Aula 2 in..

9.232 visualizações

Publicada em

1 comentário
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • MEUS PARABÉNS! COM SEU TRABALHO FICOU MUITO,MUITO MAIS FÁCIL SABER O QUE É O INSTRUMENTO DE AVALIAÇÃO NA ENFERMAGEM COMO INSTRUMENTO BÁSICO. ME AJUDOU MUITOOOOOOOOOOOOO
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
9.232
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
243
Comentários
1
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula 2 in..

  1. 1. INSTRUMENTOS BÁSICOS DA ENFERMAGEM<br />Prof. Maria Cristina Rossi do Espirito Santo<br />
  2. 2. INSTRUMENTOS BÁSICOS DA ENFERMAGEM<br />1. Observação: utilização dos 5 sentidos;<br />2. Método e princípio científico;<br />3. Criatividade;<br />4. Destreza;<br />5. Comunicação;<br />6. Trabalho em Equipe;<br />7. Planejamento;<br />8. Avaliação;<br />
  3. 3. 1. OBSERVAÇÃO<br />Olhar com atenção para examinar minúcias<br /><ul><li>Atenção concentrada;
  4. 4. Saber o que observar?
  5. 5. Saber o que procurar?</li></ul>O que ele tem?<br />
  6. 6.
  7. 7.
  8. 8.
  9. 9.
  10. 10.
  11. 11. 1. Observação<br />Uso dos sentidos<br /><ul><li>“OLFATO” – cheirar o álcool;
  12. 12. “AUDIÇÃO” - ouvir o barulho de um respirador, água pingando;
  13. 13. “PALADAR” - perceber o gosto do amargo, azedo”;
  14. 14. “TATO” – “sentir” a pele fria, o suor;
  15. 15. “VER” a dor;</li></li></ul><li>Observamos:<br />Comportamento<br />
  16. 16. Observamos - cheiro<br />
  17. 17. Observamos - ruídos<br />
  18. 18. Observamos - ver<br />
  19. 19. Observamos<br /><ul><li>Ritmo cardíaco
  20. 20. Expressão facial;
  21. 21. Odor fezes;
  22. 22. Aspecto incisão cirurgica;
  23. 23. Cor da secreção;
  24. 24. Alteração nível consciência;
  25. 25. Disposição móveis para o banho;
  26. 26. Disposição móveis após o banho;
  27. 27. Jejum;
  28. 28. Conforto do paciente;</li></li></ul><li>observação<br />Quais cuidados daríamos a um paciente acidentado?<br />Quais cuidados daríamos a um paciente com diabete?<br />Quais cuidados daríamos a um paciente com náusea?<br />Quais cuidados daríamos a um paciente nauseando?<br />Quais cuidados daríamos a um paciente com “falta de ar?”<br />
  29. 29. observação<br />1. quais os sintomas que devo procurar neste paciente?<br />2. quais as medidas de segurança que devo usar nesta situação?<br />
  30. 30. observação<br />Como deveria estar o ambiente do paciente ao se completar o atendimento? (Ex: banho de leito)<br /><ul><li>O cabelo está penteado?
  31. 31. Onde está a campainha?
  32. 32. O chão está molhado? Ainda pode escorregar e cair?
  33. 33. O criado mudo está perto?
  34. 34. O paciente conseguirá pegar o copo d'água sozinho?
  35. 35. O paciente está confortável?
  36. 36. O travesseiro está posicionado?</li></li></ul><li>2. Método e princípio científico<br />
  37. 37. 3. criatividade<br />Utilizar o ato de refletir<br />
  38. 38. 4. Destreza Manual<br />
  39. 39. 5. Comunicação<br />Escrita<br />Verbal<br />Para verbal<br />Toque<br />
  40. 40. 6. Trabalho em equipe<br />
  41. 41. Unidade de ação<br />Continuidade<br />Precisão<br />Flexibilidade<br />Prioridade<br />7. planejamento<br />
  42. 42. 8. avaliação<br />Tomada de decisão:<br />Observo – tomo decisão – avalio após<br /><ul><li>Teve qualidade?
  43. 43. Surtiu efeito?
  44. 44. Teve continuidade de ação?</li></ul>Ex: <br />Temperatura 39º C – medico – volto para verificar Tº novamente?<br />Paciente suado – dou banho – avalio depois?<br />Paciente hipertenso – medico – verifico novamente?<br />
  45. 45. A nossa vida é um velejar!<br />Quando somos éticos, amorosos, o vento nos leva, pois estamos todos no mesmo oceano<br /> – do nascimento, velhice, dor e morte - <br />A vida é um oceano e nós somos o barco! <br />Para onde vamos?<br />O que queremos?<br />

×