A História da Feira Livre de Coité do Nóia

344 visualizações

Publicada em

Apresentação de slides sobre a Feira Livre da cidade de Coité do Nóia/AL.

Publicada em: Ciências
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
344
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
65
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A História da Feira Livre de Coité do Nóia

  1. 1. Santos. Lindinalva Miguel da Silva. Elaborado em 29 de janeiro de 2015. O presente trabalho mostra a importância econômica e cultural da feira livre de Coité do Nóia/AL ao longo de sua história.
  2. 2. ÁREA DE ESTUDO Elaboração: Tiágo Gomes dos Santos. Fonte de dados: Atlas IBGE Alagoas e Sergipe, 2009. Fonte da imagem: Tiágo Gomes dos Santos, 2013.
  3. 3. CONSIDERAÇÕES INICIAIS ● As feiras livres são uma forma de comércio bastante antiga e tradicional, sendo praticada em diversos municípios até os dias atuais, baseadas na oferta de produtos através do uso de barracas. Segundo Agapio [s. d.]: As feiras são fenômenos econômicos sociais muito antigos e já eram conhecidas dos Gregos e Romanos [...] O papel das feiras tornou-se verdadeiramente importante a partir da chamada revolução comercial, ou seja, do século XI [...] (AGAPIO, [S. d.]).
  4. 4. CONSIDERAÇÕES INICIAIS ● De acordo com Pierri e Valente [s d.]: No Brasil, a origem das feiras data do período Colonial, [...] assumindo o importante papel de abastecimento de alimentos dos primeiros adensamentos humanos. Cumpriu assim outro papel, o de verdadeiro elemento estruturante da organização social e econômica das populações (PIERRI e VALENTE, [s d.]).
  5. 5. CONSIDERAÇÕES INICIAIS ● Em Coité do Nóia/AL a feira livre contribuiu para o crescimento dos pontos comerciais locais e possibilitou a criação de uma fonte de renda para pequenos agricultores. Fonte: Lindinalva Miguel da Silva, 2015.
  6. 6. OBJETIVO ● O presente trabalho tem como objetivo fazer uma análise sobre a contribuição da feira livre de Coité do Nóia para o desenvolvimento econômico do município e sua importância para os vendedores da feira. Fonte: Lindinalva Miguel da Silva, 2015.
  7. 7. JUSTIFICATIVA ● A feira livre é uma atividade que envolve manifestações comerciais e culturais. Assim, o presente trabalho propõe contribuir com a sociedade local, apresentando a importância de preservar a feira livre, devido a sua importância econômica para os pequenos agricultores e para o crescimento dos pontos comerciais locais.
  8. 8. METODOLOGIA ● Baseia-se em observações na área de estudo, relato de experiência de consumidores e vendedores, análise de dados fotográficos e fundamentação teórica com base em Pierri e Valente (2014); Ribeiro (2005); Agapio (2014); além de dados disponibilizados pela prefeitura municipal.
  9. 9. DISCUSSÕES/RESULTADOS ● De acordo com um antigo morador da área (Cícero Firmino, 2014, antigo consumidor da feira) a feira iniciou quando um criador de gado, Antonio Mirinda, resolveu abater e vender a carne do gado através de mesas à sombra de árvores e posteriormente barracas, nos dias de domingo, a atividade passou atrair comerciantes de bodegas, com o passar do tempo passou a ser reconhecida pela prefeitura municipal como a feira livre.
  10. 10. DISCUSSÕES/RESULTADOS Fonte: Santos, 02 set. 2014.
  11. 11. DISCUSSÕES/RESULTADOS Fonte: Lindinalva Miguel da Silva, 2015.
  12. 12. DISCUSSÕES/RESULTADOS ● Segundo José Manuel da Silva (antigo morador da cidade, 2014) os vendedores das bodegas que entraram na feira livre obtiveram maior lucro e ampliaram suas bodegas para mercados ou lojas. ● A feira livre passou por 4 transferências, e nelas detectou-se que o número de equipamentos urbanos aumentou nas ruas na qual a feira marcou presença, principalmente os comerciais.
  13. 13. DISCUSSÕES/RESULTADOS ● A presença de equipamentos urbanos administrativos, a localização satisfatória quanto ao acesso a entrada e saída da manha urbana municipal para os povoados e o tempo de história são fatores que também influenciaram. ● Para José Carlos (ex-auxiliar de vendas de um vendedor da feira) a feira livre é um meio de renda para pequenos agricultores do entorno da mancha urbana. Carlos comenta que com o crescimento do comércio em mercados e lojas, os vendedores da feira tiveram uma diminuição na rende.
  14. 14. DISCUSSÕES/RESULTADOS ● Carlos comenta que até 2004 a feira tinha uma grande variação de produtos (grãos, carnes, acessórios, roupas e outros) e de manifestações culturais (bingos, apresentações locais e outras), mas com o aumento de pontos comerciais perdeu força e atualmente (2014) está mais especializada em frutas, legumes, carnes e poucos grãos.
  15. 15. CONSIDERAÇÕES FINAIS ● Contudo, a feira livre foi um contribuinte fundamental para o crescimento dos pontos comerciais que passaram de bodegas para pontos comerciais específicos, ao mesmo tempo é de relevante fonte de renda para seus vendedores, especialmente aqueles que sobrevivem da agricultura familiar. Fonte: Lindinalva Miguel da Silva, 2015.
  16. 16. REFERÊNCIAS AGAPIO, Roberto. Feira Livre. Disponível em: <http://robertoagapio.fot.br/texto01.htm>. Acessado em: 04. fev. 2014. PIERRI, Maria Clara Queiroz Mauricio, VALENTE, Ana Lucia E. F. A feira livre como canal de comercialização de produtos da agricultura familiar. Disponível em:<http://www.sober.org.br/palestra/15/234.pdf>. Acessado em 05 fev. 2014. Prefeitura Municipal. Disponível em: http://www.coitedonoia.al.gov.br/portal1/municipio/historia.asp?iIdMun=100127021. Acessado em: 04. fev. 2014. RIBEIRO, Eduardo Magalhães; et al. Programa de apoio às feirase à agricultura familiar no Jequitinhonha mineiro.Agricultores. v. 2. n. 2. 2005. Disponível em: <http://aspta.org.br/wp-content/uploads/2011/05/Agriculturas_v2n2.pdf>. Acessado em: 05. fev. 2014. Feira ou mercado? Onde é melhor comprar frutas e verduras?.Bom dia Brasil. Disponível em: <http://g1.globo.com/bomdiabrasil/0,,MUL806644-16020,00- FEIRA+OU+MERCADO+ONDE+E+MELHOR+COMPRAR+FRUTAS+E+VERDURAS.ht ml>. Acessado em 17. fev. 2014.

×