Memorando                                        II Reunião do Conselho                                           Unidos P...
 Identidade e propósitoNesse momento da reunião foi proposta uma reflexão a respeito de nosso nome: Unidos Pela Missão.Ca...
participantes e a comunidade local. Pensamos que através da capacitação para o auxílio do próximopoderemos exercer uma inf...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Memorando - II Reunião do Conselho Unidos Pela Missão

774 visualizações

Publicada em

Publicada em: Espiritual, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
774
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
20
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Memorando - II Reunião do Conselho Unidos Pela Missão

  1. 1. Memorando II Reunião do Conselho Unidos Pela MissãoData: 04 de Junho de 2011 – 15h30Local: Montana Grill – Buriti Shooping (Guaratinguetá/SP)Presença: • Pastor Ely Cabral – Igreja Monte Horebe (Guaratinguetá/SP) • Lucas Barbosa – Igreja Monte Horebe (Guaratinguetá/SP) • Marcos Chavante – Igreja Evangélica Congregacional (Cruzeiro/SP) • Fernanda Gavazzi – Igreja Evangélica Congregacional (Cruzeiro/SP) • Elaine Campos – Igreja Evangélica Congregacional (Cruzeiro/SP) • Júlio – Igreja Batista Monte Gerizim (Cruzeiro/SP) • Priscila Dos Santos – Igreja Batista Monte Gerizim (Cruzeiro/SP) • Moisés Luiz – Igreja Batista Monte Gerizim (Cruzeiro/SP) • Pastor Eliandro Viana – Igreja Água Viva (Curitiba/PR) • Thiago Henrique – Inovi (Guaratinguetá/SP) • Vinícius Braga – Inovi (Guaratinguetá/SP) • Felipe Antunes – Inovi (Guaratinguetá/SP)Tópicos Abordados:  Progressos e desafiosNo início da reunião compartilhamos como estão os trabalhos de cada um em suas respectivas igrejas.Neste tempo pudemos constatar muitas dificuldades, porém boas alternativas para resolvê-las, isso sófoi possível devido à troca de experiências. Não foram apenas desafios que ouvimos, mas também muitoencorajamento, graças aos êxitos alcançados pelos trabalhos realizados até a presente data. Foi umtempo muito importante.Resumo dos depoimentos:Todos versaram sobre as dificuldades na área de liderança, tanto para se formar líderes quanto para semanter líderes. Na maioria dos casos a grande dificuldade está em formar e capacitar líderes que sejamjovens e dispostos. Ainda, refletimos sobre a necessidade de o líder ter um perfil pastoral, ou seja,cuidar de maneira bem próxima de cada jovem e isso tem sido uma grande dificuldade. Por vezes temosa equipe, mas não temos o líder, por vezes temos o líder, mas não temos a equipe. Problemas com afreqüência dos jovens nas reuniões foram abordados também. Como cativar o jovem para que ele sesinta parte integrante e ativa do grupo? Como combater a inconstância? Esperamos encontrar respostaspara essas e outras perguntas muito em breve. Estamos orando e refletindo sobre estas questões!
  2. 2.  Identidade e propósitoNesse momento da reunião foi proposta uma reflexão a respeito de nosso nome: Unidos Pela Missão.Cada um dos presentes elaborou uma frase que demonstrasse a opinião sobre o significado da palavraUNIDADE. Chegamos à conclusão de que a Unidade nada mais é do que o encontro bem sucedido dasdiversidades sejam elas em quaisquer aspectos, divergências de pensamentos, musicais, maneiras deagir, estratégias a se adotar enfim, é preciso saber caminhar junto, respeitar e contribuir com o próximo.Temos de estar em nossas igrejas, trabalhos, escolas e demais atividades e sermos tão unidos a pontodas pessoas não conseguirem identificar que somos de lugares e instituições diversificadas, ainda quefaçamos parte sim, de contextos e lugares totalmente diferentes, temos que ser um só.  Missão?Logo após refletirmos sobre unidade, cada um se manifestou demonstrando o entendimento que temsobre MISSÃO. Talvez a conclusão mais interessante encontrada, foi: A Missão não é minha, está forade mim, e não pode ser como eu quero.Além disso, foi proposta uma reflexão mais profunda a respeito da Missão, pegando como base o texto,“Um novo paradigma da Missão” publicado por Ed René Kivitz em seu blog no dia 01/06/2011.  Revisão do planejamentoFoi repassada a agenda com as atividades marcadas para este ano, e a verificação do andamento dessasatividades:- Grato Sou (04/06/2011) – Igreja Monte Horebe [Guaratinguetá/SP]- Unidos Pela Missão (16/07/2011) – Igreja Congregacional [Cruzeiro/SP]- Intercâmbio (17/09/2011) – Igreja Monte Gerizim [Cruzeiro/SP]- Parada Jovem (26/11/2011) – Inovi [Guaratinguetá/SP]  Perspectivas futurasNão poderíamos deixar de lado nossos pensamentos quanto à representatividade desse conselho nasociedade. Portanto começamos a planejar ações práticas para isso acontecer, entendemos que paradar algo é preciso ter algo. E partindo desse princípio, foi proposto um curso de capacitação para osmembros e convidados estratégicos do Conselho do Unidos Pela Missão. Estamos estudando apossibilidade da implantação em nossa região do curso SEDEC do CADI (Centro de Assistência eDesenvolvimento Integral) que está localizado na Cidade de Fazenda Rio Grande região metropolitanade Curitiba/PR. O SEDEC é um curso intensivo, que pode ser realizado no período de uma a duassemanas (podendo variar de 60 a 120 horas), é um curso de imersão frente a teoria e a prática doDesenvolvimento de Comunidades Carentes, focado em aulas, palestras e interação ativa entre os
  3. 3. participantes e a comunidade local. Pensamos que através da capacitação para o auxílio do próximopoderemos exercer uma influência positiva e proporcionar um campo vasto de trabalho, com princípio,meio e fim para nossas igrejas e jovens, para que eles se sintam direcionados, seguros e com umobjetivo ainda mais claro para se alcançar.  Nossa Oração:Que Deus abençoe nossa iniciativa de andarmos mais juntos, mais próximos, manifestando o amor e aunidade por meio de nosso relacionamento e ações.Que Deus abençoe nossas igrejas locais. Que possamos sempre servir a agenda de nossa igrejacooperando com o desenvolvimento de nossa igreja local. Que Deus nos dê forças para irmos além,cooperando por meio de ações estratégicas com a finalidade de promover a unidade do Corpo de Cristo.Que Deus abençoe nossos pastores, líderes e discipuladores. Que Deus nos faça apoio e suporte paracada um deles!Que Deus abençoe os jovens de nossas igrejas. Que sejam uma geração transformada para transformaresta sociedade imoral e decadente. Que sejam sal da terra e luz do mundo.Que nossa motivação seja um agente de transformação na visão de igrejas do Vale do Paraíba, para queandem juntas, para que somem forças, para que manifestem a unidade e para que o Senhor sejaglorificado.Que em nome de nosso Senhor Jesus Cristo, a juventude do Vale do Paraíba seja alcançada com a Graçade Deus manifesta por meio de uma igreja unida e engajada na Missão!Que a pobreza, a miséria e a desigualdade social sejam eliminadas a cada passo da Igreja na direção daunidade e do comprimento de sua Missão! Que Deus nos use para sermos agentes de transformaçãoIntegral!Em nome de Jesus Cristo! Amém!Conselho do UPM

×