Gestão da Cadeia de Suprimentos - E-Commerce

1.769 visualizações

Publicada em

Apresentação de E-commerce sobre Gestão da cadeia de Suprimentos.

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.769
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
103
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Gestão da Cadeia de Suprimentos - E-Commerce

  1. 1. Gestão da cadeia de suprimentos E-Commerce Profº: Jeferson Rodrigues Acadêmicos: Anderson dos Santos Ferreira Jaqueline Nardes Valdir Pereira da Silva Junior
  2. 2. Roteiro da Apresentação • Cadeia de suprimentos • Objetivos da Gestão da cadeia de suprimentos • Ciclo funcional • Atividades componentes • Fluxos • Relacionamentos • Componentes da cadeia de suprimento • Vídeo informativo
  3. 3. O que é a Gestão da cadeia de suprimentos? Gestão da cadeia de Suprimentos: É a gestão da interconexão das empresa, juntando e fazendo ligações entre diferentes processos, que produzem valores a produtos e serviços para o consumidor final. A grosso modo, podemos dizer que a gestão da cadeia de suprimentos é a ligação de diversos processos que vão desde o processo da escolha da matéria prima de produtos, passando pela industrialização e distribuição até o consumidor final.
  4. 4. Objetivos da Gestão da cadeia de suprimentos De forma bem simples, podemos dizer que o objetivo principal é atender o consumidor final, garantindo satisfação ao mesmo, fornecendo produtos e serviços adequados quando necessários e claro a custos competitivos, fazendo isso a cadeia de suprimentos se eleva aos níveis de satisfação adequados do desempenho dos 5 objetivos secundários e necessários. • Qualidade • Rapidez • Confiabilidade • Flexibilidade • Custo
  5. 5. Ciclo funcional
  6. 6. Atividades componentes da gestão da cadeia de suprimentos. Dentre as atividades podemos destacar os processos ou alguns processos que envolvem o lado dos suprimentos e o lado da demanda que se comunicam até o consumidor final. o Gestão de suprimento e compra o Gestão da distribuição física o Logística o Gestão de materiais o Gestão da cadeia de suprimentos Com isso podemos acrescentar ainda o fluxo de informação e o fluxo físico, partes importantes que coletam informações e mostram como as atividades funcionam.
  7. 7. Atividades da gestão da cadeia de suprimentos
  8. 8. Fluxos de Informações, financeiro e de produto
  9. 9. Tipos de relacionamento em cadeias de suprimento Comercio eletrônico: • Relação de empresa com empresa: Exemplos de e-commerce: Redes EDI, trocas de informações Tesco. • Relação consumidor com empresa: Exemplos de e-commerce: Algumas operadoras de passagens aéreas. • Relação empresa com consumidor: Exemplos de e-commerce: varejistas da Internet, amazon.com. • Relação consumidor com consumidor: Exemplos de e-commerce: sites especializados em “colecionadores”, ebay.com.
  10. 10. Relacionamento de negocio a negocio Terceirização: Questões importantes na terceirização: • Quantas atividades são terceirizadas; • Quão importantes são as atividades terceirizadas; • Quantos fornecedores serão usados pela operação; • Quão próximos são os relacionamentos.
  11. 11. Terceirização
  12. 12. Relacionamentos tradicionais de fornecimento de mercado OPOSTO de operação feita pela própria empresa é comprar bens e serviços. É um relacionamento entre comprador e fornecedor.
  13. 13. Vantagens dos relacionamentos tradicionais de fornecimento: • Concorrência entre fornecedores; • Fornecedores especializado; • Flexibilidade; • Inovações; • Centralizar nas atividades mais importantes;
  14. 14. Desvantagens dos relacionamentos tradicionais de fornecimento: • Incertezas de mercado; • Escolha de fornecedores (dificuldade em escolher um bom fornecedor); • Riscos estratégicos (confiar tudo em terceirizados e deixar a empresa sem capacitação interna).
  15. 15. Relacionamento de fornecimento “em parceria” Definição: “acordos cooperativos relativamente duradouros entre empresas envolvendo fluxos e ligações que usam os recursos e/ou estruturas de governança de organizações autônomas, para a realização conjunta de metas individuais associadas á missão corporativa de cada empresa patrocinadora”.
  16. 16. Fatores que influenciam o grau de relacionamento das parcerias: • Compartilhar sucesso ; • Expectativas de longo prazo; • Múltiplos pontos de contato; • Aprendizagem conjunta; • Poucos relacionamentos; • Coordenação conjunta; • Transparência de informação; • Resolução conjunta dos problemas; • Confiança.
  17. 17. Gestão do relacionamento com o consumidor (customer relationship management - CRM) • História do WalMart; • CRM – junta informações isoladas sobre consumidores, para entender seu comportamento, assim tomando decisões para obter benefícios.
  18. 18. Comportamento da cadeia de suprimentos • Gestão das cadeias de suprimento Problemas: • Efeito Chicote • Variação • Falta ou falha de comunicação
  19. 19. Comportamento da cadeia de suprimentos • Como evitar/ resolver estes problemas – Reunir o maior numero de informações necessárias – Informações compartilhadas – Alinhamento de canal – Eficiência operacional
  20. 20. Vídeo
  21. 21. Referências Slack N, Chambers S, Johnston R. Administração da Produção. 3ª Ed. Atlas 2009. Cap. 13. P. 388-421. Braga E. Cadeia de Suprimentos: Hamburger da McDonalds. Publicado em 05/06/2013, acessado em 04/09/2014. https://www.youtube.com/watch?v=JkJoeqLvrYg

×