonadas.
  11. 11.  Na mesma perspectiva Moliner e Descamps(2009) afirmam que: Os Alunos são sujeitosde identidades transitórias e contingentes e,“nada proíbe pensar que diferentes quadrosidentitários se interligam uns aos outros, afim de contribuir para o sentimento deidentidade”.
  12. 12. REFERENCIAS BAUMAN, Zygmunt. Identidade. Rio de Janeiro:Zahar, 2005. BENJAMIN, Walter. O autor como produtor.In:___________. Obras Escolhidas. Magia etécnica, arte e Política. São Paulo: Brasiliense,1993. DESCHAMPS, Jean-Claude; MOLINER, Pascal. Aidentidade em Psicologia Social. Dos processosidentitários às representações sociais. Petrópolis:Vozes, 2009. LOURO, Guacira Lopes. Gênero, Sexualidade eEducação: uma perspectiva pós-estruturalista.Petrópolis: Vozes, 1997.

×